Formatos de anúncio em vídeo na Galeria de anúncios

A Galeria de anúncios é uma ferramenta de criação de anúncios que oferece vários formatos de anúncio gráfico em diferentes categorias, incluindo vídeos. Você precisará usar essa ferramenta para criar formatos de anúncio em vídeo que usem lances de CPC (custo por clique), CPM (custo por mil impressões) ou CPV (custo por visualização).

Antes de você começar a criar e colocar seus anúncios nesses sites, saiba mais sobre os formatos de vídeo disponíveis e como eles funcionam:

  • Conheça os formatos de anúncio em vídeo disponíveis na Galeria de anúncios
  • Saiba onde esses formatos podem aparecer e como são cobrados
  • Descubra como monitorar o desempenho de seus anúncios em vídeo

Dica

Você também pode criar anúncios de vídeo usando o AdWords para vídeo. Conheça os benefícios e as diferenças entre essas duas ferramentas

Modelo de vídeo reproduzido com um clique

Esses anúncios são vídeos independentes que apresentam conteúdo de publicidade com uma imagem de abertura estática. Eles estão disponíveis no sistema de preços de CPC (custo por clique) e CPM (custo por mil impressões). Você não será cobrado a cada vez que o vídeo for reproduzido, mas sim pelos cliques em seu site ou pelas impressões de sua imagem de abertura.

Como funciona

Quando um anúncio em vídeo for exibido, aparecerá como uma imagem de abertura estática. Quando o espectador clicar no botão de reprodução ou na imagem de abertura, o vídeo começará a ser reproduzido no espaço do anúncio. O vídeo cobrirá toda a área do espaço do anúncio, substituindo por completo a imagem de abertura. Não é necessário fornecer um arquivo de vídeo diferente para cada um dos tamanhos de anúncio, pois redimensionamos o vídeo automaticamente de acordo com o tamanho da imagem de abertura.

Se o espectador clicar no URL de visualização, na parte inferior do anúncio, ou clicar no anúncio durante a reprodução, ele será automaticamente direcionado para seu website. Os usuários podem controlar o volume e reproduzir o vídeo novamente se desejarem.

Veja exemplos de anúncios de vídeo reproduzidos com um clique

Retângulo médio (300 x 250)

Exemplos na página

Anúncio na parte superior

Exemplo de anúncio na parte superior

Anúncio na parte lateral

Exemplo de anúncio na parte lateral

Anúncio na parte inferior

Exemplo de anúncio na parte inferior

Retângulo grande (336 x 280)

Exemplos na página

Anúncio na parte superior

Exemplo de anúncio na parte superior

Anúncio na parte lateral

Exemplo de anúncio na parte lateral

Anúncio na parte inferior

Exemplo de anúncio na parte inferior
Análise das métricas de reprodução com um clique

Os relatórios a seguir estão disponíveis para esse formato de anúncio:

  • Impressões: o anúncio é veiculado pela primeira vez.
  • Clique para reproduzir: clique no anúncio para iniciar um anúncio em vídeo no stream de vídeo ou uma interação em Flash.
  • Cliques: quando o espectador clica no link abaixo do vídeo reproduzido com um clique (CTP, na sigla em inglês) iniciado pelo espectador ou no anúncio de sobreposição animado e abre a página de destino do anúncio em uma nova janela do navegador.
  • Relatório quartil de vídeo: a porcentagem do vídeo CTP iniciado pelo espectador que foi assistido pelo espectador (25%, 50%, 75% e 100%).

Modelo de imagem estática inserida em vídeo (sobreposição)

Estes anúncios são exibidos no conteúdo de vídeo de parceiros ou usuários premium transmitido no YouTube ou na Rede de Display do Google. Há duas versões de sobreposição: uma imagem estática e um Flash interativo. O formato de imagem estática está disponível em uma categoria de vídeo da Galeria de anúncios. O formato de sobreposição de Flash está disponível para um número limitado de anunciantes.

