Descrição geral do Programa de parceiros do YouTube

No dia 16 de janeiro de 2018, anunciámos novos requisitos de elegibilidade para o Programa de parceiros do YouTube. Quando um canal alcança 1000 subscritores e 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses, é revisto para aderir ao programa.
 
Isto faz parte de uma tentativa de reforçar os nossos requisitos de rentabilização para que os spammers, os impostores e outros intervenientes mal-intencionados não possam prejudicar o nosso ecossistema nem aproveitar-se dos criadores, ao mesmo tempo que continuamos a recompensar quem faz da nossa plataforma um enorme sucesso. Obtenha mais detalhes no Blogue de criadores do YouTube.

O Programa de parceiros do YouTube (PPY) permite aos criadores rentabilizar o respetivo conteúdo no YouTube. Os criadores podem ganhar dinheiro através de anúncios apresentados nos seus vídeos e de subscritores do YouTube Red que vejam o seu conteúdo. Pode candidatar-se para aderir ao Programa de parceiros do YouTube a partir da sua conta no Creator Studio.

Como se candidatar ao programa

Atualização a 1 de maio de 2018: aumentámos a nossa equipa de revisão para processar as candidaturas ao Programa de parceiros do YouTube acumuladas. As candidaturas pendentes serão revistas até ao final de junho e será informado se alguma coisa se alterar. Os canais com mais visualizações serão priorizados, uma vez que a potencial receita é provavelmente mais elevada para estes canais. 
Elegibilidade e limite do programa

Todos os criadores do YouTube podem candidatar-se ao programa, desde que o mesmo esteja disponível no seu país. Quando um canal alcança 1000 subscritores e 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses, é revisto para aderir ao programa.

Este limite do programa permite-nos melhorar significativamente a nossa capacidade de identificar os criadores que contribuem de forma positiva para a comunidade e ajuda-nos a colocar mais receita de anúncios ao seu alcance (e longe do alcance dos intervenientes mal-intencionados). Estas normas ajudam-nos ainda a impedir a rentabilização de vídeos potencialmente impróprios, o que poderia prejudicar a receita de todos os criadores.

Pode verificar o tempo de visualização e o número de subscritores no YouTube Analytics. Se ainda não atinge o limite, continue a trabalhar para criar conteúdo original e expandir o seu público ao seguir as sugestões dos melhores criadores.

Como se candidatar
  • Se o seu canal já fez parte do PPY anteriormente: quando atingir o limite do programa, revemos automaticamente o canal de acordo com os novos critérios. Pode consultar o seu estado de rentabilização em Creator Studio > Canal > Rentabilização.
  • Se o seu canal nunca fez parte do PPY: siga os 4 passos para aderir ao Programa de parceiros do YouTube a partir da sua conta no Creator Studio. Quando o seu canal atingir o limite do programa, é revisto para aderir.
O que acontece quando se candidata
Quando o seu canal alcançar o limite do programa, a respetiva atividade é revista para garantir que o conteúdo cumpre as Políticas do Programa de parceiros do YouTube, os Termos de Utilização do YouTube, as Políticas de Spam do YouTube e as regras da comunidade.
Recebe um email de confirmação da nossa parte assim que o processo estiver concluído. Também pode consultar o estado da candidatura em Creator Studio > Canal > Rentabilização. O processo pode demorar várias semanas.

Perguntas frequentes

Preciso de 1000 subscritores ou de 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses, ou de ambos?
Precisa de ambos. Se o canal tiver menos de 1000 subscritores ou menos de 4000 horas de visualização, não cumpre ambos os requisitos e será removido do PPY no dia 20 de fevereiro de 2018.
Como novo requisito, um canal precisa de ter 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses (em curso) e 1000 subscritores (total) para ser revisto para aderir ao programa. Saiba o que acontece se o canal descer abaixo do limite do programa.
O requisito de tempo de visualização é de 4000 horas de visualização no total? 
Além de um total de 1000 subscritores, os canais precisam de ter 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses para se qualificarem para o PPY.
Como posso consultar as minhas horas de visualização? 
Pode utilizar o relatório de Tempo de visualização do YouTube Analytics para consultar as horas de visualização. O relatório está predefinido para apresentar o tempo de visualização em minutos. Por isso, certifique-se de que altera a vista para apresentar o tempo de visualização em horas. No gráfico, clique no menu pendente Comparar métrica e, em seguida, selecione Tempo de visualização (horas).

Consultar o relatório de Tempo de visualização

Creator Studio clássico

Pode aceder diretamente ao relatório de Tempo de visualização ou seguir os passos abaixo.
  1. Inicie sessão na sua Conta Google.
  2. No canto superior direito, selecione a sua conta > Creator Studio.
  3. No menu da esquerda, clique em Analytics > Tempo de visualização.

Para transferir o relatório, clique em Exportar relatório no canto superior direito.

