Este artigo é sobre as propriedades do Google Analytics 4. Se você usa uma propriedade do Universal Analytics, consulte a seção referente ao Universal Analytics desta Central de Ajuda.

[GA4] Exploração de caminho

Analise as jornadas dos usuários em um gráfico de árvore.

Com as técnicas de exploração de caminho, você pode fazer o seguinte:

  • Conferir as principais páginas que os novos usuários acessam depois de abrir a página inicial
  • Descobrir quais ações os usuários realizam após uma exceção de aplicativo
  • Descobrir um comportamento de loop que pode indicar que os usuários estão ficando presos
  • Determinar os efeitos de um evento nas ações seguintes dos usuários

Criar uma exploração de caminho

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. À esquerda, selecione Explorar.
    1. O espaço de trabalho do Explorações é exibido.
  1. Na parte superior da tela, escolha o modelo Exploração de caminho.
  2. Selecione o tipo de dados para usar como ponto inicial da sua exploração:
    1. À direita, em PONTO INICIAL, clique para escolher uma dimensão ou arraste uma dimensão da lista Configurações da guia > TIPO DE NÓ e solte-a no campo PONTO INICIAL.
    2. No momento, você pode escolher os tipos de nó Nome do evento ou Nome da tela. Veja a seção Como a exploração de caminho funciona abaixo para mais detalhes sobre etapas e nós.
    3. Escolha um valor para a dimensão.

Sua nova exploração de caminho é exibida. O ponto inicial escolhido é mostrado à esquerda. O campo 1ª ETAPA SEGUINTE à direita mostra as cinco principais telas visualizadas pelos seus usuários ou os cinco principais eventos que eles acionaram depois desse ponto.

Ver as próximas etapas dos seus usuários

Para ver as próximas etapas dos seus usuários, clique em um ponto de dados no gráfico. Esses pontos são chamados de nós em uma exploração de caminho.

Clique em um nó para expandi-lo e adicione uma nova etapa. Clique nele novamente para recolher as opções. Os nós em cinza estão no final do caminho do usuário e não podem ser expandidos.

Por padrão, o gráfico mostra os cinco principais nós em uma etapa. Clique em + Mais para adicionar até 20 nós para cada, e aqueles que não ficarem entre os 20 principais serão agrupados em "Outros".

Ver as etapas anteriores dos seus usuários

Por padrão, a exploração de caminho mostra as próximas ações dos usuários após visitar uma página ou evento específico. Use o caminho reverso para selecionar um evento ou uma página e conferir como os usuários chegaram até lá. Você pode escolher um evento, como uma compra ou conversão, para descobrir os diferentes caminhos que os usuários seguiram para chegar até ele e usar essa informação para melhorar a experiência deles.

Para criar um caminho reverso, faça o seguinte:

  1. Crie uma nova exploração de caminho seguindo as orientações acima.
  2. No canto superior direito, clique em Recomeçar.
  3. Clique na caixa PONTO FINAL para selecionar o nó que encerra o caminho.

Em seguida, você pode configurar o restante da exploração da mesma forma que um caminho para a frente.

Como a exploração de caminho funciona

A exploração de caminho usa um gráfico de árvore para ilustrar o fluxo de eventos, o conjunto de eventos que os usuários acionaram e as telas que visualizaram.

Um gráfico de exploração de caminho inclui os seguintes elementos:

Mapa de navegação da análise de caminho

Legenda:

  1. Ponto inicial / final
  2. Tipo de nó
  3. Adicionar nó

Ponto inicial / final

O ponto inicial é a tela ou o evento que inicia o caminho a ser explorado. Ele é exibido na coluna mais à esquerda da visualização.

Por exemplo, inicie um caminho de comércio eletrônico com uma página que ofereça opções para diferentes categorias de calçados (masculino, feminino, esportivo etc.).

O ponto final é a tela ou o evento que encerra o caminho que você quer explorar. Ele é exibido na coluna mais à direita da visualização.

Uma exploração de caminho pode ter um ponto inicial ou final, mas não ambos.

Etapas

As etapas são as colunas no gráfico. Cada etapa após o ponto inicial ou antes do ponto final representa as ações sucessivas ou anteriores de visualização de uma tela ou acionamento de um evento.

Por exemplo, 1ª ETAPA SEGUINTE representa a lista de telas visualizadas ou de eventos acionados pelos compradores de sapato depois de abrir o ponto inicial, ou seja, a página de calçados.

Nós

Os nós são os pontos de dados nas etapas e representam o número de usuários ou eventos no caminho.

Por exemplo, o nó "Sapatos masculinos" em "1ª ETAPA SEGUINTE" representa o número de compradores que abriram essa página ou o número de eventos que foram acionados nela.

