Conteúdo político

Apoiamos a publicidade política responsável e esperamos que todos os anúncios e páginas de destino sobre política obedeçam aos requisitos legais vigentes, incluindo as leis eleitorais e de campanha, além dos "períodos de silêncio eleitoral" exigidos em todas as áreas geográficas segmentadas. O conteúdo político inclui anúncios de organizações e partidos políticos, campanhas de arrecadação ou defesa de questões políticas, além de candidatos e políticos.

A não conformidade com nossas políticas de conteúdo político pode resultar na divulgação de informações sobre a conta e publicidade política para o público em geral ou para reguladores e agências governamentais.

Anúncios eleitorais

É permitido exibir anúncios eleitorais, com restrições em alguns países. Veja abaixo como definimos esses anúncios em cada país ou região e os requisitos do anunciante aplicáveis.

Segmentação restrita para anúncios eleitorais

Apenas os critérios a seguir podem ser usados para segmentar anúncios eleitorais:

Localização geográfica (exceto um raio ao redor de um local)

Idade e sexo

Opções de segmentação contextual, por exemplo: canais de anúncio, temas, palavras-chave em sites, aplicativos, páginas e vídeos

Não é permitido usar qualquer outro tipo de segmentação em anúncios eleitorais. Isso inclui todos os produtos de segmentação por público-alvo, remarketing, Segmentação por lista de clientes, segmentação geográfica por raio e públicos-alvo de terceiros, como listas enviadas.

Anúncios eleitorais na União Europeia

 

Na UE, anúncios eleitorais são aqueles que se referem a:

  • um partido político, governante eleito ou candidato ao Parlamento da UE;
  • um partido político, governante eleito ou candidato a um cargo nacional eleito dentro de um estado-membro da UE, por exemplo, membros de um parlamento nacional e presidentes eleitos de maneira direta;
  • uma pergunta relacionada a um referendo, um grupo de campanhas de referendo ou uma convocação para votar em um referendo federal, estadual ou regional sobre soberania.

Não consideramos anúncios eleitorais aqueles que divulgam produtos ou serviços, incluindo material político promocional (como camisetas), ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de referendos, partidos políticos, candidatos ou governantes eleitos.

Veja abaixo os requisitos para a exibição de anúncios eleitorais na UE.


Requisito de verificação para quem quer exibir anúncios eleitorais na União Europeia

Permitido com restriçõesOs anúncios eleitorais na UE só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google.

Saiba como solicitar a verificação.

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais da UE só podem ser exibidos nessa região. Confira se seus anúncios atendem a esse requisito e se você passou pela verificação para exibir publicidade eleitoral na UE. Saiba mais sobre o processo de verificação

  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou edite-o. Essa ação reenviará o anúncio e a página de destino para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma análise mais complexa.

  3. Se você não conseguir concluir o processo de confirmação, remova todo o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais.

Anúncios eleitorais no Reino Unido

No Reino Unido, anúncios eleitorais são aqueles que se referem a:

  • um partido político, governante eleito ou candidato ao Parlamento do Reino Unido;
  • uma pergunta relacionada a referendo, um grupo de campanhas de referendo ou uma convocação para votar em um referendo nacional ou regional sobre soberania.

Não consideramos anúncios eleitorais aqueles que divulgam produtos ou serviços, incluindo material político promocional (como camisetas), ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de referendos, partidos políticos, candidatos ou governantes eleitos.

Veja abaixo os requisitos para a exibição de anúncios eleitorais no Reino Unido.

Requisitos de verificação do anunciante para publicidade eleitoral no Reino Unido

Permitido com restrições Os anúncios eleitorais no Reino Unido só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google.

Saiba como solicitar a verificação

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais do Reino Unido só podem ser exibidos nessa região. Confira se seus anúncios atendem a esse requisito e se você passou pela verificação para exibir publicidade eleitoral no Reino Unido. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou edite-o. Essa ação reenviará o anúncio e a página de destino para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá se estender caso seja necessário fazer uma análise mais complexa.
  3. Se você não conseguir concluir o processo de verificação, remova todo o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais.

Anúncios eleitorais na Índia

 

A publicidade eleitoral na Índia abrange anúncios que citam um partido ou candidato político ou um membro atual da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha, ou anúncios veiculados por um partido, candidato ou membro atual da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha.

Os anúncios eleitorais não incluem aqueles exibidos por entidades fora da esfera política para divulgar material político, como camisetas, ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de partidos políticos, campanhas eleitorais da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha, candidatos ou membros atuais da Lok Sabha ou da Vidhan Sabha.

