Identificadores exclusivos de produto

Quando você fornece um 'id' para seu produto, esse 'id' é exclusivo para sua conta e rastreia seu produto em sua campanha do Google AdWords. Porém, você também deve fornecer identificadores exclusivos de produto que definam o produto que você vende no mercado global. Quando você fornece esses identificadores, podemos melhorar seus anúncios e facilitar a localização deles por parte dos usuários. 

Veja uma lista dos identificadores exclusivos de produto que talvez seja necessário especificar:

  • Números globais de item comercial (GTINs, na sigla em inglês), que abrangem UPC (nos EUA), EAN (na Europa), JAN (no Japão) e ISBN
  • O número da peça do fabricante (MPN, na sigla em inglês) pode ser usado para identificar um produto específico no atributo “mpn” caso esteja acompanhado pelo nome da marca do fabricante no atributo “marca”
  • A marca identifica o fabricante do produto

Estes produtos não têm identificadores exclusivos de produto:

  • mercadorias personalizadas ou itens únicos, como camisetas personalizadas, arte e perecíveis.
  • mercadorias produzidas antes da introdução dos identificadores exclusivos de produto, como mercadorias vintage, antigas, livros publicados antes de 1970 e outros itens especiais.

Caso seus produtos não tenham identificadores exclusivos de produto, use o atributo 'identificador existe' [identifier exists] para nos informar. 

Índice

Tipos de identificadores exclusivos de produto

Nome Descrição Local Formato Atributo do feed
Código universal de produto (UPC, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-12 e UPC-A Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo. Principalmente na América do Norte 12 dígitos numéricos GTIN
Número de artigo europeu (EAN, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-13 Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo. Principalmente fora da América do Norte Normalmente 13 dígitos numéricos (ocasionalmente podem ser 8 ou 14 dígitos numéricos) GTIN
Número de artigo japonês (JAN, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-13 Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo. Somente no Japão 8 ou 13 dígitos numéricos GTIN
Número padrão internacional de livro (ISBN, na sigla em inglês) Um identificador numérico exclusivo para livros comerciais publicados a partir de 1970 que pode ser encontrado na parte de trás do livro com o código de barras. No mundo todo ISBN-10: 10 dígitos numéricos (o último dígito pode ser "X", que representa o número "10").
O uso deste formato foi suspenso em 2007, e nem todos os livros podem ser representados por um código ISBN-10.
ISBN-13 (recomendado): 13 dígitos numéricos normalmente iniciados por 978 ou 979
GTIN
Número da peça do fabricante (MPN, na sigla em inglês) O número que identifica exclusivamente o produto para o fabricante dele. No mundo todo Dígitos alfanuméricos (vários tamanhos) MPN
Marca A marca do produto. No mundo todo Nome da marca. Marca

Incluir identificadores exclusivos de produto nos dados de seus produtos

De acordo com o tipo de produto enviado e o país de destino, você deverá enviar identificadores diferentes. Recomendamos enviar todos os três atributos ('marca' [brand], 'mpn' e 'gtin') para todos os itens, onde disponíveis.

Recomendamos o uso dos atributos do identificador exclusivo de produto para a Áustria, a Bélgica, o Canadá, a Dinamarca, a Índia, o México, a Noruega, a Polônia, a Rússia, a Suécia e a Turquia.

Para a Austrália, o Brasil, a República Tcheca, a França, a Alemanha, a Itália, o Japão, a Holanda, a Espanha, a Suíça, o Reino Unido e os EUA, use o conjunto de regras a seguir para fornecer os identificadores corretos para cada um de seus produtos.

'gtin' e 'marca' [brand] são estritamente obrigatórios* para produtos quando: 

  1. a 'marca' [brand] é uma marca atribuída, e
  2. a condição é 'novo' [new].

*Produtos cuja 'disponibilidade' [availability] é 'encomenda' [pre-order] estão isentos disso. Você pode usar uma das regras abaixo.

'mpn' é bastante recomendável.

Para todos os produtos que não atendem a esses critérios, consulte estas regras:

Vestuário

'marca' [brand] é obrigatório.

Além disso, para as categorias abaixo, é necessário enviar 'gtin' ou 'mpn':

  • 'Vestuário e acessórios > Sapatos' [Apparel & Accessories > Shoes]
  • 'Vestuário e acessórios > Acessórios de vestuário > Óculos de sol' [Apparel & Accessories > Clothing accessories > Sunglasses]
  • 'Vestuário e acessórios > Bolsas, carteiras e estojos > Bolsas' [Apparel & Accessories > Handbags, Wallets & Cases > Handbags]
  • 'Vestuário e acessórios > Joias > Relógios' [Apparel & Accessories > Jewelry > Watches]

Sempre que GTINs estiverem disponíveis, é altamente recomendável fornecê-los no atributo 'gtin'.

