Configurar o Calendar Interop

Permitir que os usuários do Agenda vejam dados de disponibilidade do Exchange

Em seguida, configure o compartilhamento de disponibilidade do Microsoft Exchange para os usuários do Google Agenda verem as informações de disponibilidade dos usuários da agenda do Exchange.

Se você estiver usando um domínio do Google Workspace com um alias, verifique se o domínio do alias foi configurado corretamente antes de continuar. Veja mais detalhes em Decidir se você quer usar um alias de domínio.

Observação: agora a ferramenta Calendar Interop é compatível com a autenticação básica no Exchange e o OAuth 2.0 no Exchange Online (Office 365). Veja abaixo as instruções dos dois métodos de autenticação.

Configurar o compartilhamento de disponibilidade da agenda do Exchange

Abrir tudo   |   Fechar tudo

Etapa 1: configurar os usuários do Exchange
  1. Verifique se os usuários do Exchange têm uma conta do Exchange com uma caixa de e-mails associada.
  2. Confirme se os usuários do Exchange atendem a pelo menos um dos seguintes requisitos:

    Observação: também é necessário confirmar que os usuários do Exchange não têm uma Conta do Google pessoal com o nome de domínio da organização, porque isso pode criar uma conta conflitante. Saiba mais sobre contas conflitantes.

Ativar pesquisas completas de detalhes de eventos

Para usar pesquisas de todos os detalhes de eventos, verifique a visibilidade da agenda ao configurar as caixas de e-mails. Confirme que a visibilidade está definida para mostrar pelo menos alguns detalhes dos eventos. O padrão é mostrar apenas as informações disponível/ocupado. Dessa forma, os detalhes dos eventos da agenda do Exchange ficarão visíveis para os usuários do Google Agenda.

É possível mostrar alguns detalhes de eventos para uma caixa de e-mails específica usando o seguinte comando:

Set-MailboxFolderPermission -Identity ($Mailbox.Alias + ':\calendar') -User Default -AccessRights LimitedDetails

Em todas as caixas de e-mails, use este comando:

ForEach ($Mailbox in @(Get-Mailbox -ResultSize Unlimited)) {Set-MailboxFolderPermission –Identity ($Mailbox.Alias+’:\calendar’) –User Default –AccessRights LimitedDetails}

Etapa 2: ativar a conexão de Internet do Exchange

Se você estiver usando o Exchange Online, provavelmente não precisará fazer alterações, já que ele pode aceitar conexões da Internet por padrão.

Caso contrário, ative a conectividade de entrada com a Internet na porta 443 para que o Google Agenda acesse o servidor Exchange. Isso exige um certificado SSL válido emitido por uma autoridade de certificação raiz da Internet pública confiável. Na documentação da Microsoft, veja detalhes sobre certificados no servidor Exchange.

Se você estiver bloqueando o tráfego de rede de mensagens externas, adicione os intervalos de endereço abaixo à lista de permissões para permitir solicitações da ferramenta Calendar Interop.

Se você usar IPv4, adicione o seguinte intervalo de IP à lista de permissões: 74.125.88.0/27.

Se você usar o IPv6, adicione os seguintes blocos de IP à lista de permissões:

  • 2001:4860:4::/64
  • 2404:6800:4::/64
  • 2607:f8b0:4::/64
  • 2800:3f0:4::/64
  • 2a00:1450:4::/64
  • 2c0f:fb50:4::/64
Etapa 3: criar uma conta de função do Exchange

Crie uma conta de função do Exchange com o tipo de destinatário do Exchange definido como uma conta de caixa de e-mails do usuário. Veja mais informações sobre os tipos de destinatário do Exchange na documentação da Microsoft.

A conta de função do Exchange é usada apenas para pesquisas de disponibilidade. O Google Agenda usa essa conta para fazer autenticação no servidor Exchange e pesquisar os detalhes de disponibilidade dos usuários do Exchange. Para que os usuários vejam os eventos do Google Agenda, os eventos precisam ser compartilhados com essa conta de função.

Na documentação da Microsoft, veja detalhes sobre como criar a caixa de e-mails de usuário no servidor Exchange.

Observações:

  • Se você já tem uma conta para pesquisas de disponibilidade na organização em florestas não confiáveis, reutilize essa conta.
  • (Apenas para a autenticação básica no Exchange) Para evitar a interrupção do serviço, é recomendável desativar a validade da senha da conta de função.
Etapa 4: (OAuth 2.0 apenas para o Exchange Online) configurar a aplicação no portal do Microsoft Azure

Se você quiser usar o OAuth 2.0 como método de autenticação (obrigatório no Exchange Online, mas não compatível com o Exchange no local), precisará aplicar várias definições à sua configuração no portal do Microsoft Azure. Siga estas etapas para configurar sua instância.

  1. Inscreva o app no portal do Azure seguindo estas etapas em "Registrar um aplicativo" no site da Microsoft.

    Observações:

    • Não mude a configuração padrão nos valores Supported account types e Redirect URI.
    • Salve o ID do app (cliente) porque ele será necessário para configurar a autenticação do OAuth 2.0 no Google Workspace.
  2. Adicione uma chave secreta de cliente para configurar as credenciais do app seguindo estas etapas em "Adicionar um segredo do cliente" no site da Microsoft.

    Observação: o período de validade da chave secreta do cliente é limitado a dois anos (24 meses). A Microsoft recomenda que esse valor seja menos de 12 meses.