Veja abaixo os requisitos para quem pretende exibir anúncios eleitorais na Índia.

Requisito de verificação para quem quer exibir anúncios eleitorais na Índia
Permitido com restrições Os anúncios eleitorais na Índia só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google. Os anunciantes que ainda não foram verificados precisam iniciar o processo antes de mostrar qualquer anúncio desse tipo. 
Requisito de certificado prévio do anúncio para publicidade eleitoral na Índia

Permitido com restrições Para exibir publicidade eleitoral na Índia, os anunciantes precisam enviar um certificado prévio válido emitido pela Comissão Eleitoral da Índia (ECI, na sigla em inglês) ou qualquer pessoa autorizada por ela referente a cada anúncio eleitoral que quiserem veicular.

Observação: o anunciante precisa ser verificado pelo Google antes de enviar esse certificado prévio referente a cada anúncio.
 

Se você já foi verificado pelo Google, envie os certificados prévios referentes aos seus anúncios eleitorais

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais da Índia só podem ser exibidos nessa região. Confira se sua publicidade atende a esse requisito. Além disso, confirme se você passou pelo processo de verificação do Google e se enviou o certificado prévio referente a cada anúncio que gostaria de exibir. Saiba mais sobre esse procedimento de verificação.

  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma análise mais complexa.

  3. Se você não conseguir concluir o processo de verificação ou não tiver um certificado prévio, remova o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais.

Anúncios eleitorais em Israel

Os anúncios eleitorais em Israel são aqueles que incluem ou são exibidos por qualquer um dos seguintes itens:

  • Um partido político, governante eleito ou candidato individual ao Knesset
  • Uma lista de candidatos composta por um ou mais partidos políticos disputando cargos no Knesset

Não consideramos anúncios eleitorais aqueles que divulgam produtos ou serviços, incluindo material político promocional (como camisetas), ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de partidos políticos, candidatos, listas compostas por candidatos de vários partidos ou governantes eleitos. 

Veja abaixo os requisitos obrigatórios para todos os anunciantes que quiserem exibir anúncios eleitorais em Israel. 

Requisitos de verificação do anunciante para anúncios eleitorais em Israel

Permitido com restrições Os anúncios eleitorais em Israel só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google.

Permitido com restrições Durante a verificação, os anunciantes precisam informar se são candidatos, atuais governantes eleitos, partidos políticos ou listas de candidatos compostas por um ou mais partidos disputando cargos no Knesset. Para esses anunciantes, todos os anúncios da conta verificada serão considerados como eleitorais.

Saiba como solicitar a verificação.

Permitido com restrições  Os anunciantes precisam incluir avisos de isenção de responsabilidade nos anúncios, conforme exigido pela legislação de Israel.

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais de Israel só podem ser exibidos nesse país. Verifique se seus anúncios atendem a esse requisito e se você passou pela verificação para exibir anúncios eleitorais em Israel. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou edite-o. Essa ação reenviará o anúncio e a página de destino para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma análise mais complexa.
  3. Se você não conseguir concluir o processo de verificação, remova todo o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais em Israel. 

Anúncios eleitorais na Nova Zelândia

Os anúncios eleitorais na Nova Zelândia são aqueles que incluem:

  • um partido político, um governante eleito ou candidato ao Parlamento da Nova Zelândia; ou 
  • uma opção relacionada a referendo, um proponente de opção de referendo ou uma convocação para votar quando um referendo nacional for oficialmente declarado por uma lei ou um decreto do Conselho. 

Não consideramos anúncios eleitorais aqueles que divulgam produtos ou serviços, incluindo material político promocional (como camisetas), ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de partidos políticos, candidatos ou governantes eleitos. 

Os anúncios eleitorais na Nova Zelândia só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google. Saiba como solicitar a verificação

Requisitos de verificação do anunciante para anúncios eleitorais na Nova Zelândia

Permitido com restrições Os anúncios eleitorais na Nova Zelândia só poderão ser exibidos se o anunciante for verificado pelo Google.

Saiba como solicitar a verificação
 

Permitido com restrições Os anunciantes precisam seguir a legislação da Nova Zelândia e as diretrizes aplicáveis da Comissão Eleitoral relacionadas a exonerações de responsabilidade, incluindo uma declaração clara do promotor nos anúncios, quando necessário. Se exigido por lei, os anunciantes precisam receber autorização de um candidato ou de um político antes de comprar anúncios.

Permitido com restrições Os anunciantes precisam obedecer às leis da Nova Zelândia sobre os períodos de silêncio.

