Configure uma origem de públicos-alvo

O Google Analytics 4 (GA4) substituiu o Universal Analytics (UA). Desde 1 de julho de 2023 que as propriedades do Universal Analytics padrão deixaram de processar dados. (As propriedades do Universal Analytics 360 com uma encomenda atual vão receber uma extensão de processamento única que termina a 1 de julho de 2024.) É fundamental que migre a sua propriedade do Universal Analytics para o Google Analytics 4. Saiba como mudar para o Google Analytics 4.

Os públicos-alvo vão ser movidos para o Google Analytics 4. O Universal Analytics deixou de processar eventos de Websites e de adicionar utilizadores a segmentos de público-alvo a 1 de julho de 2023. Para uma medição contínua do Website, crie um público-alvo no Google Analytics 4. Saiba como migrar públicos-alvo para o Google Analytics 4.

Para fornecer uma vista abrangente e consolidada dos seus públicos-alvo e simplificar a respetiva gestão e otimização, vai encontrar as seguintes melhorias no Google Ads:

  • Novos relatórios de público-alvo
    Os relatórios detalhados sobre dados demográficos, segmentos e exclusões do público-alvo estão agora consolidados num único local. Clique no ícone Campanhas Campaigns Icon, abra o separador "Públicos-alvo, palavras-chave e conteúdo" e clique em Públicos-alvo. Também pode gerir facilmente os seus públicos-alvo a partir desta página de relatório. Saiba mais acerca dos relatórios de público-alvo
  • Novos termos
    Estamos a utilizar novos termos no seu relatório de Público-alvo e em todo o Google Ads. Por exemplo, os "tipos de públicos-alvo" (que incluem públicos-alvo personalizados, no mercado e com afinidades) são agora designados segmentos de públicos-alvo, e o "remarketing" passa a designar-se "os seus dados". Saiba mais acerca das atualizações dos termos e das expressões do público-alvo.

Uma origem de públicos-alvo é uma origem de dados originais que pode usar para criar os seus segmentos de dados no Google Ads. Por exemplo, pode configurar uma origem de públicos-alvo para alcançar pessoas que visitaram o Website, utilizaram a app, visualizaram o vídeo ou partilharam as respetivas informações consigo.

Este artigo explica como configurar uma origem de públicos-alvo.

Vantagens

  • Configure ou associe origens de públicos-alvo para expandir o seu alcance.
  • Efetue a gestão, monitorize e resolva problemas das origens de públicos-alvo.
  • Veja os resultados da etiqueta, os parâmetros ativos e as listas de dados criados a partir de cada origem de públicos-alvo.

Escolha uma origem de públicos-alvo

A maioria das origens de públicos-alvo requer que associe a conta do Google Ads à conta da origem. Siga as instruções abaixo para configurar uma nova origem de públicos-alvo na sua conta do Google Ads.

Nota: as instruções abaixo referem-se ao novo design da experiência do utilizador do Google Ads. Para usar o design anterior, clique no ícone "Aspeto" e selecione Usar design anterior. Se ainda estiver a usar a versão anterior do Google Ads, reveja o Mapa de referência rápida ou use a barra de pesquisa no painel de navegação superior do Google Ads para encontrar a página que está a pesquisar.

Etiqueta Google

Recolha dados para os seus segmentos de dados e acompanhamento de conversões ao adicionar a etiqueta Google ao Website.

Instruções

  1. Na sua conta do Google Ads, clique no ícone FerramentasTools Icon.
  2. Clique no menu pendente Biblioteca partilhada no menu da secção.
  3. Clique em Gestor de públicos-alvo e, de seguida, em Origens de públicos-alvo.
  4. No cartão Etiqueta Google, clique em Configurar a etiqueta.
    1. Se já configurou uma etiqueta Google, pode editar a mesma ao clicar no menu de 3 pontos e, em seguida, em Editar.
  5. Determine os dados que a etiqueta deve recolher:
    1. "Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados" recolhe dados gerais sobre as visitas ao Website.
    2. "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios" personaliza os anúncios com base na atividade do utilizador.
      • Esta opção também é conhecida como "Remarketing Dinâmico" e permite-lhe apresentar anúncios às pessoas com base na respetiva atividade no site ou na app.
  6. Selecione os parâmetros gerais que quer acompanhar
  7. Se selecionou "Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados", avance para o passo 9.
  8. Se selecionou "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios":
    1. Selecione um tipo de negócio.
      • O tipo de negócio é utilizado para indicar às etiquetas que recolham informações sobre a atividade específica do tipo de negócio no seu Website. Se o seu tipo de negócio não constar na lista, selecione "Outros (opção personalizada)".
    2. Selecione os parâmetros do tipo de negócio que pretende acompanhar.
  9. Clique em Criar e continuar.
  10. Instale a etiqueta Google e o fragmento do evento do Google Ads na secção <head> das suas páginas HTML. Saiba mais acerca da etiqueta Google.
  11. Clique em Concluído.
Propriedade do Google Analytics 4/projeto do Firebase

Para propriedade do Google Analytics 4 e projetos do Firebase, pode importar conversões na Web e de apps, transações e segmentos de públicos-alvo incorporados no Google Analytics para a sua conta do Google Ads.

