Configurar o acompanhamento de conversões offline

A Importação de conversões do Google Ads permite-lhe ver o que acontece no mundo real depois de alguém clicar nos seus anúncios. Este artigo descreve como configurar a sua conta do Google Ads e o seu Website para o acompanhamento de conversões offline. Depois de seguir estas instruções, pode então importar as suas conversões para o Google Ads.

Este artigo passa diretamente para as instruções. Se pretender saber mais acerca das vantagens do acompanhamento de conversões offline e de como funciona, leia Acerca do acompanhamento de conversões offline.

Se pretende importar conversões do Salesforce, siga estas instruções para associar as suas contas do Google Ads e do Salesforce e acompanhe quando as campanhas do Google Ads conduzem a marcos no seu funil de vendas.

Antes de começar

Para importar conversões offline do seu negócio, terá de certificar-se de que o seguinte se aplica a si:

  • Ativou a etiquetagem automática. Isto permite-lhe importar conversões offline.
  • Pode efetuar alterações ao código em todas as páginas Web. Isto permite-lhe capturar o parâmetro GCLID (ID de clique do Google) anexado ao URL em que as pessoas clicam a partir de um dos seus anúncios.
  • Pode armazenar cada GCLID com as informações correspondentes da perspetiva de venda recolhidas no Website. Poderá fazer isto, por exemplo, no seu sistema de acompanhamento de potenciais clientes.
  • Tem um ciclo de clique-conversão inferior a 90 dias. As conversões carregadas mais de 90 dias após o último clique associado não são importadas pelo Google Ads, pelo que não aparecem nas estatísticas de conversão.

Instruções

Existem 2 partes para configurar as importações do acompanhamento de conversões offline: criar uma ação de conversão na sua conta do Google Ads, e configurar o seu Website e sistema de acompanhamento de potenciais clientes. Siga os dois conjuntos de instruções abaixo.

Parte 1: crie uma ou mais ações de conversão de importação

Vai ter de criar uma nova ação de conversão para cada tipo de conversão offline que pretenda medir, como um "potencial cliente qualificado" ou um "negócio fechado". Pode medir todas as ações de conversão offline que considerar necessárias.

Eis como criar uma nova ação de conversão offline:
  1. Inicie sessão na sua conta do Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas  no canto superior direito da conta.
  3. Em "Medição", clique em Conversões.
  4. Clique no botão mais  para criar uma nova ação de conversão.
  5. Irá ver agora as opções para os diferentes tipos de origem de conversão que pode acompanhar. Clique em Importar.
  6. Selecione Outras origens de dados ou CRMs e, em seguida, selecione Acompanhar conversões a partir de cliques ou Acompanhar conversões a partir de chamadas.
  7. Clique em Continuar.
  8. Introduza um nome para a ação de conversão que está a criar (é importante lembrar-se do nome e da ortografia exatos, uma vez que vai ter de introduzir este nome mais tarde, quando carregar as informações das conversões offline).
  9. Clique no menu pendente Categoria e selecione a categoria que melhor descreve as suas conversões. Pode utilizar esta categoria para segmentar os relatórios de conversão. Pode sempre alterá-la mais tarde.
  10. Na secção "Valor", selecione como pretende acompanhar o valor de cada conversão.
  11. Na secção "Contagem", selecione como pretende contabilizar as suas conversões.
  12. Clique em Período de conversão. Selecione durante quanto tempo após o clique num anúncio pretende acompanhar conversões para esta ação de conversão. O período pode ser de 1 a 90 dias.
  13. (Avançado) Clique em Incluir em "Conversões". Desselecione esta definição (selecionada por predefinição) se não pretender incluir dados para esta ação de conversão nas colunas "Conversões" e "Valor de conversão". Mesmo que desselecione esta definição, os dados são incluídos na coluna "Todas as conversões".
  14. É recomendável desselecionar esta definição se recorrer a uma estratégia de lance automático para otimizar em função das conversões e não pretender incluir esta ação de conversão específica na sua estratégia de lance. Saiba mais acerca da definição Incluir em "Conversões".
  15. Clique em Modelo de atribuição. Esta definição permite-lhe escolher como atribuir o crédito por cada conversão.
    • Se pretender utilizar um modelo de atribuição do Google Ads, selecione Utilizar atribuição do Google Ads e selecione um modelo no menu pendente. Saiba mais acerca de cada opção e de como funciona esta definição em Acerca dos modelos de atribuição.
    • Se pretender utilizar o seu próprio modelo de atribuição e importar crédito fracionado por cada GCLID, selecione Utilizar atribuição externa.

