Prepare-se! Em breve, você vai ter acesso a novas formas de gerar receita com os Shorts e às atualizações do Programa de Parcerias do YouTube. Saiba mais no blog do YouTube (em inglês) e confira todos os detalhes na nossa Central de Ajuda.

Políticas de Monetização de Canais do YouTube

10 de março de 2022: devido à recente suspensão dos sistemas de publicidade do Google na Rússia, vamos pausar a criação de novas contas russas do Google AdSense, AdMob e Ad Manager. Também vamos interromper a exibição de anúncios nos Serviços e Redes do Google em todo o mundo para anunciantes localizados nesse país. Por isso, os criadores de conteúdo na Rússia não poderão se inscrever no YPP no momento.

3 de março de 2022: devido à guerra em andamento na Ucrânia, vamos pausar temporariamente a veiculação de anúncios do Google e YouTube para usuários localizados na Rússia. Também vamos remover o acesso a todos os recursos de monetização, como Clubes dos canais, Super Chat, Super Stickers e produtos, para espectadores na Rússia. Saiba mais.

25 de fevereiro de 2022: devido à guerra na Ucrânia, pausamos a monetização de canais de mídia financiada pela Federação Russa no YouTube.

Vamos continuar monitorando a situação ativamente e fazendo ajustes conforme necessário.

Última atualização feita em janeiro de 2022: a partir de fevereiro, teremos um novo princípio de qualidade para conteúdo infantil e familiar relacionado a monetização dos canais do YouTube.

Se você está gerando receita no YouTube, é importante que seu canal siga​ as políticas de monetização da plataforma. Elas incluem as diretrizes da comunidade, os Termos de Serviço, as políticas de direitos autorais do YouTube e as políticas do programa Google AdSense. Essas diretrizes se aplicam a todos que fazem parte ou que gostariam de entrar no Programa de Parcerias do YouTube, e elas também valem para qualquer um que receber os bônus do Fundo de recompensa do YouTube Shorts.  

Para você gerar receita com anúncios nos seus vídeos, eles também precisam atender às diretrizes de conteúdo adequado para publicidade.

Confira a seguir uma visão geral breve das políticas mais importantes. Elas são usadas para verificar se um canal está qualificado para gerar receita, então leia todas com atenção. Nossos revisores analisam se os canais que geram receita seguem essas políticas.Saiba mais sobre como aplicamos nossas políticas.

O que verificamos ao analisar seu canal

Os revisores se concentram no conteúdo que melhor representa sua atividade em relação às nossas políticas. Como não é possível analisar todos os vídeos, verificamos os seguintes elementos do seu canal:

  • Tema principal
  • Vídeos mais assistidos
  • Vídeos mais recentes
  • Maior proporção de tempo de exibição
  • Metadados dos vídeos (incluindo títulos, miniaturas e descrições)

Os itens acima são apenas exemplos de conteúdo que pode ser analisado pelos revisores. Também é possível que outras áreas do seu canal sejam avaliadas para conferir se ele segue totalmente nossas políticas.

Seguir as diretrizes da comunidade do YouTube

Essas regras ajudam o YouTube a continuar sendo uma ótima comunidade para espectadores, criadores e anunciantes. O conteúdo que viola as diretrizes da comunidade não se qualifica para a monetização e será removido da plataforma.
Todos os usuários do YouTube precisam seguir nossas diretrizes da comunidade. Criadores de conteúdo que geram receita precisam saber que nossas diretrizes não se aplicam apenas a vídeos específicos, mas ao canal como um todo. Confira abaixo as diretrizes da comunidade mais relevantes para os canais que geram receita ou que pretendem fazer isso:

Não se esqueça de que todo conteúdo postado precisa seguir nossas diretrizes da comunidade.

Seguir as políticas do programa Google AdSense
O Google AdSense possibilita o pagamento dos vídeos monetizados aos parceiros do YouTube. Siga as políticas do programa Google AdSense e os Termos de Serviço do YouTube. As políticas de conteúdo do Google AdSense são abrangentes e incluem as diretrizes de qualidade das políticas para webmasters/Search Console. Destacamos abaixo algumas das regras mais relevantes para criadores de conteúdo do YouTube.

Conteúdo repetitivo

Isso se refere a canais em que o conteúdo é tão parecido que os espectadores não conseguem diferenciar os vídeos. Esta política tem como base a seção das políticas do programa Google AdSense sobre o Search Console. Neste caso, ela foi colocada em um contexto mais relevante para os criadores de conteúdo do YouTube.

Esta política se aplica ao seu canal como um todo. Ou seja, se você tiver vários vídeos que violam nossas diretrizes, a monetização poderá ser desativada em todo o seu conteúdo.

Quais vídeos podem gerar receita

Esta política garante que o conteúdo monetizado ofereça algo interessante para os espectadores assistirem. Ou seja, se um usuário normal consegue perceber que cada vídeo do seu canal oferece um conteúdo diferente, então você pode gerar receita. Sabemos que muitos canais postam vídeos que seguem um padrão. O importante é que o conteúdo de cada um deles seja relativamente variado.

Confira a seguir exemplos de casos em que a monetização é permitida (esta não é uma lista completa):

  • A introdução e o encerramento dos vídeos são iguais, mas a maior parte do conteúdo é diferente.
  • O conteúdo é parecido, mas cada vídeo fala especificamente sobre as características do tema em questão.
  • Clipes de objetos parecidos e editados em um vídeo em que você explica como eles estão relacionados.

Conteúdo que viola esta diretriz

Canais que têm vídeos muito semelhantes podem frustrar as expectativas dos usuários que vêm ao YouTube para assistir conteúdo atrativo e interessante. Por isso, a monetização não é permitida nos casos em que o conteúdo varia muito pouco a cada vídeo. Ou seja, seu canal não deve conter apenas conteúdo criado automaticamente ou produzido usando um modelo básico.

Confira a seguir exemplos de conteúdo que não pode gerar receita (esta não é uma lista completa):

  • Vídeos que mostram apenas a leitura de conteúdo que não foi criado por você, como textos de sites ou feeds de notícias.
  • Músicas com o tom ou velocidade alterados, mas idênticas à versão original em todos os outros aspectos.
  • Conteúdo repetitivo ou sem propósito, que tem um baixo valor educativo, analítico ou narrativo.
  • Conteúdo produzido em massa, a partir de modelos, ou gerado por programas.
  • Apresentações de slides com imagens ou texto com pouco ou nenhum valor narrativo, analítico ou educativo.

Conteúdo reutilizado

Isso se refere a canais que reutilizam o conteúdo de outra pessoa sem incluir comentários originais significativos ou sem ter valor educativo. Esta política tem como base a seção das políticas do programa Google AdSense sobre o Search Console. Neste caso, ela foi colocada em um contexto mais relevante para os criadores de conteúdo do YouTube.

Esta política se aplica ao seu canal como um todo. Ou seja, se você tiver vários vídeos que violam nossas diretrizes, a monetização poderá ser desativada em todo o seu conteúdo.

Quais vídeos podem gerar receita

O objetivo desta política é garantir que apenas conteúdo original e que agregue valor aos espectadores seja monetizado. Se você fez uma mudança engraçada ou criativa no conteúdo de outra pessoa, isso significa que houve um tipo de transformação. Não há problema em postar esse tipo de conteúdo no seu canal, mas ele pode estar sujeito a outras políticas, como a de direitos autorais. Ou seja, permitiremos esse tipo de conteúdo se os espectadores conseguirem notar uma diferença significativa entre seu vídeo e o original.

Observação: estes exemplos não violam nossas diretrizes de reutilização de conteúdo, mas outras políticas ainda se aplicam a eles, como a de direitos autorais.

 
Exemplos de conteúdo que pode gerar receita (esta não é uma lista completa):

  • Uso de clipes para fazer a análise crítica de uma obra.
  • Uma cena de um filme em que você reescreveu o diálogo e fez uma nova locução.
  • Filmagens de um torneio esportivo em que você explica por que as estratégias de um competidor foram eficientes ou não.
  • Vídeos de reação em que você comenta o conteúdo original.
  • Filmagens editadas de outros criadores de conteúdo em que você adiciona uma narrativa ou comentários.

Conteúdo que viola esta diretriz

Fazer pequenas mudanças no conteúdo de alguém e postar como um vídeo original configura uma violação desta diretriz. Esta política é válida mesmo se você tiver a permissão do criador original. A reutilização de conteúdo é uma questão independente do gerenciamento de direitos autorais no YouTube. Isso significa que não há exceções, como permissões, uso aceitável ou direitos autorais, para esses casos. De acordo com essa diretriz, mesmo que seu conteúdo não seja reivindicado, seu canal ainda pode ter violado as regras de reutilização de conteúdo.

Veja a seguir mais exemplos de vídeos que não podem gerar receita (esta não é uma lista completa):

  • Clipes de momentos do seu programa favorito reunidos com edição, sem nenhum comentário ou poucas adições significativas
  • Vídeos curtos de outras mídias sociais compilados
  • Coletâneas de músicas de vários artistas (mesmo com a permissão deles)
  • Conteúdo enviado várias vezes por outros criadores de conteúdo
  • Promoção do conteúdo de outra pessoa (mesmo com a permissão dela)
Princípios de qualidade para conteúdo familiar e infantil
Nosso objetivo é fornecer às crianças e famílias uma experiência segura e enriquecedora no YouTube, além de encontrar novas maneiras de recompensar os criadores que enviam conteúdo de alta qualidade na plataforma.

Caso seu canal tenha conteúdo para crianças, vamos usar os princípios de qualidade para conteúdo familiar e infantil para determinar o status de monetização desses vídeos.

Se descobrirmos que um canal tem foco em conteúdo com baixa qualidade para crianças, ele será suspenso do Programa de Parcerias do YouTube. Caso um vídeo específico viole esses princípios de qualidade, ele vai receber poucos ou nenhum anúncio.

As nuances e o contexto são importantes para verificar se a qualidade do conteúdo para crianças é baixa ou alta. Confira guias e exemplos na página de práticas recomendadas para conteúdo familiar e infantil.

Aplicação dos princípios de qualidade na qualificação para monetização

Existem vários princípios de baixa qualidade que podem afetar a qualidade geral de um vídeo específico. Consideramos cada princípio como um fator de qualificação para monetização ao longo do tempo. No momento, aplicamos restrições com base nos princípios de baixa qualidade para os tipos de conteúdo infantil e familiar listados abaixo. Ao longo do tempo, aumentaremos o escopo para incluir mais princípios.

  • Incentivo a comportamentos ou atitudes negativas: conteúdo que incita atividades perigosas, desperdício, bullying, desonestidade ou falta de respeito com outras pessoas. Exemplos: pegadinhas perigosas e hábitos alimentares não saudáveis.
  • Conteúdo altamente comercial ou promocional: vídeo focado na compra de produtos ou na promoção de marcas e logotipos, como brinquedos e comida. Isso também inclui vídeos com foco em consumo excessivo.Saiba mais sobre esse tipo de conteúdo no YouTube Kids.

Responsabilidades do criador de conteúdo

O sucesso do seu canal e do Programa de Parcerias do YouTube depende do interesse dos anunciantes em associar as marcas ao conteúdo da plataforma. Quando os anunciantes perdem a confiança, os ganhos de todos os criadores de conteúdo do YouTube são prejudicados.
Não permitimos comportamento ofensivo que cause impacto negativo em larga escala na comunidade. O objetivo dessa política é que você respeite seus espectadores, seus colegas criadores e nossos anunciantes, dentro e fora do YouTube.
Se você violar essa política, poderemos desativar temporariamente sua monetização ou encerrar suas contas.

