Configurar uma origem de público-alvo

Uma origem de público-alvo é uma fonte de dados próprios que pode ser usada para criar listas de remarketing no Google Ads. Por exemplo, é possível configurar esse recurso para alcançar pessoas que visitaram seu site, utilizaram o app, assistiram a um vídeo ou compartilharam informações com você.

Neste artigo, explicamos como configurar uma origem de público-alvo.

Vantagens

  • Configure ou vincule origens de público-alvo e aproveite os benefícios do remarketing.
  • Gerencie, monitore e solucione problemas com suas origens de público-alvo.
  • Veja as listas de público-alvo, os parâmetros ativos e os hits de tag criados para cada origem.

Escolher uma origem de público-alvo

A maioria das origens de público-alvo requer que você vincule sua conta do Google Ads à conta da origem. Siga as instruções abaixo para configurar uma nova origem de público-alvo na sua conta do Google Ads.

Tag do Google Ads

Para coletar os dados das suas listas de remarketing e do acompanhamento de conversões, adicione a tag do Google Ads ao seu site.

Instruções

  1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da tela.
  2. Em "Biblioteca personalizada", clique em Gerenciador de públicos-alvo.
  3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Origens de público-alvo.
  4. No cartão da tag do Google Ads, clique em Configurar tag.
  5. Se você já tiver configurado uma tag do Google Ads, edite-a clicando no menu de três pontos e depois em Editar.
  • Escolha quais dados sua tag coletará:
    1. A opção "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados" coleta dados gerais de visitas ao site.
    2. Com a opção "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios", você personaliza seus anúncios com base nas atividades dos usuários.
    3. Essa opção também é conhecida como "remarketing dinâmico" e permite que você exiba anúncios para pessoas das suas listas de remarketing com base nas atividades que elas realizaram no seu site ou aplicativo.
  • Selecione os parâmetros gerais que você gostaria de acompanhar.
  • Se você tiver selecionado "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados", siga para a etapa 9.
  • Se você tiver selecionado "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios": 
    1. Selecione um tipo de empresa. 
      • As tags usam o tipo de empresa para coletar informações sobre as atividades específicas do seu tipo de empresa que foram realizadas no seu site. Caso seu tipo de empresa não esteja na lista, selecione "Outros (opção personalizada)".
    2. Selecione os parâmetros do tipo de empresa que você gostaria de acompanhar.
  • Clique em Criar e continuar.
  • Instale a tag global do site e o snippet de evento do Google Ads na seção <head> das páginas HTML. Saiba mais sobre as alterações na tag de remarketing do Google Ads.
    1. Você pode:
      • copiar o código;
      • usar o Gerenciador de tags;
      • fazer o download da tag;
      • enviar a tag ao seu webmaster por e-mail.
    2. Para ver instruções passo a passo, leia o artigo Codificar seu site para remarketing.  
  • Clique em Concluído.
  • Google Analytics

    Veja as estatísticas do site, acompanhe as conversões e importe seus públicos-alvo de remarketing do Google Analytics.

    Antes de começar

    Instruções

    1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da tela.
    2. Em "Biblioteca compartilhada", clique em Gerenciador de públicos-alvo.
    3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Origens de público-alvo.
    4. No card do Google Analytics, clique em Configurar.
    5. Escolha quais dados essa origem coletará:
      • A opção "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados" coleta dados gerais de visitas ao site.
      • Com a opção "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios", você personaliza seus anúncios com base nas atividades dos usuários.
      • Essa opção também é conhecida como "remarketing dinâmico" e permite exibir anúncios para as pessoas das suas listas de remarketing com base nas atividades que elas realizaram.
    6. Se você tiver selecionado "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados":
      • prossiga para a etapa 8.
    7. Se você tiver selecionado "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios": 
      1. escolha um tipo de empresa. 
        • As tags usam o tipo de empresa para coletar informações sobre as atividades específicas do seu tipo de empresa que foram realizadas no seu site. Caso seu tipo de empresa não esteja na lista, selecione "Outros (opção personalizada)".
      2. Clique na vista do Google Analytics que possui os dados de atributo dinâmico.
      3. Selecione os atributos e as dimensões associadas que você quer acompanhar. Esses atributos permitem que o Google Analytics envie informações do Google Ads sobre atividades do seu site específicas do conteúdo visualizado pelos clientes.
        1. Marque a caixa ao lado do atributo que você selecionou.
        2. Clique na seta suspensa ao lado de "Selecionar dimensão".
        3. Crie sua própria dimensão ou escolha uma predefinida.
    8. Clique em Criar e continuar.

    Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics

    Atualmente, a propriedade App + Web do Google Analytics está na versão Beta. Saiba mais

    Para propriedades App + Web do Analytics e projetos do Firebase, você pode importar conversões de apps e da Web, transações e públicos-alvo de remarketing do Analytics para sua conta do Google Ads.

