Exportar os dados da sua organização

Você pode exportar todos os dados da sua organização para um arquivo do Google Cloud Storage e fazer o download desse arquivo pelo serviço. A ferramenta de exportação de dados exporta os dados compatíveis para todos os usuários. É possível fazer o download seletivo de dados exportados por usuário e serviço.

Para permitir que os usuários façam o download dos próprios dados, ative o Google Takeout e recomende o artigo Como fazer o download dos seus dados do Google.

Importante:

  • A ferramenta de exportação de dados pode não ser compatível com alguns tipos de dados. Antes de iniciar uma exportação, confira a lista de tipos de dados não compatíveis.
  • A ferramenta não exporta dados das contas de usuário criadas até 24 horas antes do início da exportação.
  • Ela não exporta dados excluídos, a menos que eles tenham sido retidos ou incluídos em uma guarda de documentos pelas políticas do Google Vault.

Antes de começar

Expandir tudo  |  Recolher tudo

Requisitos

Estes são os requisitos para exportar os dados da sua organização:

  • Você precisa ter uma conta do Google Workspace ou do Cloud Identity há pelo menos 30 dias. Se a conta da sua organização tiver sido criada há menos de 30 dias, esse requisito não é válido.
  • Você precisa ser um superadministrador.
  • A verificação em duas etapas precisa estar ativada na sua conta. A aplicação da verificação não é obrigatória. Esse recurso só é obrigatório para o administrador que inicia a exportação. Para confirmar se a verificação está ativada, veja as configurações de segurança da sua conta.

    Dica: se você precisar ativar a verificação em duas etapas, mas não quiser fazer isso para todos os usuários na sua organização ou unidade organizacional, primeiro crie uma unidade organizacional filha. Em seguida, mova sua conta para essa unidade organizacional e ative a verificação.

  • Sua organização não pode ter mais de mil usuários. Se você tiver mais de mil usuários, fale com o suporte do Google Workspace para pedir acesso temporário à ferramenta de exportação de dados.
  • Sua última exportação foi concluída há mais de 30 dias. No entanto, se a última exportação não foi concluída, você pode iniciar outra imediatamente ou fazer uma exportação para corrigir os dados ausentes.
  • Não pode haver outras exportações em andamento. Só é possível executar uma exportação por vez.

Para acessar os dados exportados, ative o Google Cloud na sua conta. É possível ativar o Google Cloud apenas para superadministradores que precisam acessar os dados exportados. Veja mais detalhes em Ativar ou desativar o Google Cloud para os usuários.

Notificações e cronograma da exportação
  • Quando você inicia uma exportação, todos os superadministradores recebem um e-mail informando que uma exportação de dados está pendente. Após iniciada, a exportação leva pelo menos 48 horas para ficar disponível. Esse período de espera ajuda a garantir a segurança dos dados da sua organização.
  • Uma exportação em andamento é cancelada automaticamente caso sua Conta do Google perca os privilégios de superadministrador. Nenhum dado vai ser exportado, e os outros superadministradores vão receber uma notificação por e-mail informando que a exportação não foi finalizada.
  • A exportação de dados geralmente leva 72 horas, mas pode ser finalizada em até 14 dias dependendo da quantidade de dados. Você recebe uma notificação por e-mail quando o processo termina. Só o administrador que iniciou a exportação recebe uma notificação por e-mail, mas todos os superadministradores podem ver a exportação.
  • Depois que a exportação for concluída, você terá 30 dias para fazer o download dos dados do Cloud Storage. Após esse período, os dados são excluídos permanentemente.
Quais dados são exportados?

A ferramenta de exportação geralmente exporta os mesmos dados disponíveis no Google Takeout para os usuários. Ela também exporta dados disponíveis apenas para os administradores, como os dados excluídos retidos pelo Vault e os que pertencem aos clientes. Os dados dos clientes pertencem à sua organização, e não aos usuários, como as mensagens do Gmail na quarentena de administrador. 

