Codificar seu site para remarketing

Para exibir anúncios às pessoas que visitaram seu site, adicione a ele a tag global do site e os snippets de evento de remarketing. A tag global é uma biblioteca de tagging da Web utilizada nos produtos do Google relacionados a avaliação, acompanhamento de conversões e remarketing do site. Ela é um bloco de códigos que permite segmentar anúncios para os visitantes do seu site adicionando-os a listas de remarketing.

Este artigo contém instruções sobre como configurar o remarketing, onde conseguir os snippets necessários e como codificar seu site para usar esse recurso. Você pode pular para uma das seções a seguir:

Saiba também como inserir tags no seu site para usar o remarketing dinâmico.

Antes de começar

  • Você precisa conhecer o código do seu site. Caso contrário, considere trabalhar com um desenvolvedor da Web ou alguém com conhecimento técnico. 
  • Para que seus anúncios sejam exibidos, as listas de remarketing precisam ter um número mínimo de visitantes.
  • Depois que você codificar o site, as pessoas que o visitarem serão adicionadas automaticamente às suas listas de remarketing com base nas regras definidas. 
O Google Ads não permite a implementação de tags em páginas relacionadas a ofertas restritas por política. Saiba mais sobre a política de publicidade personalizada.

Instruções

Configurar o remarketing pela primeira vez com a tag do Google Ads

Para configurar o remarketing do site pela primeira vez na nova experiência do Google Ads, você precisará adicionar um snippet de código ao seu site: a tag global do site e o snippet de evento opcional.

Depois que você instala a tag global do site, ela começa a coletar informações sobre as páginas visualizadas pelos visitantes do site. Essas informações incluem o URL e o título da página e são usadas para criar as listas de remarketing. O snippet de evento pode ser usado para transmitir dados específicos ao Google Ads sobre os visitantes do seu site e as ações que eles realizam, como visualizar um produto, finalizar compras, preencher formulários on-line e fazer um cadastro. Os dados transmitidos ao snippet de evento também podem ser usados para criar listas de remarketing. 

Você precisa instalar a tag global do site em todas as páginas. No entanto, apenas uma tag desse tipo é necessária para cada conta do Google Ads. O snippet de evento pode ser usado para acompanhar ações adicionais que precisam ser contabilizadas como eventos de remarketing. Instale esse snippet nas páginas do site onde os eventos ocorrem e que você quer acompanhar. Esses eventos incluem quando um cliente faz uma compra em um site de varejo ou procura passagens aéreas em um site de viagens. Saiba mais sobre os parâmetros de evento para os diferentes tipos de empresa.

É necessário dar informações claras e abrangentes aos usuários sobre a coleta de dados e solicitar o consentimento deles, conforme os requisitos locais.

Criar ou editar a tag global do site e o snippet de evento de remarketing

  1. Faça login no Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas , no canto superior direito, e em Gerenciador de públicos-alvo, na seção Biblioteca compartilhada.
  3. À esquerda, clique em Origens de público-alvo. Você verá um conjunto de origens com as quais é possível criar listas de remarketing.
  4. No cartão "Tag do Google Ads", clique em CONFIGURAR TAG.
    • Se você já configurou uma tag, selecione Editar origem no ícone de três pontos 3 dot icon, no canto superior direito do cartão "Tag do Google Ads". Se quiser apenas o código, passe para a etapa 6.
  5. Selecione o tipo de dados que a tag coletará: dados padrão ou atributos/parâmetros específicos.
    • Você também pode optar por incluir o parâmetro "ID do usuário" com a tag. A inclusão do parâmetro "ID do usuário" permite que você informe à tag um ID de usuário para cada visitante do site. Com isso, é possível ativar recursos como a vinculação em dispositivos diferentes.
    • Caso selecione atributos ou parâmetros específicos, você poderá escolher o tipo de empresa que melhor representa seus produtos e serviços. 
  6. Clique em CRIAR E CONTINUAR.
    • No caso de uma tag existente, esse botão exibirá as palavras SALVAR E CONTINUAR.
  7. Quando a tela de instalação aparecer, a tag global do site e o snippet de evento estarão prontos para uso. Você pode copiar o código, usar o Gerenciador de tags, fazer o download da tag ou enviá-la por e-mail a um webmaster.
    • Para integrar o remarketing no seu site, copie o código e cole-o entre as tags <head></head> do site.
      Alerta: o snippet de evento não pode ser copiado e colado sem alterações no seu site. Ele contém valores de marcadores de posição que o webmaster precisa preencher dinamicamente ao integrar o código do snippet ao servidor da Web. Saiba como usar os parâmetros de evento para seu tipo de empresa.
    • A tag global do site precisa ser adicionada a todas as páginas do site. O snippet de evento só precisa ser adicionado às páginas específicas que permitem acompanhar os eventos dinâmicos de remarketing desejados.
      Observação: se você já configurou a tag global do site usando o Display & Video 360, Search Ads 360, Campaign Manager, Google Analytics ou outra conta do Google Ads, não é preciso adicioná-la ao site de novo. No entanto, para que o acompanhamento de conversões e o remarketing funcionem, você precisará adicionar o comando "config" (um snippet de código que contém seu ID de conversão) a todas as instâncias da tag global do site logo acima da tag final </script>. No exemplo a seguir, "AW-CONVERSION_ID" é o ID de conversão da sua conta.