    Antes de começar

    • Verifique se você tem as permissões necessárias para acessar as vistas na sua propriedade App + Web do Google Analytics ou projeto do Firebase. Veja como solicitar permissões de usuário neste artigo.
    • Vincule uma propriedade App + Web do Analytics ou um projeto do Firebase à sua conta do Google Ads. Para saber mais, consulte Vincular o Google Ads a uma propriedade App + Web do Analytics ou ao Firebase.
    • As listas de público-alvo e os hits de tag (dispositivos móveis) do Firebase e de propriedades App + Web do Google Analytics aparecerão no bloco "Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics" em "Origens de público-alvo". 
    • O remarketing dinâmico para Web não é compatível com as propriedades App + Web do Analytics.

    Instruções

    1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da tela.
    2. Em "Biblioteca compartilhada", clique em Gerenciador de públicos-alvo.
    3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Origens de público-alvo.
    4. No card "Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics", clique em Vincular à propriedade App + Web e ao Firebase para vincular sua conta do Google Ads a uma propriedade desse tipo ou a um projeto do Firebase. Quando esse processo for concluído, o card "Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics" aparecerá como uma origem de público-alvo. Para saber mais, consulte Vincular o Google Ads a uma propriedade App + Web do Google Analytics ou ao Firebase.
    5. Para adicionar mais propriedades ou projetos, clique em Vincular outra propriedade no card "Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics".

    YouTube

    Use o remarketing com as pessoas que interagem com seu canal do YouTube, acompanhe o que as pessoas fazem após assistir a anúncios em vídeo e impulsione os cliques com as call-to-action overlays.

    Saiba como Vincular canais do YouTube ao Google Ads.

    Google Play

    Crie listas de remarketing com base nos usuários atuais e acompanhe as compras no aplicativo como conversões para saber quais anúncios geram mais ações.

    Saiba como Vincular o Google Play e o Google Ads.

    Análise de aplicativos

    Vincule um provedor de análise de aplicativos terceirizado ou seu próprio kit de desenvolvimento de software (SDK) à conta do Google Ads.
    Observação: se você quiser usar o Firebase como origem de público-alvo, consulte a seção "Firebase e propriedade App + Web do Google Analytics".

    Instruções

    1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da tela.
    2. Em "Biblioteca compartilhada", clique em Gerenciador de públicos-alvo.
    3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Origens de público-alvo.
    4. No cartão de análise de aplicativos, clique em Configurar.
    5. Escolha quais dados sua origem deve coletar:
      • A opção "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados" coleta dados gerais de visitas ao site.
      • Com a opção "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios", você personaliza seus anúncios com base nas atividades do feed e dos usuários.
      • Essa opção também é conhecida como "remarketing dinâmico" e permite exibir anúncios para as pessoas das suas listas de remarketing com base nas atividades que elas realizaram.
    6. Decida se você quer incluir o parâmetro de ID do usuário na tag. Caso afirmativo, marque a caixa de seleção. Do contrário, deixe-a desmarcada.
      • Se o site utiliza um login de usuário, esse parâmetro coleta os IDs das pessoas que estão na sua lista de remarketing. Dessa forma, você pode exibir anúncios mais segmentados. 
    7. Se você tiver selecionado "Coletar dados padrão disponíveis desta origem de dados", siga para a etapa 9.
    8. Se você tiver selecionado "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios": 
      1. escolha um tipo de empresa. 
        • A tag usa o tipo de empresa para coletar informações sobre as atividades específicas do seu tipo de empresa que foram realizadas no seu site ou aplicativo. Caso seu tipo de empresa não esteja na lista, selecione "Outros (opção personalizada)".
      2. Selecione os parâmetros que você quer acompanhar.
    9. Clique em Criar e continuar.
    10. Instale um SDK. 
    11. Crie um feed para personalização de anúncios (se você tiver selecionado "Coletar atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios").

    Dados do cliente

    Use dados de marketing para alcançar os clientes enquanto eles navegam em propriedades do Google como a Pesquisa Google, o YouTube ou o Gmail. Saiba mais em Fazer o upload de arquivos de dados e gerenciar públicos-alvo de Segmentação por lista de clientes.

    Instruções

    1. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da tela.
    2. Em "Biblioteca compartilhada", clique em Gerenciador de públicos-alvo.
    3. No Menu de páginas à esquerda, clique em Listas de público-alvo.
    4. Clique no botão de adição  para criar uma nova lista de público-alvo.
    5. Escolha a opção "Lista de clientes".
    6. Informe se você quer fazer o upload dos dados do cliente em um arquivo de dados com hash ou de texto simples.
      1. Se você optar pelo texto simples, os dados privados do cliente contidos no arquivo serão criptografados com hash no seu computador usando o algoritmo SHA256. Dessa forma, eles poderão ser enviados em segurança para os servidores do Google. 
      2. Se você optar por usar hash nos seus dados, verifique se eles atendem aos requisitos descritos na seção Requisitos para o upload de arquivos de dados deste artigo. 
    7. Escolha seu arquivo.
    8. Se você concordar, marque a caixa "Esses dados foram coletados e estão sendo compartilhados com o Google em conformidade com as políticas do Google".
    9. Defina a duração da associação. O padrão é ilimitado, mas você pode definir um limite de tempo personalizado.
    10. Clique em Salvar.
    11. É possível ver o progresso do upload do seu arquivo de dados na guia "Listas de público-alvo". Esse processo pode levar até 48 horas para ser concluído.
       
    Isso foi útil?
    Como podemos melhorá-lo?

    Precisa de mais ajuda?

    Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.