Políticas

Registro de alterações das políticas da AdMob

É por meio deste registro de alterações que o Google anuncia as atualizações nas políticas e nas restrições da AdMob. Os editores precisam se manter informados sobre as mudanças e ficar em conformidade com elas.

Atualização das políticas comportamentais da AdMob (setembro de 2020)

Em setembro de 2020, as políticas comportamentais da AdMob para editores serão atualizadas para incluir limitações em como as solicitações de anúncios e impressões podem ser transmitidas pelo Open Bidding. Ao usar o Open Bidding, os editores não terão permissão para enviar solicitações de anúncios por soluções intermediárias, incluindo sistemas internos, que alocam e geram receita dessas solicitações de maneira dinâmica ou programática com base em informações de preços reais, estimadas ou em tempo real.

Postado em setembro de 2020


 

Atualização das Políticas para editores do Google (setembro de 2020)

Em setembro de 2020, as Políticas para editores do Google serão atualizadas para proibir a monetização de páginas da Web, sites ou apps que não estiverem principalmente em um dos idiomas compatíveis ou que não tiverem conteúdo. A partir de 15 de setembro de 2020, será proibido gerar receita com novos sites usando o Google AdSense, o Ad Manager ou a AdMob em idiomas incompatíveis ou que não tiverem conteúdo.

Postado em agosto de 2020

Atualização das Cláusulas Contratuais Padrão (SCCs, na sigla em inglês) - agosto de 2020

A partir de 12 de agosto de 2020, o Google usará as Cláusulas Contratuais padrão (SCCs, na sigla em inglês) da Comissão Europeia para fazer transferências de dados pessoais de publicidade on-line e avaliação fora do Espaço Econômico Europeu, do Reino Unido ou da Suíça. No caso dos serviços de operador, o Google está atualizando os Termos de Processamento de Dados do Google Ads para incluir as SCCs para transferências de dados pessoais a operadores estabelecidos em países terceiros. Quanto aos serviços de controlador, o Google está atualizando os Termos de proteção de dados entre controladores do Google Ads para incluir as SCCs para transferências de dados pessoais a controladores estabelecidos em países terceiros. Quando houver uma transferência relevante de dados pessoais, as SCCs incorporadas ao contrato do parceiro com o Google serão aplicáveis.

Postado em agosto de 2020

Atualização da política de inventário premiado (agosto de 2020)

Em agosto de 2020, a política de inventário premiado será atualizada para incluir o lançamento do novo formato de anúncio intersticial premiado. Com esse novo formato, outros tipos de anúncio oferecerão recompensas além do formato de anúncio premiado atual. Após esse lançamento, a política de inventário premiado passará a se chamar "Políticas de anúncios que oferecem recompensas". A nova política incluirá os dois formatos: anúncios premiados e anúncios intersticiais premiados.

Postado em julho de 2020

Update to Google Publisher Policies for Misrepresentative content (September 2020)

In September 2020,  the Google Publisher Policies for Misrepresentative content will be updated to prohibit coordinating with other sites or accounts and concealing or misrepresenting your identity or other material details about yourself, where your content relates to politics, social issues, or matters of public concern. We will begin enforcing this policy on September 1, 2020 in the United States and on October 1, 2020 in all other countries. 

We take violations of this policy very seriously and consider them egregious. If we find violations of this policy, we will suspend your accounts upon detection and without prior warning.

(Posted July 2020)

Atualização de conteúdo perigoso ou depreciativo (agosto de 2020)

Em agosto de 2020, as Políticas para editores do Google sobre conteúdo perigoso ou depreciativo serão atualizadas para proibir conteúdo relacionado a uma grande crise sanitária que seja contra o consenso científico e oficial.

Postado em julho de 2020

Atualização da Política para editores do Google sobre a permissão de comportamento desonesto (agosto de 2020)

Em agosto de 2020, a Política para editores do Google sobre a permissão de comportamento desonesto será atualizada para esclarecer as restrições envolvendo publicidade ou monetização de conteúdo que promove spyware e tecnologia de vigilância. Com a atualização, a política passará a proibir a divulgação ou monetização de conteúdo ou de produtos e serviços que possibilitem a um usuário rastrear ou monitorar outra pessoa ou as atividades dela sem autorização.O alcance da política será global.

Exemplos de produtos e serviços que serão proibidos (lista não exaustiva)

Spyware e tecnologia usados para vigilância de parceiros íntimos, incluindo, entre outros, spyware/malware para monitoramento de mensagens de texto, histórico de chamadas telefônicas ou de navegação; rastreadores por GPS vendidos especificamente para espionar ou monitorar alguém sem consentimento; promoção de equipamentos de vigilância (câmeras, gravadores de áudio, câmeras veiculares e babás eletrônicas) comercializados com o objetivo explícito de espionagem.

Isso não inclui (a) serviços de investigação particular ou (b) produtos ou serviços criados para que pais monitorem ou rastreiem os filhos menores de idade.

Postado em julho de 2020

Atualização das Políticas para editores do Google (agosto de 2020)

Em agosto de 2020, as Políticas para editores do Google serão atualizadas para padronizar as diretrizes relacionadas a abuso e exploração sexual infantil dos nossos produtos para editores.

Também faremos algumas mudanças editoriais no texto. Todas as referências a "publicidade com base em interesses" serão substituídas por "publicidade personalizada", e atualizaremos nossa Política de Privacidade para obedecer à Lei de Proteção da Privacidade On-line das Crianças (COPPA, na sigla em inglês).

