Como classificar seu conteúdo com a autocertificação

Você pode autoavaliar seu conteúdo e verificar se um vídeo atende às nossas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade.

Você verá três opções:

  • É possível ativar anúncios neste conteúdo: os vídeos com essa classificação atendem às nossas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade.
  • Você pode ativar publicidade, mas apenas marcas que aceitarem veicularão anúncios: por padrão, os anunciantes não aparecem neste conteúdo, mas algumas marcas optam por exibir seus anúncios. Isso significa que talvez você ganhe menos receita nesse conteúdo, já que menos anúncios aparecerão, se comparado ao conteúdo que é adequado a todos os anunciantes.
  • Desative os anúncios neste conteúdo: vídeos com essa classificação não são adequados para publicidade. Nesse caso, desative os anúncios.

Não se esqueça de que todo o conteúdo postado no YouTube precisa atender às diretrizes da comunidade. Com base nelas, criamos também as diretrizes de conteúdo adequado para publicidade, que são um conjunto extra de regras. Nossas diretrizes descrevem os tipos de conteúdo com os quais é possível conseguir monetização integral ou limitada. Se os seus vídeos não forem adequados para publicidade, desative os anúncios.

Não queremos dizer quais vídeos você pode ou não fazer. Cada criador de conteúdo é único e contribui para o dinamismo do YouTube. O objetivo dessas diretrizes é ajudar você a entender mais claramente os tipos de conteúdo em que os anunciantes geralmente evitam veicular anúncios. Alguns tipos de conteúdo podem não ser adequados para todas as marcas, mas ainda é possível gerar receita com eles por meio do YouTube Premium e de recursos como o Super Chat e os Clubes dos canais.

O que você encontrará neste artigo
Abaixo, você encontrará as seções do questionário e detalhes sobre os tipos de conteúdo que também se enquadram em cada categoria. Observação: todos os exemplos abaixo não são exaustivos.

Linguagem imprópria

Uso frequente de linguagem obscena

Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário

Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Nenhuma linguagem obscena ou linguagem pouco ofensiva (como "inferno" ou "droga"), linguagem obscena censurada no título, na miniatura ou no início do vídeo (aproximadamente nos primeiros 30 segundos), linguagem obscena pesada (como palavrões) depois do início do vídeo ou em um vídeo de música.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Miniaturas que usem linguagem obscena censurada

Definições:

  • “Linguagem obscena censurada” refere-se a ações como substituição por efeitos sonoros ou emudecimento da palavra, bem como a cobertura de palavras por escrito com faixas pretas, símbolos ou textos adicionados na pós-produção.
  • A “abertura” de um vídeo refere-se ao início do vídeo (aproximadamente os primeiros 30 segundos).
  • Linguagem obscena refere-se a palavrões, derivados e quaisquer equivalentes.
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Linguagem obscena no título, na miniatura ou no início de um vídeo (aproximadamente nos primeiros 30 segundos), linguagem obscena no título ou na miniatura de um vídeo de música.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Miniaturas que contenham linguagem obscena
  • Títulos que incluem linguagem obscena, mesmo quando soletrada de um jeito diferente, como “Que m3rda é essa!”

Definições:

  • “Linguagem obscena” refere-se a palavras como “vadia”, “merda” ou outros palavrões.
Desative os anúncios neste conteúdo

Linguagem obscena extrema usada no título, na miniatura ou a qualquer momento no vídeo, por exemplo, "c*r*lh*", "p*rr*", "f*d*-s*" ou outros insultos

