Transição para o YouTube Studio

Última atualização: 4 de fevereiro de 2020

O acesso ao Creator Studio clássico vai ser descontinuado gradualmente para todos os canais durante a primeira metade de 2020. Eis o que precisa de saber sobre a transição para o YouTube Studio.

O que se está passar agora?

A partir de novembro de 2019, o acesso ao Creator Studio clássico vai ser descontinuado gradualmente. Ao fazer esta mudança gradualmente, podemos analisar os comentários e efetuar ajustes antes que o acesso seja removido para todos. Iremos ajustar as datas indicadas abaixo consoante os comentários que recebermos. 

O botão "Creator Studio clássico" no menu esquerdo do YouTube Studio vai ser removido em diferentes alturas:

  • Novembro de 2019: cerca de 150 000 canais que utilizam exclusivamente o YouTube Studio.
  • Janeiro de 2020: cerca de 1% dos canais.
  • Fevereiro de 2020: cerca de 10% dos canais.
  • Primavera de 2020: todos os canais restantes.

A data de transição do seu canal será selecionada de forma aleatória. Irá receber um aviso com, pelo menos, 2 semanas de antecedência antes de perder o acesso ao Creator Studio clássico. Verá uma faixa no YouTube Studio a indicar uma data mais exata.

Porque é que o YouTube não pode manter o Creator Studio clássico e o YouTube Studio?

Manter ambas as versões do Studio requer que dividamos os recursos de engenharia em duas partes. Se mantivermos o Creator Studios clássico e o YouTube Studio, iremos levar o dobro do tempo a criar novas funcionalidades para os criadores. 
Acreditamos que remover o Creator Studio clássico e focar a nossa atenção no YouTube Studio será mais útil para os criadores de uma forma geral.

O que preciso de saber? 

Existem algumas funcionalidades que ainda temos de criar no YouTube Studio. Adicionámos links para estas funcionalidades diretamente no YouTube Studio. Quando o acesso geral ao Creator Studio clássico for descontinuado, continuará a poder abrir estes links e utilizar estas funcionalidades clássicas.

Recomendamos que dedique os primeiros meses de 2020 a familiarizar-se com o YouTube Studio. Saiba como efetuar tarefas comuns no YouTube Studio.

Porque é que o Creator Studio clássico vai ser descontinuado?

O Creator Studio clássico foi criado há mais de uma década com tecnologia mais antiga. Esta tecnologia estava a limitar a nossa capacidade de criar funcionalidades e será agora descontinuada. Além disso, à medida que o tempo passava, o Creator Studio clássico ganhava mais complexidade, o que dificultava a correção de problemas.

O YouTube Studio foi apresentado como substituto do Creator Studio clássico. O YouTube Studio utiliza tecnologia mais recente que permite ao YouTube criar ferramentas para criadores mais rapidamente e corrigir problemas com mais flexibilidade. 

Consequentemente, adicionámos mais de 20 funcionalidades ao YouTube Studio que nunca estiveram disponíveis no Creator Studio clássico, como as estatísticas expandidas, a mercadoria e mais.

Obtenha os detalhes técnicos

Com o passar do tempo, surgiram vários problemas na base de código do Creator Studio clássico:
  • A quantidade de código na base de código aumentou consideravelmente.
  • O nível de complexidade e a quantidade de interdependências na base de código aumentaram.
  • O código foi escrito numa linguagem de programação atualmente descontinuada e que deixou de ser suportada: Python 2.

Isto teve o seguinte resultado:

  • Tornou-se demasiado moroso adicionar funcionalidades ao Creator Studio clássico. Até mesmo pequenas alterações exigiam testes exaustivos devido à complexidade do código.
  • Sempre que surgia um problema, era difícil encontrar a respetiva origem rapidamente.
  • Não conseguíamos introduzir novas funcionalidades com a rapidez que os criadores procuravam.
  • O Creator Studio clássico utilizava, na sua totalidade, uma versão descontinuada de uma linguagem de programação.

Em vez de tornar o Creator Studio clássico ainda mais complexo, migrando-o para Python 3, decidimos criar uma ferramenta totalmente nova. O YouTube Studio permite eliminar a complexidade que tinha aumentado no código do Creator Studio clássico.

Sempre que existem problemas no YouTube Studio, os engenheiros conseguem encontrar a origem dos problemas e corrigi-los com mais facilidade. Assim que o Creator Studio clássico for descontinuado, os engenheiros terão mais tempo para voltar a sua atenção para novas funcionalidades, em vez de passar tempo a navegar numa base de código complexa.

O que há de diferente no YouTube Studio?

Além de utilizarmos tecnologia mais recente em relação ao Creator Studio clássico, o YouTube Studio tem várias funcionalidades novas. Se gostaria de saber mais sobre as novas ferramentas que estão disponíveis no YouTube Studio, utilize os seguintes recursos:

Qual é o futuro do YouTube Studio?

Estamos a monitorizar de perto os comentários dos criadores sobre o YouTube Studio, incluindo os comentários nas redes sociais. Ao longo dos próximos meses, iremos voltar a nossa atenção para as funcionalidades sobre as quais os criadores deixam mais comentários.

Ao longo de 2020, planeamos recriar as restantes ferramentas para criadores no YouTube Studio. Além disso, vamos analisar os comentários sobre como melhorar as ferramentas atuais.

Obter ajuda

Se não souber como fazer algo no YouTube Studio, peça a nossa ajuda em @TeamYouTube no Twitter. Além disso, também pode contactar-nos através do botão Enviar comentários no YouTube Studio, mas tenha em atenção que não respondemos a comentários individuais.

Nota: se utilizar o Gestor de conteúdos do YouTube para gerir o seu canal, esta alteração não terá qualquer implicação para si. Saiba mais acerca da versão beta do Gestor de conteúdos do YouTube Studio.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?