Motivo de uma cobrança

  • Com o Google Ads, somente seus custos de publicidade serão cobrados.
  • A fatura inclui seus custos de publicidade e cobranças pendentes de ciclos de faturamento anteriores.
  • No entanto, a cobrança não ultrapassa seu limite mínimo de pagamento.

Sua cobrança

Sua cobrança cobre os custos de publicidade, bem como quaisquer custos não pagos de ciclos de faturamento anteriores.

Valor cobrado = Custos atuais

(custos deste período de faturamento)

+ Saldo pendente

(custos não pagos de períodos de faturamento anteriores)

Se o total de custos de publicidade for maior que seu limite mínimo de pagamento (o valor que aciona a geração de uma cobrança), os custos extras serão adicionados ao saldo pendente para a próxima cobrança.

Exemplo

Em 20 de janeiro, você é cobrado automaticamente pelos custos do Google Ads. O saldo da conta após a cobrança será de R$ 5,00. Seus anúncios continuam em exibição e acumulando custos.

  • No decorrer do dia 19 de fevereiro, 30 dias após a última cobrança automática, você recebe uma nova cobrança.
  • No período de 30 dias, você acumulou custos de R$ 175,00 e recebeu ajustes de serviço no valor de R$ 0,50. Sendo assim, o valor devido por esse período é de R$ 174,50 (R$ 175,00 - R$ 0,50).
  • Lembre-se de que você também tem o saldo de R$ 5,00 que restaram do último período de pagamento. Some-o aos R$ 174,50, e seu valor total acumulado no final do dia 19 de fevereiro será de R$ 179,50. Ele é exibido na coluna "Saldo final" ao término do dia.
  • No entanto, como sua cobrança foi calculada no decorrer desse dia e seus anúncios acumularam atividade durante o dia inteiro, a quantia efetivamente cobrada foi de R$ 165,00. Esse era o valor total do saldo antes de o Google solicitar o pagamento.
  • O saldo da conta após a cobrança será de R$ 14,50 (R$ 179,50 - R$ 165,00). Ele aparecerá como "Saldo inicial" em 20 de fevereiro e será aplicado na próxima cobrança.

Perguntas comuns sobre cobranças

Clique nos links abaixo para responder a perguntas sobre as cobranças que você viu.

Cobrado mais de uma vez em um mês

As cobranças não acontecem uma vez por mês ou no final do mês. Elas acontecem durante todo o mês e têm como base principalmente os limites ou o valor definido dos custos que sua conta atinge. Esse valor aciona uma cobrança, o que significa que você pode ser cobrado mais de uma vez em um mês.

Por exemplo, se seu limite for de R$ 50,00, você será cobrado sempre que seus custos atingirem esse valor. Então, se seus custos totais forem de R$ 150,00 em um mês, o valor de R$ 50,00 será cobrado três vezes (3 x 50 = 150).

Cobranças idênticas

Isso raramente acontece. Entretanto, há dois motivos que podem gerar duas cobranças idênticas do Google Ads no seu cartão de crédito ou extrato bancário:

  • Solicitação de autorização: essa solicitação ocorre entre nosso sistema de faturamento e o banco emissor do seu cartão de crédito. Ela acontece quase sempre que um pagamento é efetuado e é exibida como um valor pendente idêntico a uma cobrança que já foi processada. Essas solicitações normalmente desaparecem em alguns dias, embora isso varie de acordo com o banco.
  • Cobrança dupla: um erro pode provocar uma cobrança dupla, ou seja, sua conta recebe duas faturas com o mesmo valor e nenhuma delas é marcada como pendente no seu extrato.

Se seu extrato bancário exibir uma cobrança dupla ou uma solicitação de autorização que não desapareceu automaticamente, entre em contato com o banco para receber ajuda.

Para analisar o saldo pendente, clique no ícone de ferramenta  e escolha Faturamento e pagamentos. Veja se os pagamentos foram registrados e se o saldo está correto. Se eles estiverem corretos, não será necessário entrar em contato com o Google.

Cobrança maior do que o orçamento diário em alguns dias

O tráfego de pesquisa da Internet oscila de um dia para o outro. Para compensar essas variações e garantir que suas campanhas atinjam todo o potencial, o Google pode permitir, em um dia, até o dobro das interações especificadas no orçamento diário. Isso se chama superfornecimento.

No entanto, nosso sistema garante que, em determinado período de faturamento, você nunca pagará mais do que o número de dias desse período de faturamento multiplicado pelo orçamento diário.

Por exemplo, se seu orçamento for de R$ 10,00 por dia e você receber uma cobrança por um período de faturamento de 30 dias, o máximo que você pagará será de R$ 300,00.

Se o Google superfornecer seus anúncios e você acumular mais custos em um período de faturamento do que seu orçamento permite, um crédito será aplicado automaticamente à sua conta. Por exemplo, se você acumula R$ 35,00 em cliques em um mês, mas tem um orçamento diário de R$ 1,00 (portanto, R$ 30,00 para um período de faturamento de 30 dias), receberá um crédito por superfornecimento de R$ 5,00.