Mídia e software 'gtin' é obrigatório.
Todas as demais categorias

Pelo menos dois destes três identificadores são obrigatórios: 'marca' [brand], 'gtin' e 'mpn'.

Sempre que GTINs estiverem disponíveis, é altamente recomendável fornecê-los no atributo 'gtin'.

Não existe identificador exclusivo do produto Quando identificadores exclusivos de produto são obrigatórios, mas não existem para um item (por exemplo, mercadorias personalizadas), envie o atributo 'identificador existe' [identifier exists] com o valor FALSE.

Caso você não forneça os identificadores exclusivos de produto, seus itens podem ser removidos do Google Shopping.

No futuro, o GTIN se tornará um requisito para todos os produtos que o contêm, mas avisaremos com antecedência antes de fazermos essa alteração.

Dicas para tipos específicos de produtos

  • Cartuchos de toner e jato de tinta
    • Para cartuchos compatíveis na categoria "Eletrônicos > Acessórios para impressão, cópia, digitalização e fax > Acessórios para impressora > Itens para impressora > Toner e cartuchos de tinta": envie os Identificadores exclusivos do produto do fabricante que realmente produziu o cartucho da impressora.
  • Multipacks
    • Um multipack definido pelo fabricante é um pacote com vários itens idênticos com embalagens individuais vendidos como uma unidade. Use os identificadores exclusivos de produto exigidos para seu tipo de produto. Você deve usar o identificador relacionado ao multipack, não aos itens contidos no multipack. 
    • Um multipack definido pelo comerciante pode conter várias unidades do mesmo produto ou de produtos diferentes vendidos como uma unidade. Use os identificadores exclusivos de produto exigidos para o item base individual do multipack.
  • Pacotes
    • Um produto definido pelo comerciante (por exemplo, uma câmera com uma lente) é aquele que contém vários itens e pelo menos dois deles são diferentes.
    • Um pacote definido pelo comerciante é um agrupamento personalizado de produtos diferentes definido pelo comerciante e vendido em conjunto por um preço único. Use os identificadores exclusivos de produto exigidos para o tipo de produto do item principal do pacote. Além disso, use o atributo 'é um pacote' [is bundle] em seus dados.

Solução de problemas

Use os links abaixo para ir direto aos tópicos da solução de problemas.

Como localizar os identificadores exclusivos de seus produtos

Quando você trabalha com identificadores exclusivos de produto, é importante não inventar nem aproximar os valores. Cada produto tem um valor prescrito atribuído pelo fabricante, e qualquer outro valor será sinalizado como inválido.

Maneiras de localizar identificadores exclusivos de produto:

  • Consulte o GTIN na embalagem de seu produto. Saiba mais
  • Use a página "Comparar preços" do Google Shopping na seção "Detalhes" para qualquer produto.
  • Pesquise UPCs ou EANs no website Internet UPC Database, que inclui muitos, mas não todos os identificadores de produto já lançados. 
  • Pesquise ISBNs em ISBNdb.com ou no Google Livros.
  • Entre em contato com o fabricante do produto para solicitar o número.

Como assegurar que seus códigos GTIN estão corretos

Verifique se cada GTIN enviado inclui os dados corretos de:

  • Número de dígitos
  • Dígito de verificação (ou letra para ISBN-10). O dígito de verificação é um dígito do GTIN que pode ser usado como verificação matemática para garantir que o identificador de produto está correto.
  • Prefixos conforme definidos pela GS1.

Caso você utilize códigos GTIN-14, só poderá usar níveis de embalagem (1 a 8) se estiver vendendo pacotes com vários itens. Não use o indicador de medida variável (9).

Os envios de GTIN não devem incluir códigos nos intervalos restritos (prefixos 2, 02, 04) ou no intervalo de cupom (05, 981, 982, 983).

Como resolver erros de identificador inválido

Se enviar seu feed e encontrar erros em seus identificadores exclusivos de produto, você pode verificar algumas partes dos identificadores para se certificar de que forneceu os valores certos:

  • Dígitos a mais ou a menos
  • Letras ou símbolos (em vez de somente números)
  • Número da peça do fabricante fora do padrão
  • Dígito de verificação inválido*

Geramos erros para os valores formatados incorretamente para o atributo 'gtin'. Esses erros impedem que o item apareça no Google Shopping.

