Configurar regras de compliance do conteúdo

Como administrador do G Suite, você pode configurar regras para gerenciar mensagens com conteúdo que corresponda a uma ou mais expressões.      

Por exemplo, você pode:

  • rejeitar e-mails enviados que talvez contenham informações confidenciais da empresa, por exemplo, quando o filtro de saída detectar a palavra "confidencial";

  • configurar uma correspondência de metadados em um intervalo de endereços IP e colocar em quarentena mensagens que estejam fora desse intervalo;
  • encaminhar mensagens com conteúdo que corresponda a determinados padrões ou strings de texto para o departamento jurídico.

Regras de compliance

As regras de compliance do conteúdo são baseadas em conjuntos predefinidos de palavras, frases, padrões de texto ou padrões numéricos. Você pode configurar uma correspondência simples, avançada ou de metadados.

Também é possível configurar uma correspondência de conteúdo predefinidaEste recurso está disponível no G Suite Business e no G Suite Enterprise. Comparar as edições

Uma regra de compliance do conteúdo permite a verificação de anexos de texto e de tipos de anexo comuns, como .doc, .xls e .pdf, além de caracteres não ASCII. O conteúdo simples e as correspondências avançadas de conteúdo aplicáveis ao texto do corpo da mensagem também são aplicáveis ao texto extraído dos anexos. Todas as regras aplicáveis ao texto do corpo da mensagem também são aplicáveis ao texto extraído. 

O Gmail tenta converter anexos binários, como documentos do Microsoft Word, em texto. Todas as regras aplicáveis ao texto do corpo da mensagem também são aplicáveis ao texto convertido. Saiba mais sobre como configurar regras para compliance de anexos.

Ações de compliance

Quando uma mensagem corresponder a uma regra de compliance do conteúdo, você poderá:

  • rejeitá-la;
  • colocá-la em quarentena;
  • entregá-la com modificações.

Como as regras são aplicadas

A menos que seja modificada na seção "Opções", a regra é aplicável a todos os usuários em uma unidade organizacional. Os usuários em organizações filhas herdam as regras que você cria para a organização mãe. As regras herdadas podem ser desativadas nas organizações filhas. Isso impede que uma regra desativada seja aplicada à organização filha e às organizações netas. Também é possível adicionar várias regras a cada organização.

Configurações com várias regras podem influenciar o comportamento das mensagens e como as regras são aplicadas, inclusive, quando aplicável, a regra ou a configuração que terá precedência.

As regras podem entrar em conflito com outras regras. Por exemplo, uma mensagem deve ser rejeitada ou entregue duas vezes? O que acontece depende das condições definidas e da regra que tem precedência. Saiba mais sobre como várias configurações afetam o comportamento das mensagens.

 

Reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado

Você pode reforçar a segurança das mensagens usando os recursos avançados do protocolo Secure/Multipurpose Internet Mail Extensions (S/MIME). Por exemplo, você pode configurar uma regra que exija o uso da criptografia S/MIME para mensagens enviadas. Para fazer isso, use a opção "Criptografia", descrita na etapa 3. 

Você também pode usar atributos de metadados relacionados ao S/MIME em expressões. Para fazer essa configuração, defina uma correspondência de metadados, o que é descrito na etapa 2.

Para uma visão geral, consulte Reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado.

Este recurso só está disponível no G Suite Enterprise e no G Suite Enterprise for Education.

Configurar uma regra de compliance do conteúdo

Etapa inicial: acessar as configurações avançadas do Gmail no Google Admin Console

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin console, acesse Apps e G Suite e Gmail e Configurações avançadas.

    Dica: para ver "Configurações avançadas", role até a parte inferior da página do Gmail.

  3. (Opcional) No lado esquerdo, selecione uma organização.

  4. Na seção "Compliance", role até a opção Compliance de conteúdo, passe o cursor sobre ela e clique em Configurar. Se a configuração já estiver definida, passe o cursor sobre ela e clique em Editar ou Adicionar outro.

  5. Para cada configuração nova, digite uma descrição única.

  6. Acesse a próxima etapa para definir a configuração.

Etapa 1: digitar as mensagens de e-mail que serão afetadas

Você pode configurar a regra para mensagens recebidas, enviadas ou internas. As mensagens internas são enviadas e recebidas nos domínios associados à sua organização.

  1. Marque as caixas ao lado das mensagens às quais você quer aplicar a regra.

  2. Acesse a próxima etapa para continuar.

Etapa 2: adicionar expressões para especificar o que será pesquisado

É possível adicionar até 10 expressões, mas você precisa adicioná-las e salvá-las individualmente.

