Notificação

Receba respostas para suas perguntas rapidamente twittando ao @TeamYouTube em português. Estamos aqui para ajudar e trazer a você as últimas notícias e atualizações!

Políticas de monetização do YouTube Shorts

A participação na receita do YouTube Shorts começou no dia 1º de fevereiro de 2023. Saiba mais sobre as mudanças nos termos do Programa de Parcerias do YouTube.

Os parceiros que geram receita podem ganhar dinheiro com anúncios assistidos entre os vídeos no Feed do Shorts. Esse novo modelo de participação na receita substituiu o Fundo de recompensa do YouTube Shorts.

Políticas aplicáveis à monetização do YouTube Shorts

Se você gera receita no YouTube, é importante que seu canal siga as Políticas de Monetização de Canais do YouTube, incluindo as políticas de conteúdo repetitivo e reutilizado. Isso também inclui as diretrizes da comunidade, os Termos de Serviço, as políticas de direitos autorais do YouTube e as políticas do programa AdSense.

Como ativar a participação na receita de anúncios dos Shorts

Para começar a participar na receita, os parceiros precisam ter monetização ativa e aceitar os termos do Módulo de monetização dos Shorts, que permite ganhar dinheiro com anúncios e com o YouTube Premium no Feed dos Shorts. Essa participação será aplicada às visualizações qualificadas de Shorts do seu canal a partir da data em que você aceitar os termos. As visualizações acumuladas antes de você aceitar o Módulo de monetização dos Shorts não se qualificam para essa participação na receita.

Conteúdo adequado para anúncios

Todo conteúdo que gera receita com anúncios precisa seguir nossas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade. Nos Shorts, apenas visualizações de conteúdos que seguem essas diretrizes se qualificam para participação na receita.

Visualizações de Shorts não qualificadas

O YouTube não conta as visualizações de Shorts não qualificadas ao calcular os pagamentos. Confira abaixo exemplos de visualizações de Shorts não qualificadas: 

Formatos de anúncio qualificados para participação na receita dos Shorts

NOVO: receita de anúncios dos Shorts, novas formas de participar do YPP e Valeu demais dos Shorts!

A receita é compartilhada em anúncios que são assistidos entre vídeos no Feed dos Shorts. As visualizações dos Shorts recebem exclusivamente participação na receita de anúncios do Feed dos Shorts, que é diferente da monetização de vídeos mais longos na página de exibição.

Como funciona a participação na receita de anúncios dos Shorts

NOVO: participação na receita de anúncios dos Shorts

Apenas os parceiros que geram receita e que aceitaram o Módulo de monetização dos Shorts podem ganhar dinheiro com publicidade nesse tipo de conteúdo.

A participação na receita de anúncios dos Shorts tem quatro etapas:

  1. Somar a receita de anúncios do Feed dos Shorts. Todo mês, a receita dos anúncios exibidos entre vídeos no Feed dos Shorts é somada e usada para pagar os criadores de conteúdo e ajudar a cobrir os custos de licenciamento de músicas. 
     
  2. Calcular o Fundo para criadores. A receita de anúncios do Feed dos Shorts é alocada ao Fundo para criadores com base nas visualizações e no uso de músicas nos Shorts enviados por criadores de conteúdo que geram receita. 
    • Se um criador de conteúdo que gera receita enviar um Short sem música, toda a receita associada às visualizações vai para o Fundo para criadores.
    • Se um criador de conteúdo que gera receita enviar um Short com música, o YouTube vai dividir a receita associada às visualizações entre o Fundo para criadores e os parceiros de música com base no número de faixas usadas.
Se um criador de conteúdo que gera receita envia um Short com uma faixa, por exemplo, metade da receita associada às visualizações é alocada ao Fundo para criadores e a outra metade é usada para cobrir os custos do licenciamento de músicas. Se o Short tiver duas faixas de música, um terço da receita associada às visualizações vai ser alocado para o Fundo para criadores; já os outros dois terços serão usados para cobrir os custos de licenciamento de músicas. 
  1. Alocar o Fundo para criadores. A receita geral do Fundo para criadores é distribuída para criadores de conteúdo que geram receita com base na participação deles do total de visualizações dos Shorts em cada país. Por exemplo, se um criador de conteúdo receber 5% de todas as visualizações qualificadas dos Shorts enviados por criadores que geram receita, ele receberá 5% da receita do Fundo para criadores.
     
  2. Aplicar a participação na receita. Criadores de conteúdo que geram receita vão ficar com 45% da receita alocada, independentemente de terem usado música ou não.