  • Dados da agenda: as informações estruturadas de reserva de recursos dos clientes também são incluídas.
  • Dados do chat: mensagens e anexos de salas criadas pelos usuários da sua organização também são incluídos.
  • Dados do Chrome
  • Dados do Google Sala de Aula
  • Dados do Cloud Search (disponíveis apenas para administradores)
  • Dados do Contatos
  • Dados do Currents: os dados do cliente listados abaixo também são incluídos.
    • Streams do Currents:
      • Streams personalizados criados pelos administradores
      • Usuários atribuídos por administradores como líderes
      • Tags que os administradores enviaram por upload ou rebaixaram
    • Comunidades que os usuários têm ou moderam

      Observação: para exportar comunidades sem proprietários ou moderadores, fale com o suporte.

  • Dados do Drive: os dados de propriedade do cliente em drives compartilhados também são incluídos.
  • Dados do Gmail e do Google Hangouts (Hangouts clássico): os dados de propriedade do cliente listados abaixo também são incluídos.
  • Dados de grupos: os dados dos grupos sem proprietário na sua organização também são incluídos.

    Observação: os dados criados pelos usuários nos grupos para consumidores só estão disponíveis a esses usuários.

  • Dados do Keep
  • Dados do serviço Lembretes
  • Dados do produto Tarefas

    Observação: dados do produto Tarefas excluídos recentemente, inclusive carimbos de data/hora de exclusão, também são incluídos.

  • Dados retidos pelo Vault (disponíveis apenas para administradores): dados em qualquer serviço excluídos pelos usuários, mas que estão sujeitos às regras de retenção ou guarda de documentos do Vault. Requer licenças do Vault.

  • Dados do Voice: os dados do cliente listados abaixo também são incluídos.
    • Pedidos de portabilidade de número
    • Configurações do atendente automático
    • Lista de telefones fixos
    • Endereços fiscais
    • CPF/CNPJ
    • Números de telefone e atribuições de números de telefone
    • Dados de licenças de usuário
    • Grupos de toque

    Observação: os dados do Voice excluídos recentemente também são incluídos.

Tipos de conta com dados incluídos na exportação
  • Licenciada e ativa
  • Suspensa por um administrador
  • Arquivada
  • Vault para ex-funcionários
  • Para exportações do Chrome: usuário do Google Workspace for Education ativo
Os dados exportados ficam em qual região de dados?
Nos Estados Unidos.
Posso importar dados exportados para outro domínio do Google Workspace?
Não é possível fazer uma importação em massa dos dados exportados para outro domínio do Google Workspace. Saiba mais sobre como transferir dados entre contas do Google Workspace.

Etapa 1: exportar os dados dos seus usuários

Para realizar essa tarefa, você precisa fazer login como um superadministrador.

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Use sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, clique em"". Em Ferramentas, selecione Exportação de dados.
  3. Clique em INICIAR A EXPORTAÇÃO.
  4. Quando a exportação for concluída, veja e faça o download dos dados imediatamente. Os dados exportados ficam disponíveis no Cloud Storage por 30 dias e depois são excluídos permanentemente.

Etapa 2: ver e fazer o download dos dados exportados

Antes de começar: verifique se o Google Cloud está ativado na sua conta. Veja mais detalhes em Ativar ou desativar o Google Cloud para os usuários.

  1. No e-mail de confirmação ou na ferramenta de exportação de dados, clique em Acessar o arquivo.

    Observação: só o administrador que iniciou a exportação recebe uma notificação por e-mail, mas todos os superadministradores podem acessar a exportação.

  2. Veja o status da exportação no Admin Console ou no Google Cloud Storage:
    1. A página "Exportação de dados" do Admin Console mostra um dos seguintes indicadores de status do arquivo de exportação:
      1. Com falha: nenhum dado foi exportado.
      2. Concluído com erros: faltam alguns dados no arquivo.
      3. Concluído: todos os dados foram exportados.
    2. No arquivo do Cloud Storage, o relatório de exportação inclui um resumo das falhas quando ocorrem erros. Veja mais informações sobre o relatório da exportação em Ver o relatório de exportação de dados.

    Se a exportação tiver erros, tente exportar apenas os dados ausentes. Nesta página, veja mais detalhes em Corrigir erros em uma exportação.