Como funciona

  • Os anúncios são exibidos em uma transmissão de vídeo on-line com base no momento em que o editor de vídeo opta por começar a exibir o anúncio. O anúncio é exibido na porção inferior, correspondente a 20% do espaço de reprodução da transmissão do vídeo. Apenas um anúncio será exibido nesse espaço durante cada transmissão de vídeo.
  • Enquanto assiste ao vídeo, o espectador pode recolher os anúncios para ocultá-los ou exibi-los. O anúncio também será minimizado automaticamente após alguns segundos.
  • Dependendo do formato do anúncio, o usuário pode clicar na sobreposição para iniciar um anúncio em vídeo no player, um anúncio em Flash interativo no player (disponibilidade limitada) ou uma nova janela do navegador com a página de destino do anúncio. Esses anúncios serão rotulados como >Anúncios do Google.

Veja as demonstrações de anúncios em vídeo com a sobreposição de imagem estática

Modelos de anúncio em vídeo in-stream

Esses formatos permitem colocar anúncios em vídeo em conteúdo em vídeo transmitido on-line. Seu anúncio pode ser exibido em conteúdo popular no YouTube (em programas de TV e filmes completos, bem como em clipes de parceiros de conteúdo) e em sites de vídeo da Rede de Display do Google, como TMZ.com, About.com e 5min.com (nos EUA).

Se seu objetivo principal for expandir sua marca, os anúncios em vídeo in-stream podem ajudar nessa iniciativa. Os usuários gastam quase um terço de seu tempo on-line assistindo a vídeos. Com o Google AdWords, você pode segmentar conteúdo específico sem precisar agrupar seus anúncios. Além disso, você também pode gerar relatórios detalhados para saber exatamente onde seus anúncios foram exibidos e como os clientes interagiram com eles.

Como funciona

Na Galeria de anúncios, há dois modelos para anúncios em vídeo in-stream:

  • Anúncio em vídeo in-stream: coloque um anúncio em um vídeo de 15 ou 30 segundos no conteúdo do editor de vídeo.
  • Anúncio em vídeo in-stream que pode ser ignorado: coloque um anúncio em vídeo in-stream com uma opção para ignorá-lo no conteúdo do editor de vídeo. A disponibilidade desse modelo é limitada.

Quando um vídeo on-line é veiculado em um website da Rede de Display do Google, os clientes verão um vídeo in-stream reproduzido automaticamente antes, durante ou depois do conteúdo de vídeo on-line, dependendo do local em que o editor de conteúdo opta por exibir anúncios em seu conteúdo de vídeo. O vídeo abrangerá toda a área do espaço do vídeo do conteúdo original.

O anúncio será reproduzido durante 60 segundos no máximo, mas os editores poderão limitar o conteúdo do anúncio exibido para 15 segundos ou menos. Os usuários da Web não poderão ignorar o conteúdo do anúncio em vídeo in-stream.

Se o usuário clicar no anúncio durante a reprodução, o navegador abrirá automaticamente o URL de destino do anúncio em uma nova janela.

Vantagens de combinar campanhas de vídeo in-stream com campanhas de anúncios de TV

Se você já tem uma campanha de televisão, não significa que pode dispensar a publicidade on-line. O vídeo in-stream é um ótimo complemento para a publicidade na televisão. Veja alguns benefícios que você poderá ter se combinar as campanhas de publicidade na televisão com anúncios em vídeo in-stream:

  • Avaliação: saiba se seus anúncios são eficazes analisando métricas de conversão e o comportamento dos usuários.
  • Flexibilidade: um estudo da Nielsen IAG de 2010 revelou que anúncios de televisão readaptados apresentam um bom desempenho on-line, muitas vezes superando o desempenho de anúncios em vídeo originalmente criados para a Web. Somente para os Estados Unidos.
  • Impacto da marca: um estudo recente da Nielsen constatou que a publicidade em vídeo online supera a publicidade na TV para memória da marca, memória da mensagem e afinidade. A Nielsen descobriu que a lembrança geral de um anúncio em vídeo on-line é de 65%, ou seja, aproximadamente 40% maior em relação a anúncios de TV. Somente para os Estados Unidos.
  • Envolvimento do espectador: um estudo de 2009 da Online Video Engagement Consortium mostrou que a probabilidade de espectadores de programas de TV on-line prestarem atenção é 28% maior em relação aos espectadores de programas de TV ao vivo. Somente para os Estados Unidos.
Como você é cobrado?