O tipo de nó indica os valores de dimensão em cada etapa do gráfico. Você define o tipo de nó para o ponto inicial quando cria uma nova exploração de caminho e pode mudar essa configuração usando o menu acima da etapa.

Caminho

Um caminho é uma sequência específica de nós que ocorre em uma ou mais etapas dentro de um período especificado.

Como os caminhos são calculados

A exploração de caminho para a frente analisa o fluxo de eventos para encontrar as próximas telas visualizadas ou os eventos acionados pelos seus usuários imediatamente após o ponto inicial fornecido. A exploração de caminho reverso faz o contrário: analisa o fluxo de eventos para encontrar as telas visualizadas ou os eventos acionados imediatamente antes do ponto final selecionado.

Depois, essas telas e/ou eventos são agregados em caminhos. Os números mostrados em cada nó representam o número total de usuários ou eventos que contribuíram para esse ponto específico.

Caminhos e sessões

Os caminhos são calculados a partir do fluxo de eventos do usuário, tendo como base a primeira instância do valor de dimensão selecionado como ponto inicial ou final.

Eles podem abranger uma ou mais sessões, dependendo do período que você escolher. Uma nova sessão será iniciada se um usuário ficar inativo por 30 minutos. Se um caminho incluir várias sessões, os dados de um nó serão uma compilação delas.

Exemplo de sessão única

Um usuário abre as seguintes telas na mesma sessão:

Página inicial > Produto A > Página inicial > Produto B

As imagens abaixo ilustram como a exploração de caminho mostra essa jornada do usuário considerando a primeira instância do evento screen_view da página inicial como ponto inicial e adicionando etapas à medida que você expande os nós:

Exemplo de análise de caminho de sessão única

Visualização inicial do caminho mostrando o ponto inicial e a "1ª ETAPA SEGUINTE"

Exemplo de análise de caminho de sessão única

Caminho com a coluna "2ª ETAPA SEGUINTE" expandida.

Exemplo de análise de caminho de sessão única

Caminho com a coluna "3ª ETAPA SEGUINTE" expandida.

Exemplo de sessões diferentes

O usuário realiza as seguintes ações em duas sessões diferentes ao longo de uma semana:

Sessão 1: Página inicial > Produto A > Produto B > Página inicial > Produto C

Sessão 2: Página inicial > Produto A > Finalização da compra

Uma visualização inicial desse caminho para a contagem de eventos terá a seguinte aparência:

Exemplo de análise de caminho de sessões diferentes

Você pode analisar esse caminho de duas maneiras:

Para ver os caminhos agregados, expanda o nó "Produto A". Isso adiciona a coluna "2ª ETAPA SEGUINTE" e mostra cada sessão como o próprio caminho individual.

Exemplo de análise de caminho de sessões diferentes

Se você quiser ver o caminho completo de sessões diferentes, expanda todos os nós para exibir as oito etapas após o ponto inicial.

Exemplo de análise de caminho de sessões diferentes

Alterar o tipo de dados mostrado em cada etapa

O tipo de nó determina as informações que serão exibidas em uma etapa. Use o menu na parte superior de uma etapa específica para ver esse tipo de nó nela.

Mudar a métrica de exploração

Por padrão, a exploração de caminho calcula a contagem de eventos para cada nó no gráfico. Você pode aplicar facilmente um cálculo de métrica diferente:

Como aplicar uma métrica

  • À esquerda, em "Variáveis", selecione uma das métricas compatíveis na lista e arraste-a para o destino "Variáveis" em "Configurações".

Métricas compatíveis

No momento, a exploração de caminho aceita as seguintes métricas:

Contagem de eventos

A métrica Contagem de eventos contabiliza o número de eventos acionados para cada nó de um caminho e é o resultado da compilação dos dados de todos os usuários e todas as sessões no período da exploração.

Por exemplo, quando um usuário abre a página inicial, acessa a página de um produto e retorna à página inicial antes de visitar a página de outro produto, tudo isso em 30 minutos, o caminho mostra, na primeira etapa, dois eventos screen_view para a página inicial e um evento screen_view para cada página de produto.

Exemplo de contagem de eventos de exploração de caminho

Total de usuários

A métrica Total de usuários representa o número de usuários únicos que visualizaram uma tela ou acionaram um evento no período da exploração.

Por exemplo, quando um usuário abre a página inicial, acessa a página de um produto e retorna à página inicial antes de visitar a página de outro produto dentro do período selecionado, o caminho mostra, na primeira etapa, um usuário da página inicial no ponto inicial e um usuário da página de produto para cada item.

O total de usuários é o número de usuários únicos. Se um usuário seguir vários caminhos que compartilham o mesmo nó inicial, a contagem no nó compartilhado será menor que a soma de usuários dos nós não compartilhados. Isso ocorre porque o usuário não contribui várias vezes para a contagem de usuários únicos do nó compartilhado.