O que não está incluído no Fundo para criadores:

  • A receita associada às visualizações dos Shorts enviados por criadores de conteúdo que ainda não aceitaram o Módulo de monetização dos Shorts ou que ainda não estão qualificados para gerar receita com os Shorts. Essa receita vai ser usada para cobrir os custos do licenciamento de músicas e/ou vai ser retida pelo YouTube; 
  • Receita associada às visualizações dos Shorts enviados por parceiros de música;
  • Receita associada às visualizações dos Shorts que não são qualificadas;
  • Receita associada a anúncios exibidos ao abrir o Feed dos Shorts antes de um Short ser visualizado (por exemplo, o masthead do YouTube Shorts);
  • Receita associada a anúncios exibidos em páginas de navegação no player dos Shorts.

Vamos ver um exemplo

Vamos analisar um exemplo hipotético para entender melhor como isso funciona.

Situação hipotética

Digamos que você gera receita e enviou um Short que usa uma faixa de música. Entenda como calcular o ganho do Short no país A neste mês.

  • O país A tem um total de 100 milhões de visualizações de Shorts, e todos eles foram enviados por criadores de conteúdo que geram receita.
  • Um total de US$ 100.000 foi arrecadado de anúncios exibidos entre os Shorts no Feed dos Shorts.
  • Desses Shorts, 20% usam uma faixa de música. Por isso, o Fundo para criadores é de US$ 90.000 e US$ 10.000 são usados para cobrir os custos de licenciamento de músicas.
  • Seu Short é visualizado 1 milhão de vezes, portanto, 1% do Fundo para criadores — ou seja, US$ 900 — é separado para você. O uso de uma faixa de música não afeta sua alocação do Fundo para criadores.
  • A participação na receita de 45% é, então, aplicada à sua alocação e você ganha US$ 405 pelas visualizações dos Shorts no país A.

Uso de conteúdo de terceiros nos Shorts

Em determinadas circunstâncias, quando um Short inclui conteúdo de terceiros ou conteúdo remixado, as visualizações alocadas ao Short são divididas entre o usuário que fez o envio e os detentores dos direitos de terceiros (proprietários de outros conteúdos usados em um Short) para fins de cálculo do Fundo para criadores e da participação na receita para criadores de conteúdo que geram receita. Leia as políticas abaixo para entender como isso ocorre na prática. Podemos atualizar essas políticas e informaremos você se for feita alguma alteração.

  • Como o uso de conteúdo de terceiros afeta o Fundo para criadores. No cálculo do valor do Fundo para criadores, somente o conteúdo de música disponibilizado pelos parceiros do setor musical do YouTube ou gerado com a ferramenta "Música dos Sonhos" será creditado como uma contribuição para um Short. Isso significa que o número de visualizações e a receita associada alocada ao Fundo para criadores diminuem somente quando o Short usa conteúdo de música. No momento, nenhuma outra categoria de conteúdo de terceiros vai ser creditada como contribuição para um Short, mesmo que uma política de monetização do Content ID esteja definida para esse conteúdo. No entanto, estamos começando a elaborar nosso modelo de monetização para outras categorias de conteúdo. 
    • Os exemplos acima mostram como as visualizações e a receita associada são divididas no cálculo do Fundo para criadores quando o conteúdo musical é usado em um Short.
  • Como o uso de conteúdo de terceiros afeta as alocações do Fundo para criadores. Quando pagamos os criadores que geram receita pela participação no Fundo para criadores, cada um recebe 100% do total de visualizações dos Shorts, independentemente de terem usado ou não música (incluindo as que foram criadas com a ferramenta "Música dos Sonhos") no conteúdo. Assim, o uso de músicas em um Short não afeta a alocação de um criador de conteúdo no Fundo para criadores ou a taxa de participação na receita dele.

Participação na receita de assinaturas do YouTube Premium para Shorts

O YouTube Premium é uma opção de assinatura. Com ele, os usuários podem aproveitar conteúdos sem anúncios, reprodução em segundo plano, downloads e acesso premium ao app YouTube Music. Essa oferta também se aplica às visualizações nos Shorts. 

O YouTube vai pagar 45% da receita líquida do YouTube Premium, que é destinada aos criadores de conteúdo que geram receita com os Shorts. Uma parte das receitas do YouTube Premium é alocada para ajudar a cobrir os custos de licenciamento de músicas. Os pagamentos feitos para cada criador são baseados na participação deles nas visualizações dos Shorts vindas de contas com assinaturas em cada país.

Onde encontrar a receita de anúncios do Feed dos Shorts

O YouTube Analytics vai começar a mostrar uma estimativa da receita diária de anúncios do Feed dos Shorts com outras métricas de desempenho quando essas informações estiverem disponíveis ou na data em que você começar a gerar receita dessa forma. Saiba mais sobre como verificar sua receita do YouTube.

