Requisitos técnicos

Para nos ajudar a manter os anúncios claros e funcionais, os anunciantes têm de cumprir determinados requisitos técnicos.

Abaixo encontra alguns exemplos do que deve evitar nos seus anúncios. Saiba o que acontece em caso de violação das políticas da Google.

Um Website por grupo de anúncios

A Google não permite o seguinte:

Utilização de mais do que um domínio do URL de visualização num único grupo de anúncios

Exemplo: utilizar dois URLs de visualização alojados em sites diferentes
Resolução de problemas: um Website por grupo de anúncios
Illustrating one domain per ad group

Se o seu anúncio foi reprovado, o grupo de anúncios poderia ter mais do que um domínio de nível superior nos URLs de visualização ou de palavras-chave dos anúncios. Lembre-se de que os anúncios colocados em pausa também têm de utilizar o mesmo domínio que os outros anúncios e palavras-chave do seu grupo de anúncios.

Veja o que pode fazer:

Assim que o grupo de anúncios contiver apenas anúncios ativos e em pausa que utilizam o mesmo domínio, solicite uma revisão para podermos aprovar o seu anúncio para apresentação:

  1. Visite o separador Anúncios e analise a coluna "Estado". Coloque o cursor do rato sobre o balão de falaBalão de reprovação do anúncio junto a "Reprovado".
  2. Clique em "Voltar a submeter a minha campanha para revisão". Não se esqueça de que este link só será apresentado se o seu anúncio tiver sido reprovado por determinadas violações.
  3. Siga as instruções apresentadas no ecrã para voltar a submeter os anúncios reprovados elegíveis da sua campanha.

Anúncio em HTML5 inaceitável

A Google não permite o seguinte:

Anúncios em HTML5 que não funcionem corretamente ou que apareçam em branco

Exemplos: incorporação de recursos em frames secundários, carregamento de recursos de origens de terceiros não aprovadas, utilização de tipos de letra externos à Google, adição de etiquetas de áudio ou de vídeo

Resolução de problemas: anúncio em HTML5 inaceitável
  1. Localize o problema. Reveja o anúncio, incluindo o respetivo conteúdo, e utilize o validador de HTML5 do Google Ads para saber o porquê de o anúncio aparecer corrompido ou em branco.
  2. Edite o anúncio. Assim que corrigir o problema, volte a carregar o anúncio. Esta ação irá enviar o anúncio para revisão.

    Revemos a maioria dos anúncios no prazo de 1 dia útil, mas alguns podem demorar mais tempo se necessitarem de uma revisão mais complexa.

Limites da conta

A Google não permite o seguinte:

Exceder os limites da conta para anúncios e outro conteúdo

Envios excessivos através de várias contas

Configurações da campanha que sobrecarreguem os nossos sistemas

Consulte os limites da conta para obter informações acerca da quantidade de conteúdo que aceitamos dos anunciantes. Até remover o conteúdo em excesso, pode não conseguir criar novas campanhas, anúncios ou extensões.

Idioma não suportado

A Google não permite o seguinte:

Anúncio ou conteúdo do destino num idioma de segmentação não suportado

Exemplo: idiomas não suportados pela segmentação por idioma do Google Ads

Nota: os idiomas padrão disponíveis para segmentação por idioma podem utilizar-se em anúncios e destinos, mas alguns formatos de anúncio, tais como extensões de comentários, têm restrições de idioma diferentes. Certifique-se de que o conteúdo para estes formatos está num idioma aprovado.

Vídeo não disponível

A Google não permite o seguinte:

Vídeos que foram removidos, marcados como privados ou que não estão disponíveis, de outra forma, para o público

Vídeos que não estão disponíveis num país que o anúncio segmenta

Saiba como corrigir uma extensão ou um anúncio reprovado. Certifique-se de que o vídeo não foi removido ou marcado como privado. Se o seu serviço de alojamento de vídeos estiver indisponível, experimente carregar o vídeo para o YouTube.

Formato de vídeo inaceitável

A Google não permite o seguinte:

Carregar vídeos num formato que não é suportado no Google Ads ou no YouTube

Saiba como corrigir uma extensão ou um anúncio reprovado. Se não conseguir converter o vídeo num formato aceite, carregue um vídeo diferente que esteja em conformidade com a política. Consulte a lista de formatos de vídeo suportados em carregamentos para o YouTube.

Script inaceitável

A Google não permite o seguinte:

Utilizar scripts do Google Ads para contornar as restrições ou os limites impostos à utilização do Google Ads ou utilizá-los para outra finalidade não relacionada com a empresa

Exemplo: utilizar scripts para contornar os limites de quota de operações

Utilizar métodos não suportados para aceder aos scripts do Google Ads

Nota: os métodos aceitáveis estão descritos na documentação dos scripts.

Utilização excessiva ou abusiva dos scripts, incluindo volumes de pedidos inadequados

Scripts que modificam, perturbam ou desativam as funcionalidades, o desempenho ou a funcionalidade da plataforma do Google Ads

Não agir em conformidade com as práticas recomendadas ao utilizar scripts para ler dados de mais de 1 milhão de entidades (tais como palavras-chave ou anúncios) ou para editar mais de 100 mil entidades por dia

Nota: consulte a documentação dos scripts para conhecer as práticas recomendadas.

Verifique se os scripts apresentam atividade abusiva ou excessiva e, em seguida, edite-os para estarem em conformidade com estas políticas

Aplicação de políticas relativamente aos scripts do Google Ads

Direito de rever scripts

A Google pode monitorizar e auditar qualquer atividade nos scripts do Google Ads. No decorrer destas investigações, a Google pode aceder, rever e utilizar o seu script para, por exemplo, identificar falhas de segurança que possam comprometer a Google ou os respetivos utilizadores. Mediante solicitação da Google, deve fornecer acesso a todos os scripts do Google Ads (mesmo que estejam armazenados fora do Google Ads) no prazo de 2 dias úteis a contar da data da solicitação.

Não pode interferir nesta monitorização ou auditoria, nem pode ocultar da Google ou dissimular a sua atividade nos scripts do Google Ads.

Aviso e consequências das violações

Se violar uma destas políticas, a Google notificará os endereços de email dos utilizadores com acesso administrativo à sua conta do MCC ou do Google Ads. Também pode ser necessário fornecer informações de contacto adicionais. Se não corrigir as violações no prazo de 2 dias úteis a contar da data da notificação, a Google pode suspender todos os scripts da sua conta de gestor ou conta do Google Ads e/ou reduzir os limites da taxa global de utilização de scripts.

Além disso, se a Google tiver uma suspeita razoável de que cometeu uma violação grave destas políticas (por exemplo, se a sua utilização dos scripts perturbar ou desativar as funcionalidades, o desempenho ou a funcionalidade da plataforma do Google Ads), a Google pode suspender todos os scripts da sua conta de gestor ou conta do Google Ads sem qualquer aviso prévio.

Precisa de ajuda?

Se tiver perguntas sobre esta política, informe a Google:
Contactar o apoio técnico do Google Ads
Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?