Desativar a coleta de dados de publicidade personalizada

Publicidade personalizada

O remarketing é um dos recursos de segmentação da publicidade personalizada e ajuda a alcançar pessoas que já visitaram seu site ou utilizaram seu app para dispositivos móveis. Você pode desativar a coleta de dados de remarketing dos usuários que não querem ver anúncios personalizados. Para isso, utilize o parâmetro: allow_ad_personalization_signals.

Ele é definido como "true" por padrão. Se você definir o valor como "false", o uso dos dados desse tipo de anúncio será desativado.

Observação: esse parâmetro não desabilita o acompanhamento de conversões.
Editar sua tag global do site para desativar os indicadores de personalização de anúncios

Observações: 

  • Se você já implementou a tag global do site, não é necessário adicionar uma nova tag ao site. Basta editar a atual, conforme o exemplo abaixo.
  • A definição do parâmetro allow_ad_personalization_signals o aplicará a todos os produtos configurados usando a tag global do site.
  1. Faça login no Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas na parte superior direita e em Gerenciador de públicos-alvo na seção “Biblioteca compartilhada”.
  3. À esquerda, clique em Origens de público-alvo. Você verá um conjunto de origens de onde poderá editar listas de remarketing.
  4. No card "Tag do Google Ads", clique no ícone de três pontos na parte superior direita e selecione Editar origem.
  5. Clique em Salvar e continuar.
  6. Quando a tela de instalação aparecer, a tag global do site e o snippet de evento estarão prontos para uso. Você pode modificar a tag global do site para desativar os sinais de personalização de anúncios seguindo o exemplo abaixo. Para integrar o código no seu site, copie e cole esse código entre as tags <head></head> do site.
O código abaixo não deve ser usado sem alterações no seu site. Ele contém valores de marcador que o webmaster precisa preencher dinamicamente ao integrar o código do snippet ao servidor da Web.

< ! --Tag global do site (gtag.js) -  Google Ads -->

<script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=AW-999999"></script>

<script>

  window.dataLayer = window.dataLayer | | [ ] ;

  function gtag ( ) { dataLayer.push ( arguments ) } ;

  gtag ('set', 'allow_ad_personalization_signals',  false ) ;

  gtag ( 'js', new Date ( ) ) ;

  gtag ( 'config' ,  'AW-999999' ) ;

</script>

7. Clique em Concluído.

Observação: se você usa a tag antiga do Google Ads, é possível definir var google_allow_ad_personalization_signals = "false"; no mesmo local onde outros parâmetros de tag do Google Ads são definidos. Para mais detalhes, veja o exemplo abaixo.

<script type="text/javascript"> 

/* <![CDATA[ */

    var google_conversion_id = 1234567890;

    var google_conversion_label = "xxx-XXx1xXXX123X1xX";

    var google_remarketing_only = false

    var google_conversion_value = 10.0;

    var google_conversion_currency = "USD";

    var google_allow_ad_personalization_signals = false;  

    /* ] ] > */ 

</script>

<script type="text/javascript" src="//www.googleadservices.com/pagead/conversion.js">

</script>

Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia

Para ajudar os anunciantes a obedecer à Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA), um parâmetro dedicado pode ser adicionado à tag do Google Ads para indicar se o Google precisa ativar o processamento de dados restrito (RDP, na sigla em inglês): restring_data_processing. O padrão do parâmetro é definido como "false". Quando você o define como "true", o Google limita a forma como ele usa certos dados.

Observação:

Há duas maneiras de ativar o processamento de dados restrito no Google Ads.

  • Um parâmetro "restricted_data_processing" que pode ser definido na tag global do site no Google Ads ou no Gerenciador de tags para ativar o processamento de dados restrito a usuários específicos no site.
  • Uma caixa de seleção no Gerenciador de públicos-alvo em que você configura sua tag de remarketing do Google Ads e ativa o processamento de dados restrito para todos os usuários localizados na Califórnia.

Você só precisa escolher uma das opções ao ativar o processamento de dados restrito.

