Representação Fraudulenta

A Google quer evitar que os utilizadores se sintam enganados por anúncios, pelo que se esforça para que os anúncios sejam claros e honestos, e disponibilizem as informações de que os utilizadores necessitam para tomarem decisões informadas. A Google não autoriza anúncios ou destinos que pretendam enganar os utilizadores ao excluir informações relevantes ou ao fornecer informações enganadoras acerca de produtos, serviços ou empresas.

Abaixo encontra alguns exemplos do que deve evitar nos seus anúncios. Saiba o que acontece se violar as nossas políticas.

Informações em falta

A Google não permite o seguinte:

Não divulgação clara e séria do modelo de pagamento e da despesa total que um utilizador terá de suportar

Exemplos: preço, custos de envio e outras informações relacionadas com faturação, taxas de juro, multas devido a atrasos de pagamento ou custos fixos com subscrições, utilização de números de telefone de valor acrescentado em extensões de chamada

Falta de informação de contacto físico legítima no caso de empresas de serviços financeiros ou omissão de detalhes relevantes acerca de empréstimos de curto prazo ou alteração de empréstimos e produtos de execução de hipotecas

Exemplos: um banco que não apresenta o seu endereço físico, uma instituição financeira de crédito que não divulga a taxa de juro mensal ou o valor da multa devido a pagamentos em atraso

Consulte os requisitos para serviços financeiros

Omissão de informação relevante ao solicitar donativos para beneficência ou atividades políticas

Exemplos: omissão do número da instituição de beneficência ou do número de isenção fiscal para os donativos para beneficência, falta de informação sobre a aplicabilidade de isenção fiscal em donativos para atividades políticas

Resolução de problemas: informações em falta
  1. Verifique o anúncio e o respetivo destino para ver onde podem faltar informações importantes. Seguem-se alguns exemplos:
    • Modelo de pagamento e informações de faturação: certifique-se de que o site ou aplicação indica de forma clara e evidente a despesa total a suportar por um utilizador, bem como o modo como funciona o processo de faturação. Ao determinarmos se algo é claro e evidente, podemos ter em conta aspetos como os seguintes: 
      • As informações sobre preços estão visíveis e são óbvias para os utilizadores? Por exemplo, não ter informações sobre preços na página de destino ou ocultar essas informações é um mau começo, uma vez que os utilizadores devem ter acesso às mesmas antes de utilizarem o serviço.
      • Os clientes conseguem ver e entender facilmente os custos em que irão incorrer ou, pelo contrário, a página foi concebida de forma a ocultar as informações sobre preços ou a tornar difícil para os clientes compreenderem os custos em que irão incorrer? Exemplos de práticas não permitidas: apresentar as informações sobre preços com carateres cinzentos sobre um fundo cinzento, utilizar tipos de letra pequenos ou apresentar outros elementos da página sobrepostos às informações importantes.
      • É fácil compreender a estrutura de taxas? Por exemplo, a fórmula apresentada para explicar a forma como será determinado o custo do serviço deve ser o mais simples e evidente possível. 
        Exemplo específico: se o utilizador tiver de ligar para um número de telefone de valor acrescentado, os custos que o utilizador irá suportar, como o preço por chamada e/ou o preço por minuto da chamada, devem ser apresentados de forma clara e evidente. 
    • Donativos: se o anúncio ou a página de destino solicita donativos com isenção fiscal, indique claramente o estatuto de isenção fiscal na página de destino ou na página de donativos, incluindo o número da instituição de beneficência. Por exemplo, nos Estados Unidos, o estatuto 501(c)(3) ou 501(c)(4) é um indicador do estatuto de isenção fiscal exigido.
    • Instalação de aplicações: certifique-se de que remove qualquer conteúdo do criativo do anúncio que induza os utilizadores a pensar que a transferência da aplicação é gratuita quando não o é.
  2. Corrija o destino do anúncio. Adicione as informações obrigatórias. Se não conseguir corrigir o destino do anúncio, atualize o anúncio com um novo destino que esteja em conformidade com esta política.
  3. Edite o anúncio. Adicione as informações obrigatórias. Se o anúncio já cumpre a política, mas alterou o respetivo destino, edite o anúncio e guarde-o. Esta ação irá reenviar o anúncio e o respetivo destino para revisão.

