Ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade no Analytics

Se ativar os Google signals, os controlos para ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade são substituídos pelo controlo dos Google signals.

Este artigo explica como configurar o Analytics para criar públicos-alvo de remarketing e partilhá-los com as suas contas de publicidade. Por exemplo, pode criar um público-alvo com os utilizadores que deixaram artigos nos respetivos carrinhos de compras e não concluíram as compras. Em seguida, pode partilhar o seu público-alvo com o Google Ads para voltar a interagir com esses utilizadores através de anúncios de seguimento.

Saiba mais acerca de públicos-alvo de remarketing no Analytics

Neste artigo:

Pré-requisitos

Para tirar partido do remarketing e de listas de remarketing para anúncios de pesquisa com o Analytics, tem de:

 

Limites

Tenha em atenção que existe um limite de 2000 públicos-alvo de remarketing por conta do Analytics.

A dimensão Segmentos no mercado não está disponível para públicos-alvo de remarketing.

A métrica Dias desde a última visita não está disponível para públicos-alvo de remarketing.

 

Ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade para uma propriedade Web

Quando ativa o remarketing para uma propriedade Web, pode criar públicos-alvo de remarketing a partir dos dados do Analytics e partilhar esses públicos-alvo com as suas contas de publicidade associadas (por exemplo, Google Ads e Display & Video 360) e com o Optimize.

Quando ativa as funcionalidades de relatórios de publicidade para uma propriedade Web, o Analytics recolhe as informações habituais, bem como os cookies de publicidade da Google, quando esses cookies estão presentes.

Pode ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade para uma propriedade Web através de um dos seguintes métodos:

Modificar as definições da propriedade

Este método aplica-se apenas a propriedades Web e a páginas nas quais esteja a utilizar o analytics.js ou a etiquetagem AMP.

A modificação das definições da propriedade é também o único método que lhe permite utilizar a etiqueta do Analytics para criar listas de remarketing para anúncios de pesquisa.

Quando modifica as definições da propriedade para suportar o remarketing e/ou a recolha de dados para as Funcionalidades de publicidade, o tráfego de todas as suas páginas é sujeito a este tipo de recolha de dados. Se pretende implementar estas funcionalidades apenas em partes do seu site, tem de modificar o código de acompanhamento de cada página relevante e deixar estas definições da propriedade desativadas.

Para atualizar as definições da propriedade:

  1. Inicie sessão na sua conta do Analytics.
  2. Clique em Administração e navegue para a propriedade para a qual pretende ativar estas funcionalidades.
  3. Na coluna Propriedade, clique em Informações de acompanhamento e, de seguida, clique em Recolha de dados.
  4. Em Recolha de dados para funcionalidades de publicidade:
    • Para ativar o remarketing, defina as opções Remarketing e Funcionalidades de relatórios de publicidade para ATIVADO.
    • Para ativar apenas as funcionalidades de relatórios de publicidade, defina apenas a opção Funcionalidades de relatórios de publicidade como ATIVADO.

Se, anteriormente, ativou o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade ao atualizar o seu código de acompanhamento, ainda pode implementar estas definições de propriedade sem obter conflitos. Isto aplica-se ao remarketing apenas na Rede de Display da Google.

Tenha em atenção que este método só é eficaz para a ativação destas funcionalidades relacionadas com os utilizadores do seu Website. Se pretender ativar estas funcionalidades relacionadas com os utilizadores da sua aplicação, tem de atualizar o código de acompanhamento da aplicação com os métodos descritos para o Android e o iOS.

Se não pretender recolher dados para as Funcionalidades de publicidade, certifique-se de que ambas as opções estão definidas como DESATIVADO e de que o código de acompanhamento não está configurado para recolher estes dados.

 

Alternativa: modificar o código de acompanhamento

O método preferencial para ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade é a modificação das definições da propriedade como descrito acima, apesar de poder ativar estas funcionalidades através da modificação do código de acompanhamento.

Se pretender ativar listas de remarketing para anúncios de pesquisa, tem de utilizar as definições da propriedade descritas acima.

