Criar uma subscrição

A Faturação do Google Play permite-lhe oferecer produtos na aplicação que cobram aos utilizadores conteúdos ou serviços de forma recorrente, conhecidos como subscrições. As subscrições podem incluir itens como uma coleção de aplicações, jogos ou outros conteúdos, sujeitos ao pagamento de uma taxa recorrente na aplicação no Google Play.

Pode oferecer várias subscrições na mesma aplicação. As subscrições têm de ter um preço dentro de intervalos de preços aceites. Não é possível anular a publicação das subscrições.

Importante: as Políticas do Programa para Programadores e as taxas de transação do Google Play aplicam-se aos produtos na aplicação, quer sejam produtos geridos ou subscrições.

Disponibilidade

Se estiver numa localização que suporta o registo de comerciantes, pode utilizar a Faturação do Google Play.

Se estiver numa localização suportada e pretender começar a utilizar as funcionalidades da Faturação do Google Play nas suas aplicações, configure um perfil de pagamentos e reveja a documentação da API de Faturação do Google Play.

Depois de criar uma subscrição, esta fica disponível para os utilizadores que tenham a versão mais recente da Google Play Store.

Períodos de tempo das subscrições e das versões de avaliação gratuitas

  • Semanal: não é possível utilizar a faturação direta do operador para cobrar subscrições semanais.
  • Mensal
  • Trimestral
  • 6 meses
  • Anual

Adicionar uma subscrição à aplicação

Adicionar uma subscrição é uma ação semelhante a adicionar um produto gerido, com a exceção de que o preço é definido por um período de tempo.

Antes de criar uma subscrição, certifique-se de que planeia os IDs do produto cuidadosamente. Os IDs do produto têm de ser exclusivos para a sua aplicação e, depois de os criar, não os pode alterar nem reutilizar.

  • Os IDs do produto têm de começar por uma letra minúscula ou um número e apenas podem conter letras minúsculas (a-z), números (0-9), carateres de sublinhado (_) e pontos (.).
  • Nota: o ID do produto android.test não está disponível para utilização, tal como todos os IDs do produto que começam por android.test.

Para adicionar uma subscrição:

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Clique em Todas as aplicações Todas as aplicações.
  3. Selecione uma aplicação.
  4. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições.
  5. Clique em Criar subscrição.
  6. Introduza os detalhes do produto.
    • Título: nome abreviado do item (até 55 carateres, mas recomendamos que os títulos tenham até 25 carateres para que sejam corretamente apresentados em todos os contextos), tais como "Poção do sono".
    • Descrição: uma descrição longa do item (até 80 carateres), como "Quem a bebe adormece imediatamente".
    • Preço: introduza um preço na moeda local.
  7. Junto a "Estado", selecione Ativo ou Inativo.
    • Para estar disponível para compra, um produto tem de estar ativo e a respetiva aplicação publicada.
    • Se estiver a utilizar uma conta de teste, os itens ativos estão disponíveis em aplicações não publicadas. Para saber mais, aceda ao nosso site para programadores do Android.
  8. Clique em Guardar.

Opções de preços da subscrição

Preços iniciais

Com os preços iniciais, pode especificar um preço inicial que se aplique a um número definido de dias, semanas, meses ou períodos de faturação. Por exemplo, pode oferecer uma subscrição a 1 € por mês nos primeiros três meses. Em alternativa, pode oferecer um preço inicial de 1 € por 10 dias, seguido por um preço mensal normal.

No final do período inicial, os utilizadores pagam o preço total da subscrição.

Requisitos

  • O período inicial mínimo é de 3 dias e o período inicial máximo é de 12 meses.
  • O preço inicial tem de estar dentro do intervalo de preços aceite e tem de ser inferior ao preço total da subscrição.
  • Se pretender oferecer uma versão de avaliação e um preço inicial, os seus utilizadores pagam o preço inicial no final do período de avaliação.
  • Um utilizador só pode receber um preço inicial de um produto de subscrição específico (SKU) uma vez.
  • Se o período inicial corresponder a um intervalo de tempo diferente do período da subscrição, o preço inicial por dia tem de ser inferior ao preço original. Por exemplo, se uma subscrição custar 15 € por mês (ou 0,50 € por dia), o preço inicial durante uma semana tem de ser inferior a 3,50 €. Para estes cálculos, um mês é sempre considerado um período de 30 dias. 