  1. Na lista, especifique se qualquer uma das ou todas as condições precisam corresponder para acionar o que acontece com a mensagem. Por exemplo, se você selecionar Se QUALQUER UMA das seguintes opções coincidir com a mensagem, qualquer condição correspondente poderá acionar a consequência na mensagem.

  2. Clique em Adicionar.

  3. Na lista, escolha o tipo de correspondência que você quer usar na expressão:

    • Correspondência de conteúdo simples: digite o conteúdo para correspondência. A correspondência de conteúdo simples funciona como a função de pesquisa no Gmail. Por exemplo, se você pesquisar "uma palavra", qualquer string com "uma" e "palavra" será retornada, como "uma palavra nova e diferente".

    • Correspondência de conteúdo avançado: selecione o Local do texto da mensagem e o Tipo de correspondência e digite o conteúdo a ser pesquisado. Diferentemente da correspondência de conteúdo simples, a string precisa ser uma correspondência exata. Consulte as tabelas abaixo para ver uma descrição de cada local na mensagem e os tipos de correspondência.

    • Correspondência de metadados: selecione o atributo para corresponder e o Tipo de correspondência. Se necessário, digite o Valor de correspondência. Consulte a tabela abaixo para ver uma descrição dos atributos de metadados e dos tipos de correspondência.

    • Correspondência de conteúdo predefinida: selecione um dos detectores de conteúdo predefinidos, como Número do cartão de crédito ou Número da Previdência Social (nos EUA). Também é possível definir o número de vezes que o detector precisa aparecer em uma mensagem para acionar a ação definida. Você também pode acionar a ação se o detector na mensagem corresponder a um limite de confiança. Para detalhes, consulte Verificar o tráfego de e-mails usando a Prevenção contra perda de dadosEste recurso está disponível no G Suite Business e no G Suite Enterprise. Comparar as edições

  4. Clique em Salvar. Talvez seja necessário rolar para ver a nova expressão.

  5. Acesse a próxima etapa para continuar.

Local da correspondência de conteúdo avançado

Local Descrição

Cabeçalhos e corpo

Os cabeçalhos completos e o corpo. Inclui os anexos (partes MIME decodificadas).

Cabeçalhos completos

Todos os campos do cabeçalho. Não inclui o corpo da mensagem ou os anexos.

Texto

A parte principal do texto da mensagem de e-mail. Inclui os anexos (partes MIME decodificadas).

Assunto

O assunto da mensagem conforme apresentado no cabeçalho do e-mail.

Cabeçalho do remetente

O endereço de e-mail do remetente, conforme informado no cabeçalho "De". Esse endereço pode ser diferente do informado pelo remetente em Remetente do envelope.

O cabeçalho do remetente é composto pelo endereço de e-mail, localizado entre os sinais de maior e menor, e não inclui o nome da conta.

Por exemplo, considere o seguinte:

De: Jane Silva <jsilva@example.com>

O cabeçalho do remetente é jsilva@example.com.

Observação: o lado esquerdo dos endereços @gmail.com e @googlemail.com é convertido na representação canônica. Por exemplo, jane.silva@gmail.com é convertido em janesilva@gmail.com.

Cabeçalho de destinatários

O destinatário ou os destinatários, conforme informado nos cabeçalhos de e-mail "Para", "Cc" e "Cco". Os destinatários podem ser diferentes dos informados em Qualquer destinatário do envelope.

Compara apenas um destinatário de cada vez. Se houver dois ou mais destinatários, a regra de conteúdo avançado não corresponderá a todos os destinatários de uma string. Se quiser configurar uma regra para mensagens enviadas a vários usuários, use cabeçalhos completos.

Os cabeçalhos completos não incluem os endereços de e-mail de destinatários Cco:. Portanto, é possível que as regras baseadas no número de destinatários no cabeçalho completo não sejam aplicadas a todos os destinatários se eles forem Cco:.

O cabeçalho de destinatário é composto pelo endereço de e-mail, localizado entre os sinais de maior e menor, e não inclui o nome da conta.

Por exemplo, considere o seguinte:

Para: Jane Silva <jsilva@example.com>
Cc: João Silva <joãosilva@example.com>
Cco: João Santos <jsantos@example.com>

Os cabeçalhos de destinatário são jsilva@example.com, joãosilva@example.com e jsantos@example.com.

Remetente do envelope

O remetente original que foi informado durante a solicitação de comunicação SMTP e que talvez não seja o remetente informado no Cabeçalho do remetente. Nem sempre esse remetente corresponde ao endereço encontrado no cabeçalho "Caminho de retorno".

Qualquer destinatário do envelope

O destinatário ou os destinatários informados durante a solicitação de comunicação SMTP. Esses destinatários podem ser diferentes dos informados no Cabeçalho do destinatário. Isso pode incluir indivíduos adicionados como parte da expansão de um grupo.

