Guia de integração

Formatos do arquivo para dados do produto

Depois de criar um feed, adicione seus dados do produto a ele. Para isso, faça upload de um feed de dados. No momento, aceitamos os seguintes formatos de feeds de dados:

Delimitado por tabulação ou texto (planilha)

Recomendamos o uso de um programa de planilhas como o Microsoft Excel ou o Planilhas Google para criar sua planilha. Se você usa o Planilhas Google, poderá fazer o download do seu arquivo e enviá-lo diretamente para o Merchant Center.

Saiba como criar e fazer upload de um feed de dados do produto delimitado por tabulações

Vantagens:

  • É fácil criar e editar o arquivo se você tiver um programa de planilhas.
  • É possível exibir vários itens.

Desvantagens:

  • Mais fácil de errar na formatação

Um exemplo usando alguns dos atributos obrigatórios ficaria assim:

id title [título] descrição preço condição link
123-uk Urso amarelo Um urso de pelúcia felpudo 12 novo http://www.example.com
XML

Aceitamos versões estendidas de RSS 2.0 e Atom 1.0. É possível criar e editar esses arquivos usando qualquer editor de texto, como o Bloco de notas ou o SimpleText. Assim como o HTML, o XML usa tags para definir blocos de conteúdo. As informações sobre seus itens ficam entre essas tags, que são indicadas por colchetes angulares.

Vantagens:

  • Seu site já pode gerar um arquivo XML do seu conteúdo.
  • Facilita a inclusão de diversos valores para um atributo.

Desvantagens:

  • Pode exigir mais familiaridade com tecnologia.
  • Dificulta a visualização de vários itens de uma vez.

Para ver arquivos de exemplo, clique no formato XML adequado e faça o download. RSS 2.0 ou Atom 1.

Ao criar seu feed de dados, salve seu arquivo em um dos tipos de arquivos compatíveis com a extensão de nome de arquivo adequada:

  • .gz: Gnu zip, TSV compactado (recomendado) ou XML compactado
  • .txt: TSV
  • .xml: XML
  • .zip: ZIP, TSV compactado ou XML compactado
  • .bz2: Bzip2, TSV compactado ou XML compactado

Observação: o XML agora é oficialmente aceito por feeds de inventário.

Se você programa seu próprio feed de dados, verifique se o URL do feed direciona para o arquivo adequado. Se, direcionar para o site, as informações do item serão buscadas em um formato HTML, resultando em falha no feed. O URL precisa iniciar com http://, https://, ftp:// ou sftp://. Se forem necessários um nome de usuário e uma senha para acessar o arquivo, digite as informações de login adequadas para permitir que o Google o acesse.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.