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais da Nova Zelândia só podem ser exibidos nessa região. Verifique se seus anúncios atendem a esse requisito e se você passou pela verificação para exibir anúncios eleitorais no país. Saiba mais sobre o processo de verificação.
  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou edite-o. Essa ação reenviará o anúncio e a página de destino para análise. A maior parte dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma análise mais complexa.
  3. Confirme que você não está tentando exibir anúncios em maori. Não é possível exibir publicidade nesse idioma porque, no momento, ele não é compatível com o Google Ads ou o DV360. Na Nova Zelândia, são permitidos anúncios eleitorais em um idioma aceito que contenha uma palavra ou frase de uso comum em maori. Veja mais informações sobre idiomas compatíveis com o Google Ads e o DV360.
  4. Se você não conseguir concluir o processo de verificação, remova todo o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais na Nova Zelândia.

Anúncios eleitorais nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, os anúncios eleitorais incluem aqueles que apresentam:

  • um governante atual ou candidato a cargo eletivo federal. Isso inclui o cargo de presidente ou vice-presidente dos Estados Unidos, membros da Câmara dos Deputados ou do Senado dos EUA;
  • um governante atual ou candidato a cargo eletivo estadual, como governador, secretário de Estado ou membro da Assembleia Legislativa de um estado;
  • um partido político federal ou estadual;
  • um referendo, iniciativa ou proposta qualificada para ser votada no estado em questão.

Não consideramos anúncios eleitorais aqueles que divulgam produtos ou serviços, incluindo material político promocional, como camisetas, ou anúncios exibidos por veículos de notícias para promover a cobertura de campanhas eleitorais federais, candidatos ou governantes federais eleitos.

Veja abaixo os requisitos obrigatórios para os anunciantes que pretendem exibir publicidade para as eleições federais dos Estados Unidos.

Requisitos de confirmação do anunciante para publicidade eleitoral nos Estados Unidos

Permitido com restrições Os anúncios eleitorais nos Estados Unidos poderão ser exibidos se o anunciante for confirmado pelo Google.

Saiba como solicitar a confirmação

Solucionador de problemas
  1. Os anúncios eleitorais dos EUA só podem ser exibidos nessa região. Verifique se seus anúncios atendem a esse requisito e se você passou pela confirmação necessária para exibir publicidade eleitoral nesse país. Saiba mais sobre o processo de confirmação.
  2. Entre em contato para que seu anúncio seja revisado novamente ou edite-o. Essa ação reenviará o anúncio e a página de destino para revisão. A maioria dos anúncios é revisada em até um dia útil. No entanto, esse processo poderá demorar mais se for necessária uma análise mais complexa.
  3. Se você não conseguir concluir o processo de confirmação, remova todo o conteúdo que viola a política de anúncios eleitorais.

Publicidade para as eleições estaduais dos Estados Unidos

Além dos requisitos acima, existem outras restrições para publicidade eleitoral estadual e local em alguns estados dos EUA. Veja abaixo os detalhes por estado.

Restrições da Califórnia

Os requisitos a seguir são impostos aos comitês da Califórnia que, de acordo com o Código do Governo da Califórnia § 84504.6 (2018), precisam obrigatoriamente enviar notificação expressa às plataformas on-line antes de comprar "publicidade veiculada em plataformas on-line" relacionada a referendos ou candidatos à eleição na Califórnia:

Permitido com restriçõesOs comitês da Califórnia que quiserem comprar “publicidade veiculada em plataformas on-line” precisam: (1) enviar notificação expressa ao Google e fornecer informações adicionais sobre eles para o Transparency Report e as divulgações no anúncio, e (2) confirmar suas respectivas contas.

Envie este formulário para concluir o processo de notificação expressa. Se você estiver usando a plataforma Display & Video 360 para publicidade, preencha este formulário para atender aos requisitos acima.

Depois de concluir esse processo, todos os anúncios da sua conta estarão qualificados para as divulgações exigidas por lei. Como as divulgações no anúncio serão exibidas por meio do ícone "Por que esse anúncio", você não poderá desativar a exibição desse ícone nos seus anúncios. Para mais informações sobre esse processo e recomendações para o gerenciamento de contas, acesse este guia de práticas recomendadas.