Conteúdo adulto

Comportamentos, linguagem ou expressões sexuais.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Cenas de romance, beijos, discussões gerais sobre relacionamentos ou sexualidade sem referência a relações sexuais, conteúdo moderadamente sugestivo, como pessoas com pouca roupa, danças sensuais e educação sexual, ou um vídeo de música que apresenta conteúdo sexual sem nudez, assim como conteúdo que não apresenta cenas desse tipo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Cenas românticas que não têm como fim a satisfação sexual, como cenas de beijo animadas, reais ou dramatizadas
  • Nudez censurada, na qual a nudez não seja o foco, como em uma cena de sauna na qual mamilos, nádegas ou genitália não apareçam
  • Discussões de sexo em um contexto sem fins de satisfação sexual/com fins cômicos, como educação sexual, que pudessem ser apresentadas em um contexto escolar
  • Representações de pessoas usando poucas roupas em um cenário adequado e na qual a apresentação não tem como pretensão a satisfação sexual, como biquínis usados na piscina
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Nudez desfocada, mesmo que usada de maneira educacional, em notícias e outros contextos, foco em partes sexuais do corpo (mesmo que cobertas), discussões sobre experiências sexuais, insinuação de atos sexuais, brinquedos eróticos sem contato e nudez ou representações realistas de órgãos genitais.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Representações prolongadas de nudez (em animação, vida real ou dramatizadas)
  • Representações de partes sexuais do corpo como registros recorrentes ou enfocados, como decotes ou protuberâncias
  • Discussões relacionadas às experiências sexuais de uma pessoa, como falar sobre relações sexuais, dar dicas sobre o assunto
  • Representações de objetos semelhantes a genitália, como próteses penianas
  • Cenas de tensão sexual, como apertar, apalpar ou tocar com o intuito de causar excitação sexual
  • Imagens brutas de acasalamento de animais, mesmo com fins cômicos
  • Miniaturas que mostrem acasalamento de animais
  • Texto ou áudio sexualmente explícito, inclusive conversas explícitas sobre sexo
  • Arte corporal com foco em nudez ou em partes íntimas do corpo, como pintura corporal integral
  • Conteúdo relacionado a sexo, como documentários sobre a indústria sexual ou plataformas de assinatura com conteúdo adulto
  • Discussões sobre experiências sexuais íntimas, como masturbação, relações sexuais ou outros atos semelhantes
  • Representações de brinquedos sexuais ou outros produtos com a finalidade de melhorar a atividade sexual quando não estiverem em uso

Definições:

  • “Nudez censurada” refere-se a itens como desfoque, nudez coberta com faixas pretas ou pixelamento.
Desative os anúncios neste conteúdo

Nudez total, seios expostos, atos sexuais, acasalamento de animais, discussão de fetiches ou conteúdo sexual na miniatura.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Atividade adulta como exposição completa de partes sexuais do corpo, atos sexuais
  • Entretenimento relacionado ao sexo, como pornografia ou outros serviços sexuais
  • Simulações ou atos sexuais explícitos com a finalidade de satisfação
  • Representações ou discussões de fetiches
  • Foco em escândalos sexuais ou vazamento de material íntimo particular
  • Imitação ou simulação de atividades sexuais
  • Promoção de atos sexuais em troca de remuneração

Violência

Conteúdo com foco em sangue, violência ou ferimentos não é adequado para publicidade caso seja apresentado sem um contexto adicional. Se você exibir conteúdo violento em um contexto jornalístico, educativo, artístico ou documental, o contexto adicional é importante. Por exemplo, se um vídeo exibir notícias confiáveis, em um contexto jornalístico, sobre um evento violento, ele pode se qualificar para monetização. A violência em um vídeo de gameplay é geralmente aceitável para publicidade. No entanto, isso não se aplica a montagens com foco em violência gratuita.

Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Violência como parte de gameplay em um vídeo sem edição, violência leve com pouco sangue, cadáveres que estejam totalmente censurados, desfocados, preparados para enterro ou que forem exibidos em eventos históricos, por exemplo, guerras, como parte de um vídeo educacional.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Violência como parte de gameplay padrão, no qual haja cenas levemente explícitas
  • Representação de ferimento sem conteúdo explícito, como cair de joelhos, que ocorra sem sangue ou com quantidade limitada dele
  • Representação de cadáveres preparados para enterro em contexto educacional
  • Conteúdo sobre caça com imagens não prolongadas de ferimentos explícitos em animais
  • Representações não explícitas de violência animal na natureza
  • Cobertura ou discussão de abuso animal sem imagens do abuso
  • Ferimentos sem imagens explícitas em esportes ou como parte de imagens esportivas não editadas no qual sangue apareça
  • Representação de lutas em um contexto educacional
  • Interações não combativas e não ofensivas segundo restrições legais.

