Conteúdo político

O Google oferece versões traduzidas da Central de Ajuda, mas elas não têm a intenção de alterar o conteúdo das nossas políticas. A versão em inglês é o idioma oficial que usamos para aplicar essas políticas. Se quiser ver este artigo em outra língua, confira o menu suspenso de idiomas na parte de baixo da página.

Os usuários do Display & Video 360 precisam obedecer a essa política do Google Ads. Acesse a Central de Ajuda do Display & Video 360 para conferir outras restrições.

Ative as legendas do YouTube no seu idioma. Clique no ícone Configurações Imagem do ícone de configurações do YouTube na parte de baixo do player de vídeo, selecione "Legendas/CC" e escolha o idioma.


Apoiamos a publicidade política responsável e esperamos que todos os anúncios e páginas de destino sobre política obedeçam aos requisitos legais vigentes, incluindo as leis eleitorais e de campanha, além dos "períodos de silêncio eleitoral" exigidos em todas as áreas geográficas segmentadas.

O Google tem requisitos diferentes para publicidade política e eleitoral de acordo com a região.

Em algumas regiões, os anúncios eleitorais só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google. Nessas regiões, os anúncios eleitorais estão sujeitos a requisitos de divulgação e restrições de segmentação. Veja mais informações abaixo. As contas do Google Ad Grants não podem exibir publicidade eleitoral nem solicitar a verificação de anúncios eleitorais nessas regiões. Confira as informações no artigo aplicável à região sobre restrição e verificação.

Em outras regiões, existem restrições relacionadas a anúncios políticos. Veja abaixo uma lista dessas regiões e o que é proibido. Pode haver outras proibições ou requisitos descritos na política de requisitos legais vigentes.

Se o conteúdo político dos seus anúncios não apresenta as restrições mencionadas aqui, ou os anúncios não estão restritos pelos requisitos legais de uma determinada região, você pode veiculá-los desde que estejam em conformidade com todas as outras políticas do Google Ads e as leis e regulamentações locais.

A não conformidade com nossas políticas de conteúdo político pode resultar na divulgação de informações sobre a conta e publicidade política para o público em geral ou para órgãos reguladores e governamentais.

Anúncios eleitorais

Nessas regiões, os anúncios eleitorais só vão poder ser veiculados se o anunciante for verificado pelo Google. Veja abaixo como definimos esses anúncios nessas regiões e os requisitos do anunciante.   

Para veicular anúncios eleitorais na região a que o conteúdo pertence, o anunciante precisa fazer a verificação de propaganda eleitoral daquela região. Por exemplo, os anunciantes precisam fazer a verificação de propaganda eleitoral da Austrália para veicular os anúncios nesse país.   

Para veicular anúncios eleitorais fora da região a que o conteúdo pertence, o anunciante precisa fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante da região em que ele está. Por exemplo, os anunciantes do Reino Unido precisam fazer a verificação do Reino Unido para veicular anúncios eleitorais da Nova Zelândia em qualquer região fora da Nova Zelândia.

Anúncios eleitorais da Argentina

Na Argentina, anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político nacional, uma coalizão, um funcionário público eleito ou um candidato à presidência, à vice-presidência, ao Senado Nacional ou à Câmara dos Deputados Nacional

Veja abaixo os requisitos que os anunciantes vão precisar seguir se quiserem veicular anúncios eleitorais na Argentina.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais na Argentina

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais da Argentina nesse mesmo país quando concluem o processo de verificação de anúncios eleitorais da Argentina. Saiba como se inscrever para a verificação.

Permitido com restriçõesOs anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais da Argentina fora desse país quando concluem o processo de verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante

Permitido com restriçõesOs anunciantes também precisam obedecer às leis da Argentina sobre os períodos de silêncio.