Restrições de Maryland
Veja a seguir o que não é permitido:
 Anúncios relacionados a medidas eleitorais e candidatos a eleições estaduais e municipais
Restrições de Nova Jersey
Veja a seguir o que não é permitido:
 Anúncios relacionados a medidas eleitorais e candidatos a eleições estaduais e municipais
Restrições de Nova York

Os comitês de despesas independentes do estado de Nova York precisam atender à seguinte condição para comprar anúncios políticos:  

Permitido com restrições Os comitês de despesas independentes que têm interesse em comprar anúncios relacionados a medidas eleitorais e a candidatos às eleições locais e do estado de Nova York precisam informar ao Google que são comitês de despesas independentes e enviar uma cópia dos respectivos documentos de registro cadastrados no Conselho Eleitoral do Estado de Nova York.
 
Preencha este formulário para atender aos requisitos acima.  
Se você estiver usando a plataforma do Display & Video 360 para publicidade, preencha este formulário para atender aos requisitos acima.
Restrições de Nevada
Veja a seguir o que não é permitido:
 Anúncios relacionados a medidas eleitorais e candidatos a eleições estaduais e municipais
Restrições no estado da Virgínia

Os requisitos a seguir são impostos aos anunciantes políticos on-line da Virgínia que, de acordo com o Código Anotado da Virgínia § 24.2-960, precisam se identificar em plataformas on-line como anunciantes políticos e garantir à plataforma que têm permissão, conforme as leis estaduais e locais, para comprar ou promover legalmente (mediante pagamento de uma taxa) publicidade eleitoral on-line:

Permitido com restriçõesOs anunciantes políticos on-line da Virgínia que quiserem comprar "publicidade eleitoral on-line" precisam: (1) identificar-se para o Google como anunciantes políticos on-line; (2) garantir ao Google que, conforme as leis estaduais e locais, podem comprar ou promover legalmente (mediante pagamento de uma taxa) publicidade eleitoral on-line; e (3) verificar a conta.

Envie este formulário para concluir o processo de autoidentificação e autocertificação.

Restrições de Washington
Não é permitido o seguinte:
 Anúncios relacionados a medidas eleitorais e candidatos a eleições estaduais e locais
Restrições de Seattle

Não é permitido o seguinte:

 Anúncios que pedem, direta ou indiretamente, votos, apoio financeiro ou outro tipo de suporte para qualquer campanha eleitoral ou que transmitem uma mensagem relacionada a qualquer questão política de importância local, incluindo a legislação ou a posição de um governante eleito quanto à legislação.

Anúncios de conteúdo informativo da França

Na França, o seguinte tipo de anúncio será proibido nas plataformas do Google entre 1º de junho e 24 de setembro de 2020:

Anúncios que exibem conteúdo informativo relacionado a um debate de interesse geral.

Isso não inclui anúncios veiculados por órgãos oficiais de comunicação do governo (ou seja, o Service d’information du Gouvernement) com orientações de saúde pública relacionadas à crise da COVID-19 ou informações sobre os processos eleitorais.

Anúncios eleitorais em Singapura

Em Singapura, as seguintes ações são proibidas nas plataformas do Google:

Anúncios que influenciam ou procuram influenciar:
  • o resultado de eleições gerais ou parciais para o Parlamento, eleições presidenciais ou referendos;
  • a opinião pública sobre um assunto controverso ou de interesse público em Singapura, como raça ou religião;
  • o processo ou resultado legislativo em Singapura, ou provocar ou buscar mudanças na legislação na totalidade ou em parte do país.
Anúncios que promovem os interesses de um partido político ou outro grupo de pessoas organizadas em Singapura para fins políticos;

Anúncios eleitorais na Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, os seguintes tipos de anúncio são proibidos nas plataformas do Google:

Anúncios com candidatos ou partidos políticos para cargos eletivos da Coreia do Sul.

Requisitos de divulgação para publicidade eleitoral 

Para os países com políticas de publicidade eleitoral do Google, exigimos que todos os anúncios desse tipo mostrem uma declaração que indique quem pagou pelo anúncio. Na maioria dos formatos, o Google gera automaticamente uma declaração "Pago por", de acordo com as informações fornecidas durante o processo de verificação. 

Permitido com restrições Para os seguintes formatos de anúncio e recursos disponíveis no Google, o anunciante deve incluir, diretamente no anúncio, a declaração "Pago por" seguida pelo nome da organização ou do indivíduo que pagou por ele. A declaração precisa ficar visível o tempo todo no anúncio.

Essa nota não substitui nenhuma outra declaração que, por lei, você tenha que incluir no seu anúncio.

Saiba como corrigir um anúncio reprovado

 

Precisa de ajuda?

Se você tiver dúvidas sobre nossas políticas, entre em contato com o suporte do Google Ads
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?