Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal

Sobre os anúncios em vídeo na Galeria de anúncios

Este artigo se aplica apenas à experiência anterior do Google AdWords. Verifique qual experiência você está usando

No Google AdWords, a Galeria de anúncios é uma ferramenta gratuita de criação de anúncios que oferece vários modelos de anúncio em diferentes categorias, incluindo anúncios em vídeo. Você pode usar essa ferramenta para criar anúncios em vídeo in-stream impossíveis de pular para exibir em sites parceiros de vídeo na Rede de Display.

Dica

Você também pode criar anúncios em vídeo usando o tipo de campanha "Vídeo" no Google AdWords. Conheça as vantagens

Observação

Há algumas alterações nos modelos de anúncios em vídeo na Galeria de anúncios.

  • Desde outubro de 2016, não é mais possível criar anúncios em vídeo TrueView usando a Galeria de anúncios em campanhas da Rede de Display. Até janeiro, a veiculação de todos os anúncios em vídeo TrueView existentes em campanhas da Rede de Display será interrompida, e o status desses anúncios será exibido como "Removido". Você pode usar campanhas de vídeo para continuar a criar e exibir anúncios em vídeo TrueView. Saiba mais sobre como criar campanhas de vídeo
  • Estamos reduzindo o inventário no YouTube para anúncios in-stream impossíveis de pular que são comprados por meio do leilão do Google AdWords. No início de 2017, esses anúncios não serão mais exibidos no YouTube. Eles continuarão a ser exibidos em sites parceiros de vídeo na Rede de Display, se forem selecionados nas configurações de rede.

Como funciona

Há um modelo para anúncios em vídeo na Galeria de anúncios:

  • Anúncio em vídeo in-stream (impossível de pular): coloque um anúncio em vídeo de 15 segundos de duração (alguns editores permitem até 30 segundos) no conteúdo do editor de vídeo na Rede de Display.

Com esse formato, você pode colocar anúncios em vídeo no conteúdo de vídeo transmitido on-line. Seu anúncio pode ser exibido em sites parceiros de vídeo na Rede de Display do Google, como TMZ.com, About.com ou 5min.com (nos EUA).

Se seu objetivo principal é expandir sua marca, os anúncios in-stream podem ajudar você a fazer isso acontecer. Aproximadamente um terço do tempo gasto on-line é direcionado a conteúdos de vídeo. Com o Google AdWords, você pode segmentar conteúdo específico sem precisar agrupar seus anúncios. Além disso, você pode gerar relatórios detalhados para saber exatamente onde seus anúncios foram exibidos e como os clientes interagiram com eles.

Quando um vídeo é veiculado em um website da Rede de Display do Google, um anúncio em vídeo in-stream é reproduzido automaticamente para os clientes antes, durante ou depois do conteúdo de vídeo, dependendo do local em que o editor opta por exibir anúncios em tal conteúdo. O vídeo abrangerá todo o espaço do vídeo do conteúdo original.

Se o espectador clicar no anúncio durante a reprodução, o navegador abrirá automaticamente a página de destino do anúncio em uma nova guia ou janela.

As vantagens da combinação de campanhas in-stream com suas campanhas de anúncios de TV

Se você já tem uma campanha de televisão, isso não significa que deve parar de anunciar on-line. O vídeo in-stream é um ótimo complemento para a publicidade na televisão. Veja algumas vantagens da combinação das suas campanhas de anúncios de televisão com anúncios in-stream:

  • Avaliação: saiba se seus anúncios são eficazes analisando as métricas de conversão e o comportamento dos espectadores.
  • Flexibilidade: um estudo da Nielsen IAG de 2010 revelou que anúncios de televisão readaptados apresentam um bom desempenho on-line, muitas vezes superando o desempenho de anúncios em vídeo originalmente criados para a Web. (somente nos EUA)
  • Impacto da marca: um estudo recente da Nielsen identificou que a publicidade em vídeo on-line supera o desempenho da publicidade para televisão em termos de lembrança da marca, lembrança da mensagem e aceitação. A Nielsen descobriu que a lembrança geral de um anúncio em vídeo on-line é de 65%, ou seja, aproximadamente 40% maior em relação a anúncios de TV. (somente nos EUA)
  • Envolvimento do espectador: um estudo de 2009 da Online Video Engagement Consortium (Associação de Envolvimento com Vídeo On-line) mostrou que a probabilidade de espectadores de programas de TV on-line prestarem atenção é 28% maior em relação aos espectadores de programas de TV ao vivo. (somente nos EUA)
Como é feita a cobrança

Você pode definir lances com base em um vCPM ou em um CPC para anúncios in-stream tradicionais:

  • CPC: você não é cobrado a cada reprodução do vídeo, e sim pelos cliques dos clientes que abrem sua página de destino durante a reprodução do seu anúncio em vídeo.
  • vCPM: você é cobrado assim que o anúncio é reproduzido. O vCPM mínimo para os sites de vídeos de parceiros é definido individualmente pelo editor e, portanto, varia. Esse valor mínimo também é específico para os EUA e pode variar de acordo com o mercado.

Links relacionados

Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?
Fazer login no Google AdWords

Receba dicas e ajuda específica para a conta: faça login com o endereço de e-mail da conta do Google AdWords. Você também pode ver como dar os primeiros passos no Google AdWords.