Para mais informações sobre a validação dos GTINs, consulte o Guia de validação de GTIN editado pela GS1.

*O dígito de verificação é um dígito do GTIN que pode ser usado como verificação matemática para garantir que o identificador de produto está correto.É possível validar o identificador de produto e o dígito de verificação na GS1.

Como os usuários contam com informações precisas sobre os produtos, cada produto enviado ao Merchant Center deve usar as informações de identificação corretas. Caso seus produtos não tenham os identificadores corretos, eles serão reprovados. Lembre-se de usar o número da peça atribuído pelo fabricante em caso de “mpn”, um nome de marca apropriado para “marca” (e não o nome da loja ou do produto) e um dígito de verificação válido para “gtin”.

Nenhum identificador exclusivo de produto disponível

Quando não existir um identificador exclusivo de produto para o item, informe o fato explicitamente em seu feed, especificando o atributo “existe identificador” para o item. Se existir um identificador para o item, mas você não o tiver, será importante adicionar o identificador correto ao feed, em vez de usar o atributo "identificador existe".

Perguntas frequentes

  1. O ISBN é um subconjunto do EAN? Como devo enviá-lo?
    Sim, o ISBN-13 é um subconjunto do EAN, que, por sua vez, é um subconjunto do GTIN. Por isso, você deve usar o atributo 'gtin' para enviar seus valores.
  2. Tenho livros, vídeos e DVDs com valores UPC e ISBN (os valores são diferentes). Qual valor devo incluir? Ou devo enviar os dois?
    Envie os dois valores.
  3. Onde posso encontrar mais informações sobre identificadores exclusivos de produto?
    Um bom lugar para começar é em GTIN Info. A Wikipédia também contém informações úteis.
  4. Vendo livros que são muito antigos ou raros para terem um ISBN. O que devo fazer?
    Se os livros tiverem códigos SBN antigos (9 dígitos, usado na Grã-Bretanha até 1974), você poderá convertê-los em códigos ISBN-10 adicionando um zero. Use ferramentas on-line para converter um ISBN em um ISBN-13.

    Caso contrário, use o atributo 'identificador existe' [identifier exists] para indicar que não existe um ISBN para seu item.

  5. Vendo produtos usados e reformados.
    Exigimos que todos os itens, exceto produtos personalizados, conteidentificadores válidos de produto, independentemente da condição. O vendedor do item é responsável por incluir identificadores válidos para os itens que estão no feed de dados.

    Por exemplo, se você vende toners e cartuchos de jato de tinta compatíveis, inclua os identificadores exclusivos de produto do fabricante que produziu o cartucho da impressora.

  6. E se meus produtos tiverem mais de um UPC?
    Use as diretrizes a seguir para enviar UPCs:
    • Produtos variantes: para produtos que têm UPCs diferentes para cada variante do item, como tamanho ou cor, envie informações do produto individual com um UPC por item.
    • Vários UPCs: para produtos com mais de um UPC válido, como um UPC global e um específico de um comerciante ou distribuidor, forneça todos os UPCs aplicáveis no atributo UPC. Para o formato texto/delimitado por tabulação, separe os vários UPCs usando uma vírgula e um espaço. Para o formato XML, inclua um atributo 'gtin' no nível do item para cada UPC adicional.
  7. Eu vendo assinaturas de revistas.
    Os valores de Número internacional normalizado para publicações seriadas (ISSN, na sigla em inglês) podem ser convertidos em códigos GTIN. Consulte a página da Wikipédia sobre ISSN para mais informações.
  8. Eu vendo medicamentos com e sem prescrição médica.
    Os valores do Código nacional de medicamento (NDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos podem ser convertidos em códigos GTIN. Veja o Apêndice C do Guia de validação de GTIN.

    Existem regras semelhantes de conversão para medicamentos emitidos em países europeus. Consulte as Diretrizes sobre informações nas embalagens de produtos medicinais para uso humano autorizados pela União publicadas pela Comissão Europeia.

    Consulte nossas políticas para mais informações sobre o envio de medicamentos com e sem prescrição médica ao Google Shopping.

  9. Vendo músicas em mídias físicas.
    Os valores do Número padrão internacional de música (ISMN, na sigla em inglês) podem ser convertidos em códigos GTIN. Consulte a página da Wikipédia sobre ISMN para mais informações.
Este artigo foi útil para você?