Compara apenas um destinatário de cada vez. Se houver dois ou mais destinatários, a regra de conteúdo avançado não corresponderá a todos os destinatários de uma string.

Mensagem bruta

Os cabeçalhos completos mais o corpo, incluindo todos os anexos e outras partes MIME da mensagem. As partes MIME não são decodificadas. Isso é equivalente a bytes de mensagem RFC-2822.

Correspondência de conteúdo avançado

Tipo de correspondência Descrição

Começa com

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que comece com o caractere ou a string especificados.

Termina com

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que termine com o caractere ou a string especificados.

Contém texto

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que contenha a string especificada.

Não contém texto

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que não contenha a string especificada.

Igual a

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que corresponda exatamente à string especificada.

Está vazio

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que esteja vazio.

Corresponde ao regex

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que corresponda à expressão regular especificada. Consulte "Sobre a correspondência de regex" abaixo.

Não corresponde ao regex

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que não corresponda à expressão regular especificada. Consulte "Sobre a correspondência de regex" abaixo.

Corresponde a qualquer palavra

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que corresponda a qualquer palavra na lista de palavras especificada.

Corresponde a todas as palavras

Pesquisa o local selecionado para encontrar conteúdo que corresponda a todas as palavras na lista de palavras especificada.

Sobre a correspondência de regex

Você usa os tipos de correspondência de conteúdo avançado Corresponde ao regex e Não corresponde ao regex para configurar regras de compliance do conteúdo que utilizem expressões regulares.

O que é regex?

Uma expressão regular, também chamada de regex, é um método de correspondência de texto com padrões. Por exemplo, um regex pode descrever um padrão de endereços de e-mail, URLs, números de telefone, números de identificação de funcionários, números de CPF ou CNPJ ou números de cartão de crédito.

Para saber mais sobre expressões regulares, consulte:

Observação: cada expressão regex em uma regra de compliance do conteúdo é limitada a 10.000 caracteres.

Por que o local de correspondência é importante?

É importante selecionar o local de correspondência apropriado para seu caso de uso ao formular o regex. O local de correspondência (veja a tabela acima) especifica o componente da mensagem que deve ser verificado para a identificação de correspondências.

Em determinados locais de correspondência, o conteúdo para correspondência é dividido em partes antes de ser verificado pelo regex. Por exemplo:

  • Cabeçalho do destinatário: os campos "Para:", "Cc:" e "Cco:" do cabeçalho de uma mensagem são divididos em endereços de e-mail, que são comparados individualmente ao padrão do regex. Portanto, não é possível usar o local de correspondência "Cabeçalho do destinatário" para detectar mensagens enviadas para cinco ou mais usuários. Você pode selecionar "Cabeçalhos completos" e digitar um padrão de regex como este: Para: ^[^@](?:@[^@]){5}.
  • Cabeçalho completo: não é possível verificar diferentes campos do cabeçalho da mensagem. Cada campo do cabeçalho é comparado individualmente com o regex. Por exemplo, o campo "Para:" é examinado como uma string, e o campo "Cc:" é examinado como outra string. Isso significa que não é possível criar uma única expressão regex para verificar os campos "Para:" e "Cc:" ao mesmo tempo.

Observação: se um campo específico, como "Resultados da autenticação", tiver várias linhas, o regex poderá verificar essas linhas, mas o espaçamento no início de cada linha é armazenado como parte desse campo. Portanto, você precisa contar com os espaços com um caractere curinga ou explicitamente na expressão.

Qual é a opção de número mínimo de correspondências?

Quando você criar uma regra de compliance do conteúdo para a correspondência com um regex, precisará digitar o regex e dois campos opcionais: uma descrição do regex e um número mínimo de correspondências.

A opção de número mínimo de correspondências especifica o número de vezes que o regex precisa aparecer no local de correspondência para acionar a regra. Por exemplo, se você digitar "2", o padrão do regex precisará aparecer pelo menos duas vezes no local de correspondência para acionar uma ação na mensagem.

Atributos de metadados e tipos de correspondência

As combinações de atributos e tipos de correspondência disponíveis incluem:

Atributo Tipo de correspondência Descrição

Autenticação de mensagens

  • A mensagem está autenticada
  • A mensagem não está autenticada

Selecione essa opção para incluir mensagens que estão autenticadas ou não na sua expressão de compliance.

Compatível com o padrão DMARC. A mensagem será autenticada 1) se passar na verificação SPF e o domínio do remetente do envelope estiver alinhado ao cabeçalho do domínio ou 2) se o cabeçalho do domínio passar na verificação DKIM. Caso contrário, ela não será autenticada.

