Políticas de Nudez e Conteúdos de Natureza Sexual

Se um vídeo pretender ser sexualmente provocante, a probabilidade de ser considerado aceitável para o YouTube é mais reduzida.

O que é e o que não é permitido

Não é permitido conteúdo sexualmente explícito, como pornografia. Os vídeos que apresentem conteúdo fetichista serão removidos ou terão restrições de idade, dependendo da severidade do ato em questão. Na maioria dos casos, a apresentação de fetiches violentos, explícitos ou humilhantes não é permitida no YouTube.

Pode ser permitido conteúdo que apresente nudez ou outro conteúdo de natureza sexual, desde que o principal propósito seja educativo, documental, científico ou artístico e desde que não apresente imagens explícitas de forma gratuita. Por exemplo, um documentário sobre cancro da mama seria adequado, mas publicar clipes do documentário fora de contexto poderá não ser. Lembre-se que indicar o contexto no título e na descrição ajudará a Google e os seus visitantes a determinar o objetivo principal do vídeo.

Conteúdo com restrição de idade

Nos casos em que o conteúdo não ultrapassa os limites, mas ainda assim apresenta conteúdos de natureza sexual, podemos aplicar restrições de idade para que apenas os visitantes de determinada idade possam visualizar o vídeo.

Nos casos em que a miniatura de um vídeo contém conteúdos de natureza sexual, mas não ultrapassa os limites, podemos rejeitar a miniatura. Se isto acontecer, vai receber um email e pode substituir a miniatura. Pode saber mais acerca das nossas políticas sobre miniaturas aqui.

Podem ser aplicadas restrições de idade ao conteúdo que apresenta nudez ou conduta sexual dramatizada quando o contexto determinado for adequadamente de cariz educativo, documental, científico ou artístico. Também podem ser aplicadas restrições de idade (para vídeos) ou rejeições (para miniaturas) a conteúdos que apresentem pessoas com vestuário reduzido ou revelador, caso pretendam ser sexualmente provocadores, ainda que não sejam explícitos.

Estes são os fatores que temos em conta ao aplicar restrições de idade a um vídeo ou rejeitar uma miniatura:
  • Se a pessoa for retratada numa pose cujo intuito seja estimular sexualmente o visitante;
  • Se a pessoa tiver um vestuário reduzido, ainda que tal vestuário possa ser considerado aceitável em contextos públicos adequados (por exemplo, fato de banho ou lingerie).
  • No caso dos vídeos: se os seios, as nádegas ou os órgãos genitais (vestidos ou despidos) forem o ponto focal;
  • Se o cenário do vídeo tiver conotação sexual (por exemplo, um local geralmente associado a atividades sexuais, como uma cama);
  • Se a linguagem utilizada no vídeo for vulgar e/ou obscena;
  • Se as ações apresentadas no vídeo sugerirem uma predisposição para participar em atividades sexuais (por exemplo, beijos, danças provocantes, carícias); e
  • Outros fatores para aplicar restrições de idade a vídeos incluem:
    • O período de tempo durante o qual uma imagem é apresentada no vídeo
    • Uma exposição rápida ou prolongada relativamente à duração total do vídeo O ângulo e a focagem da câmara A nitidez relativa das imagens no vídeo

Denunciar nudez e conteúdos de natureza sexual:

Denunciar o vídeo: pode denunciar vídeos que considera violarem esta política ou que podem não ser adequados para todas as idades. Basta denunciar o vídeo.

Se pretender evitar deparar-se com conteúdo com restrição de idade, considere ativar o Modo restrito do YouTube.

Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?