Conversões on-line de anúncios de inventário local

Desde 31 de outubro de 2018, apenas um pequeno grupo de provedores de medição de cliques foi aprovado para avaliar eventos específicos de interação com anúncios em propriedades hospedadas pelo Google para anúncios de inventário local (LIA, na sigla em inglês) e anúncios automotivos. Para garantir que seus anúncios não sejam veiculados sem avaliação, a equipe do Google Ads pausou todos os grupos por meio de chamadas de terceiros para provedores não aprovados.

A menos que você tenha autorizado sua conta a continuar exibindo os anúncios afetados, aqueles criados anteriormente serão pausados para que não sejam veiculados sem avaliação.

Saiba mais sobre como avaliar as interações com anúncios em páginas hospedadas pelo Google usando provedores de medição de cliques

Desde 26 de dezembro de 2019, oferecemos processamento de dados restrito para anúncios de inventário local, ajudando os varejistas a cumprir a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA). O Google desativa as frases de destaque em rastreadores de anúncios de terceiros quando considera que os usuários estão na Califórnia.

Para inventário local, os modelos de acompanhamento não poderão mais ser usados em vitrines locais hospedadas pelo Google com o ValueTrack. As conversões ou interações não terão acompanhamento de terceiros. Os cliques em URLs finais continuarão sendo registrados por rastreadores de anúncios de terceiros.

Saiba mais sobre como ajudar os varejistas a cumprir a CCPA no Google Ads

Com o rastreamento da vitrine local (LSFT, na sigla em inglês), é possível monitorar os usuários que clicam nos seus anúncios de inventário local e geram conversões por meio do botão Comprar on-line em vez de comprar produtos nas suas lojas físicas. As conversões on-line de cliques em anúncios de inventário local (LIAs, na sigla em inglês) também podem ser avaliadas com o acompanhamento de conversões do Google Ads. O recurso de rastreamento da vitrine local garante que as outras ferramentas de acompanhamento de conversões usadas por você rastreiem qualquer conversão on-line de LIAs. Para entender melhor o desempenho dos seus anúncios, é importante avaliar essas conversões on-line.

Neste artigo, explicamos como o rastreamento da vitrine local funciona e as etapas necessárias para configurar esse recurso.

Observação: não é necessário usar esse recurso para uma vitrine local hospedada pelo comerciante.

Se quiser começar a rastrear a vitrine local, entre em contato com a equipe do Google para garantir o cumprimento do processo listado abaixo.

Como funciona

O rastreamento da vitrine local usa um parâmetro de URL "lsft" adicionado a um modelo de acompanhamento do Google Ads para acompanhar os cliques na vitrine local hospedada pelo Google que são direcionados ao seu site de comerciante. Com esse recurso, também é possível ver como os usuários chegam ao seu site (por exemplo, a partir de anúncios de inventário local ou do Shopping).

O processo de rastreamento da vitrine local funciona da seguinte maneira:

  1. Um usuário clica no seu anúncio de inventário local e acessa a vitrine local hospedada pelo Google.
  2. Então, ele clica em Comprar on-line e é redirecionado para a página de destino do produto em que clicou.
  3. O usuário compra o produto no seu site.

As ações do usuário detalhadas acima correspondem à configuração do seu parâmetro de URL "lsft".

Instruções

É preciso definir o parâmetro de URL "lsft" no rastreamento dinâmico com pares de chave-valor. Para fazer isso, inclua "&lsft=key:value,key1:value1" depois de "lpurl". O Google anexa os pares de chave-valor aos links da vitrine local que levam ao seu site. Desse modo, você identifica o tráfego de conversão.

Observação:  o Google usa o atributo link no seu feed de produtos on-line como o URL que direciona da sua vitrine local hospedada pelo Google para seu site.

Configure o parâmetro "lsft"

Etapa 1

É preciso definir adtype:{adtype} como par de chave-valor em todas as instâncias. Se o parâmetro ValueTrack for {adtype}, o LSFT não funcionará.

Colete todos os pares de chave-valor que precisam ser transmitidos da vitrine local hospedada pelo Google para seu site quando um usuário clicar em Comprar on-line.

Exemplo: adtype={adtype}&productchannel={product_channel}&kitten=puppies

Etapa 2

Apenas vírgulas "," são aceitas para fazer separações. Todos os outros delimitadores, como a barra vertical "|" ou "&", causam interrupção no rastreamento LSFT.

Etapa 3

Codifique "?lsft=" no mesmo nível do URL da página de destino e inclua-o no início da string acima. Você pode usar "&lsft" em vez de "?lsft" se estiver anexando-o a outros parâmetros no URL.

Importante: verifique se não há sublinhados "_" e traços "-" desnecessários ou parâmetros sem referência. Se houver pelo menos um parâmetro formatado incorretamente ou sem referência, o modelo de acompanhamento será interrompido.

As chaves e os valores podem conter caracteres unicode, desde que tenham um caractere de escape. Eles podem conter parâmetros ValueTrack, exceto {targetid}, porque o valor dele contém dois pontos (por exemplo, "kwd-123:aud-456").

O "lsft" precisa estar formatado corretamente. Não são permitidos parâmetros somente de chave (por exemplo, "lsft=key1:value1,key2" terá uma formatação incorreta).

Tipo de URL Codificação Exemplo
{unescapedlpurl} Nenhuma codificação é necessária {unescapedlpurl}?lsft=adtype:{adtype},productchannel:{product_channel},kitten=puppies
{lpurl} ou {escapedlpurl} Codifique "?lsft=" uma vez e adicione-o depois de {lpurl} ou {escapedlpurl} {lpurl}%3Flsft%3Dadtype:{adtype},productchannel:{product_channel},kitten=puppies
{lpurl+2} Codifique "?lsft=" duas vezes e adicione-o depois de {lpurl+2}

{lpurl+2}%253Flsft%253Dadtype:{adtype},productchannel:{product_channel},kitten=puppies

Etapa 4

Adicione a string acima que contém o parâmetro "lsft" ao modelo de acompanhamento configurado no Google Ads (por exemplo, no nível da conta, da campanha, do grupo de anúncios ou do grupo de produtos). Saiba mais sobre o acompanhamento no Google Ads

Mais exemplos de parâmetros LSFT

Consulte também os seguintes exemplos:

  • Parâmetro de URL "lsft" sem redirecionamento para terceiro:{unescapedlpurl}&lsft=storename:{store_code},product_id:{product_id},cm_mmc:1212+bag
  • Parâmetro de URL "lsft" com redirecionamento para terceiro:http://www.redirectserver.com/click?lpurl={lpurl}%26lsft%3Dstorename:{store_code},product_id:{product_id},cm_mmc:12345+bag

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
71525
false