IP de origem

  • Está dentro do seguinte intervalo

  • Não está dentro do seguinte intervalo

Selecione essa opção para incluir mensagens que fazem parte ou não do intervalo de IPs especificado na sua expressão de compliance. Digite o intervalo no campo.

Transporte seguro (TLS)

  • A conexão está criptografada via TLS

  • A conexão não está criptografada via TLS

Selecione esta opção para incluir mensagens que são criptografadas ou não via TLS na sua expressão de compliance.

Criptografia S/MIME

  • Mensagem criptografada pelo S/MIME

  • Mensagem não criptografada pelo S/MIME

Selecione essa opção para incluir mensagens com ou sem a criptografia S/MIME.

Este recurso só está disponível no G Suite Enterprise e no G Suite Enterprise for Education.

Assinatura S/MIME

  • Mensagem assinada pelo S/MIME

  • Mensagem não assinada pelo S/MIME

Selecione esta opção para incluir mensagens com ou sem assinatura S/MIME.

Este recurso só está disponível no G Suite Enterprise e no G Suite Enterprise for Education.

Tamanho da mensagem

  • É maior do que a seguinte (MB)

  • É menor do que a seguinte (MB)

Selecione essa opção para incluir mensagens que são maiores ou menores que o tamanho especificado na sua expressão de compliance. Digite o tamanho da mensagem em MB no campo.

Observação: este é o tamanho bruto da mensagem, que pode ser até 33% maior que o tamanho original com os anexos devido à sobrecarga normal da codificação. 

Modo confidencial do Gmail
  • A mensagem está no modo confidencial do Gmail
  • A mensagem não está no modo confidencial do Gmail 

 

Selecione esta opção para incluir mensagens que estão ou não no modo confidencial do Gmail.
Spam
  • Malware detectado pelo sandbox de segurança

Selecione esta opção para incluir mensagens com anexo de malware, conforme identificado pelo Sandbox de segurança.

Este recurso só está disponível no G Suite Enterprise e no G Suite Enterprise for Education.

Etapa 3: especificar o que acontecerá se as expressões forem correspondentes

  1. Especifique se você quer modificar, rejeitar ou colocar uma mensagem em quarentena quando as condições forem atendidas. Veja os detalhes abaixo.

  2. Configure as opções das ações que você escolher.

  3. (Opcional) Clique em Mostrar opções para configurar opções adicionais que limitem a aplicação dessa configuração. Consulte o tópico "Configurar parâmetros adicionais", abaixo, para ver os detalhes.

  4. Acesse "Salvar a configuração".

Rejeitar mensagem

Rejeita a mensagem antes de ela chegar ao destinatário desejado. Você pode digitar um texto personalizado para o aviso de rejeição.

Nenhuma outra regra de roteamento ou compliance será aplicada às mensagens que corresponderem a uma regra. A mensagem será simplesmente rejeitada.

Observação: o Gmail adiciona automaticamente um código de rejeição SMTP, como 550 5.7.1. Esse código não pode ser excluído porque é exigido pelo padrão SMTP de e-mail.

Colocar mensagem em quarentena

Envia a mensagem para uma quarentena de administrador, onde você pode analisar a mensagem antes de decidir enviá-la ou rejeitá-la. Ela está disponível apenas para o tipo de conta "Usuários". Consulte "Tipos de contas afetadas" abaixo.

Para notificar seus usuários quando as mensagens que eles enviaram forem colocadas em quarentena, marque a caixa Notificar

Modificar mensagem

Para modificar mensagens, você pode adicionar cabeçalhos, remover anexos, alterar o destinatário do envelope, adicionar mais destinatários (caminhos adicionais ou secundários) e alterar o caminho.
 
Observação: recomendamos o uso das configurações de roteamento para os casos de uso específicos aos quais elas estão destinadas. Por exemplo, você pode configurar as mesmas opções de roteamento usando uma configuração "Compliance do conteúdo" ou "Roteamento". Use a configuração "Compliance do conteúdo" para casos relacionados ao conteúdo e a configuração "Roteamento" para casos de uso gerais relacionados ao roteamento, como a entrega dupla. Saiba mais sobre o roteamento de e-mails, incluindo casos de uso e exemplos.

Controles

Adicionar cabeçalho X-Gm-Original-To

Marque esta caixa para adicionar uma tag de cabeçalho se o destinatário for alterado. Dessa forma, o outro servidor saberá o destinatário original do envelope. Este é um exemplo do formato da tag de cabeçalho: X-Gm-Original-To: jjsilva@solarmora.com

Os cabeçalhos são úteis se você estiver redirecionando uma cópia da mensagem para outro destinatário. Nesse caso, você altera o endereço do destinatário, mas o novo destinatário ainda pode ver o endereço do destinatário do envelope original. Ao verificar o cabeçalho X-Gm-Original-To na mensagem, é possível ver o destinatário do envelope original.