      gtag('config', 'AW-CONVERSION_ID)

      Se a tag global do site de outros produtos (além daqueles relacionados acima) estiver implementada, será necessário personalizá-la para permitir o acompanhamento com o Google Ads. Caso você esteja usando o snippet de evento antigo, é recomendável alterar para o snippet novo.

  8. Clique em CONCLUÍDO.
  9. Na tela de confirmação "E agora?", clique novamente em CONCLUÍDO.
    • Opcional: se você já adicionou a tag global do site de outro produto do Google, como o Google Analytics, adicione o comando "config" da tag do Google Ads (destacado abaixo) a cada instância existente da tag. "AW-123456789" é apenas um exemplo de ID. Você precisará substituir esse trecho do comando "config" pelo ID de conversão da sua conta na caixa da tag global do site.
          <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=AW-123456789"></script>
          <script>
          window.dataLayer = window.dataLayer || [];
          function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
          gtag('js', new Date());
           
          gtag('config', 'AW-123456789');
          </script>

Usar a tag do Google Analytics no lugar da tag do Google Ads

Para usar sua tag do Google Analytics em vez da tag de remarketing do Google Ads, é necessário ter:

  • a tag do Google Analytics no site;
  • Contas do Google Ads e do Google Analytics vinculadas. Para vincular suas contas, você precisa de acesso administrativo à conta do Google Ads e acesso de edição à conta do Google Analytics
  • recursos de remarketing e de publicidade ativados no Google Analytics.

Para ver instruções detalhadas, consulte o artigo Ativar os recursos de geração de relatórios de remarketing e de publicidade no Google Analytics.

 

Desativar a coleta de dados de remarketing

Para desativar a coleta de dados de remarketing dos usuários que não querem visualizar anúncios personalizados, use o parâmetro allow_ad_personalization_signals. Com ele, você pode desabilitar o uso de informações para anúncios personalizados, e o valor padrão do parâmetro será definido como "verdadeiro". Quando você define o valor como "falso", o uso dos dados desse tipo de anúncio é desativado. Esse parâmetro não desativa o acompanhamento de conversões.
Saiba como modificar a tag global do site para desativar a coleta de dados de remarketing de usuários específicos.

Opções avançadas 

Desativar a coleta de dados de remarketing

Para desativar a coleta de dados de remarketing dos usuários que não querem visualizar anúncios personalizados, use o parâmetro allow_ad_personalization_signals. Com ele, você pode desabilitar o uso de informações para anúncios personalizados, e o valor padrão do parâmetro será definido como "verdadeiro". Quando você define o valor como "falso", o uso dos dados desse tipo de anúncio é desativado. Esse parâmetro não desativa o acompanhamento de conversões.
Saiba como modificar a tag global do site para desativar a coleta de dados de remarketing de usuários específicos.

Vinculação em dispositivos diferentes do anunciante

Com a Vinculação em dispositivos diferentes do anunciante, você pode usar seus próprios dados de usuário para ajudar a exibir anúncios às pessoas que visitaram o site ou aplicativo em vários dispositivos ou navegadores. É preciso estar em conformidade com a política da Vinculação em dispositivos diferentes do anunciante para configurar esse recurso.

Saiba mais sobre a Vinculação em dispositivos diferentes com parâmetros de ID do usuário.

Desativar a configuração do cookie primário

Para garantir que o Google Ads possa avaliar todas as suas conversões, independentemente do navegador usado pelo visitante do site, a tag de remarketing define novos cookies no domínio que armazenam informações sobre o clique no anúncio que levou as pessoas ao seu site.

Se você não quiser que a tag de remarketing defina cookies primários no domínio do seu site, adicione a seguinte linha à configuração dela antes de carregar a tag de script:

var google_conversion_linker = false;

Se você estiver usando conversion_async.js, adicione a parte destacada abaixo à chamada google_trackConversion:

window.google_trackConversion( { google_conversion_linker : false } );

Isso não é recomendável porque reduz a precisão da contagem de conversões.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.