Definições:

  • “Violência leve” refere-se a brigas no conteúdo real ou violência breve, como troca de socos.
  • “Dramatizado” refere-se a conteúdo roteirizado, como filmes ou ambientações ficcionais, inclusive conteúdo animado.
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Gameplay em vídeo editado com alguns clipes focados em violência explícita, violência moderada que mostre sangue, cadáveres preparados para enterro ou exibidos em eventos históricos, por exemplo, guerras, como parte de um vídeo não educacional.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Violência real ou dramatizada que resulte em ferimento sério, com consequência ou impacto que seja visível e presente, como sangue ou cenas de violência extrema, ossos visivelmente quebrados
  • Compilações de cenas de morte ou de luta animadas nas quais haja demonstração explícita de sangue e violência extrema
  • Cadáveres (exceto aqueles preparados para funeral) no contexto de conteúdo educacional ou de documentário, como documentários de guerra
  • Lutas de rua sem violência explícita, sangue ou ossos quebrados
  • Interações violentas, combativas ou ofensivas segundo as restrições legais em um contexto educacional
  • Ferimentos esportivos explícitos como parte de um vídeo maior com contexto (por exemplo, compilações que envolvam ferimentos explícitos, mas não especialmente focadas neles)
  • Violência animal na natureza com imagens de ferimentos explícitos em animais
  • Conteúdo de documentário sobre Organizações Terroristas Estrangeiras ou Organizações de Tráfico de Drogas, como cartéis de droga, ou avisos de utilidade pública sobre esses grupos
Desative os anúncios neste conteúdo

Gameplay em vídeo editado que foque principalmente em violência explícita, violência grave ou morte que mostre sangue, dano a menores de idade, abuso de animais, violência doméstica, imagens explícitas de cadáveres em um vídeo não educacional.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Cadáveres ou ferimentos extremamente explícitos, como decapitações e operações de amputação
  • Foco na exibição de violência explícita em ambientações dramatizadas, como “compilações de mortes” ou compilações de violência explícita de videogames ou filmes
  • Relatos ou imagens de tiroteios, explosões, execuções ou bombardeios
  • Vídeos não educativos que mostrem qualquer abuso de animais
  • Violência contra animais em qualquer contexto fora da natureza
  • Crueldade ou violência gratuita contra animais, como abuso de animais, rinha de galo, touradas ou rinha de cães
  • Foco em sangue, entranhas, violência explícita, fluidos corporais (humanos ou animais), cena de crime ou fotos de acidentes com pouco ou nenhum contexto
  • Imagens de violência gratuita contra crianças, ainda que dramatizadas
  • Vídeos de caça com foco em violência explícita, morte ou sofrimento animal
  • Violência explícita no contexto de enfrentamentos físicos, manifestações públicas ou brutalidade policial
  • Imagens brutas de vítimas de guerra com representações gráficas de ferimentos ou morte
  • Vídeos esportivos em que o objetivo principal seja a exibição de ferimentos explícitos

Atos perigosos ou nocivos

Situações que podem colocar os participantes em risco.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Conteúdo com cenas ou atos moderadamente perigosos, mas em ambientes profissionais e controlados, mostrando claramente que nenhum dos envolvidos se feriu gravemente, assim como conteúdo que não apresenta cenas desse tipo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Atividades em que haja risco envolvido sem ferimentos visíveis, como a de dublês ou esportes extremos, como voo com traje planador (wingsuit flying)
  • Filmagem de uma pessoa empinando moto ou fazendo parkour no chão
  • "Pegadinhas" ou desafios em que haja perplexidade, confusão ou desconforto, mas sem risco ou dano de longo prazo envolvido, como o desafio do balde de gelo
  • Educação ou promoção de práticas seguras relacionadas à medicina ou à saúde, como modos de parar de fumar ou combate à gripe
  • Uso de cigarro eletrônico (vaping) e tabaco
  • Avisos de utilidade pública para ações preventivas
  • Conteúdo dramatizado com representação focalizada do uso
  • Conteúdo de documentário que apresenta o setor