Adicionar os cabeçalhos X-Gm-Spam e X-Gm-Phishy

As mensagens do Gmail são submetidas automaticamente à filtragem de spam e phishing. Marque a caixa Adicionar cabeçalho X-Gm-Spam e cabeçalho X-Gm-Phishy para adicionar esses cabeçalhos com o objetivo de indicar o status de spam e phishing da mensagem. Por exemplo, um administrador em outro servidor pode usar essas informações para configurar regras para lidar com o spam e o phishing de maneiras que não sejam limpar o e-mail.

  • X-Gm-Spam: 0 indica que a mensagem não é spam.
  • X-Gm-Spam: 1 indica que a mensagem é spam.
  • X-Gm-Phishy: 0 indica que a mensagem não é phishing.
  • X-Gm-Phishy: 1 indica que a mensagem é phishing.

Qualquer mensagem marcada como phishing é automaticamente marcada como spam.

Se você adicionar os cabeçalhos "X-Gm-Spam" e "X-Gm-Phishy" às suas mensagens, considere para onde a mensagem será direcionada. Muitas vezes, uma mensagem redirecionada não é mais classificada como spam quando chega ao destino porque elementos da mensagem, como o endereço IP de envio, mudaram.

Se suas mensagens forem redirecionadas para outro servidor, configure regras nesse servidor para ler os cabeçalhos e impedir que mensagens com as tags X-Gm-Spam: 1 ou X-Gm-Phishy: 1 sejam entregues nas Caixas de entrada dos usuários.

Se suas mensagens forem redirecionadas para o Google, crie uma configuração "Gateway de entrada", para marcar as mensagens com tag como spam, ou uma configuração "Compliance do conteúdo", para enviá-las para a Quarentena de administrador para análise.

Observação: o valor de cabeçalho só é aplicável aos tipos de conta "Usuários" e "Não reconhecida/pega-tudo". Se o tipo de conta for "Grupos", os cabeçalhos X-Gm-Spam: 0 e X-Gm-Phishy: 0 serão sempre aplicados. Consulte "Tipos de contas afetadas", abaixo, para informações sobre os tipos de contas.

Adicionar cabeçalhos personalizados

Você pode adicionar um ou mais cabeçalhos personalizados às mensagens afetadas por esta configuração. Por exemplo, é possível adicionar um cabeçalho que corresponda à descrição digitada na configuração. Isso ajuda você a analisar por que uma mensagem foi direcionada de uma determinada maneira ou uma regra foi acionada.

Adicionar assunto personalizado

É possível digitar uma string antes do assunto das mensagens aplicáveis. A string aparecerá entre parênteses no início do assunto. Por exemplo, você pode digitar "Confidencial" neste campo nos e-mails confidenciais. Se uma mensagem acionar a regra e o assunto da mensagem for "Relatório mensal", os destinatários verão o seguinte assunto: [Confidencial] Relatório mensal.

"Alterar caminho" e "Também redirecionar spam"

  • Alterar caminho: altera o destino da mensagem. Por padrão, o servidor do Gmail é o local de entrega principal. No entanto, você pode alterar essa configuração para direcionar as mensagens para outro servidor de e-mail, como o Microsoft® Exchange.

    Observação: antes de alterar o caminho, você precisa adicionar o caminho na guia "Hosts". Depois que for adicionado, ele aparecerá na lista Alterar caminho.

  • Também redirecionar spam: aparece se você tiver selecionado Alterar caminho. A opção Também redirecionar spam permite que você direcione todos os e-mails que correspondem aos critérios da configuração, incluindo mensagens marcadas como spam. 

    Se você não marcar a caixa Também redirecionar spam, as mensagens normais serão redirecionadas. As mensagens com spam não serão redirecionadas.

Observações:

  • Independentemente de você marcar a caixa Também redirecionar spam, mensagens com spam flagrante não são redirecionadas porque são descartadas instantaneamente na hora da entrega.

  • Se uma mensagem for classificada como spam, mas uma das configurações de e-mail do G Suite modificar essa classificação (por exemplo, devido à lista de permissões de um remetente), a mensagem não será considerada spam e será redirecionada como uma mensagem normal.

Alterar destinatário do envelope

É possível alterar o destinatário do envelope de uma das seguintes formas:

  • Para substituir o endereço de e-mail inteiro do destinatário, depois de "Substituir destinatário", digite o endereço de e-mail, por exemplo, usuario@solarmora.com.

  • Para substituir apenas o nome de usuário do endereço de e-mail do destinatário e manter o domínio inalterado, antes de @dominio-existente, digite o nome de usuário, como usuario.

  • Para substituir apenas o domínio do endereço de e-mail do destinatário e manter o nome de usuário inalterado, após nomedeusuario-existente@, digite o domínio, como solarmora.com.