Se optar por ativar o remarketing na Rede de Display e as funcionalidades de relatórios de publicidade através da atualização do código de acompanhamento, necessita apenas de efetuar uma alteração simples de uma única linha de código, como descrito nas secções seguintes. Esta modificação não tem impacto em quaisquer personalizações anteriormente efetuadas no seu código.

Se pretender desativar manualmente as funcionalidades de relatórios de publicidade, pode modificar o código de acompanhamento como descrito nas secções relevantes abaixo.

Para ativar estas funcionalidades para o Universal Analytics, insira a linha a negrito no código de acompanhamento existente, entre os comandos 'create' e 'send', conforme mostrado no exemplo que se segue:

<script>
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){
(i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o),
m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m)
})(window,document,'script','//www.google-analytics.com/analytics.js','ga');
ga('create', 'UA-XXXXXX-XX', 'example.com');

ga('require', 'displayfeatures');
ga('send', 'pageview');
</script>
Para reverter a alteração, basta remover a linha ga('require', 'displayfeatures');

Para substituir o plug-in displayfeatures e as definições da propriedade a fim de desativar as funcionalidades de relatórios de publicidade, adicione
ga('set', 'allowAdFeatures', false);
após o comando create e antes do envio do resultado.

Se estiver a utilizar o Gestor de Etiquetas do Google, siga estas instruções para editar a etiqueta do Analytics.

Se ainda utiliza o código de acompanhamento ga.js, pode encontrar instruções para a modificação desse código aqui.

 

Alternativa: selecionar a opção de utilizar um código de acompanhamento existente quando cria uma campanha de remarketing do Google Ads

Quando cria uma campanha de remarketing no Google Ads, se a sua conta estiver associada a uma conta do Analytics, pode optar por utilizar o código de acompanhamento que já se encontra no Website em vez da etiqueta de remarketing gerada pelo Google Ads. Se utilizar esta opção, o remarketing é ativado automaticamente no Analytics. Saiba mais acerca de como criar campanhas de remarketing no Google Ads.

 

Ativar o remarketing e as funcionalidades de relatórios de publicidade para uma aplicação

Quando ativa estas funcionalidades para uma aplicação, o Analytics recolhe as informações habituais, bem como informações associadas a IDs de publicidade para dispositivos móveis.

Para ativar estas funcionalidades para uma aplicação, tem de modificar o código de acompanhamento do Analytics que incluiu no código da aplicação. Os exemplos abaixo explicam como modificar o código de acompanhamento de aplicações para Android e para iOS.

Alteração do código de acompanhamento de aplicações para Android

Para ativar estas funcionalidades para Android, modifique o código de acompanhamento do Analytics para recolher o ID de publicidade. Chame o método enableAdvertisingIdCollection no acompanhamento para o qual pretende ativar estas funcionalidades. Por exemplo:

// Obter acompanhamento.
Tracker t = ((AnalyticsSampleApp) getActivity().getApplication()).getTracker(
TrackerName.APP_TRACKER);

// Ativar funcionalidades de visualização.
t.enableAdvertisingIdCollection(true);

Saiba mais acerca do suporte para publicidade de visualização no Android

Alteração do código de acompanhamento de aplicações para iOS

Para ativar estas funcionalidades para iOS, recolha o IDFA (Identificador para anunciantes). Para ativar a recolha do IDFA, associe as bibliotecas libAdIdAccess.a e AdSupport.framework à sua aplicação e defina allowIDFACollection como YES em cada controlador que recolherá o IDFA. Por exemplo:

// Parte do princípio que já foi inicializado um acompanhamento com um ID de propriedade, caso contrário
// getDefaultTracker devolve um valor nulo.
id tracker = [[GAI sharedInstance] defaultTracker];

// Ativar recolha do IDFA.
tracker.allowIDFACollection = YES;

Se estiver a utilizar o Gestor de Etiquetas do Google, siga estas instruções para editar a etiqueta do Analytics.

 

Recursos relacionados

Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?