Definições:

  • “Ferir-se gravemente” refere-se a ferimentos que não podem ser tratados sem cuidado médico adequado ou não podem ser tratados em casa, como ossos quebrados, deslocamentos visíveis ou quantidades significativas de sangue.
  • Modificação corporal pode incluir tatuagem, piercing ou cirurgias.
  • “Dramatizado” refere-se a conteúdo roteirizado, como em filmes ou ambientações ficcionais.
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Conteúdo que mostra, sem foco, sofrimento ou ferimentos físicos, incluindo ações feitas em um ambiente não profissional e não controlado.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Atos envolvendo atividades de risco, como parkour em arranha-céus, ou a representação de ferimentos sérios, como resultado de quedas de skate ou compilação de quedas de bicicleta com ferimentos
  • "Pegadinhas" ou desafios que criem sofrimento emocional extremo, como enfrentamentos físicos, linguagem abusiva e insultos Também podem incluir ameaça à situação de vida de um indivíduo, como pegadinha de demissão
  • Pegadinhas que envolvam quantidades grandes de fluidos corporais ou violência explícita
  • Desafios que incluem comer substâncias não tóxicas e não comestíveis, como ingerir cola em bastão ou ração canina Ingestão de substâncias comestíveis que sejam perigosas em grande volume, como pimenta extremamente picante, ou que apresente uma reação física leve
  • Análises de produto ou comparação entre produtos de fumo, por exemplo, comparação de fluido para cigarro eletrônico
  • Menção educacional ou em documentário de serviços de atendimento a dependentes

Definições:

  • “Reação física leve” refere-se a ações como ânsia, tosse que induz ao vômito.
Desative os anúncios neste conteúdo

Foco em acidentes, pegadinhas ou desafios que oferecem risco à saúde, como beber ou comer itens não indicados para consumo ou discussões sobre vídeos em alta que mostram esse tipo de conteúdo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Exaltação de atos danosos ou perigosos ou atos percebidos como perigosos, como compilações de acidentes com imagens explícitas
  • Pegadinhas ou desafios que não deveriam ser imitados, como desafio de beber cloro, e que podem resultar no prejuízo imediato e grave à saúde da pessoa
  • Pegadinhas relacionadas a:
    • suicídio, morte, terrorismo, como pegadinhas com bombas falsas, ou ameaças com armas letais;
    • atos sexuais não permitidos, como beijos forçados, apalpação, abuso sexual, câmeras escondidas em vestiário;
    • dano físico ou sofrimento, mas quando o sofrimento não é o foco do vídeo;
    • sofrimento emocional prolongado de um menor, como uma pegadinha que dure por um período estendido e leve a criança a ficar assustada ou chateada. Um exemplo inclui uma pegadinha que leve a criança a acreditar que seus pais estão mortos;
    • ameaças ou promoção de dano físico ou psicológico contra si ou outros, como se deitar entre trilhos ferroviários;
    • COVID-19, que promova atividades perigosas à saúde, como exposição ao vírus, ou que incitem o pânico;
  • promoção do uso de armas para infligir danos a outras pessoas;
  • exibição do consumo de substâncias em quantidades que resultem uma reação física explicitamente chocante, como vomitar depois de comer uma pimenta extremamente picante;
  • compilações de "micos" que incluem danos e ferimentos explícitos;
  • desafios que, se imitados, poderiam resultar em danos sérios, como desafios com fogo ou o desafio "Bird Box", que consiste em sair com vendas pela rua por um período determinado;
  • promoção de práticas prejudiciais de tratamento ou saúde:
    • vídeos que promovam ou forneçam instruções sobre informações médicas não comprovadas cientificamente, como a cura do câncer em casa, declarações inverídicas sobre a causa, origem ou disseminação da COVID-19;
    • disseminação de mitos contra o que é aceito como protocolo médico normal e regular, como campanhas antivacinação;
    • negação de que certas doenças existem, como HIV e COVID-19;
  • promoção de tabaco ou produtos relacionados;
  • filmagem de menores consumindo tabaco.