Alterar o destinatário do envelope de uma mensagem no endereço primário equivale a encaminhar uma mensagem para outro destinatário. A mensagem ignora a caixa de correio do destinatário original e é roteada para a Internet para ser entregue ao novo destinatário. O endereço "Para" continua sendo o endereço do destinatário original, mas o destinatário do envelope é substituído.

O servidor de destino é determinado por uma pesquisa de MX no domínio do novo destinatário. Se você usar o controle Alterar caminho, o servidor de destino será determinado pelo caminho especificado.

Para colocar outro destinatário em "Cco", use a opção Adicionar mais destinatários, descrita abaixo.

Ignorar o filtro de spam para esta mensagem

Marque esta caixa para entregar mensagens aos destinatários, mesmo que elas sejam identificadas como spam. Essa opção é aplicável apenas a mensagens recebidas. Não é possível ignorar os filtros de spam no caso de e-mails enviados.

Observação: essa opção é aplicável aos tipos de contas "Usuários" e "Não reconhecida/pega-tudo", não ao tipo de conta "Grupos". Consulte "Tipos de contas afetadas", abaixo, para informações sobre os tipos de contas.

Remover anexos da mensagem

Marque esta caixa para remover anexos das mensagens. Se quiser, inclua um texto para notificar os destinatários sobre a remoção dos anexos.

Adicionar mais destinatários

  1. Marque a caixa Adicionar mais destinatários e clique em Adicionar Adicionar para configurar a entrega dupla ou múltipla.

  2. Na lista, selecione Básico para adicionar cada endereço de e-mail e clique em Salvar. Clique em Adicionar Adicionar para inserir outros endereços.

  3. Na lista, selecione Avançado para escolher opções avançadas de entrega secundária. Assim como acontece com as configurações da entrega principal, você pode mudar o destinatário do envelope, adicionar cabeçalhos, acrescentar um assunto personalizado e remover os anexos nas entregas secundárias.

Observações:

  • Um limite de cem destinatários adicionais é aplicável a cada regra. Por isso, considere o uso de grupos para listas grandes.

  • Suas configurações de entrega principal também afetam as entregas secundárias. Por exemplo, se você alterar o destinatário do envelope, acrescentar um assunto personalizado e adicionar cabeçalhos personalizados à entrega principal, a mesma configuração será aplicada às entregas secundárias. Se você alterar o destinatário do envelope, o endereço "Para:" continuará sendo o endereço do destinatário original.

  • Nas entregas secundárias, as caixas Não entregar spam a este destinatário e Suprimir devoluções deste destinatário são marcadas por padrão. Se a mensagem for spam, essa opção descarta a cópia da mensagem que está sendo enviada para o destinatário adicional. A opção Suprimir devoluções deste destinatário evita que devoluções sejam enviadas para o remetente original.

  • Quando você adiciona destinatários, uma nova mensagem é criada para cada um deles. As configurações avançadas do Gmail são aplicadas a todas as mensagens novas.

Criptografia (apenas para entregas de agora em diante)

Por padrão, o Gmail envia mensagens usando o transporte seguro (TLS). Se essa opção não estiver disponível, a mensagem será entregue por uma conexão não segura.

Marque a caixa Exigir transporte seguro (TLS) para incluir a entrega segura de mensagens de saída afetadas por essa configuração. Isso exige que todas as mensagens compatíveis com as condições da configuração (expressões correspondentes, tipos de conta ou filtros de envelope) sejam transmitidas por uma conexão segura. Se o protocolo TLS não estiver disponível para o remetente ou o destinatário, a mensagem não será enviada.

Marque a caixa Criptografar mensagens se elas não estiverem criptografadas (S/MIME) para assegurar que determinadas mensagens só sejam enviadas com a criptografia S/MIME. Veja a observação abaixo.

Marque também a caixa Rejeitar mensagem se não for possível assinar e criptografar para rejeitar mensagens sem a criptografia S/MIME.

Saiba mais sobre como reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado.

Observação: Este recurso só está disponível no G Suite Enterprise e no G Suite Enterprise for Education. 

 

Configurar parâmetros adicionais

Clique em Mostrar opções para configurar opções adicionais a esta configuração.

Listas de endereços

É possível especificar as listas de endereços como um critério para ignorar ou aplicar uma configuração. As listas podem ter endereços de e-mail, domínios ou ambos.

Estas são as opções para ignorar ou aplicar uma configuração:

  • Ignorar esta configuração para endereços / domínios específicos: ignora a configuração no caso de correspondência com a lista de endereços, independentemente de outros critérios especificados.
  • Aplicar esta configuração apenas a endereços / domínios específicos: a correspondência com a lista de endereços se torna uma condição para que a configuração seja aplicada. Quando há outros critérios na configuração, como expressões de correspondência, tipos de conta ou filtros de envelope, essas condições também precisam corresponder à configuração que será aplicada.