Adicionar um preço inicial

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Clique em Todas as aplicações Todas as aplicações.
  3. Selecione uma aplicação.
  4. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições.
  5. Junto a "Preço inicial", introduza o preço inicial (na moeda predefinida) e o número de dias, semanas, meses ou períodos de faturação recorrentes aplicáveis.
    • Se selecionar períodos de faturação, o preço inicial aplica-se durante o número de períodos de faturação introduzido. Se selecionar dias, semanas ou meses, o preço inicial é cobrado apenas uma vez ao utilizador durante o período de tempo especificado. 
    • Utilizamos o preço introduzido como base para calcular os preços específicos do mercado. Para atualizar manualmente os preços locais, selecione Editar preço.
    • Para mais informações sobre como gerir preços específicos de mercado para as subscrições, aceda às opções de configuração de produtos na aplicação .
  6. Guarde as alterações.
Versões de avaliação gratuitas
A configuração de uma versão de avaliação gratuita permite que os utilizadores experimentem uma subscrição antes de a comprar. As versões de avaliação gratuitas funcionam durante o período de tempo que definir e, em seguida, são automaticamente convertidas numa subscrição completa com o período de tempo e o preço da subscrição. Pode configurar uma versão de avaliação gratuita para qualquer tipo de subscrição.
Nota: por predefinição, desde 10 de janeiro de 2018, os utilizadores apenas podem receber uma versão de avaliação gratuita em todas as subscrições disponíveis na sua aplicação. Se pretender fornecer uma versão de avaliação gratuita por produto de subscrição, pode alterar a definição na Play Console.

Requisitos

  • Pode criar uma versão de avaliação gratuita por produto de subscrição.
  • Cada SKU de subscrição requer um período de avaliação.
  • O preço das versões de avaliação gratuitas é sempre igual a 0 €.
  • A duração dos períodos de avaliação tem de ser igual ou superior a 3 dias.
    • Pode alterar um período de avaliação a qualquer momento, mas a atualização aplica-se apenas às novas subscrições adquiridas.
  • Os utilizadores apenas podem obter uma versão de avaliação gratuita se não tiverem adquirido anteriormente a subscrição em causa.

Adicionar uma versão de avaliação gratuita

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Clique em Todas as aplicações Todas as aplicações.
  3. Selecione uma aplicação.
  4. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições.
  5. Clique em Definições de subscrições.
  6. Selecione a caixa de verificação junto a "Versão de avaliação gratuita ao nível da subscrição".

Como podem os utilizadores iniciar uma versão de avaliação gratuita

Para iniciar uma versão de avaliação gratuita, um utilizador deve executar o processo normal de aquisição de uma subscrição no Google Play. Não tem de pagar nada inicialmente, uma vez que a versão de avaliação gratuita inclui o período inicial, e recebe por email a informação de que a subscrição inclui um período de avaliação gratuito. O Google Play regista uma transação de 0,00 € e a subscrição é marcada como tendo sido adquirida para o período de avaliação ou até ao respetivo cancelamento.

No dia seguinte ao termo do período de avaliação, é debitado o valor total da subscrição no método de pagamento do utilizador, uma cobrança que se torna recorrente de acordo com o período de tempo definido da subscrição. O estado do pagamento pode ser apresentado como pendente durante cerca de 24 horas, mesmo que não esteja definido um período de tolerância.

Nota: se um utilizador cancelar uma subscrição a qualquer momento durante o período de avaliação, a subscrição permanece ativa até ao final da versão de avaliação e não é efetuada qualquer cobrança.