  3. Quando estiver tudo pronto para ver e fazer o download dos dados exportados, clique em uma pasta raiz no arquivo no Cloud Storage. Essa pasta contém uma lista de pastas de usuário. Cada uma delas contém um arquivo ZIP com os dados do usuário.

    Observação: alguns dados, como os arquivos nos drives compartilhados, pertencem a uma conta de serviço, não a um usuário. No arquivo de exportação, as contas de serviço são chamadas de "Recurso".

  4. Clique no arquivo ZIP para fazer o download dos dados do usuário.
  5. Descompacte o arquivo para analisar os dados do usuário por produto.

Corrigir erros em uma exportação

Se faltarem dados na exportação, eles vão ser listados no relatório de exportação como um erro. Quando você tenta corrigir os erros, a ferramenta de exportação de dados inicia outro processo para exportar apenas os dados ausentes.

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Use sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, clique em"". Em Ferramentas, selecione Exportação de dados.
  3. Clique em Iniciar correção.

    Você vai receber uma notificação por e-mail quando o processo de correção terminar. Só o administrador que iniciou a exportação recebe uma notificação por e-mail, mas todos os superadministradores podem ver a exportação.

    Os dados corrigidos são adicionados a um novo arquivo.

  4. Analise a exportação corrigida. Se ainda houver erros de exportação (dados ausentes) após o processo de correção, tente fazer uma nova exportação. Você pode continuar corrigindo os arquivos até exportar todos os dados.

Se você precisar de ajuda para acessar arquivos que não foram exportados, entre em contato com o suporte do Google Workspace. O limite de tempo de exportação vai ser redefinido para você iniciar outra exportação completa sem precisar esperar 30 dias.

O que está incluído em um arquivo corrigido

Um arquivo corrigido pode incluir os seguintes dados:

  • Dados ausentes devido a um erro temporário, como uma imagem não incluída em um arquivo durante o processamento da exportação
  • Dados aos quais um usuário perdeu o acesso entre as tentativas de exportação de um administrador, por exemplo, porque ocorreu o downgrade de uma licença

Um arquivo corrigido não inclui estes dados:

  • Dados ausentes devido a uma falha permanente, por exemplo, o usuário excluiu ou alterou a propriedade de um arquivo antes do início da exportação ou entre as tentativas de exportação
  • Dados já exportados, com a seguinte exceção: se o item tiver sido exportado parcialmente, por exemplo, sem uma imagem ou um comentário, a ferramenta de exportação de dados vai tentar exportar o item completo novamente

Ver o relatório de exportação de dados

O relatório de exportação de dados inclui o status e os metadados, como quando e por qual administrador a exportação foi iniciada.

  1. No e-mail de confirmação ou na ferramenta de exportação de dados, clique em Acessar o arquivo.

    Observação: só o administrador que iniciou a exportação recebe uma notificação por e-mail, mas todos os superadministradores podem acessar a exportação.

  2. Na pasta raiz do arquivo de exportação de dados, clique no relatório. Você pode abrir o relatório em um navegador.

Quando ocorrem erros de exportação, o relatório inclui estes detalhes:

  • ID do usuário/serviço: nome do usuário de uma conta de usuário, nome do grupo ou ID da conta de serviço em que houve falhas na exportação. As contas são exibidas em ordem alfabética.
  • Tipo de conta: pode ser um dos tipos abaixo.
    • Usuário
    • Grupo
    • Dados dos clientes: arquivos que pertencem à sua organização, e não aos usuários.

      Observação: o relatório mostra alguns tipos específicos de dados do cliente, como drives compartilhados. Eles estão listados como "Recurso".

    • Conta de serviço: conta criada automaticamente para dados sem um proprietário, como o conteúdo do Google Jamboard.
  • Arquivo: links para documentos arquivados com conteúdo do usuário ou da conta de serviço.
  • Resumo de falha: o número de arquivos exportados e de arquivos não exportados. Para ver uma lista dos arquivos não exportados, clique na seta à esquerda do resumo de falha.

Exemplo de relatório com erros de exportação

Este é um exemplo de relatório de dados.

Temas relacionados

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
73010
false