      Nota: não é possível alternar entre a atribuição externa e a atribuição do Google Ads uma vez criada a ação.

  16. Clique em Criar e continuar.
  17. Clique em Concluído.

Importante: após criar uma nova ação de conversão, aguarde 4-6 horas antes de carregar conversões para essa ação de conversão.  Se carregar conversões durante as primeiras 4-6 horas, pode demorar até 2 dias para essas conversões aparecerem nos relatórios.

Como carregar conversões para várias contas a partir de um único ficheiro

Para isso, todas as contas relevantes têm de estar associadas a uma conta de gestor (MCC) partilhada. É nesta conta de gestor que carrega os seus ficheiros. Em seguida, o Google Ads importa as conversões que tiveram origem nas respetivas contas associadas.

Tenha em atenção o seguinte: se carregar uma conversão para uma conta que não esteja associada à sua conta de gestor, irá obter a mensagem de erro "sem autorização para carregar".

  • Se utilizar o acompanhamento de conversões entre contas: terá de criar as suas ações de conversão de importação ao nível da conta de gestor e seguir as instruções para garantir que todas as contas geridas utilizam a conta de gestor como "conta de conversões".
  • Se não utilizar o acompanhamento de conversões entre contas: tem de criar as ações de conversão de importação em cada conta individual. Tenha em atenção: se estiver a acompanhar a mesma conversão (por exemplo, "potencial cliente qualificado") entre várias contas, é essencial que utilize exatamente a mesma ortografia e letras maiúsculas para o nome de cada conversão em cada uma das suas contas.
  • Se não tiver utilizado o acompanhamento de conversões do Google Ads anteriormente e todas as contas abrangidas pela sua conta de gestor pertencerem à mesma empresa: é aconselhável utilizar o acompanhamento de conversões entre contas. Este pode ajudar a simplificar o acompanhamento das suas conversões e os seus Relatórios de atribuição.

Parte 2: ative o sistema de acompanhamento do Website e de potenciais clientes

Na parte 2, abordamos os três passos que tem de concluir: 

  1. Atualize todas as páginas de formulário de envio de potenciais clientes para que o GCLID seja transmitido ao seu sistema de gestão de potenciais clientes.
  2. Adicione um script (consulte o nosso script sugerido abaixo) a todas as suas páginas Web para capturar e armazenar o GCLID.
  3. Armazene o GCLID, juntamente com as informações da perspetiva de venda, no sistema de gestão de potenciais clientes. 
     

Tenha em atenção o seguinte: certifique-se de que conclui a parte 1 (crie uma ou mais ações de conversão) acima, antes de iniciar este passo. Caso contrário, não vai poder importar as conversões anteriores.

  1. Tem de modificar todas as páginas de envio de formulário para adicionar um campo de formulário oculto para o GCLID.  É deste modo que o GCLID é transmitido ao seu sistema de back-end.
    Segue-se um exemplo de formulário com um campo oculto para o GCLID.  Se conseguir modificar o código do formulário diretamente, basta inserir a etiqueta <input> realçada entre as etiquetas <form>.  Em alguns casos, o seu administrador de sistemas de gestão de potenciais clientes pode ter de gerar este código do formulário por si.