Solucionador de problemas

  1. Se você estiver tentando veicular anúncios eleitorais da Argentina nesse mesmo país, verifique se concluiu a verificação de anúncios eleitorais da Argentina. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Argentina fora do país, é preciso fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para pedir uma nova revisão ou edite o anúncio. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da Argentina.
Anúncios eleitorais na Austrália

Na Austrália, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político federal australiano, um candidato à Câmara dos Deputados ou ao Senado da Austrália, um funcionário público federal eleito para a Câmara dos Deputados ou para o Senado da Austrália, ou um referendo ou plebiscito realizado pela Comissão Eleitoral da Austrália
  • Um partido político, um candidato a cargo eletivo, um funcionário público eleito, ou um referendo ou plebiscito realizado pela comissão eleitoral de um destes estados ou territórios:
    • Território da Capital Australiana
    • Nova Gales do Sul
    • Território do Norte
    • Queensland
    • Austrália do Sul
    • Tasmânia
    • Victoria
    • Austrália Ocidental

Confira abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos interessados em veicular anúncios eleitorais na Austrália.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais na Austrália

Permitido com restrições Os anunciantes podem veicular anúncios eleitorais da Austrália no país apenas se concluírem a verificação de anúncios eleitorais na Austrália. Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Apenas os anunciantes que concluíram a verificação de anúncios eleitorais ou de sua identidade podem veiculá-los fora do país.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Austrália no país, confira se fez a verificação deles. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Austrália fora do país, confira se realizou a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou editado. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maioria dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da Austrália.
Anúncios eleitorais no Brasil

No Brasil, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político, coligação, federação, um governante eleito ou um candidato em nível federal, incluindo presidência, vice-presidência, Senado Federal ou Câmara dos Deputados.
  • Um partido político, coligação, federação, um governante eleito ou um candidato em nível estadual, incluindo governador, vice-governador, Assembleia Legislativa Estadual, ou Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Veja abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais no Brasil.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais no Brasil

Permitido com restrições Os anunciantes só vão poder veicular propaganda eleitoral do Brasil nesse país se fizerem a verificação relevante de anúncios eleitorais. Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só vão poder veicular anúncios eleitorais do Brasil fora do país se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais do Brasil no país, é preciso fazer a verificação relevante de propaganda eleitoral. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais do Brasil fora do país, é preciso fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para pedir uma nova revisão ou edite o anúncio. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais do Brasil.

Restrições do período de silêncio eleitoral no Brasil

Os anunciantes devem cumprir com a legislação eleitoral local aplicável, incluindo a pausa de anúncios conforme necessário durante períodos de silêncio. O Google interromperá a veiculação de Anúncios Eleitorais no Brasil, conforme definido por nossas políticas, durante esses períodos de silêncio no Brasil.

Anúncios eleitorais no Chile

No Chile, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Partidos políticos, coligações, funcionários públicos eleitos com mandato vigente ou candidatos à Presidência da República, ao Senado ou à Câmara dos Deputados
  • Uma pergunta ou convocação para votar em um referendo nacional declarado oficialmente por um decreto supremo isento

Confira abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes interessados em veicular propaganda eleitoral no Chile.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais no Chile

Permitido com restrições Os anunciantes só poderão veicular propaganda eleitoral no Chile se concluírem a verificação de anúncios eleitorais desse país. Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só poderão veicular propaganda eleitoral do Chile fora do país se concluírem a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas

  1. Se você está tentando veicular propaganda eleitoral do Chile no próprio país, é necessário concluir a verificação de anúncios eleitorais do Chile. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular propaganda eleitoral do Chile fora do país, é necessário concluir a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
  3. Edite seu anúncio ou entre em contato para que ele seja revisado novamente. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maioria dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais do Chile.
Anúncios eleitorais da União Europeia (UE)

Na União Europeia, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político, funcionário público eleito ou candidato ao Parlamento da União Europeia
  • Um partido político, funcionário público eleito ou candidato a um cargo nacional eleito dentro de um estado-membro da União Europeia, como membros de um parlamento nacional e presidentes eleitos de maneira direta
  • Uma pergunta levantada em um referendo, um grupo de campanhas de referendo ou uma convocação para votar em um referendo federal, estadual ou regional sobre soberania

Veja abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais na União Europeia.


Requisito de verificação para veicular anúncios eleitorais na União Europeia

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular propaganda eleitoral na União Europeia se fizerem a verificação de anúncios eleitorais dessa região Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais da União Europeia fora dessa região se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da União Europeia nessa região, é preciso fazer a verificação relevante de propaganda eleitoral. Saiba mais sobre o processo de verificação.

  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da União Europeia fora dessa região, é preciso fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou editado Essa ação reenviará o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.

  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da União Europeia.

Anúncios eleitorais na Índia

Os anúncios eleitorais na Índia são aqueles que se referem ao seguinte:

Confira abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais na Índia.

