Recursos para ajudar a preparar-se para as alterações regulamentares e de privacidade do tráfego no Espaço Económico Europeu (EEE)

Este artigo destina-se a clientes que utilizam as soluções online e offline da Google e recebem dados de utilizadores finais no Espaço Económico Europeu (EEE).
No âmbito do compromisso contínuo da Google para contribuir para um ecossistema de publicidade digital centrado na privacidade, estamos a reforçar a aplicação da nossa Política de Consentimento de Utilizadores da UE.

Os anunciantes têm de aceitar a política de consentimento da UE para usarem a personalização de anúncios. Em 2024, a nossa ação de aplicação também vai afetar as funcionalidades de medição e aplicar-se aos dados de:

  • Websites: etiquetas que enviam dados para a Google.
  • Apps: SDKs que enviam dados para a Google.
  • Carregamentos de dados: ferramentas para carregar dados de origens não pertencentes à Google, como importações de conversões offline ou vendas em lojas.
Para continuar a utilizar as funcionalidades de medição, personalização de anúncios e remarketing, tem de recolher o consentimento para a utilização de dados pessoais de utilizadores finais sediados no EEE e partilhar os sinais de consentimento com a Google.

Os requisitos também se aplicam se estiver a usar dados do Google Analytics com um serviço Google.

Pode criar um plano de medição personalizado com o Planeador de privacidade e também saber mais sobre a medição duradoura.

Certifique-se de que adiciona esta página de recursos aos marcadores e regressa à mesma regularmente para se manter a par das recomendações mais recentes.

O que tem de fazer

Obtenha o consentimento dos utilizadores

É responsável por obter o consentimento dos utilizadores no seu Website ou app ou nos dados que carregar para a Google. Tem de obter a seleção de consentimentos do utilizador, que concedem ou recusam o consentimento para armazenar informações sobre o respetivo comportamento.

A Google tem parcerias com muitos parceiros de Plataforma de gestão de consentimento (CMP). Estes parceiros ajudam a gerir as faixas de consentimento de cookies e a comunicar as opções à etiqueta Google através do modo de consentimento. Se ainda não o fez, nos Websites e nas apps, pode implementar uma faixa de consentimento ou outra solução de consentimento personalizada, ou usar um parceiro de Plataforma de gestão de consentimento (CMP) da Google.

Icon of a download symbol

Configure o modo de consentimento

Depois de obter o consentimento do utilizador, tem de comunicar a seleção de consentimentos do utilizador à Google. Muitas CMPs processam o envio do estado de consentimento para a Google. Se implementar uma solução de consentimento personalizada, tem de implementar um método para enviar o estado de consentimento para a Google. O modo de consentimento permite-lhe comunicar à Google o estado do consentimento de cookies ou identificadores de apps dos utilizadores. O seu fornecedor de CMP é atualizado automaticamente para a versão mais recente do modo de consentimento. Colabore com o seu fornecedor para garantir que está a usar a atualização mais recente do modo de consentimento. Se mantiver a sua própria faixa, implemente o modo de consentimento v2.

Migre do UA360 para o GA4

O Google Analytics 4 substituiu o Universal Analytics. Desde 1 de julho de 2023 que as propriedades padrão do Universal Analytics deixaram de processar dados. Se não migrar até março, perderá capacidades de publicidade essenciais que vão deixar de ser suportadas no UA360 para o tráfego afetado no EEE. Se ainda não o fez, valide e atualize a definição de consentimento do Analytics para se certificar de que está a enviar os sinais de consentimento necessários para a Google.

Atualize para as APIs ou os SDKs mais recentes

Se estiver a usar SDKs/APIs Google para partilhar dados de públicos-alvo com a Google, têm de fazer a atualização para a API Google Ads e a API Display & Video 360 mais recentes. Os anunciantes de apps devem atualizar para a versão mais recente da API ou o SDK do acompanhamento de conversões de apps Google, o que lhes irá permitir comunicar corretamente sinais de consentimento para ajudar a respeitar as escolhas do utilizador e permitir uma medição e modelagem abrangentes. Os anunciantes de apps que trabalham com App Attribution Partners (AAP), devem atualizar para a versão mais recente do SDK/API do AAP e trabalhar com o parceiro AAP para garantir que os seus sinais de consentimento são comunicados à Google.

Se estiver a utilizar APIs para partilhar dados offline com a Google, tem de atualizar para as mais recentes APIs, ou SDKs para apps, para evitar a degradação dos públicos-alvo offline (isto é, a Segmentação por lista de clientes) a partir de março de 2024. Em alternativa, os clientes que fazem carregamentos manuais de dados offline, têm de preencher uma atestação de consentimento na IU do produto. Se trabalha com um parceiro gestor de listas de clientes (GLC), certifique-se de que este concluiu esta atualização.

A informação foi útil?

Como podemos melhorá-la?
true
Achieve your advertising goals today!

Attend our Performance Max Masterclass, a livestream workshop session bringing together industry and Google ads PMax experts.

Register now

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal