Ajudar os anunciantes a agir em conformidade com a CCPA no Google Ads

A Google tem uma longa tradição de seguir uma abordagem em todas as suas ações que dá prioridade ao utilizador. Como uma parte integrante do nosso compromisso para com os utilizadores, nunca vendemos informações pessoais e oferecemos aos utilizadores transparência e controlo sobre as respetivas experiências do anúncio através de A minha conta e várias outras funcionalidades para ajudar a gerir a sua conta. De acordo com a nossa Política de Publicidade Personalizada, nunca utilizamos informações confidenciais para personalizar anúncios. Também investimos em iniciativas como a Coalition for Better Ads, a Google News Initiative e o ads.txt para apoiar um ecossistema de anúncios saudável e sustentável.

A Google valoriza as leis de privacidade que protegem os consumidores. Em maio de 2018, lançámos várias atualizações para ajudar os anunciantes e os publicadores a agirem em conformidade com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) no EEE. 

A partir de hoje, aumentamos ainda mais esse conjunto de funcionalidades ao disponibilizarmos o processamento de dados restrito, que funcionará conforme descrito abaixo, para ajudar os anunciantes, os publicadores e os parceiros a gerir a respetiva conformidade com a Lei da Privacidade dos Consumidores da Califórnia (CCPA).  

Acerca da Lei da Privacidade dos Consumidores da Califórnia

A Lei da Privacidade dos Consumidores da Califórnia (CCPA) é uma nova lei de privacidade de dados que estabelece vários direitos para os residentes do estado da Califórnia. A lei aplica-se a empresas que fazem negócios na Califórnia e cumprem um de vários critérios relacionados com receita, processamento de dados e outros fatores. A CCPA exige que seja conferido aos residentes o direito de recusarem a "venda" das suas "informações pessoais" (conforme a lei define esses termos), sendo esta opção oferecida através de um link proeminente de "Não vender as minhas informações pessoais" na página inicial da parte "vendedora". A CCPA reconhece determinadas exceções à definição de "venda", de modo que nem todas as transferências de informações pessoais são "vendas". Por exemplo, a transferência de informações pessoais para um "fornecedor de serviços" ao abrigo da lei não é uma venda.

Acerca do processamento de dados restrito

O processamento de dados restrito destina-se a ajudar os anunciantes, os publicadores e os parceiros a satisfazerem as respetivas necessidades em matéria de conformidade com a CCPA. Com o processamento de dados restrito, a Google restringe a forma como utiliza determinados identificadores únicos, e outros dados processados quando lhe presta serviços, para envolver apenas determinados fins comerciais. No que diz respeito aos dados aos quais se aplica o processamento de dados restrito, estes fins comerciais incluem o fornecimento de anúncios, relatórios e medições, segurança e deteção de fraudes, depuração e a melhoria e desenvolvimento de funcionalidades para os produtos que oferecemos. Sujeito aos termos da adenda CCPA do nosso fornecedor de serviços, iremos agir como o seu fornecedor de serviços no que diz respeito aos dados processados, enquanto o processamento de dados restrito estiver ativado. 

O processamento de dados restrito funciona de forma diferente entre os nossos produtos. Os anunciantes, os publicadores e os parceiros devem garantir que a utilização de produtos e serviços Google, incluindo o processamento de dados restrito, cumpre os respetivos requisitos de conformidade com a CCPA. Para os produtos em que é necessária uma ação para ativar o processamento de dados restrito, os parceiros têm de decidir autonomamente quando e de que forma o ativam. Alguns parceiros podem optar por ativar o processamento de dados restrito numa base por utilizador (por exemplo, após um utilizador recusar este processamento ao clicar num link de "Não vender as minhas informações pessoais").  Em alternativa, para produtos que o permitam, alguns parceiros podem optar por ativar o processamento de dados restrito para todos os utilizadores na Califórnia. 

 

O processamento de dados restrito não abrange o envio ou a divulgação de dados a terceiros que possa ter ativado nos nossos produtos e serviços, pelo que deve certificar-se de que tomou todas as medidas necessárias em relação a tais terceiros, para satisfazer as suas necessidades em matéria de conformidade com a CCPA. Se tiver partilhado dados de um produto Google com outro produto através de integrações de produtos, ou através de outros meios, depois de partilhados os dados ficam sujeitos aos termos do produto recetor. 

Produtos e funcionalidades que já funcionam com processamento de dados restrito

Estes produtos e funcionalidades do Google Ads já funcionam com o processamento de dados restrito:

Os utilizadores destes produtos e funcionalidades não necessitam de efetuar qualquer ação.

Se tiver partilhado dados de um produto Google com outro produto através de integrações de produtos, ou através de outros meios, depois de partilhados os dados ficam sujeitos aos termos do produto recetor.

Produtos e funcionalidades que requerem ação para ativar o processamento de dados restrito

Quando ativa o processamento de dados restrito, a Google limita a forma como utiliza os dados. Determinadas funcionalidades não estarão disponíveis, incluindo adicionar utilizadores a listas de remarketing, adicionar utilizadores a listas originais de remarketing de públicos-alvo semelhantes e funcionalidades relacionadas. Para as campanhas de aplicações, a ativação do processamento de dados restrito pode significar que os utilizadores que instalam a aplicação continuam a ver anúncios dessa aplicação após a instalação.

Mesmo quando tiver ativado o processamento de dados restrito, os anúncios com acompanhamento de anúncios de terceiros ou publicação de anúncios de terceiros, quando elegíveis para publicação (por exemplo, na Rede de Display da Google), serão publicados exceto se desativados por um publicador. Os compromissos contratuais da Google relativamente ao processamento de dados restrito não se aplicam a esses fornecedores terceiros de publicação e acompanhamento. Deve certificar-se de que tomou as medidas adequadas em relação a tais terceiros, para satisfazer as suas necessidades em matéria de conformidade com a CCPA. Para a publicação de anúncios entre mercados para a Rede de Display, a Google não licita em pedidos de lance para os quais o publicador enviou um sinal de optar por não receber.

Tenha em atenção que, mesmo quando o processamento de dados restrito está ativado, o acompanhamento de conversões e a medição de campanhas continuam a funcionar normalmente.

Como ativar o processamento de dados restrito

 

Produto  Ativar o processamento de dados restrito
Google Ads Pode definir o parâmetro allow_ad_personalization_signals uma vez e aplicá-lo a todos os produtos configurados através da etiqueta global do site. O valor predefinido do parâmetro é verdadeiro. Se definir o valor do parâmetro como falso, ativa o processamento de dados restrito. Para se assegurar de que o valor do parâmetro está disponível numa dada conta do Google Ads, deve adicioná-lo através do comando gtag('set'). Para mais detalhes, incluindo exemplos, consulte este artigo.
Google Analytics, Google Analytics para Firebase                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             Se for um cliente do Google Analytics ou do Google Analytics para Firebase, sujeito à adenda CCPA do fornecedor de serviços, o Google Analytics agirá como um fornecedor de serviços onde desativou a partilha com produtos e serviços Google. O Google Analytics oferece uma coleção de ferramentas que lhe permite controlar a forma como os dados são recolhidos e se são utilizados para personalização de publicidade. Para saber mais, visite o Centro de Ajuda do Google Analytics.
Campanhas de aplicações

Se medir as conversões de aplicações com o SDK do Firebase, desative as funcionalidades de publicidade personalizada, conforme explicado neste guia do Firebase, para os utilizadores adequados.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.