Consulte os limites mínimos de pagamento e outros requisitos do AdSense para YouTube. Saiba mais sobre o AdSense para YouTube.

Gerenciador de conteúdo do Studio

Para usuários do Gerenciador de conteúdo do Studio, os relatórios para download vão estar disponíveis apenas aos parceiros que não são de música a partir de meados de março de 2023. Esses relatórios incluirão detalhes de receita segmentados por data e país/região para todos os Shorts com monetização enviados por parceiros relevantes.

Quer saber mais sobre seu desempenho nos Shorts? Confira nossas Dicas sobre o YouTube Analytics para criadores de conteúdo.

Saiba mais sobre a monetização do YouTube Shorts 

Por que a receita de anúncios dos Shorts está sendo destinada a um fundo?

Os Shorts usam um formato de anúncio diferente de vídeos mais longos, o que exige uma abordagem única de participação na receita. Ao destinar a receita a um fundo e distribuí-la com base na parcela de visualizações, nosso objetivo é recompensar todos os criadores de conteúdo que geram receita e criam a experiência dos Shorts, e não somente aqueles que aparecem logo após um anúncio. Outra benefício desse modelo é que ele simplifica as complexidades do licenciamento de músicas e permite que os criadores de conteúdo sejam mais criativos sem se preocupar em ganhar menos devido ao uso de músicas.

Os criadores de conteúdo conseguem manter 45% da receita dos Shorts?

Todo mês, a receita dos anúncios exibidos entre os vídeos do Feed dos Shorts é destinada a um fundo e usada para recompensar os criadores de Shorts e cobrir os custos do licenciamento de músicas. Do valor total alocado aos criadores de conteúdo (também conhecido como Fundo para criadores), eles mantêm 45% da receita, independentemente de usarem músicas nos Shorts ou não.

O que significa "música" especificamente?

Nos Shorts, “música” se refere ao conteúdo disponibilizado ou declarado pelos parceiros do setor musical do YouTube, podendo incluir áudio, músicas, vídeos ou outros tipos de conteúdo relacionado, como entrevistas com artistas e materiais gerados com a ferramenta "Música dos Sonhos".

Ainda posso gerar renda com o Fundo de recompensa dos Shorts?
Não. Com o lançamento da participação na receita de anúncios dos Shorts em 1º de fevereiro de 2023, os criadores de conteúdo não ganham mais dinheiro com o Fundo de recompensa dos Shorts. Esperamos que a maioria dos beneficiários do Fundo de recompensa dos Shorts lucre ainda mais com esse novo modelo de participação na receita, que substitui o Fundo de recompensa. Os últimos convites para as atividades de janeiro do Fundo de recompensa dos Shorts vão ser enviados em meados de fevereiro de 2023. Os pagamentos acontecem em março (sujeitos aos limites mínimos de pagamento e requisitos).

Meus Shorts estão no Feed dos Shorts, mas não estou gerando receita. Posso ganhar dinheiro com esses anúncios sem participar do YPP?

Não. Somente os parceiros que geram receita e que aceitaram o Módulo de monetização dos Shorts podem gerar receita de anúncios e do YouTube Premium com os Shorts. A receita restante vai ser usada para cobrir os custos do licenciamento de músicas ou vai ser retida pelo YouTube.
Como vou saber se meus Shorts estão gerando receita de anúncios? E se eu quiser parar de gerar esse tipo de receita?

A partir da data em que você aceitar o Módulo de monetização dos Shorts, as visualizações de qualquer Short no seu canal serão consideradas para a participação na receita. As visualizações dos Shorts enviados após essa data também serão consideradas automaticamente para a participação na receita de anúncios dos Shorts. Durante o envio, você não vai mais precisar ativar a monetização dos Shorts, como acontece com vídeos mais longos. As visualizações acumuladas antes de você aceitar o Módulo de monetização dos Shorts não se qualificam para essa participação na receita.

Depois de enviar seu Short, você verá o status de monetização dele na seção "Conteúdo" do YouTube Studio. Shorts com visualizações consideradas para a participação na receita de anúncios dos Shorts mostram um ícone de monetização verde ou amarelo. Saiba mais sobre os diferentes ícones no Guia dos ícones de monetização.

O YouTube Analytics também vai começar a mostrar uma estimativa da receita diária de anúncios do Feed dos Shorts com outras métricas de desempenho na data em que você começar a gerar receita dessa forma. Saiba mais sobre como verificar sua receita do YouTube.

Se não quiser mais monetizar as visualizações dos Shorts do seu canal com anúncios, entre em contato com o suporte ao criador de conteúdo para desativar o Módulo de monetização dos Shorts.

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal