Acerca da TV no Planeador de alcance

A funcionalidade TV no Planeador de alcance pode ajudar a descobrir a combinação certa de dados de TV, YouTube e Google video partners e identificar oportunidades para maximizar o alcance e melhorar a frequência das suas campanhas de vídeo.

Pode adicionar dados do histórico do alcance, frequência, audiências dentro do público-alvo (TRPs) e orçamento das campanhas de TV a um plano de meios, juntamente com as previsões da campanha do YouTube. Em seguida, pode comparar o alcance único estimado de um plano de meios com o YouTube e a TV. A TV no Planeador de alcance utiliza dados do histórico de medição da TV de um fornecedor de medição de multimédia no país onde o seu plano de meios é aplicável.

A TV no Planeador de alcance mostra estimativas de alcance e de frequência, mas não garante um desempenho ou resultados específicos. O desempenho efetivo da campanha varia consoante outros fatores (como a qualidade do anúncio, a relevância do anúncio e as definições da campanha).

Vantagens

  • Utilização de dados de TV reais: a TV no Planeador de alcance utiliza dados de medição do histórico de campanhas de TV e de fornecedores de medição de multimédia. Com estes dados, o Planeador de alcance foi concebido para fornecer previsões precisas. Saiba mais acerca das previsões no Planeador de alcance.
  • Rápido e simples: a TV no Planeador de alcance está integrada na funcionalidade Planeador de alcance existente, oferecendo uma ferramenta de alcance e frequência rápida e simples.
  • Definições abrangentes: a TV no Planeador de alcance permite planear em todos os formatos de anúncios de notoriedade do YouTube.
  • Resultados acionáveis: a TV no Planeador de alcance mostra estatísticas claras sobre como melhorar o alcance, a distribuição da frequência e a eficácia através de um plano de meios que inclua o YouTube e a TV. A revisão das suas estatísticas permitir-lhe identificar oportunidades para alcançar pessoas que não veem muita televisão ou reduzir a frequência dos seus anúncios de vídeo para pessoas que veem TV regularmente.

Metodologia

A TV no Planeador de alcance permite prever o alcance único, a frequência e outras métricas de multimédia numa campanha publicitária que contenha o YouTube e a TV. A TV no Planeador de alcance utiliza previsões do YouTube e dados do histórico de TV e, em seguida, calcula o impacto previsto de uma campanha que inclua o YouTube e a TV com algoritmos desenvolvidos e publicados pela Google (apenas em inglês).

Nos casos em que as dimensões disponíveis para os dados do YouTube e da TV não são idênticas (por exemplo, diferentes faixas etárias ou localizações) ou quando não for possível medir uma métrica, poderemos ajustar uma ou ambas as dimensões para garantir a consistência dos dados.

Países suportados

Disponível para todos os utilizadores em França, no Japão e no Vietname e de forma limitada nos Estados Unidos para utilizadores existentes detentores de licenças de utilização de dados dos inquiridos ao nível All-Minute da Nielsen. Contacte a equipa da Google para obter mais informações.

Formatos de anúncios e dispositivos suportados

A TV no Planeador de alcance suporta:

  • Anúncios breves
  • Anúncios in-stream não ignoráveis
  • Anúncios outstream
  • Anúncios discovery TrueView
  • Anúncios TrueView para alcance
  • Anúncios TrueView in-stream
  • YouTube Select – anúncios de vídeo com 15 ou 20 segundos
  • YouTube Select – anúncios breves

Além disso, a TV no Planeador de alcance mede a utilização de telemóveis, computadores, tablets e TVs ligadas, em todos os países onde o YouTube está disponível.

Perguntas frequentes

O que é uma audiência bruta (GRP)/audiência dentro do público-alvo (TRP)?

  • Audiência bruta (GRP): o alcance geral multiplicado pela frequência (expresso em percentagem). As GRPs medem o total de todas as audiências durante uma campanha publicitária. Uma audiência representa 1% do potencial público-alvo.
  • Audiência dentro do público-alvo (TRP): também conhecidas como GRPs no grupo demográfico, as TRPs representam a percentagem do total do público-alvo no grupo demográfico multiplicado pela frequência. Por exemplo, se o plano de meios alcançou 10% do respetivo público-alvo no grupo demográfico com uma frequência de 1, tem 10 GRPs no grupo demográfico. Este valor é calculado de forma diferente das GRPs porque se baseia no conjunto de públicos-alvo no grupo demográfico e não na população do recenseamento total.

Qual é a diferença entre uma "Campanha específica" e uma "Campanha de exemplo" nas definições da opção "Campanha de TV"?

  • Os dados apresentados na secção "Campanha específica" baseiam-se em dados do histórico reais ao nível da campanha de um fornecedor de medição de multimédia no país onde o seu plano de meios é aplicável. Estes números (GRPs/TRPs) devem ser iguais (ou muito semelhantes) às informações que um anunciante vê nas próprias ferramentas de relatórios (partindo do princípio de que o desconto para a campanha de TV se reflete com precisão no Planeador de alcance).
  • Os dados apresentados na secção "Campanhas de exemplo" baseiam-se numa média do histórico de campanhas de TV com métricas de alcance e custos semelhantes às definições do seu plano de meios. Isto fornece uma comparação entre o histórico de campanhas de TV e o seu plano de meios.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.