Versão beta do YouTube Studio

Pode utilizar o separador Vista Geral para saber durante quanto tempo os visitantes viram o seu conteúdo:

  1. Inicie sessão na versão beta do YouTube Studio. Se ainda não experimentou a versão beta, saiba mais.
  2. No menu do lado esquerdo, clique em Analytics.
  3. Clique no separador Vista geral para ver os cartões de informações do tempo de visualização.
  4. Clique nos cartões para obter informações mais detalhadas.
O que acontece se descer abaixo do limite do programa?
Os canais que alcançaram anteriormente os novos limites de elegibilidade para o Programa de parceiros do YouTube e que foram revistos e aprovados para rentabilização não perdem a rentabilização só porque descem abaixo de 4000 horas de visualização nos últimos 12 meses ou 1000 subscritores. No entanto, o YouTube reserva-se o direito de, ao seu critério, remover a rentabilização de canais que descem abaixo dos novos limites de elegibilidade se o respetivo canal estiver inativo e não carregar ou publicar mensagens da comunidade durante 6 meses ou mais.
Os canais perdem a rentabilização se violarem qualquer uma das Políticas do Programa de parceiros do YouTube, independentemente das respetivas horas de visualização e do número de subscritores.

O que acontece se não atingir o limite do programa?

Se ainda não atingir o limite, continue a esforçar-se por criar conteúdo original e aumentar o público. Seguem-se alguns recursos que o podem ajudar a expandir o seu canal:
Vou perder o acesso a funcionalidades para criadores se não cumprir os novos critérios do PPY?
Os canais têm de fazer parte do Programa de parceiros do YouTube para aceder a determinadas funcionalidades. Veja como o acesso pode mudar com base no novo limite do PPY.  

Funcionalidades não afetadas pelos requisitos de elegibilidade do PPY

Não tem de fazer parte do PPY para utilizar as seguintes funcionalidades (esta lista não é exaustiva):
  • Cartões: todos os criadores podem utilizar cartões. No entanto, o encaminhamento para Websites externos a partir de cartões é uma funcionalidade atualmente apenas disponível para membros do PPY. Quando os requisitos de elegibilidade do PPY forem atualizados no dia 20 de fevereiro de 2018, os canais com acesso a estas funcionalidades atualmente continuarão a ter acesso, mesmo que já não façam parte do PPY. Estamos a criar novos critérios de elegibilidade para esta funcionalidade de links externos.
  • Creator Studio: não tem de fazer parte do PPY para utilizar o Creator Studio no YouTube. 
  • URLs personalizados: não tem de fazer parte do PPY para reivindicar um URL personalizado. No entanto, tem de cumprir outros requisitos.
  • Miniaturas personalizadas: não tem de fazer parte do PPY para utilizar miniaturas personalizadas, basta validar a sua conta por telemóvel.
  • Ecrãs finais: todos os criadores podem utilizar ecrãs finais. No entanto, o encaminhamento para Websites externos a partir de ecrãs finais é uma funcionalidade atualmente apenas disponível para membros do PPY. Quando os requisitos de elegibilidade do PPY forem atualizados no dia 20 de fevereiro de 2018, os canais com acesso a estas funcionalidades atualmente continuarão a ter acesso, mesmo que já não façam parte do PPY. Estamos a criar novos critérios de elegibilidade para esta funcionalidade de links externos.
  • Transmissão em direto: não tem de fazer parte do PPY para utilizar a transmissão em direto. Basta confirmar que o seu canal está validado e que não teve restrições de transmissões em direto nos últimos 90 dias.
  • Agendar carregamentos: não tem de fazer parte do PPY para agendar carregamentos.
  • YouTube Analytics: não tem de fazer parte do PPY para utilizar o YouTube Analytics.

Funcionalidades afetadas pelos requisitos de elegibilidade do PPY

Tem de fazer parte do PPY para utilizar algumas funcionalidades relacionadas com a rentabilização. Quando os requisitos de elegibilidade do PPY forem atualizados no dia 20 de fevereiro de 2018, apenas os canais que façam parte do PPY continuarão a ter acesso a estas funcionalidades:

O estado da rentabilização afeta os resultados da pesquisa?
O estado da rentabilização não afeta a apresentação dos resultados da pesquisa de vídeos no YouTube. Se o seu canal deixar de fazer parte do Programa de parceiros do YouTube após fevereiro de 2018, não significa que os seus vídeos serão limitados em termos de pesquisa e descoberta.
Como posso aceder ao saldo na minha conta do AdSense?
Se tem ganhos no AdSense, mas o seu saldo atual é inferior ao limite de pagamento, pode seguir estes passos para encerrar a sua conta do AdSense. Desde que o seu saldo atual seja igual ou superior ao limite de cancelamento, recebe todo o seu saldo do AdSense no próximo ciclo de pagamento.
Se acredita que vai alcançar o limite do PPY em breve, sugerimos que aguarde até o seu canal ser novamente elegível para o programa, para não ter de abrir uma conta para começar a ganhar dinheiro.
Antes de encerrar a sua conta: se nunca recebeu um pagamento do AdSense, certifique-se de que segue todos os passos para receber pagamentos, incluindo:
Se pretender participar novamente no AdSense no futuro, terá de enviar uma nova candidatura através de um endereço de email que não esteja associado a uma conta do AdSense anterior.
Se a sua participação no PPY for suspensa

Se for determinado que o seu canal já não é elegível para rentabilização, o canal perde o acesso a todas as funcionalidades e ferramentas de rentabilização associadas ao Programa de parceiros do YouTube. Saiba mais sobre o que fazer se a rentabilização for desativada para o seu canal

Pode continuar a carregar conteúdo original e a aumentar o seu público no YouTube, mesmo que não faça parte do Programa de parceiros do YouTube. Pode candidatar-se novamente ao programa 30 dias após a suspensão.

Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?