Você pode definir lances de CPM ou CPC:

  • CPC: você não será cobrado por cada reprodução de seu vídeo, mas sim pelos cliques dos clientes que carregam o URL de destino, enquanto seu anúncio de vídeo é reproduzido.
  • CPM: as cobranças são contabilizadas assim que o anúncio começa a ser reproduzido. O CPM mínimo para os sites de vídeo de parceiros é definido individualmente pelo editor e, portanto, apresenta variações. Esse valor mínimo também é específico para os EUA e pode variar de acordo com o mercado.

Anúncios em banner complementar: não há custo extra para adicionar anúncios em banner complementar a seus anúncios em vídeo in-stream. Nem todos os sites de vídeo da Rede de Display do Google são compatíveis com anúncios complementares. Para aqueles que são compatíveis, os anúncios são gratuitos e não são contabilizados como impressões adicionais. Em vez disso, eles são contabilizados como uma única impressão combinada com o anúncio de vídeo.

Modelo de anúncio de vídeo expansível

Os anúncios em vídeo expansíveis são exibidos em sites da Rede de Display do Google. Quando um cliente clica em um anúncio expansível, ele é expandido em duas vezes sua largura ou altura, dependendo do formato. Os formatos expansíveis incentivam uma maior interação por parte dos clientes interessados, pois aumentam a presença de seu anúncio na página.

Os seguintes tamanhos de anúncio são suportados para modelos expansíveis:

  • 120 x 600
  • 468 x 60
  • 728 x 90
  • 300 x 250
  • 160 x 600
  • 336 x 280

Você não é cobrado quando um usuário clica para expandir seu anúncio. No entanto, você será cobrado se um cliente visitar sua página de destino depois de clicar no anúncio expandido.

As expansões serão listadas nos relatórios como "interações". Assim, você poderá acompanhar a interação dos usuários com seus anúncios.

Como entender a diferença entre formatos de vídeo semelhantes da Galeria de anúncios

Há vários formatos de vídeo que podem ser criados com as mesmas ferramentas e que funcionam de maneira semelhante. Muitas vezes, não fica clara a diferença entre alguns desses formatos e as ferramentas usadas para criá-los. Por isso, resumimos alguns aspectos importantes para ajudar você a entender melhor suas opções de anúncios em vídeo:

Anúncio de imagem estática InVideo (sobreposição) x anúncio em vídeo reproduzido com um clique

Um anúncio em vídeo reproduzido com um clique é um vídeo que é um anúncio. Ele é veiculado em uma página da web com conteúdo de vídeo existente. Se você exibir um anúncio em vídeo reproduzido com um clique, ele será o conteúdo do vídeo.

Um anúncio InVideo é um anúncio gráfico de sobreposição ou um anúncio em vídeo in-stream veiculado dentro do corpo do conteúdo de vídeo. Se você exibir um anúncio InVideo, ele será inserido no ou em volta do conteúdo de vídeo de outro editor. Seu anúncio pode ser exibido antes do vídeo, abaixo dele, durante a exibição ou depois dela.

Ambas as opções fornecem métricas de relatório semelhantes, porém, devido à diferença na interação do usuário com esses formatos, haverá uma leve variação nas métricas registradas nos relatórios. Por exemplo, anúncios inseridos em vídeos podem ser ignorados, mas anúncios reproduzidos com um clique, não.

Anúncios em vídeo in-stream no YouTube x outros sites da Rede de Display do Google

Os anúncios em vídeo in-stream tradicionais podem ter 30 segundos ou menos. Anúncios com duração de 16 a 30 segundos estão qualificados para exibição somente em conteúdos de vídeo mais longos, com duração de 10 minutos ou mais. Já os anúncios com 15 segundos ou menos podem ser exibidos em conteúdos de vídeo mais longos e em clipes mais curtos.

Anúncios em vídeo TrueView In-stream não têm limite de duração. Os usuários têm a opção de ignorar o vídeo depois da marca de cinco segundos. Além disso, você será cobrado somente quando um usuário assistir ao vídeo inteiro ou até a marca de 30 segundos (o que acontecer primeiro).

Na Rede de Display do Google, nossos parceiros precisam seguir as mesmas diretrizes do YouTube. No entanto, alguns parceiros aceitam vídeos mais longos.

Próximas etapas