Requisito de verificação para veicular anúncios eleitorais na Índia

Restrita Os anunciantes só vão poder veicular propaganda eleitoral na Índia se fizerem a verificação de anúncios eleitorais do país. Saiba como pedir a verificação.

Restrita No processo de verificação, as pessoas interessadas em veicular anúncios eleitorais na Índia precisam divulgar se são partidos ou candidatos políticos ou membros eleitos da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha. Para esses anunciantes, todos os anúncios da conta verificada são considerados eleitorais.

Restrita Os anunciantes só podem veicular propaganda eleitoral da Índia fora do país se fizerem a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
Requisito de certificado prévio do anúncio para propaganda eleitoral na Índia

Restrita Para veicular propaganda eleitoral na Índia, os anunciantes precisam enviar um certificado prévio válido emitido pela Comissão Eleitoral da Índia (ECI) ou qualquer pessoa autorizada pela ECI referente a cada anúncio eleitoral.

Observação: o anunciante precisa ser verificado pelo Google antes de enviar esse certificado prévio referente a cada anúncio.

Se você já passou pela verificação do Google, envie os certificados prévios referentes aos seus anúncios eleitorais.

Se você estiver usando a plataforma do Display & Video 360 para publicidade, preencha este formulário para atender aos requisitos acima.

Os certificados prévios não são obrigatórios para anúncios veiculados por entidades não políticas que fazem merchandising político, como camisetas, ou por agências de notícias ao cobrir as eleições. 

Além disso, os certificados prévios do anúncio não são obrigatórios para anúncios veiculados por entidades governamentais ou órgãos de serviço público que informam os cidadãos sobre direitos e responsabilidades deles, políticas, programas, serviços ou iniciativas do governo, perigos ou riscos à saúde, à segurança pública ou ao meio ambiente. Se você representa uma entidade governamental ou um órgão de serviço público que veicula esses anúncios, precisa enviar, em vez de um certificado prévio, uma carta em papel timbrado com seu carimbo e assinatura confirmando que os anúncios veiculados estão isentos do requisito de certificado prévio da ECI na sua entidade governamental oficial ou PSU.

Por último, os certificados prévios não são obrigatórios para anúncios veiculados por uma entidade comercial e para fins comerciais que só incluem um candidato político ou um membro atual da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha, como definido na política de anúncios eleitorais da Índia. Se você representa uma entidade comercial que usa esse tipo de propaganda, é necessário enviar, em vez do certificado prévio, uma carta em papel timbrado com seu carimbo e assinatura confirmando que os anúncios veiculados são isentos do requisito de certificado prévio na sua entidade comercial.

Mesmo que os certificados prévios não sejam obrigatórios, os anunciantes interessados em veicular propaganda eleitoral da Índia precisam ser verificados pelo Google.
Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Índia dentro do país, é preciso fazer a verificação relevante de propaganda eleitoral e enviar um certificado prévio referente a cada anúncio eleitoral. Saiba mais sobre o processo de certificado prévio ou o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular propaganda eleitoral da Índia fora do país, é preciso fazer a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma revisão mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação ou você não tiver um certificado prévio, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da Índia.
Anúncios eleitorais em Israel

Os anúncios eleitorais em Israel são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político, funcionário público eleito ou candidato individual ao Knesset
  • Uma lista de candidatos composta por um ou mais partidos políticos disputando cargos no Knesset

Veja abaixo os requisitos para veicular anúncios eleitorais em Israel.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais em Israel

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais de Israel no país se fizerem a verificação de propaganda eleitoral. Saiba como solicitar a verificação.

Permitido com restrições No processo de verificação, os interessados em veicular anúncios eleitorais em Israel precisam divulgar se são candidatos, funcionários públicos eleitos, partidos políticos ou uma lista de candidatos composta por um ou mais partidos políticos para o Knesset. Para esses anunciantes, todos os anúncios da conta verificada são considerados eleitorais.

Permitido com restrições Os anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais em Israel precisam incluir exonerações de responsabilidade nos anúncios como exigido pela legislação israelense.

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais de Israel fora do país se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais de Israel no país, confira se fez a verificação deles. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais de Israel fora do país, confira se fez a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou editado. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo pode se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais de Israel.
Anúncios eleitorais do México
No México, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:
  • Partidos políticos, coligações, funcionários públicos eleitos com mandato vigente ou candidatos à Presidência da República, ao Senado ou à Câmara dos Deputados.
  • Uma questão de um referendo nacional declarado oficialmente pela Suprema Corte de Justiça Nacional do México.