Postado em julho de 2020

Atualização da Política para editores do Google relacionada a conteúdo enganoso (março de 2020)

Em março de 2020, a Política para editores do Google relacionada a conteúdo enganoso será atualizada. A atualização é para esclarecer que não permitimos conteúdo com afirmações comprovadamente falsas e que possam prejudicar de forma significativa a participação ou a confiança no processo eleitoral ou democrático.

A atualização também deixa claro que não permitimos a exibição de conteúdo enganoso para os usuários por meio de mídias manipuladas relacionadas a política, questões sociais ou assuntos de interesse público.

Postado em fevereiro de 2020

Atualização das Políticas para editores do Google (abril de 2020)

Em abril de 2020, as Políticas para editores do Google serão atualizadas de modo a padronizar as políticas existentes nos nossos produtos para editores referentes a informações de identificação pessoal, divulgação, coleta de dados e consentimento do usuário. Desse modo, atualizaremos nossa política de modo a exigir formulários de aviso mais explícitos antes que os usuários concedam permissão para compartilhar a localização do dispositivo para fins de publicidade.

Postado em fevereiro de 2020

Atualização das Restrições para editores do Google: jogos de azar on-line (janeiro de 2020)

Em janeiro de 2020, a Restrição para editores do Google referente ajogos de azar será atualizada para esclarecer o que consideramos "jogos de azar on-line".

Postado em dezembro de 2019

Atualização das políticas de canal do anúncio: anúncios em páginas protegidas por login (novembro de 2019)

Em dezembro de 2019, as políticas do programa Google AdSense sobre anúncios em páginas protegidas por login serão atualizadas para explicar como tratamos as solicitações de monetização de conteúdo que não podemos avaliar.

Lembre-se de que os editores da AdMob precisam obedecer às políticas do programa Google AdSense, a menos que especificado de outra forma.

Postado em novembro de 2019

Atualização das Políticas para editores do Google: conteúdo perigoso ou depreciativo (novembro de 2019)

Em dezembro de 2019, a Política para editores do Google relacionada a conteúdo perigoso ou depreciativo será atualizada.

Ela passará a englobar material produzido por organizações de tráfico transnacional de drogas ou em apoio a elas.

Postado em novembro de 2019

Simplificação e padronização das nossas políticas de conteúdo (setembro de 2019)

Em setembro de 2019, faremos alterações em algumas das políticas de conteúdo dos nossos produtos para editores (Google AdSense, AdMob e Ad Manager).

A partir de agora, o Google usará o registro de alterações para anunciar as atualizações das políticas e das restrições da AdMob. Os editores precisam se manter informados sobre as mudanças e ficar em conformidade com elas.

Por que estamos fazendo essas alterações?

Uma das principais solicitações dos editores é que eles querem políticas mais simples e otimizadas. Sabemos que muitas pessoas usam vários dos nossos produtos para editores. Por isso, queremos mostrar de maneira clara e fácil como lidar com as políticas e como elas afetam você, independentemente dos produtos utilizados.

Veja o que você pode esperar:

  • Políticas de editores do Google, que descrevem os tipos de conteúdo que não podem gerar receita com nenhum dos nossos produtos para editores. Elas incluem: conteúdo ilegal, material de abuso sexual e pedofilia, conteúdo sexualmente explícito, temas adultos em conteúdo para a família, abuso de propriedade intelectual, espécies ameaçadas ou com risco de extinção, conteúdo perigoso ou depreciativo, permissão de comportamento desonesto, conteúdo enganoso, software malicioso ou indesejado e serviços de noivas estrangeiras.
  • Restrições de editores do Google, que descrevem os tipos de conteúdo que receberão fontes de publicidade restritas. Eles incluem: conteúdo sexual, conteúdo chocante, explosivos, armas, peças de armas e produtos relacionados, outras armas, tabaco, drogas recreativas, venda e uso indevido de bebidas alcoólicas, jogos de azar on-line, medicamentos controlados e produtos e suplementos farmacêuticos não aprovados. O Google Ads (antigo Google AdWords) continuará a não exibir anúncios em nenhum conteúdo restrito. Ele só receberá anúncios de outros produtos de publicidade ou por meio de ofertas diretas entre editores e anunciantes.
  • Alinhamento entre nossos produtos para editores, trazendo simplicidade, consistência e facilidade de compreensão, independentemente dos produtos que você escolher usar.

O que isso significa para os editores da AdMob

A monetização de conteúdos que se enquadram nas restrições de editores do Google não será mais considerada uma violação da política. Em vez disso, restringiremos a exibição de publicidade nesse conteúdo conforme apropriado, com base nas preferências de cada produto de publicidade e/ou nas preferências individuais dos anunciantes. Em alguns casos, isso significa que nenhuma fonte de publicidade definirá lances para seu inventário, e nenhum anúncio será exibido nesse conteúdo restrito. Assim, embora você possa optar por gerar receita com conteúdo incluído nas restrições de editores do Google, você provavelmente receberá menos publicidade nesse conteúdo do que receberia em outro sem restrições.

Não é permitido gerar receita com conteúdo que se enquadre nas políticas de editores do Google, por isso, não tente exibir anúncios nesse conteúdo. Essa atitude pode fazer com que sua conta seja suspensa ou encerrada.

Essas políticas e restrições serão aplicadas além de outras políticas que regem o uso de produtos para editores do Google.

O que você precisa fazer

Por enquanto, nada. A Central de Ajuda e a Central de políticas serão atualizadas em setembro de 2019, quando as alterações entrarem em vigor, com informações detalhadas das políticas e restrições. Agora, recomendamos que você leia as políticas e restrições atualizadas e verifique se seu conteúdo está em conformidade.

Postado em agosto de 2019

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.