Conteúdo sobre drogas recreativas

Conteúdo relacionado ao uso recreativo de drogas.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Conteúdo educativo, músicas, depoimentos ou referências humorísticas sobre drogas ou equipamentos para usar entorpecentes que não façam apologia e drogas em um vídeo de música, assim como conteúdo que não apresenta cenas desse tipo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Discussão sobre drogas em um contexto educacional ou de documentário, como a ciência do uso das drogas
  • Discussão sobre drogas quando a intenção não for promover ou exaltar o uso das drogas, como uma história pessoal sobre a crise dos opiáceos
  • Foco na apreensão de drogas ou no tráfico de drogas dentro do contexto de noticiário, mas sem consumo, fabricação ou distribuição visíveis
  • Vídeos musicais com breve descrição de drogas
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Conteúdo com foco na exibição ou nos efeitos do consumo de drogas; na fabricação ou distribuição de drogas ou equipamentos para uso de entorpecentes em vídeo cômico, documental, jornalístico ou educacional.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Conteúdo dramatizado que mostre o consumo de drogas recreativas
  • Foco na fabricação ou distribuição de drogas em um contexto educacional ou de documentário, como foco de documentário na fabricação de opiáceos caseiros, reportagens sobre fazendas de cannabis
  • Vídeos musicais com representação focal de drogas
Desative os anúncios neste conteúdo

Conteúdo que mostre ou discuta abuso, compra, fabricação, venda ou localização de drogas ou acessórios para consumo de drogas de maneira explícita e detalhada.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Promoção de drogas recreativas
  • Exaltação do uso de drogas recreativas
  • Foco no consumo de drogas (inclusive seus efeitos) sem contexto educacional ou de documentário
  • Dicas ou recomendações sobre uso de drogas
  • Foco na indústria das drogas recreativas, como coffee shops para consumo de maconha, "head shops" ou plantação de cannabis
  • Oferecimento de guias de instrução sobre uso, compra, fabricação e/ou distribuição de drogas, por exemplo, como encontrar um fornecedor ou os melhores lugares para se drogar

Conteúdo de incitação ao ódio

Conteúdo que pode ofender um grupo ou indivíduo marginalizado.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Referências a grupos marginalizados em um contexto não ofensivo como parte de um debate público ou em contexto cômico, assim como conteúdo que não apresenta cenas desse tipo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Notícias que descrevam um grupo marginalizado ou relatem, sem incitação ao ódio, a discriminação que esse grupo pode enfrentar, como uma reportagem sobre homofobia
  • Conteúdo cômico que inclua piadas sobre grupos marginalizados em um contexto não ofensivo como parte de um debate público ou contexto cômico como piadas sem incitação de ódio em uma apresentação de comédia stand-up
  • Conteúdo artístico que use terminologia sensível sem incitar o ódio, como em vídeos musicais famosos
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Conteúdo que pode ser considerado ofensivo para grupos marginalizados, mas que é usado de maneira educativa, em notícias ou documentários.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Discurso ou debate político que possa incluir linguagem ofensiva, mas tenha como intuito educar, como um debate político sobre direitos de transexuais
Desative os anúncios neste conteúdo

Ódio ou discriminação contra um grupo protegido baseado em raça, idade ou outras características naturais.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Declarações que tenham como objetivo depreciar um grupo protegido ou implicar/declarar sua inferioridade, como “todas as pessoas deste país são repulsivas”
  • Conteúdo que promove, exalta ou tolera a violência contra outras pessoas
  • Conteúdo que promove grupos hostis ou produtos deles
  • Conteúdo produzido por grupos terroristas ou como forma de apoio a eles
  • Conteúdo que promove atos terroristas, incluindo recrutamento
  • Conteúdo que comemora ataques terroristas