Confira abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais no México.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais no México

Restrita No México, somente agências podem veicular anúncios eleitorais. As agências que quiserem veicular anúncios eleitorais no México deverão concluir o processo de verificação do Google em nome de seus clientes. Saiba como pedir a verificação.

Restrita As agências só têm permissão para veicular anúncios eleitorais no México em nome de organizações. Saiba como pedir a verificação.

Restrita Os anunciantes, e as agências que eles usam para veicular anúncios eleitorais no México, seguem a legislação mexicana.

Restrita Se você está tentando veicular anúncios do México fora do país, conclua a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante e confirme se está em conformidade com a legislação local.

Solucionador de problemas
  1. Somente agências podem veicular anúncios eleitorais no México. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais no México, é preciso concluir a verificação de anúncios eleitorais do México. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Entre em contato para pedir uma nova revisão ou edite o anúncio. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  3. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais do México.
Anúncios eleitorais na Nova Zelândia

Na Nova Zelândia, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político, funcionário público eleito ou candidato ao Parlamento da Nova Zelândia
  • Uma pergunta levantada em um referendo, um proponente de opção de um referendo ou uma convocação para votar quando um referendo nacional é oficialmente declarado por uma lei ou um decreto do Conselho
Veja abaixo os requisitos para quem pretende exibir anúncios eleitorais na Nova Zelândia
 
Requisitos de verificação do anunciante para anúncios eleitorais na Nova Zelândia

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais da Nova Zelândia nesse país se fizerem a verificação relevante de propaganda eleitoral. Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes que querem veicular propaganda eleitoral da Nova Zelândia no país precisam obedecer à legislação e as diretrizes aplicáveis da Comissão Eleitoral local relacionadas a exonerações, incluindo uma declaração clara do promotor nos seus anúncios, quando necessário. Se exigido por lei, os anunciantes precisam receber autorização de um candidato ou de um político antes de comprar anúncios.

Permitido com restrições Os anunciantes que querem veicular propaganda eleitoral da Nova Zelândia no país precisam obedecer à legislação local e aos períodos de silêncio.

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular anúncios eleitorais da Nova Zelândia fora do país se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Nova Zelândia nesse país, é preciso fazer a verificação relevante de propaganda eleitoral.Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais da Nova Zelândia fora do país, é preciso fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou editado. Essa ação reenviará o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Confirme que você não está tentando exibir anúncios em maori. Não é possível exibir publicidade nesse idioma porque, no momento, ele não é compatível com o Google Ads ou o DV360. Na Nova Zelândia, são permitidos anúncios eleitorais em um idioma aceito que contenha uma palavra ou frase de uso comum em maori. Veja mais informações sobre idiomas compatíveis com o Google Ads e o DV360.
  5. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da Nova Zelândia.

Anúncios eleitorais na África do Sul

Na África do Sul, anúncios eleitorais são aqueles sobre:

  • Um partido político nacional, um funcionário público eleito ou um candidato à Assembleia Nacional, ao Conselho Nacional de Províncias, à presidência ou à vice-presidência.

Veja abaixo os requisitos que os anunciantes vão precisar seguir se quiserem veicular anúncios eleitorais na África do Sul.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais na África do Sul

Permitido com restrições Os anunciantes só poderão veicular propaganda eleitoral na África do Sul se fizerem a verificação de anúncios eleitorais do país. Saiba como se inscrever para a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só podem veicular propaganda eleitoral da África do Sul fora desse país quando concluem o processo de verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas

  1. Se você está tentando veicular propaganda eleitoral da África do Sul nesse mesmo país, verifique se concluiu a verificação de anúncios eleitorais da África do Sul. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular propaganda eleitoral da África do Sul fora do país, é preciso fazer a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
  3. Edite seu anúncio ou entre em contato para que ele seja revisado novamente. Essa ação reenvia o anúncio e o destino dele para análise. A maioria dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais da África do Sul.
Anúncios eleitorais no Reino Unido (RU)