Como informaremos você sobre as mudanças nas políticas

O YouTube altera e melhora constantemente o serviço oferecido, além de se adaptar ao mundo a nossa volta. Às vezes, é preciso fazer mudanças nos Termos e Condições ou nas políticas sobre o uso do serviço para refletir as mudanças na plataforma ou por motivos legais, regulatórios ou de segurança. Isso inclui mudanças nos Termos de Serviço e do Programa de Parcerias do YouTube, nas nossas políticas e em outros documentos contratuais.

Quando isso acontece, nossos parceiros recebem, por escrito, as informações sobre as mudanças que podem afetar a experiência na plataforma. Se você não concordar com as mudanças nos termos, tem a opção de parar de usar o recurso que foi alterado ou encerrar nosso contrato.

Para você estar sempre por dentro das novidades sobre nossas políticas, mantemos um registro permanente das atualizações. Veja aqui esse registro.

Como aplicamos as políticas de monetização do YouTube

Todo mundo que ganha dinheiro com a plataforma precisa seguir as políticas de monetização do YouTube. Se você violar alguma das nossas diretrizes, poderemos tomar as medidas mencionadas abaixo.

Desativar os anúncios no seu conteúdo

Como membro do Programa de Parcerias do YouTube, você pode ativar a exibição de anúncios nos seus vídeos, mas eles precisam atender a nossas diretrizes. Se descobrirmos que os vídeos não estão de acordo com asdiretrizes de conteúdo adequado para publicidade ou que eles violam outras políticas, como as de restrição de idade ou de direitos autorais, os anúncios serão desativados.

Para mais informações sobre os motivos para um vídeo não ser qualificado para gerar receita, consulte o guia dos ícones de monetização no YouTube Studio.

Suspender sua participação no Programa de Parcerias do YouTube

A violação das Políticas de Monetização de Canais do YouTube pode resultar na suspensão ou desativação permanente desse recurso em uma ou todas as suas contas. Se for determinado que seu canal não se qualifica mais para gerar receita, você pode perder o acesso a todas as ferramentas de monetização e aos recursos do Programa de Parcerias do YouTube.

Para mais informações sobre suspensões, incluindo dicas para solucionar problemas e detalhes sobre como se inscrever novamente no Programa de Parcerias do YouTube, consulte A monetização está desativada no meu canal.

Suspender ou até mesmo encerrar seu canal do YouTube

Em algumas situações, pode ser necessário suspender o acesso de um usuário ao serviço ou encerrar um canal ou uma conta para garantir a integridade da plataforma ou proteger nossos usuários contra danos. Saiba mais sobre encerramentos de canal e Contas do Google desativadas, incluindo o que fazer se você achar que sua conta ou canal tenha sido encerrado por engano.

Como informamos você sobre as atividades que afetam sua monetização

Nós enviamos notificações por e-mail ou diretamente no produto quando precisamos aplicar nossas políticas. Também informamos quais opções você tem para resolver a situação.

Como conseguir ajuda para as questões que afetam seu canal

Você pode entrar em contato com a equipe de suporte ao criador de conteúdo se você estiver no Programa de Parcerias do YouTube.

Não importa se é um problema específico, ou se você quer saber como aproveitar o YouTube ao máximo como um criador de conteúdo, estamos aqui para ajudar você a:

  • otimizar a forma como você usa o YouTube;
  • receber dicas sobre aspectos técnicos ou serviços do YouTube;
  • saber como acessar as políticas e diretrizes de direitos autorais;
  • encontrar respostas às dúvidas sobre o gerenciamento da conta e do canal;
  • solucionar problemas com o Content ID e o gerenciamento de direitos autorais;
  • resolver problemas e corrigir bugs ou outras questões relacionadas à sua conta.

Veja instruções mais detalhadas para acessar nossa equipe de suporte para criadores e nossos canais de ajuda para criadores de conteúdo do YouTube.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
59
false
false