Conteúdo relacionado a armas de fogo

Exibição ou discussão sobre armas reais ou falsas.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Conteúdo relacionado a caça ou armas sendo exibidas em um ambiente seguro, como um campo de tiro, assim como conteúdo que não apresenta cenas desse tipo.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Filmagem de tiroteios durante uma viagem de caça em um local inabitado, como uma floresta
  • Discussões sobre legislação e controle armamentista

Definições:

  • Um “ambiente seguro” refere-se a locais como campos de tiro ou áreas fechadas construídas para a prática de tiro ao alvo.
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Conteúdo com uso de armas de fogo fora de um ambiente controlado; exibição de armas de fogo caseiras, impressas em 3D ou modificadas anteriormente; uso de armas de airsoft ou de pressão em pessoas sem o equipamento de proteção.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Exibição de armas sendo usadas em ambientes não preparados ou não controlados. Por exemplo, na rua em frente a uma casa, dentro de um prédio que não seja um campo de tiro.
Desative os anúncios neste conteúdo

Conteúdo sobre fabricação ou modificação de armas de fogo, conteúdo promocional para vendedores e fabricantes de armas ou conteúdo que facilite a venda desse tipo de produto ou mostre menores usando armas de fogo sem a supervisão de um adulto.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Guias sobre como instalar "bump stocks" (dispositivo de disparo em rajada) em uma arma de fogo
  • Recomendações de principais fabricantes de armas em que se pode comprar armas de fogo, por exemplo, “15 melhores lojas de armas”
  • Indicação a usuários de sites que facilitam vendas de armas de fogo
  • Promoções da venda de uma arma de fogo ou componente, inclusive, entre outros:
    • Venda de uma peça ou componente relacionado à arma de fogo que seja essencial ou melhore a funcionalidade dela, incluindo:
    • Peças de armas 80% prontas
    • Munição
    • Pentes de munição
    • Silenciadores
    • Cintos para munição
    • Coronhas
    • Kits de conversão
    • Culatras
    • Alças de mira
    • Massas de mira
  • Vídeos que promovam conteúdo de lojas de armas de fogo
  • Vídeos que promovam fabricantes ou códigos de desconto para lojas de armas de fogo
  • Vídeos que contenham instruções para fabricação de armas de fogo, guias, software ou equipamentos para impressão 3D de armas ou peças de armas

Questões delicadas

Eventos recentes relacionados a guerras, mortes ou tragédias.
Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Nenhum, ou análise ou opinião em torno de eventos sérios e temáticos não descritos abaixo, como a COVID-19

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Referências breves a qualquer dos temas ou eventos relacionados abaixo.
Desative os anúncios neste conteúdo

Discussões sobre atos recentes de terrorismo, eventos que resultaram em perda trágica de vidas humanas ou questões sociais polêmicas.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

  • Foco em questões controversas, como:
    • Abuso infantil
    • Pedofilia
    • Casamento infantil
    • Abuso sexual
    • Assédio sexual
    • Automutilação
    • Suicídio
    • Transtornos alimentares
    • Violência doméstica
    • Aborto
    • Bullying
  • Foco em eventos delicados, como:
    • atos cruéis que resultam em mortes, como tiroteios em massa;
    • conflito armado (filmagem bruta);
    • morte;
    • crises de saúde mundiais;
    • eventos trágicos;
    • atos terroristas;
  • filmagem ou imagens da cena/consequências de um evento delicado.

Definições:

  • Um evento precisa ser relativamente recente para ser considerado um evento delicado, como o tiroteio na mesquita da Nova Zelândia.