No Reino Unido, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um partido político, funcionário público eleito ou candidato ao Parlamento do Reino Unido
  • Uma pergunta levantada em um referendo, um grupo de campanhas de referendo ou uma convocação para votar em um referendo nacional ou regional sobre soberania

Veja abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos anunciantes que querem veicular anúncios eleitorais no Reino Unido.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais no Reino Unido

Permitido com restrições Os anunciantes podem veicular anúncios eleitorais no Reino Unido apenas se realizarem a verificação de anúncios eleitorais do Reino Unido. Saiba como solicitar a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só vão poder veicular anúncios eleitorais do Reino Unido fora dessa região se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais do Reino Unido na mesma região, é preciso fazer a verificação relevante de anúncios eleitorais. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais do Reino Unido fora dessa região, é preciso fazer a verificação de anúncios eleitorais ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou editado. Essa ação reenviará o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais do Reino Unido.
Anúncios eleitorais nos Estados Unidos (EUA)

Nos Estados Unidos, os anúncios eleitorais são aqueles que se referem ao seguinte:

  • Um funcionário público eleito ou candidato a cargo eletivo federal, o que inclui o cargo de presidente ou vice-presidente dos Estados Unidos, membros da Câmara dos Deputados ou do Senado dos EUA
  • Um funcionário público eleito ou candidato a cargo eletivo estadual, como governador, secretário de Estado ou membro da Assembleia Legislativa de um estado
  • Um partido político federal ou estadual
  • Um referendo, iniciativa ou proposta qualificada para ser votada no estado em questão

Veja abaixo os requisitos que precisam ser cumpridos pelos interessados em veicular anúncios eleitorais nos EUA.

Requisitos de verificação do anunciante para veicular anúncios eleitorais nos EUA

Permitido com restrições Os anunciantes só vão poder veicular anúncios eleitorais dos EUA nesse país se fizerem a verificação relevante de propaganda eleitoral. Saiba como pedir a verificação.

Permitido com restrições Os anunciantes só vão poder veicular anúncios eleitorais dos EUA fora do país se fizerem a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.

Solucionador de problemas
  1. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais dos EUA nesse país, é preciso fazer a verificação relevante de propaganda eleitoral. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Se você está tentando veicular anúncios eleitorais dos EUA fora do país, é preciso fazer a verificação de propaganda eleitoral ou de identidade do anunciante.
  3. Entre em contato para pedir uma nova revisão ou edite o anúncio. Essa ação reenviará o anúncio e o destino dele para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até 1 dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessária uma análise mais complexa.
  4. Se não for possível concluir o processo de verificação, remova os anúncios que violam a política de anúncios eleitorais dos EUA.
Anúncios eleitorais locais e estaduais nos Estados Unidos

Além dos requisitos acima, existem outras restrições para anúncios eleitorais locais e estaduais em alguns estados dos EUA. Veja abaixo os detalhes por estado.

Restrições da Califórnia

Os requisitos a seguir são impostos aos comitês da Califórnia que, de acordo com o Código do Governo da Califórnia § 84504.6 (2018), precisam obrigatoriamente enviar notificação expressa às plataformas on-line antes de comprar "publicidade veiculada em plataformas on-line" relacionada a referendos ou candidatos à eleição na Califórnia:

Permitido com restrições Os comitês da Califórnia que quiserem comprar "publicidade veiculada em plataformas on-line" precisam: (1) notificar explicitamente o Google e enviar informações adicionais sobre eles para o Transparency Report e as declarações no anúncio; e (2) verificar as respectivas contas.

Envie este formulário para concluir o processo de notificação expressa. Se você estiver usando a plataforma Display & Video 360 para publicidade, preencha este formulário para atender aos requisitos acima.

Depois de concluir esse processo, todos os anúncios da sua conta estarão qualificados para as divulgações exigidas por lei. Como as divulgações no anúncio serão exibidas por meio do ícone "Por que esse anúncio", você não poderá desativar a exibição desse ícone nos seus anúncios. Se quiser mais informações sobre esse processo e recomendações para o gerenciamento de contas, acesse este guia de práticas recomendadas.