    Importante:
    • Se a chave secreta do cliente expirar, as pesquisas de disponibilidade de agenda do Google Agenda no Exchange Online deixarão de funcionar. Para evitar essa situação, reconfigure a chave secreta do cliente periodicamente. Considere a possibilidade de configurar um lembrete.
    • Salve o valor da chave secreta porque ele será necessário para configurar a autenticação do OAuth 2.0 no Google Workspace. Copie o valor agora porque ele não será mais exibido depois que você sair desta página.
  3. Adicione permissões de API ao app registrado seguindo estas etapas em "Adicionar permissões para acessar sua API Web" no site da Microsoft.

    Observações:

    1. Na página “Request API permissions”, clique na guia “APIs my organization uses” e pesquise Office 365 Exchange Online.
    2. Clique em Office 365 Exchange Online e depois Application permissions.
    3. Marque a caixa full_access_as_app para definir as permissões do app.
  4. Clique no botão de consentimento do administrador do seu locatário para as permissões entrarem em vigor.

Localizar o endpoint do token OAuth 2.0 (v2)

Além do ID do app (cliente) e da chave secreta do cliente, você também precisa saber o endpoint do token OAuth 2.0. O endpoint tem esta aparência:

https://login.microsoftonline.com/{tenant}/oauth2/v2.0/token

em que {tenant} é o identificador GUID ou o nome de domínio amigável do locatário do Azure Active Directory.

Para encontrar o endpoint do token, siga estas etapas no site da Microsoft.

Observação: salve o endpoint do token OAuth 2.0 (v2) porque você precisará dele para configurar a autenticação do OAuth 2.0 no Google Workspace.

Etapa 5: configurar o Admin Console

Dica: para ver as alterações anteriores das configurações da ferramenta Calendar Interop, clique no link Registro de auditoria.

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login usando uma conta com privilégios de superadministrador (não a que termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Appse depoisGoogle Workspace e depoisAgenda.
  3. Clique em Gerenciamento do Calendar Interop.
  4. Marque a caixa Ativar a interoperabilidade do Agenda.
  5. Em Tipo, selecione Serviços Web do Exchange (EWS).
  6. Em URL dos Serviços Web do Exchange, digite o URL do endpoint de servidor Serviços Web do Exchange (EWS) padrão associado ao seu servidor Exchange. Esse é o mesmo servidor Exchange em que você criou a conta de função.

    Observações:

    • Geralmente, o URL do servidor EWS do seu servidor é https://<nome do host do servidor Exchange>/EWS/Exchange.asmx.
    • Se você estiver usando o Exchange Online, o URL do servidor EWS provavelmente será https://outlook.office365.com/EWS/Exchange.asmx. Veja mais informações na documentação da Microsoft.
    • Para verificar o URL de um servidor Exchange no local, execute o seguinte comando no Exchange PowerShell:
      Get-WebServicesVirtualDirectory | Select name, *url* | fl
    • Se aparecerem vários URLs no conjunto de resultados, use o campo ExternalUrl no comando.
    • Se você tiver vários servidores Exchange no mesmo domínio (por exemplo, em um ambiente Exchange/Exchange Online) e quiser que os usuários do Agenda vejam a disponibilidade dos usuários do Exchange no ambiente inteiro, confirme que o URL do servidor EWS acessa a disponibilidade de todos os usuários do Exchange. Para adicionar vários servidores Exchange a diferentes domínios, acesse a etapa 10.
  7. Em Exchange Role Account, digite o endereço SMTP principal da conta de função do Exchange no formato nomedeusuario@dominio.com.
  8. Selecione seu método de autenticação: Basic authentication ou OAuth 2.0 client credentials.
  9. Execute uma das seguintes ações:
    • Ao usar a autenticação básica no Exchange, siga estas etapas:
      1. Clique em Enter Password e digite a senha da conta de função do Exchange.
      2. Digite a senha novamente para confirmar.
    • Ao usar o OAuth 2.0 para o Exchange Online, siga estas etapas:
      1. Em Token endpoint URL, digite o URL do endpoint do token OAuth 2.0 do locatário do Azure. Saiba mais
      2. Em Application (client) ID, digite o "Application ID" atribuído ao seu app durante o registro do app.
      3. Em Client secret, digite a chave secreta do cliente atribuída ao seu app durante o registro do app.
  10. (Opcional) Para adicionar outros endpoints do Exchange, siga estas etapas:
    1. Em Endpoints adicionais do Exchange, clique em Adicionar novo.
    2. Repita as etapas de 6 a 9 para cada endpoint que você quiser adicionar.

      Cada novo endpoint precisa ter um domínio exclusivo que ainda não foi usado. Por exemplo, caso sua organização tenha várias subsidiárias ou você queira compartilhar a disponibilidade de agenda entre parceiros externos confiáveis.

  11. (Opcional) Selecione o nível de detalhe a ser compartilhado:
    • Marque a caixa Mostrar detalhes do evento para ver os detalhes do evento (título, local etc.) no Exchange e no Agenda.
    • Marque a caixa Reserva de sala para reservar salas do Exchange no Agenda. Para isso funcionar, você também precisa seguir as etapas de configuração em Permitir que os usuários do Agenda reservem recursos do Exchange.
    • Todos os endpoints do Exchange respeitam o nível compartilhado de detalhes.
  12. Clique em Salvar.

Próxima etapa

Permitir que os usuários do Exchange vejam os dados de disponibilidade do Agenda


Google, Google Workspace e marcas e logotipos relacionados são marcas registradas da Google LLC. Todos os outros nomes de empresas e produtos são marcas registradas das empresas às quais eles estão associados.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
73010
false