Para usar listas de endereços e controlar a aplicação dessa configuração:

  1. Na seção Opções, marque a caixa Usar listas de endereços para ignorar ou controlar a aplicação desta configuração.
  2. Selecione uma das opções:

    • Ignorar esta configuração para endereços / domínios específicos
    • Aplicar esta configuração apenas a endereços / domínios específicos
  3. Clique em Usar existente ou criar uma nova.
  4. Selecione o nome de uma lista atual ou, para criar uma nova, digite um nome personalizado no campo Criar nova lista e clique em Criar.
  5. Passe o cursor o sobre o nome da lista e clique em Editar.

  6. Para adicionar endereços de e-mail ou domínios à lista, clique em Adicionar Adicionar.

  7. Digite um endereço de e-mail ou nome de domínio, como solarmora.com. Para adicionar uma lista em massa, digite uma lista de endereços delimitada por vírgulas ou espaços após clicar em Adicionar Adicionar.

    Observação: se você quiser ignorar essa configuração para os remetentes aprovados sem autenticação, desmarque a caixa Exigir autenticação do remetente. Use essa opção com cuidado porque ela pode ocasionar spoofing. Saiba mais sobre a autenticação do remetente.

  8. Clique em Salvar.

  9. Para incluir endereços de e-mail ou domínios adicionais na lista, repita as etapas de 5 a 7.

  10. Quando terminar, acesse Tipos de contas afetadas.

Saiba mais sobre as listas de endereços, inclusive como pesquisar ou ver todas as entradas nas listas e como os endereços correspondem a elas.

Tipos de contas afetadas (obrigatório)

Selecione um ou mais tipos de conta que usam a configuração. Os tipos de conta são Usuários, GruposNão reconhecida/pega-tudo. Você precisa selecionar um tipo de conta antes de salvar a configuração. 

Se você estiver definindo a configuração da organização de nível superior e selecionar a ação "Modificar mensagem" ou "Rejeitar mensagem", os três tipos de conta estarão disponíveis. Se a ação for "Colocar mensagem em quarentena", apenas o tipo de conta "Usuários" estará disponível.

Se você estiver configurando uma suborganização, o único tipo de conta disponível será Usuários. Esse tipo de conta é selecionado por padrão, mas você pode selecionar mais de um tipo. Por exemplo, é possível definir uma configuração de entrada que seja aplicável apenas ao tipo de conta "Grupos", e o grupo precisa ser o destinatário. Se você estiver definindo uma configuração de saída, o tipo de conta precisa corresponder ao remetente.

  • Usuários (padrão): se o tipo de conta "Usuários" for selecionado, esta configuração será aplicável aos usuários do G Suite provisionados. No caso dos e-mails enviados e de saída, a configuração será acionada quando seus usuários enviarem e-mails. No caso dos e-mails recebidos e de entrada, a configuração será acionada quando seus usuários receberem e-mails.
  • Grupos: se a opção "Grupos" estiver selecionada, essa configuração será aplicada aos seus Grupos do Google. No caso dos e-mails enviados e de saída, a configuração será acionada quando seus grupos encaminharem e-mails ou resumos para os membros. No caso dos e-mails recebidos e de entrada, a configuração será acionada quando seus grupos receberem e-mails.
  • Não reconhecida/pega-tudo: quando selecionada, esta configuração será acionada se sua empresa receber e-mails que não correspondem a um dos usuários do G Suite provisionados. Esta seleção só é aplicável aos e-mails recebidos e de entrada.

Os tipos de conta "Grupos" e "Não reconhecida/pega-tudo" não são usados no controle dos cabeçalhos Add X-Gm-Spam e X-Gm-Phishy. Se esses forem os tipos de conta, os cabeçalhos serão sempre X-Gm-Spam: 0 e X-Gm-Phishy: 0.

Os tipos de conta "Grupos" e "Não reconhecida/pega-tudo" não são usados no controle "Ignorar o filtro de spam para esta mensagem" e em "Também redirecionar spam".

Quando você terminar:

  1. (Opcional) Especifique um filtro de envelope.

  2. Acesse Salvar a configuração.

Filtro de envelope

Você pode fazer com que apenas remetentes e destinatários de envelopes específicos sejam afetados. É possível especificar um único destinatário, vários usuários usando uma expressão regular ou grupos de e-mail.