    Revemos a maioria dos anúncios no prazo de 1 dia útil, mas alguns podem demorar mais tempo se necessitarem de uma revisão mais complexa.

Se não conseguir corrigir estas violações ou se optar por não o fazer, remova o anúncio para ajudar a impedir que a sua conta seja suspensa futuramente por ter demasiados anúncios reprovados.

Ofertas não disponíveis

A Google não permite o seguinte:

Promessa de produtos, serviços ou ofertas promocionais que não é possível encontrar facilmente a partir da página de destino

Exemplos: promoção de produtos que não existem em stock; promoção de uma oferta especial que já não está ativa; promoção de um preço incorreto; apelo à ação no anúncio que não está facilmente disponível a partir do destino

Exemplo específico: o anúncio contém o texto "Compre tablets a partir de 40 €", mas, ao clicar no anúncio, o utilizador não encontra tablets disponíveis por 40 €

Nota: evite criar anúncios para ofertas específicas, exceto no caso de poder atualizar os seus anúncios à medida que o inventário ou as ofertas sofrem alterações. Por exemplo, se criar um anúncio para um desconto promocional de um dia, não se esqueça de atualizar ou remover o anúncio no dia seguinte, quando a oferta já não estiver disponível. Se o inventário ou os preços do seu site mudarem com frequência, considere a hipótese de configurar anúncios de pesquisa dinâmicos, os quais apresentam automaticamente o anúncio com base no conteúdo do seu Website.

Conteúdo enganador

A Google não permite o seguinte:

Não permitido Afirmações falsas acerca de identidade ou qualificações

Exemplos: um estudante universitário que se faz passar por um advogado devidamente qualificado, um canalizador que afirma ter licença para exercer atividade sem a ter

Not allowed Utilização de afirmações falsas ou de afirmações que sugerem ao utilizador um resultado improvável (mesmo que seja possível) como o resultado provável que o utilizador pode esperar

Exemplos: "curas milagrosas" para problemas médicos, produtos ou programas que anunciam perda extrema de peso, esquemas de enriquecimento rápido ou promessa de grande retorno financeiro com um esforço ou investimento mínimo; informações acerca de procedimentos de votação pública que contradigam as fontes oficiais do governo; afirmações falsas de que uma figura pública morreu ou que esteve envolvida num acidente

Exemplo específico: um anúncio de perda de peso no qual consta que pode comer o que quiser e perder 5 quilos num mês

Nota: se garantir determinados resultados, é necessário que tenha uma Política de Reembolso (devolução do dinheiro) clara e facilmente acessível. Os testemunhos que declaram resultados específicos devem incluir uma exclusão de responsabilidade visível a indicar que não existe qualquer garantia de resultados específicos e que os resultados podem variar. Inclua links para validação de terceiros ou exclusões de responsabilidade relevantes e claramente visíveis quando os testemunhos e os apoios sugerem que os resultados são típicos. Para afirmações relacionadas com questões de saúde, incluindo conteúdo de testemunhos, a Google poderá remeter para as diretrizes reguladoras locais ao aplicar esta política.

Não permitido Implicação falsa de afiliação com outro indivíduo, entidade, produto ou serviço ou implicação falsa de apoio de outro indivíduo, entidade, produto ou serviço

Exemplos: utilização enganosa ou imitação de sites oficiais do governo, carimbos, selos ou nomes de agências

Exemplo específico: um anunciante imita o esquema e o design de um site de um organismo governamental

Não permitido Anúncios que enganam ou iludem o utilizador ao induzi-lo a interagir com os mesmos

Exemplos: anúncios semelhantes a avisos ou mensagens de erro do sistema ou do site; anúncios que simulam notificações de pedidos, mensagens, caixas de diálogo ou menus; anúncios alojados que não se distinguem de outro conteúdo; anúncios que representam funcionalidades que não funcionam, como botões para fechar, caixas para introduzir texto, opções de escolha múltipla; botões de transferência ou de instalação em anúncios gráficos; anúncios com um fundo transparente; imagens segmentadas; uma imagem que contém várias cópias da mesma dentro do anúncio; imagens que aparentam ser mais do que um anúncio; setas de movimento e de clicar

Nota: os anúncios animados e da Galeria de anúncios podem ter funcionalidades ou ícones animados simulados, desde que a funcionalidade funcione ou o objetivo destas funcionalidades possa ser alcançado na página de destino.