Observação: as campanhas de pagamento por conversões são faturadas de forma diferente e podem receber cobranças mais de duas vezes maiores que orçamento diário. 

Para saber se você recebeu algum crédito por superfornecimento:

  1. Faça login na sua conta do Google Ads.
  2. Na parte superior da página, clique no ícone de ferramenta  e escolha Faturamento e pagamentos. Acessar agora
  3. Clique em Transações no menu à esquerda.
  4. Clique em Atividade da campanha.
  5. Os créditos por atividade em excesso serão identificados como Crédito por superfornecimento.
Cobrança depois de já ter feito um pagamento manual

Se você usar a configuração de pagamento automático e efetuar um pagamento manual, poderá ser cobrado no seu ciclo de faturamento automático. Veja o motivo:

  • Um pagamento automático já estava em andamento quando você iniciou o pagamento: o ciclo de pagamento automático é pontual, então, se você tiver efetuado o pagamento quando esse processo estava em andamento, ainda poderá ser cobrado. Essa situação provavelmente acontecerá se você efetuar um pagamento quando estiver perto do seu limite de faturamento, no final do mês ou no final de um período de faturamento de 30 dias.
  • Você chegou ao final do seu ciclo de faturamento: depois de efetuar um pagamento manual, sua conta voltará ao ciclo de faturamento normal. Você receberá uma cobrança automática assim que os custos da sua conta atingirem seu limite de faturamento ou 30 dias após seu último pagamento automático, o que acontecer primeiro.
Cobrança depois de inserir um código promocional

Depois que seu crédito promocional acabar, os anúncios continuarão sendo exibidos, e você acumulará custos de publicidade, caso esteja usando pagamento automático. Se você já gastou o crédito e quer parar de acumular custos, pause as campanhas.

Cobrança fora do ciclo de faturamento

Você pode receber uma cobrança fora do seu ciclo de faturamento nos seguintes casos:

  • Você efetuou um pagamento manual clicando no botão Efetuar um pagamento na sua conta. Embora os pagamentos automáticos sejam processados dentro de um ciclo de faturamento estabelecido, você pode efetuar um pagamento manual a qualquer momento.
  • Sua conta talvez tenha sido atualizada recentemente para uma nova interface de faturamento. Quando isso acontecer, você receberá uma cobrança referente ao saldo da sua conta no momento dessa atualização. Você não é cobrado pela atualização. Essa cobrança única está fora do seu ciclo de faturamento normal. Todas as futuras cobranças devem estar dentro do seu ciclo de faturamento normal.
Cobrança depois que você interrompeu a exibição de anúncios ou cancelou sua conta

Quando você interrompe a exibição dos seus anúncios (por exemplo, cancelando sua conta ou pausando ou removendo suas campanhas), o sistema do Google Ads pode levar várias horas para interromper completamente a exibição dos anúncios. A partir desse momento, você não acumulará mais nenhum custo.

No entanto, você será cobrado por custos de publicidade acumulados antes da interrupção da exibição dos anúncios. Nosso sistema opera em um ciclo de faturamento de 30 dias. Desse modo, você poderá receber as cobranças finais após várias semanas.

Para ver se você tem algum custo de publicidade pendente, clique no ícone de ferramenta  e escolha Faturamento e pagamentos. Em seguida, observe o saldo atual na parte superior da página.

As cobranças no extrato bancário não são iguais à sua conta do Google Ads

Às vezes, as cobranças exibidas no extrato bancário são um pouco diferentes das que você vê na sua conta do Google Ads. Veja a seguir alguns motivos comuns para isso:

As cobranças diminuem em um dia ou dois
Na maioria dos casos, isso é esperado porque as cobranças podem ser publicadas no Google Ads e nos extratos bancários em dias diferentes. Como o Google Ads e os bancos operam com sistemas diferentes, os pagamentos nem sempre ocorrem ao mesmo tempo.

As cobranças bancárias não aparecem no Google Ads
Se isso acontecer, veja o que você pode fazer para revisar as duas contas:

  1. Se você tiver mais de uma conta do Google Ads, consulte cada uma delas para ver se as cobranças são exibidas. Em muitos casos, o número do ID de cliente de 10 dígitos é informado no extrato bancário. Veja abaixo mais informações sobre como as cobranças aparecem ou saiba mais sobre cobranças indevidas.
  2. Se ainda assim você não conseguir identificar a origem da cobrança, entre em contato com nossa equipe de suporte. Tenha em mãos uma captura de tela ou uma cópia digitalizada das cobranças em questão. Isso nos ajudará a pesquisar a cobrança com mais facilidade. Além disso, bloqueie todas as cobranças e outras informações que não estiverem associadas à cobrança em questão, pois sua privacidade é importante para nós.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.