Para configurar um filtro de envelope, marque a caixa Afetar apenas remetentes de envelopes específicos, a caixa Afetar apenas destinatários de envelopes específicos ou essas duas opções. Em seguida, selecione uma opção na lista:

  • Endereço de e-mail único: para especificar um único usuário, digite um endereço de e-mail. Ele precisa ser um endereço de e-mail completo e incluir @ e o nome de domínio. A correspondência não diferencia maiúsculas e minúsculas.

  • Correspondência de padrão: digite uma expressão regular para especificar um conjunto de remetentes ou destinatários no seu domínio. Clique em Testar expressão para verificar se a sintaxe está correta. Por exemplo, para que a configuração seja aplicável apenas a três usuários, digite a lista de usuários usando a seguinte sintaxe de expressão regular:

    ^(?i)(usuário1@solarmora.com|usuário2@solarmora.com|usuário3@solarmora.com)$

    Na expressão:

    • ^ corresponde ao início de uma nova linha.
    • (?i) faz com que a expressão não diferencie maiúsculas de minúsculas;
    • $ corresponde ao fim de uma linha.

    Saiba mais sobre o uso de expressões regulares.

  • Filiação a grupo: selecione um ou mais grupos na lista. Para os remetentes do envelope, essa opção só é aplicável a e-mails enviados. No caso dos destinatários do envelope, ela só é aplicável aos e-mails recebidos. Se você não tiver criado um grupo, precisará criar o grupo primeiro.

Quando terminar, acesse Salvar a configuração.

Salvar a configuração

Última etapa: adicionar e salvar a configuração

  1. Clique em Adicionar configuração ou Salvar. As novas configurações serão adicionadas à página "Configurações avançadas" do Gmail.

  2. Na parte inferior, clique em Salvar.

Definir regras para lidar com mensagens no modo confidencial

Como as mensagens no modo confidencial são interpretadas

Você pode criar uma ou mais regras de compliance para especificar a ação que será executada nas mensagens recebidas ou enviadas no modo confidencial do Gmail. Por exemplo, você pode usar regras de compliance para bloquear mensagens recebidas no seu domínio. 

Como as regras de compliance são acionadas nas mensagens 

  • As mensagens enviadas no modo confidencial são afetadas pelas configurações ou regras de compliance de conteúdo que você definiu para o assunto, o corpo e os anexos. 
  • As mensagens enviadas associadas a uma regra de compliance para remover anexos são rejeitadas, e o remetente recebe uma mensagem de devolução. 

  • As mensagens recebidas no modo confidencial são verificadas, mas apenas o cabeçalho da mensagem é verificado. 

Como as mensagens confidenciais são colocadas em quarentena 

  • As mensagens enviadas no modo confidencial não são direcionadas para a Quarentena de administrador. Elas são rejeitadas, e o remetente recebe uma mensagem de rejeição.
  • As mensagens recebidas no modo confidencial são enviadas para a Quarentena de administrador, mas apenas o cabeçalho da mensagem é verificado. 

Criar uma regra de compliance para bloquear mensagens recebidas

As instruções nesta seção mostram como criar uma regra de compliance para bloquear mensagens recebidas no modo confidencial no seu domínio. Veja informações detalhadas sobre a criação de regras de compliance para todos os tipos de conteúdo no artigo Configurar regras de compliance do conteúdo.      

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin console, acesse Apps e G Suite e Gmail e Configurações avançadas.

    Dica: para ver "Configurações avançadas", role até a parte inferior da página do Gmail.

  3. Na seção Compliance, role até Compliance do conteúdo
  4. Passe o cursor sobre a configuração "Compliance do conteúdo" e clique em Configurar. Se você já tiver definido regras de compliance para outros tipos de e-mail, passe o cursor sobre qualquer regra e clique em Adicionar outro.

    A caixa de diálogo "Adicionar configuração" é exibida. Nessa caixa, você pode digitar um nome, selecionar o tipo de mensagem para correspondência e definir a ação que será executada com base na mensagem. 

  5. Na caixa de diálogo "Adicionar configuração", digite as seguintes informações:
    • Digite um nome para a regra.
    • Em Mensagens de e-mail afetadas, marque a caixa Entrada.   
    • Em "Adicionar expressões", selecione Se qualquer uma das seguintes coincidir com a mensagem
    • Em "Expressões", clique em Adicionar e selecione Correspondência de metadados.
    •  No menu suspenso "Atributo", selecione Modo confidencial do Gmail. Em Tipo de correspondência, selecione A mensagem está no modo confidencial do Gmail.
    • Clique em Salvar.
  6. Na próxima seção, que identifica o que fazer se as expressões corresponderem, escolha Rejeitar mensagem.
  7. (Opcional) Se quiser, digite um aviso de rejeição personalizado, que será direcionado para o remetente.  
  8. Clique em Adicionar configuração.       

Informações relacionadas

 Práticas recomendadas para testar regras em menos tempo

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?