Gerir alterações às subscrições

Alterações de preços

Experiência do utilizador

Depois de alterar o preço de uma subscrição existente, eis como isso afeta os novos utilizadores e os subscritores existentes:

  • Os novos utilizadores podem ver o novo preço da subscrição imediatamente e subscrevê-la no Google Play.
  • Os subscritores existentes são notificados sobre a alteração de preço por email e através de uma notificação no Google Play 30 dias antes de entrar em vigor para eles. As datas de notificação são baseadas na data de validade e no período da subscrição. Para manterem a respetiva subscrição, os subscritores têm de aceitar a alteração de preço no Google Play.
    • As alterações de preço não são imediatas para os subscritores existentes. Depois de alterar o preço de uma subscrição, tem, pelo menos, 7 dias para contactar os seus subscritores sobre a alteração de preço antes de poderem ser notificados no Google Play. Os subscritores podem aceitar as alterações de preço antes de serem notificados no Google Play.
    • Importante: se os subscritores não concordarem com a alteração de preço, a respetiva subscrição será cancelada na data de renovação quando a alteração de preço entrar em vigor.

Alterar o preço de uma subscrição

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione uma aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições
  4. Selecione uma subscrição.
  5. Em "Preços", altere o preço da subscrição.
  6. Clique em Guardar.

Sugestões para gerir alterações de preços

  • Depois de alterar o preço de uma subscrição, não é possível revertê-lo.
  • Depois de alterar o preço de uma subscrição, deve contactar os seus subscritores afetados para os informar de que a alteração está a chegar. Os subscritores serão automaticamente notificados sobre a alteração do preço no Google Play 30 dias antes de a mesma entrar em vigor, mas deve contactá-los no prazo de sete dias após a alteração de preço para reter mais subscritores.
  • Pode alterar o preço de uma subscrição várias vezes, mas não é recomendável fazê-lo. Pode perder alguns subscritores sempre que alterar um preço, pelo que deve planear cuidadosamente qualquer alteração de preço.
    • Nota: se alterar o preço de uma subscrição duas vezes num curto período de tempo, os seus subscritores terão de aceitar a primeira alteração de preço e, em seguida, aceitar a segunda alteração de preço para que o seu preço pretendido entre em vigor.
  • Se pretender oferecer um preço aos subscritores existentes e um preço diferente aos novos utilizadores, pode criar uma nova subscrição com o preço que pretende oferecer aos novos utilizadores. Desta forma, os subscritores existentes podem continuar a renovar as respetivas subscrições sem ter de aceitar uma alteração de preço.
Atualizações ou alterações para versões anteriores

As subscrições na aplicação permitem-lhe adicionar uma funcionalidade através da qual os utilizadores podem atualizar ou alterar a subscrição existente para outro plano oferecido pela sua aplicação. Por exemplo, os utilizadores podem alterar uma subscrição mensal para uma anual ou alterar uma subscrição básica para uma premium.

Os utilizadores não recebem um reembolso pelo plano antigo. Para contabilizar o tempo não utilizado restante numa subscrição existente, a primeira cobrança do novo plano de subscrição é atrasada.

Períodos de tolerância

Os períodos de tolerância permitem aos subscritores atualizar o respetivo método de pagamento se um pagamento recorrente for recusado. Isso pode ser útil se os subscritores tiverem um cartão de crédito expirado, tiverem utilizado um cartão pré-pago para subscrever ou tiverem cancelado um cartão sem atualizar as informações de pagamento.

Pagamentos recusados e períodos de tolerância

No início de um período de tolerância, os subscritores são notificados por email sobre um pagamento recusado. Desta forma, têm tempo para atualizar o respetivo método de pagamento sem interromper a subscrição. Assim que os subscritores atualizarem o respetivo método de pagamento para uma forma válida de pagamento, a data seguinte de faturação da subscrição mantém-se.

Para novos produtos de subscrição, aplicam-se os seguintes períodos de tolerância por predefinição:

  • Subscrições semanais: 3 dias
  • Outros períodos de subscrição: 7 dias

Altere um período de tolerância

Pode alterar o período de tolerância (3, 7, 14 ou 30 dias) para subscrições individuais ou desativar os períodos de tolerância.