Antes de começar

  • Certifique-se de que tem as autorizações necessárias para ver os níveis de visualização de propriedade na sua propriedade do Google Analytics 4 ou no projeto do Firebase.
  • Associe a sua propriedade do Google Analytics 4 ou projeto do Firebase à conta do Google Ads.
  • Pode encontrar listas dados e resultados de etiquetas para propriedades do Google Analytics 4 e projetos do Firebase no cartão "Google Analytics (GA4) e Firebase" em "Origens de públicos-alvo".
  • As propriedades do Google Analytics 4 não suportam o Remarketing Dinâmico para a Web.

Instruções

  1. Na sua conta do Google Ads, clique no ícone FerramentasTools Icon.
  2. Clique no menu pendente Biblioteca partilhada no menu da secção.
  3. Clique em Gestor de públicos-alvo e, de seguida, em Origens de públicos-alvo.
  4. No cartão "Google Analytics (GA4) e Firebase", clique em Associar ao Google Analytics (GA4) e Firebase.
  5. Clique em Associar junto a cada propriedade ou projeto que pretende adicionar à conta do Google Ads.
  6. Para adicionar mais propriedades ou projetos, clique em Ativar públicos-alvo no cartão "Google Analytics (GA4) e Firebase".

YouTube

Apresente os seus anúncios a pessoas que interagem com o seu canal do YouTube, acompanhe ações realizadas pelas pessoas após verem anúncios de vídeo e gere cliques com sobreposições de apelo à ação.

Saiba como associar canais do YouTube ao Google Ads.

Play

Crie segmentos de dados com base em utilizadores atuais da app e acompanhe compras na app como conversões para descobrir que anúncios incentivam à ação.

Saiba como associar o Google Play e o Google Ads.

Análise de apps

Associe um fornecedor de análise para apps de terceiros ou o seu próprio SDK (Software Development Kit) à conta do Google Ads.
Nota: se quiser usar o Firebase como uma origem de públicos-alvo, consulte a secção "App + Web do Google Analytics e Firebase".

Instruções

  1. Na sua conta do Google Ads, clique no ícone FerramentasTools Icon.
  2. Clique no menu pendente Biblioteca partilhada no menu da secção.
  3. Clique em Gestor de públicos-alvo e, de seguida, em Origens de públicos-alvo.
  4. No cartão Análise de apps, clique em Configurar.
  5. Determine os dados que a sua origem deve recolher:
    • "Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados" recolhe dados gerais sobre as visitas ao Website.
    • "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios" personaliza os anúncios com base num feed e na atividade do utilizador.
      • Esta opção também é conhecida como "Remarketing Dinâmico" e permite-lhe apresentar anúncios às pessoas que constam nos seus segmentos de dados com base na respetiva atividade.
  6. Decida se pretende "Incluir o parâmetro de ID do utilizador na etiqueta". Se sim, selecione a caixa. Caso contrário, deixe a caixa desselecionada.
    • Se o seu Website tiver um início de sessão do utilizador, este parâmetro recolhe os IDs de utilizadores das pessoas que constam no seu segmento de dados para que possa apresentar anúncios mais personalizados.
  7. Se selecionou "Recolher dados padrão disponíveis a partir desta origem de dados", avance para o passo 9.
  8. Se selecionou "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios":
    1. Escolha um tipo de negócio.
      • O tipo de negócio é utilizado para indicar à etiqueta que recolha informações sobre a atividade específica do tipo de negócio no seu Website ou app. Se o seu tipo de negócio não constar na lista, selecione "Outros (opção personalizada)".
    2. Selecione os parâmetros que pretende acompanhar.
  9. Clique em Criar e continuar.
  10. Instale um SDK.
  11. Crie um feed para a personalização de anúncios (se selecionou "Recolher atributos ou parâmetros específicos para personalizar anúncios").

Dados de cliente

Use dados de marketing para alcançar os seus clientes à medida que estes navegam em Propriedades da Google, como na Pesquisa Google, no YouTube ou no Gmail. Saiba como criar uma lista de clientes.

Instruções

  1. Na sua conta do Google Ads, clique no ícone FerramentasTools Icon.
  2. Clique no menu pendente Biblioteca partilhada no menu da secção.
  3. Clique em Gestor de públicos-alvo e, de seguida, em Segmentos.
  4. Clique no botão mais para criar um novo segmento de público-alvo.
  5. Escolha "Segmento de clientes".
  6. Escolha se pretende carregar dados de clientes num ficheiro de dados de texto simples ou num ficheiro de dados com hash.
    1. Se optar pelo texto simples, a Google vai utilizar o algoritmo SHA256 para aplicar o hash aos dados privados de clientes no ficheiro no seu computador antes de os enviar em segurança para os servidores da Google.
    2. Se optar por aplicar o hash aos seus dados, certifique-se de que cumprem os requisitos descritos na secção Requisitos de carregamento de ficheiros de dados deste artigo.
  7. Escolha o ficheiro.
  8. Se concordar, selecione a caixa "Estes dados foram recolhidos e estão a ser partilhados com a Google em conformidade com as Políticas da Google".
  9. Defina uma duração do registo de membro. A duração predefinida é ilimitada, mas pode definir um limite de tempo personalizado.
  10. Clique em Guardar.
  11. Pode ver a evolução do carregamento do ficheiro de dados em "Segmentos". Este processo pode demorar até 48 horas a ser concluído.

A informação foi útil?

Como podemos melhorá-la?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
14389052172316024264
true
Pesquisar no Centro de ajuda
true
true
true