Conteúdo chocante

Situações que podem perturbar, causar repulsa ou chocar os espectadores

Orientação sobre anúncios Opções e detalhes do questionário
Você pode ativar anúncios neste conteúdo

Conteúdo pouco ou parcialmente chocante que é censurado ou exibido em um contexto educacional, documental, entre outros.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

Partes, fluídos e resíduos corporais

  • Partes, fluídos e resíduos corporais como parte de conteúdo para crianças ou em contexto educacional, científico, documental ou artístico, sem intenção de chocar
  • Dramatização com partes, líquidos ou resíduos corporais com intenção de chocar, principalmente para fins de entretenimento (como um truque de mágica), mas onde um contexto legítimo seja necessário

Procedimentos médicos e estéticos

  • Procedimentos médicos ou cosméticos que sejam educacionais, com foco no procedimento em si em vez de nas partes, nos líquidos ou resíduos corporais
  • Partes, líquidos ou resíduos corporais que são censurados ou breves em comparação ao procedimento em si
  • Vídeos de nascimentos humano e animal com objetivo de educar os espectadores sem foco extra em partes, fluidos ou resíduos corporais

Acidentes e ferimentos

  • Acidentes sem ferimentos expostos (como tecido interno e feridas abertas)
  • Acidentes que não causam perturbações reais devido a impacto visível apenas leve ou moderado
  • Acidentes sem sofrimento real visível decorrente da circunstância
  • Acidentes em que não haja ferimentos evidentes ou necessidade de cuidado médico de longo prazo
  • Acidentes e ferimentos que são apresentados em contexto documental, jornalístico ou artístico (como um filme ou vídeo de música)

Preparação e consumo de animais

  • Imagens de carne e peixe crus ou preparados para comer. Isso inclui técnicas de culinária e demonstrações de receitas (por exemplo, "Como filetar um peixe", "Como fazer churrasco")
  • Imagens de profissionais preparando refeições com alimentos de origem animal, com foco no comércio e no corte de animais para a venda
  • Imagens educacionais, documentais, científicas ou artísticas de rituais religiosos que envolvam ingestão de animais sem foco em elementos visuais repugnantes ou sangrentos
  • Imagens educacionais, documentais, científicas ou artísticas (EDSA, na sigla em inglês) com foco em alimentação e tradições culturais e não no sensacionalismo ou maltrato na ingestão de animais/insetos
  • Partes de animais sem apresentação de elementos visíveis de um ser vivo (excluindo peixes e crustáceos)

Definições

  • "Intenção de chocar" refere-se à finalidade do vídeo, que é definida pelo contexto, bem como pelo foco dos elementos.
  • "Dramatizado" refere-se a conteúdo roteirizado (como filmes ou vídeos de música) ou ambientações ficcionais, incluindo conteúdo animado.
  • "Acidentes" referem-se a incidentes inesperados que normalmente resultam em danos ou ferimentos, ainda que os ferimentos não sejam claramente visíveis (como acidentes envolvendo veículos).
  • "Exposto" refere-se a partes, fluídos e resíduos corporais (como tecido ou sangue).
  • "Perturbação" refere-se à emoção perturbadora ou surpreendente que decorra de um impacto ou sofrimento prejudicial visível ou provável.
  • "Sofrimento" refere-se à apresentação visível, audível ou perceptível de sofrimento humano decorrente de dor. Nesse caso, está relacionado a indivíduos envolvidos em acidentes e submetidos a procedimentos médicos ou cosméticos (incluindo nascimentos de bebês).
  • "Alimentação e tradições culturais" refere-se a costumes e comportamento social de sociedades com relação ao tipo de alimento para consumo.
  • "Sensacionalista" refere-se às partes expostas do animal ou à ingestão de animais/insetos e à apresentação de forma a despertar curiosidade ou grande interesse, especialmente por meio da inclusão de detalhes exagerados ou vívidos.
  • "Maltrato" está relacionado ao modo brutal ou selvagem como um animal é preparado ou ingerido.
  • "Contexto profissional" está relacionado à profissão de açougueiro ou peixeiro e aos contextos em que eles cortam e manuseiam animais mortos.
  • "Elementos visíveis de um ser vivo" inclui partes que confirmam que o animal era/é um ser vivo, por exemplo, nariz, orelhas ou boca.
É possível ativar publicidade, mas apenas para marcas que aceitem veicular anúncios

Conteúdo chocante, como imagens explícitas de partes de corpos humanos ou de animais, sem censura ou com a finalidade de chocar.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