Não permitido Fornecer um nome de empresa diferente do domínio, do nome reconhecido do anunciante ou da aplicação transferível promovida

Resolução de problemas: conteúdo enganador
  1. Verifique o anúncio e o respetivo destino para localizar o conteúdo enganador.

    Se utilizar anúncios de aplicações, certifique-se de que a página de instalação da sua aplicação é clara quanto ao conteúdo e à funcionalidade da aplicação e quanto aos pré-requisitos que a aplicação possa ter, como outras aplicações, outros dispositivos periféricos ou sensores. As aplicações que são pré-requisitos têm de estar disponíveis na loja de aplicações apropriada e estar em conformidade com as nossas políticas.

  2. Corrija o destino do anúncio. Remova o conteúdo que não está em conformidade com a política. Se não conseguir corrigir o destino do anúncio, atualize o anúncio com um novo destino que esteja em conformidade com esta política.
  3. Edite o anúncio. Remova o conteúdo que não é permitido. Se o anúncio já cumpre a política, mas alterou o respetivo destino, edite o anúncio e guarde-o. Esta ação irá reenviar o anúncio e o respetivo destino para revisão.
Se não conseguir corrigir estas violações ou se optar por não o fazer, remova o anúncio para ajudar a impedir que a sua conta seja suspensa futuramente por ter demasiados anúncios reprovados.

Relevância pouco clara

A Google não permite o seguinte:

Promoções não relevantes para o destino

Exemplos: um anúncio que utiliza a funcionalidade de inserção de palavras-chave sem uma palavra-chave "predefinida" relevante implementada; título do anúncio não relevante para o texto do anúncio; o anúncio não indica claramente que o destino resultante será uma página de resultados da pesquisa; o anúncio não descreve com precisão aquilo que o utilizador irá ver no destino; utilização de palavras-chave demasiado genéricas ou envolvimento em spam de palavras-chave

Nota: quando utilizar a inserção de palavras-chave, inclua texto de anúncio predefinido que seja claro e de fácil compreensão.

Práticas comerciais inaceitáveis

A Google não permite o seguinte:

Ocultar ou adulterar informação acerca da empresa, do produto ou do serviço

Exemplos: atrair os utilizadores para contribuírem com dinheiro ou informação sob pretensões falsas ou pouco claras; apresentar uma identidade, um nome de empresa ou informação de contacto falsos; direcionar conteúdo acerca de política, questões sociais ou questões de interesse público para utilizadores num país diferente do seu, se prestar informações falsas ou ocultar o seu país de origem ou outros detalhes relevantes sobre si

Destinos dos anúncios que utilizam técnicas de "phishing" para obter informações do utilizador

Levamos as práticas comerciais desonestas muito a sério e consideramo-las uma violação flagrante das nossas políticas. Podemos suspender a conta se identificarmos práticas comerciais desonestas provenientes da mesma. Os anunciantes ou sites que exerçam estas práticas não estão autorizados a anunciar novamente connosco. Por isso, deve aplicar um excesso de prudência e usar da máxima clareza quanto ao produto, à empresa ou ao serviço que está a promover. Tenha em atenção que, ao determinarmos se um anunciante ou um destino estão a violar esta política, poderemos rever informação proveniente de diversas origens, incluindo o seu anúncio, Website, contas e terceiros. Se considerar que houve um erro e que não violou a nossa política, envie um recurso e explique o motivo. Apenas repomos contas em circunstâncias excecionais, pelo que é importante que dedique o tempo necessário para apresentar informações exaustivas, exatas e fidedignas. Saiba mais acerca das contas suspensas.

 

Precisa de ajuda?

Se tiver perguntas sobre esta política, informe-nos: entre em contacto com o apoio técnico do Google Ads
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?