O uso dos URLs anônimos está sendo suspenso na Rede de Display do Google

O uso dos URLs anônimos está sendo suspenso da Rede de Display do Google para cumprir os requisitos do Ads.txt.

Pergunta 1: por que não vejo URLs "xyz.anonymous.google.com" nos meus relatórios, embora eu tenha segmentado especificamente um inventário anônimo?

Anteriormente, os editores podiam oferecer canais anônimos e não divulgar os nomes dos sites deles aos anunciantes. No entanto, para obedecer aos requisitos do Ads.txt, os editores não podem mais permanecer anônimos. Isso significa que agora exibimos o URL exato onde seu anúncio foi veiculado. Se você tiver segmentado um canal anônimo, por exemplo, "xyz.anonymous.google.com", ele será substituído pelo canal identificado do editor.  

Essa alteração só afeta os relatórios. Ainda estamos aplicando todas as configurações especificadas na sua campanha, como lances, segmentação, conversões etc.

Pergunta 2: o que é o Ads.txt?

Ads.txt é uma ferramenta lançada pelo Interactive Advertising Bureau Tech Lab com o objetivo de adicionar transparência no setor de publicidade on-line para anunciantes, editores e outras partes interessadas. Os editores hospedam um arquivo .txt disponível publicamente que indica todos os vendedores autorizados a vender o inventário. Assim, as trocas e qualquer parte interessada podem consultar esse índice para evitar fraudes de inventário.

Por exemplo, quando um comprador souber em qual canal o respectivo anúncio será veiculado, ele poderá verificar o arquivo ads.txt do editor para conferir se comprou o inventário por meio de um vendedor autorizado.Veja mais detalhes nesta página do site do IAB sobre como esses arquivos .txt são usados.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.