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione a aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play StoreProdutos na aplicação.
  4. Selecione o separador Subscrições.
  5. Selecione uma subscrição.
  6. Altere as definições do período de tolerância.

Fim do período de tolerância

Se o método de pagamento dos subscritores continuar a ser recusado após o fim do período de tolerância, a respetiva subscrição é cancelada e estes perdem o acesso ao conteúdo da mesma.

Suspensões de conta para pagamentos recusados

Se o pagamento recorrente de um subscritor for recusado, pode suspender a subscrição do utilizador e restringir o acesso ao conteúdo durante 30 dias enquanto tentamos efetuar novamente o pagamento. Se estiver ativada, a funcionalidade de suspensão de conta aplica-se a todas as subscrições na sua aplicação.

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione a aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições.
  4. Expanda a secção "Definições da subscrição".
  5. Junto a "Ativar suspensão de conta", selecione a caixa de verificação. 

Se pretender saber mais acerca da implementação de suspensões de conta, aceda ao site para programadores do Android para obter mais informações. 

Pausas

 Para reduzir o abandono voluntário e oferecer aos utilizadores uma alternativa ao cancelamento da subscrição, pode permitir que estes coloquem a respetiva subscrição em pausa. Se estiver ativada, a funcionalidade de colocação em pausa aplica-se a todas as subscrições na sua aplicação, exceto SKUs anuais. A suspensão de conta tem de estar ativada para permitir a colocação em pausa. Para permitir que os utilizadores coloquem as subscrições em pausa:

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione a aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições
  4. Expanda a secção "Definições da subscrição".
  5. Junto a "Ativar pausa", selecione a caixa de verificação.
Cancelamentos

Experiência do utilizador

Quando um utilizador cancela uma subscrição, não recebe um reembolso. Em vez disso, tem acesso à subscrição adquirida até ao final do período de subscrição pré-pago.

Restaurar uma subscrição na aplicação

Para ajudar os utilizadores que cancelem uma subscrição e pretendem subscrever novamente, pode adicionar a capacidade de os utilizadores subscreverem novamente na sua aplicação sem terem de esperar pelo final do respetivo período de subscrição existente. Quando um utilizador subscreve novamente antes do final do período de subscrição existente, é apresentada uma cobrança de 0,00 €.

Restaurar uma subscrição a partir da aplicação Play Store

Se permitir que os utilizadores restaurem uma subscrição, estes podem restaurar o acesso a uma subscrição cancelada que ainda não tenha expirado a partir da aplicação Play Store. Quando um utilizador restaura o acesso, este confirma a próxima data de pagamento e recebe uma notificação. 

Sugestão: esta funcionalidade proporciona melhores resultados se tiver configurado as notificações de programador em tempo real.

Para permitir que os utilizadores restaurem uma subscrição:

  1. Inicie sessão na Play Console.
  2. Selecione a aplicação.
  3. No menu do lado esquerdo, clique em Presença na Google Play Store > Produtos na aplicação > Subscrições.
  4. Expanda a secção "Definições da subscrição".
  5. Junto a "Permitir que os utilizadores restaurem subscrições", selecione a caixa.

Responsabilidades do programador

  • O programador (enquanto fornecedor de conteúdo ou de acesso) pode implementar uma política de reembolso mais flexível diretamente com os seus utilizadores. É de sua responsabilidade notificar os utilizadores de quaisquer alterações às respetivas políticas de reembolso e garantir que as mesmas cumprem a lei aplicável.
  • Nalguns casos, o utilizador pode contactá-lo diretamente para solicitar o cancelamento de uma subscrição. Neste e noutros casos semelhantes, pode utilizar a API do lado do servidor para cancelar diretamente a subscrição do utilizador a partir dos seus servidores.
  • Tem de oferecer apoio técnico para uma subscrição enquanto esta tiver, pelo menos, um utilizador ativo. Se um programador não prestar apoio técnico a subscrições com utilizadores ativos, a conta do programador é suspensa e a subscrição do utilizador é reembolsada através da conta do programador.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?