Partes, fluídos e resíduos corporais

  • Foco em partes, líquidos ou resíduos corporais reais com intenção de chocar
  • Apresentações dramatizadas de partes, líquidos e resíduos corporais com foco em detalhes repugnantes e sangrentos

Procedimentos médicos e estéticos

  • Procedimentos médicos ou cosméticos educacionais, documentais, científicos ou artísticos (EDSA, na sigla em inglês) com foco na exposição detalhada de partes, fluidos ou resíduos corporais não censurados, durante ou após o procedimento
  • Nascimentos com foco em partes, fluídos ou resíduos corporais extras ou em que haja grande sofrimento aparente

Acidentes e ferimentos

  • Acidentes em que haja um grande impacto momentâneo capaz de causar perturbação
  • Acidentes em que o ferimento esteja visível ou em que seja possível prever um cuidado médico de longo prazo
  • Acidentes com grande sofrimento aparente decorrente do impacto do acidente
  • Compilações de acidentes

Preparação e consumo de animais

  • Preparo ou ingestão de animais com a intenção de chocar
  • Maltrato focal educacional, documental, científico ou artístico (EDSA, na sigla em inglês) de animais esfolados ou inteiros
  • Elementos visíveis focais de um ser vivo (como cozinhar sem contexto)
  • Apresentação ou ingestão sensacionalista (como um "Mukbang" sensacionalista ou um ASMR de ingestão de animais)
Desative os anúncios neste conteúdo

Conteúdo altamente chocante, claramente visível ou audível ou que tenha finalidade de chocar espectadores.

Veja abaixo alguns exemplos de conteúdo que também entram nessa categoria:

Partes, fluídos e resíduos corporais

  • Apresentações repulsivas, repugnantes ou sangrentas de partes, fluidos ou resíduos corporais com pouco ou nenhum contexto
  • Elementos chocantes dramatizados apresentados com pouco contexto, unicamente com intenção de chocar

Procedimentos médicos e estéticos

  • Filmagem bruta de procedimentos médicos ou cosméticos sem contexto ou com foco em partes, fluidos e resíduos corporais expostos
  • Filmagem bruta de vídeos de nascimento com exposição de partes, fluidos ou resíduos corporais, com pouco ou nenhum contexto

Acidentes e ferimentos

  • Apresentações perturbadoras de acidentes e ferimentos extremos em que partes do corpo expostas estejam visíveis ou ferimentos extremos possam ser presumidos
  • Filmagem bruta de acidentes extremos sem contexto
  • Filmagem de crianças envolvidas em acidentes
  • Compilação de vídeos de acidentes em que a única intenção seja constantemente chocar os espectadores

Preparação e consumo de animais

  • Preparo e ingestão de animais reais em que a única intenção seja chocar os espectadores, com apresentação repugnante e sangrenta ou sem contexto
  • Representações gráficas de animais esfolados ou abatidos
  • Imagens que não sejam educacionais, documentais, científicas ou artísticas (EDSA, na sigla em inglês) de um animal vivo em sofrimento decorrente do preparo para ingestão
  • Ingestão animal que não seja educacional, documental, científica ou artística (EDSA, na sigla em inglês), com foco em elementos visíveis de um ser vivo

Exoneração de responsabilidade: essas perguntas ajudam a entender melhor como seu vídeo se encaixa nas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade. Não se esqueça de que o YouTube tem o direito, mas não a obrigação, de exibir anúncios nos seus vídeos. As diretrizes não incluem todos os casos nem ditam à risca o que se deve fazer na plataforma. Elas se aplicam a todos os aspectos do vídeo, incluindo o título, a miniatura, as imagens e a descrição.

O YouTube se reserva o direito, segundo critérios próprios, de não veicular anúncios em vídeos e páginas de exibição, incluindo publicidade de determinados anunciantes ou formatos específicos. Violações graves ou recorrentes dessas políticas podem resultar na desativação do recurso de anúncios no seu canal ou na suspensão do Programa de Parcerias do YouTube.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?