 

   <form action="" name="myForm"> 		
         Name: <input type="text" name="name"> 		
         <input type="hidden" id="gclid_field" name="gclid_field" value=""> 	 	
         <input type="submit" value="Submit Form" name="btnSubmit"> 	
   </form>
       
  1. Atualize o código em todas as páginas Web para capturar e armazenar o GCLID (através de cookies ou de armazenamento local). Pode escrever o seu próprio script ou utilizar este script sugerido abaixo.  Se utilizar o script abaixo, certifique-se de que atualiza a linha "var gclidFormFields" para incluir a lista de todos os IDs de campo criados na etapa anterior:

    <script>

    function getParam(p) {
      var match = RegExp('[?&]' + p + '=([^&]*)').exec(window.location.search);
      return match && decodeURIComponent(match[1].replace(/\+/g, ' '));
    }

    function getExpiryRecord(value) {
      var expiryPeriod = 90 * 24 * 60 * 60 * 1000; // 90 dias de validade em milissegundos

      var expiryDate = new Date().getTime() + expiryPeriod;
      return {
        value: value,
        expiryDate: expiryDate
      };
    }

    function addGclid() {
      var gclidParam = getParam('gclid');
      var gclidFormFields = ['gclid_field', 'foobar']; // todos os
    ids de campo de formulário gclid possíveis aqui

      var gclidRecord = nulo;
      var currGclidFormField;

      var gclsrcParam = getParam('gclsrc');
      var isGclsrcValid = !gclsrcParam || gclsrcParam.indexOf('aw') !== -1;

      gclidFormFields.forEach(função (campo) {
      se (document.getElementById(campo)) {
          currGclidFormField = document.getElementById(campo);
        }
      });

      se (gclidParam && isGclsrcValid) {
        gclidRecord = getExpiryRecord(gclidParam);
        localStorage.setItem('gclid', JSON.stringify(gclidRecord));
      }

      var gclid = gclidRecord || JSON.parse(localStorage.getItem('gclid'));
      var isGclidValid = gclid && new Date().getTime() < gclid.expiryDate;

      if (currGclidFormField && isGclidValid) {
        currGclidFormField.value = gclid.value;
      }
    }

    window.addEventListener('load', addGclid);

     </script>

Adicionar o código:

  • Para evitar perder algumas conversões, recomendamos vivamente que adicione este script a todas as páginas Web no seu site (não apenas às páginas de destino). Por exemplo, adicione este script ao seu modelo de página Web para que todas as páginas novas incluam o script automaticamente. Em alternativa, pode adicionar este script num elemento global como o rodapé da página.

  • Quando adicionar o script, convém inseri-lo em todas as páginas Web, imediatamente antes da etiqueta de fecho </body>.

  1. Modifique o seu sistema de gestão de dados de clientes de back-end para que este possa armazenar o GCLID com as informações da perspetiva de venda quando receber o valor GCLID do campo do formulário. Por exemplo, se estiver a utilizar um sistema de gestão de potenciais clientes, solicite à sua equipa de TI que adicione um campo personalizado ao seu objeto de potencial cliente para que seja possível armazenar e obter o GCLID com facilidade e fiabilidade. A equipa de TI pode consultar o guia de integração do sistema específico utilizado por si.

Sugestão: utilize o Gestor de Etiquetas do Google para recolher o GCLID

Se tiver uma conta do Gestor de Etiquetas do Google e utilizar o mesmo nome de campo em todos os formulários, pode utilizá-la para implementar o script acima através destes passos:

  1. Inicie sessão na sua conta do Gestor de Etiquetas do Google em http://www.google.com/tagmanager.
  2. Em "Contas", clique no nome da conta com o contentor que utiliza para as suas etiquetas do Google Ads.
  3. Em "Contentores", clique no nome do contentor que pretende utilizar.
  4. Clique no botão Nova e, em seguida, selecione Etiqueta no menu pendente.
  5. Introduza um nome no campo "Nome da etiqueta" (utilize algo semelhante a "Recolha de IDs de clique do Google Ads para Importação de conversões").
  6. Em "Tipo de etiqueta", selecione Tag de HTML personalizada no menu pendente.
  7. Copie o JavaScript do passo 2 acima e cole-o no campo "HTML".
  8. Em "Regras de acionamento", clique no botão + Adicionar. Selecione a caixa junto a "Todas as páginas" e clique em Guardar.
  9. Clique em Guardar.
  10. Clique no botão Criar versão.
  11. Clique no botão Publicar.

Importar conversões para o Google Ads

Já configurou a conta do Google Ads, o Website e o sistema de acompanhamento de potenciais clientes. Para concluir o acompanhamento de conversões offline, pode agora seguir as instruções para importar conversões para o Google Ads.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.