Restrições de Idaho

Não são permitidos:

Anúncios relacionados a referendos e candidatos em eleições locais

Restrições de Maryland
Veja a seguir o que não é permitido:
 Anúncios relacionados a referendos e candidatos a eleições estaduais e municipais
Restrições de Nevada
Não é permitido o seguinte:
 Anúncios relacionados a referendos e candidatos em eleições locais
Restrições de Nova Jersey
Não é permitido o seguinte:
 Anúncios relacionados a referendos e candidatos em eleições locais
Os anunciantes de Nova Jersey aplicáveis e listados abaixo precisam fazer o seguinte antes de comprar anúncios:

Permitido com restrições Conforme estabelecido na Legislação Estadual de Nova Jersey, parágrafo 19:44A-22.3(d), antes da compra de publicidade, os anunciantes a seguir precisam enviar à Comissão de Execução da Lei Eleitoral uma cópia da declaração de registro requerida:

Um comitê de candidato, comitê conjunto de candidatos, comitê político, comitê político contínuo, comitê independente de gastos, comitê de partido político ou comitê legislativo de liderança, ou qualquer grupo diferente de um comitê desses tipos, ou uma pessoa que faça, gere ou autorize gastos para financiar uma comunicação, conforme descrito na Legislação Estadual de Nova Jersey, parágrafo 19:44A-22.3(a) e (b).

Esta etapa precisa ser concluída antes da exibição de anúncios.

Preencha este formulário para atender aos requisitos acima.

Restrições de Nova York

Os comitês de despesas independentes do estado de Nova York precisam atender à seguinte condição para comprar anúncios políticos:

Permitido com restrições Os comitês de despesas independentes que têm interesse em comprar anúncios relacionados a medidas eleitorais e a candidatos às eleições locais e do estado de Nova York precisam informar ao Google que são comitês de despesas independentes e enviar uma cópia dos respectivos documentos de registro cadastrados no Conselho Eleitoral do Estado de Nova York.
 
Preencha este formulário para atender aos requisitos acima.  
Se você estiver usando a plataforma do Display & Video 360 para publicidade, preencha este formulário para atender aos requisitos acima.
Restrições no estado da Virgínia

Os requisitos a seguir são impostos aos anunciantes políticos on-line da Virgínia que, de acordo com o Código Anotado da Virgínia § 24.2-960, precisam se identificar em plataformas on-line como anunciantes políticos e garantir à plataforma que têm permissão, conforme as leis estaduais e locais, para comprar ou promover legalmente (mediante pagamento de uma taxa) publicidade eleitoral on-line:

Permitido com restrições Os anunciantes políticos on-line da Virgínia que quiserem comprar "publicidade eleitoral on-line" precisam: (1) identificar-se para o Google como anunciantes políticos on-line; (2) garantir ao Google que, conforme as leis estaduais e municipais, podem comprar ou promover legalmente (mediante pagamento de uma taxa) publicidade eleitoral on-line; e (3) verificar a conta.

Envie este formulário (em inglês) para concluir o processo de autoidentificação e autocertificação.

Restrições de Washington
Não é permitido o seguinte:
 Anúncios relacionados a medidas eleitorais e candidatos a eleições estaduais e locais
Para denunciar ou solicitar informações adicionais sobre um anúncio que viola essa política, preencha o formulário de solicitação de informações sobre anúncios eleitorais de Washington.
Restrições de Seattle

Não é permitido o seguinte:

 Anúncios que pedem, direta ou indiretamente, votos, apoio financeiro ou outro tipo de suporte para qualquer campanha eleitoral ou que transmitem uma mensagem relacionada a qualquer questão política de importância local, incluindo a legislação ou a posição de um governante eleito quanto à legislação

Segmentação restrita para anúncios eleitorais

Apenas os critérios a seguir podem ser usados para segmentar anúncios eleitorais:

Green checkmark, allowed Localização geográfica (exceto um raio ao redor de um local)

Green checkmark, allowed Idade e sexo

Green checkmark, allowed Opções de segmentação contextual, por exemplo: posições do anúncio, temas e palavras-chave em sites, apps, páginas e vídeos

Não é permitido usar qualquer outro tipo de segmentação nos anúncios eleitorais.

Requisitos de divulgação para propaganda eleitoral

Todos os anúncios eleitorais veiculados por anunciantes eleitorais verificados em regiões onde a verificação de propaganda eleitoral é obrigatória precisam incluir uma declaração informando quem pagou pelo anúncio. Para a maioria dos formatos, o Google gera automaticamente uma declaração "Pago por", de acordo com as informações fornecidas durante o processo de verificação. Essa declaração não substitui nenhuma outra que, por lei, você tenha que incluir no seu anúncio.

Permitido com restrições Para os seguintes formatos de anúncio e recursos disponíveis no Google, o anunciante precisa incluir, diretamente no anúncio, a declaração "Pago por" seguida do nome da organização ou do indivíduo que pagou por ele. Para formatos visuais, a declaração precisa ficar visível o tempo todo e ter um tamanho suficiente para ser lida por uma pessoa com capacidade visual normal. No caso dos formatos de áudio, a declaração precisa ser semelhante ao restante do anúncio em volume, tom e velocidade.

Essa declaração não substitui nenhuma outra que, por lei, você tenha que incluir no seu anúncio.

Requisitos de divulgação para conteúdo sintético

Acreditamos que os usuários devem ter informações suficientes para tomar decisões fundamentadas ao visualizar anúncios eleitorais com conteúdo sintético que foi alterado ou gerado digitalmente. Da mesma forma, os anunciantes eleitorais verificados de regiões onde a verificação é obrigatória precisam mostrar em destaque quando os anúncios incluem conteúdo sintético que retrata pessoas ou eventos reais ou de aparência realista de forma não autêntica. Essa declaração precisa ser clara e evidente, além de aparecer em um lugar onde provavelmente será notada pelos usuários. Essa política serve para conteúdo de imagens, vídeos e áudios.

Os anúncios que incluem conteúdo sintético modificado ou gerado de uma forma que não gera consequências para as declarações feitas no anúncio não precisam seguir esses requisitos de divulgação. Isso inclui técnicas de edição, como redimensionamento e corte de imagens, correções de cor, brilho ou imperfeições (por exemplo, remoção de "olhos vermelhos") ou edições no plano de fundo que não criem representações realistas de eventos reais.

Alguns exemplos de conteúdo de anúncios que exigiriam uma divulgação clara e evidente incluem:

  • Um anúncio com conteúdo sintético que faz parecer que uma pessoa está dizendo ou fazendo algo que ela não disse ou fez
  • Um anúncio com conteúdo sintético que altera a filmagem de um evento real ou gera uma representação realista de um evento para descrever cenas que não aconteceram

A linguagem de divulgação aceitável varia de acordo com o contexto específico do anúncio, mas alguns exemplos incluem:

  • Este áudio foi gerado por computador.
  • Esta imagem não retrata eventos reais.
  • Este conteúdo em vídeo foi gerado de forma sintética.
Violações desta política não levarão à suspensão imediata da conta sem aviso prévio. Uma notificação será emitida pelo menos sete dias antes da suspensão. Saiba mais sobre contas suspensas.

Restrições regionais

Nessas regiões, existem restrições relacionadas a anúncios políticos. Veja abaixo uma lista dessas regiões e o que é proibido em cada uma delas. Pode haver outras proibições ou requisitos descritos na política de requisitos legais vigentes.

Canadá
Anúncios eleitorais no Canadá

No Canadá, não é permitido veicular o conteúdo a seguir nas plataformas do Google durante um período eleitoral regulado pela Lei Eleitoral do Canadá.

Não permitido Anúncios sobre um partido político federal, um líder de partido político federal, um membro atual ou um candidato a membro (incluindo candidatos a nomeação) do Parlamento do Canadá

Observação: esta política não é válida para anúncios veiculados por agências de notícias canadenses para promover a cobertura da eleição. A política também não inclui anúncios que divulgam orientações de saúde pública relacionadas à COVID-19 ou informações sobre processos eleitorais realizados por ministérios, departamentos ou órgãos oficiais do governo federal (por exemplo, anúncios de participação cívica veiculados pela agência Elections Canada).

Anúncios sobre problemas políticos no Canadá

No Canadá, não é permitido veicular o conteúdo a seguir nas plataformas do Google durante um período eleitoral regulado pela Lei Eleitoral do Canadá.

Não permitido Anúncios sobre problemas associados a um partido político federal, um membro atual ou um candidato a membro do Parlamento do Canadá

Observação: esta política não se aplica a anúncios veiculados por agências de notícias para promover a cobertura da eleição. Ela também não inclui anúncios que divulgam orientações de saúde pública relacionadas à COVID-19 ou informações sobre processos eleitorais realizados por ministérios, departamentos ou órgãos oficiais do governo federal (por exemplo, anúncios de participação cívica veiculados pela agência Elections Canada).