Incluir ou excluir dados da exploração de caminho

Você pode personalizar os dados mostrados na exploração de caminho para se concentrar nas informações mais relevantes das seguintes formas:

Selecionar quais nós aparecem no gráfico

Para escolher quais nós aparecem em cada etapa do gráfico, faça o seguinte:

  • Na parte superior de uma etapa, clique em Editar Editar.
  • Use as caixas de seleção para incluir as telas ou os eventos que você quer ver nessa etapa.

Os valores selecionados determinam quais nós serão exibidos nessa etapa. Os valores não selecionados são agrupados no nó "+ Mais".

Para remover um nó do gráfico, consulte a seção abaixo "Excluir nós".

Excluir nós

Você poderá remover os nós se eles não forem relevantes. A exclusão de um nó apenas o oculta no gráfico, não altera como o caminho é calculado. Para excluir os dados do fluxo de eventos antes que eles sejam usados para calcular caminhos, aplique um segmento.

Como excluir um nó do gráfico:

  1. Clique com o botão direito no nó.
  2. Clique em Excluir nó.
  3. Decida como fazer a remoção:
    • Apenas o selecionado. Esta opção exclui o nó desse caminho na etapa atual. As etapas seguintes no caminho desse nó serão removidas da exploração.
    • De todos os caminhos. Esta opção exclui o nó de qualquer caminho em qualquer etapa da exploração.

Você pode ver uma lista dos nós excluídos em FILTROS DE NÓS, em "Configurações da guia". Para adicioná-los novamente, passe o cursor sobre um dos filtros e clique no X.

Ver somente nós únicos

Com essa opção, é possível realizar uma exploração de caminho que exibe apenas valores variáveis dos seus nós.

Por exemplo, se você quiser ver como os usuários navegam pelas páginas do site ou pelas telas do app, e vários eventos são acompanhados em cada página ou tela, essa opção exibirá apenas um nó para cada página ou tela, mesmo que o usuário tenha realizado diversos eventos consecutivos na página ou tela em questão. No entanto, se ele voltar a essa página ou tela depois de visitar outra, o nó aparecerá novamente no caminho.

Aplicar segmentos

Com os segmentos, você pode definir subconjuntos de usuários ou eventos que gostaria de incluir em uma exploração ou excluir dela. Por exemplo, é possível analisar os caminhos percorridos pelos usuários com ou sem conversões para descobrir onde as jornadas deles divergem. Você pode criar uma exploração de caminho com base em um subconjunto de eventos importantes. Isso é útil principalmente se você tiver muitos eventos em uma sessão, mas quiser ver o caminho em apenas um subconjunto específico deles.

Saiba mais sobre como criar segmentos.

Como aplicar um segmento:

À esquerda, arraste um segmento do painel "Variáveis" até o destino no painel "Configurações da guia".

Os segmentos são aplicados ao fluxo de eventos antes do cálculo da exploração de caminho. Isso significa que os eventos ou usuários que você excluiu do segmento não fazem parte do fluxo de eventos da exploração nem do cálculo do caminho.

Aplicar filtros

É possível aplicar filtros à exploração com base em qualquer uma das dimensões e métricas disponíveis. Por exemplo, você pode exibir apenas caminhos que têm um número mínimo de usuários ou eventos, ou que ocorreram em navegadores ou sistemas operacionais específicos.

Os filtros são aplicados à exploração antes do cálculo dos caminhos.

Aplicar uma dimensão detalhada

Use uma dimensão detalhada para ver como os dados do caminho são agrupados nela. Por exemplo, você pode ver os caminhos dos usuários por país ou categoria de dispositivo.

Para aplicar uma dimensão detalhada:

À esquerda, arraste uma dimensão do painel "Variáveis" até o destino da dimensão detalhada no painel "Configurações da guia".

Os cinco principais valores da dimensão selecionada são exibidos na parte inferior da exploração. Passe o cursor sobre um valor para ver o detalhamento dele em cada nó. Por exemplo, a dimensão Categoria do dispositivo foi usada como um detalhamento na exploração de caminho reverso abaixo. Ao passar o cursor sobre Dispositivos móveis, é possível ver o número de usuários de dispositivos móveis em cada nó:

Exploração de caminho reverso com dimensão detalhada aplicada

A exploração de caminho é semelhante a outros recursos do Google Analytics, mas ela oferece algumas vantagens:

  • Assim como os funis multicanal do Universal Analytics, a exploração de caminho analisa as etapas que os usuários realizam no seu site ou app e também permite fazer explorações específicas de vários caminhos, não só de um único caminho predefinido.
  • Os relatórios de fluxo de usuários e fluxo de comportamento fazem análises semelhantes com base nas páginas, enquanto a exploração de caminho mostra os caminhos usando eventos e exibições de tela ou página.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
69256
false