Observação: esse parâmetro não desabilita o acompanhamento de conversões.
Editar sua tag global do site para ativar o processamento de dados restrito

Observações: 

  • Se você já implementou a tag global do site, não é necessário adicionar uma nova tag ao site. Basta editar a atual, conforme o exemplo abaixo.
  • Você encontra a tag global do site no Gerenciador de públicos-alvo (veja as instruções abaixo) ou na página "Detalhes" das suas conversões no site do Google Ads.
  • As instruções abaixo só definirão o parâmetro de processamento de dados restrito para o Google Ads. Consulte este artigo para ver outros produtos do Google.
  1. Faça login no Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas na parte superior direita e em Gerenciador de públicos-alvo na seção “Biblioteca compartilhada”.
  3. À esquerda, clique em Origens de público-alvo. Você verá um conjunto de origens de onde poderá editar listas de remarketing.
  4. No card "Tag do Google Ads", clique no ícone de três pontos na parte superior direita e selecione Editar origem.
  5. Clique em Salvar e continuar

    Observação: você verá uma caixa de seleção para "Excluir os usuários da Califórnia das listas de remarketing". Ela ativará o processamento de dados restrito para todos os usuários localizados nesse estado. Não é necessário selecionar essa opção, porque você está editando a tag global do site para ativar o processamento de dados restrito.

  6. Quando a tela de instalação aparecer, a tag global do site e o snippet de evento estarão prontos para uso. Você pode modificar a tag global do site para desativar os sinais de personalização de anúncios seguindo o exemplo abaixo. Para integrar o código no seu site, copie e cole esse código entre as tags <head></head> do site.
O código abaixo não deve ser usado sem alterações no seu site. Ele contém valores de marcador que o webmaster precisa preencher dinamicamente ao integrar o código do snippet ao servidor da Web.

< ! --Tag global do site (gtag.js) -  Google Ads -->

<script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=AW-999999"></script>

<script>

  window.dataLayer = window.dataLayer | | [ ] ;

  function gtag ( ) { dataLayer.push ( arguments ) } ;

  gtag ( 'js', new Date ( ) ) ;

  gtag ( 'config' ,  'AW-999999', { 'restricted_data_processing': true } ) ;

</script>

  1. Clique em Concluído.

Observação: se você usa a tag antiga do Google Ads, poderá definir var restricted_data_processing = "true", no mesmo local em que os outros parâmetros de tag do Google Ads são definidos. Para mais detalhes, veja o exemplo abaixo.

<script type="text/javascript"> 

/* <![CDATA[ */

    var google_conversion_id = 1234567890;

    var google_conversion_label = "xxx-XXx1xXXX123X1xX";

    var google_remarketing_only = false

    var google_conversion_value = 10.0;

    var google_conversion_currency = "USD";

    var google_restricted_data_processing = true; 

    /* ] ] > */ 

</script>

<script type="text/javascript" src="//www.googleadservices.com/pagead/conversion.js">

</script>

Se você estiver usando a API AdWords para enviar pings de remarketing de servidor a servidor (por exemplo, para remarketing dinâmico de apps), inclua o parâmetro rdp=1 para marcar a solicitação como processamento de dados restrito.
Editar sua tag do Google Ads no Gerenciador de tags do Google para ativar o processamento de dados restrito
  1. Faça login no Gerenciador de tags do Google.
  2. Clique em Tags, na coluna à esquerda, para acessar suas tags.
  3. Crie ou edite uma tag de remarketing ou de conversão do Google Ads.
  4. Na seção de configuração da tag, selecione True no campo "Ativar o processamento de dados restrito".
  5. Como alternativa, esse campo pode ser definido dinamicamente usando uma variável da camada de dados.
  6. Clique em Salvar.
Ativar o processamento de dados restrito no Gerenciador de públicos-alvo

O processamento de dados restrito instrui o Google a limitar o uso de algumas informações. Se você selecionar essa opção, os usuários localizados na Califórnia não serão adicionados às suas listas de remarketing.

 
  1. Faça login no Google Ads.
  2. Clique no ícone de ferramentas  na parte superior direita e, depois, em Gerenciador de públicos-alvo, na seção "Biblioteca compartilhada".
  3. À esquerda, clique em Origens de público-alvo. Você verá um conjunto de origens de onde poderá editar listas de remarketing.
  4. No card "Tag do Google Ads", clique no ícone de três pontos na parte superior direita e selecione Editar origem.
  5. Na seção "Processamento de dados restrito", marque a caixa de seleção "Excluir os usuários da Califórnia das listas de remarketing". Ao fazer isso, você ativará o processamento de dados restrito para todos os usuários localizados na Califórnia. 
  6. Clique em Salvar e continuar.
  7. Você irá a uma página com a mensagem "Reinstalar a tag no seu site". Não é preciso fazer nada nessa página, porque você já ativou o processamento restrito de dados no Gerenciador de públicos-alvo. Clique em Cancelar

Você pode ativar o processamento de dados restrito por usuário, incluindo o parâmetro restring_data_processing na tag global do site.

 

Saiba mais sobre como ativar o processamento de dados restrito em outros sistemas de acompanhamento no Google Ads.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.