Solucionador de problemas
  1. Se os seus anúncios foram reprovados, mas você acredita que se trata de um erro (por exemplo, você é uma agência de notícias canadense promovendo seu conteúdo e selecionou o Canadá no perfil para pagamentos do Google Ads), entre em contato para solicitar uma nova revisão ou edite os anúncios diretamente. A edição faz com que o anúncio e o destino sejam reenviados para revisão.
  2. Se você não conseguir cumprir os critérios para isenção de notícias mencionados acima, remova do anúncio o conteúdo que viola as restrições regionais.
França

Na França, os seguintes anúncios serão proibidos nas plataformas do Google durante o período que começa três meses antes do primeiro dia do mês em que uma eleição geral será realizada. Essa proibição terminará quando a eleição for encerrada:

Anúncios que exibem conteúdo informativo relacionado a um debate de interesse geral.

Isso não inclui anúncios exibidos por órgãos oficiais de comunicação do governo (ou seja, o Service d’information du Gouvernement) com orientações de saúde pública relacionadas à crise da COVID-19 ou informações sobre os processos eleitorais.

Indonésia

Na Indonésia, os seguintes tipos de anúncios são proibidos nas plataformas do Google:

Anúncios com candidatos ou partidos políticos para cargos eletivos da Indonésia.

Japão

No Japão, os seguintes tipos de anúncios são proibidos nas plataformas do Google:

Fora de um período de campanha eleitoral anunciado pelo governo japonês:

  • Anúncios que mostram um partido político, um líder de um partido político ou um candidato a um cargo eletivo incentivando as pessoas a votarem ou direcionando os usuários a uma página de destino que incentiva os visitante a votarem em uma eleição.

Durante um período de campanha eleitoral anunciado pelo governo japonês:

  • Anúncios que mostram um partido político, um líder de um partido político ou um candidato a um cargo eletivo incentivando as pessoas a votarem em uma eleição; e
  • Anúncios incluindo um candidato a um cargo eletivo que promovam as políticas de partidos ou governantes eleitos.
Filipinas

Nas Filipinas, não é permitido exibir o conteúdo a seguir nas plataformas do Google durante as campanhas eleitorais ou períodos de proibição de campanhas determinados pela Commission on Elections.

Não permitido Os anúncios que promovem ou se opõem a um partido político ou candidatura de uma pessoa ou partido a um cargo público.

Singapura

Em Singapura, as seguintes ações são proibidas nas plataformas do Google:

Anúncios que influenciam ou buscam influenciar:
  • o resultado de eleições gerais ou parciais para o Parlamento, eleições presidenciais ou referendos;
  • a opinião pública sobre um assunto controverso ou de interesse público em Singapura, como raça ou religião;
  • o processo ou resultado legislativo em Singapura, ou provocar mudanças na legislação de todo ou parte do país.
Anúncios que promovem os interesses de um partido político ou outro grupo de pessoas organizadas em Singapura para fins políticos.
 

Observação: avisos de utilidade pública dos ministérios do governo, dos conselhos legislativos e dos órgãos do estado para divulgar informações sobre políticas, projetos e/ou instituições nacionais não são proibidos de acordo com esta política. Sendo assim, as informações sobre anúncios referentes à política nacional em eventos, como o Discurso sobre o Estado da União, também não são proibidas.

Se você atua em nome dos ministérios do governo, dos conselhos legislativos e dos órgãos do estado para dar esses avisos de utilidade pública, inscreva-se aqui.

Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, os seguintes tipos de anúncio são proibidos nas plataformas do Google:

Anúncios com candidatos ou partidos políticos para cargos eletivos da Coreia do Sul.

Taiwan

Em Taiwan, o seguinte tipo de anúncio é proibido nas plataformas do Google:

Não permitido Anúncios que promovem um partido político, funcionário público eleito, candidato à presidência ou vice-presidência, membro do Yuan Legislativo, conselheiro municipal, conselheiro de condado (cidade), representantes de congressos de vilarejos, representantes de congressos de distritos indígenas montanhosos, governadores de municipalidades (prefeitos), governadores de condados (cidades) e chefes de vilarejos (cidades), chefes de distritos indígenas e chefes de aldeias (municípios).

Precisa de ajuda?

Se você tiver dúvidas sobre nossas políticas, procure o suporte do Google Ads

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal