Exemplo de importação de dados do usuário

Saiba como importar uma dimensão de segmento do cliente para acompanhar os interesses dos seus usuários.

Ao importar metadados do usuário, como classificação de lealdade ou valor de vida útil do cliente, você pode criar listas de público de remarketing e segmentos altamente relevantes.

Neste artigo:

Cenário

Você deseja compreender quais recursos no seu site são mais conhecidos por fãs de alimentos e vinhos, esportistas e outros segmentos de clientes. Você mantém um arquivo de dados fora do Google Analytics que associa IDs de clientes a segmentos de cliente e pretende fazer upload dessas informações no Google Analytics com o objetivo de usar como base para um público de remarketing.

Etapa 1: decidir quais dados importar

Os User IDs enviados precisam corresponder aos User IDs definidos nos hits recebidos pelo seu site. Consulte a documentação do desenvolvedor para saber como configurar o User ID nos hits.

Você pode usar (ou seja, fazer o upload e usar em hits) os mesmos User IDs que mantém na sua fonte de dados off-line, desde que esses códigos não contenham informações pessoais. Os termos de serviço do Google Analytics, cujo cumprimento é obrigatório para todos os clientes do Google Analytics, proíbe o envio de informações de identificação pessoal (PII, na sigla em inglês) ao Google Analytics. Essas informações incluem nome, CPF, endereço de e-mail ou outros dados semelhantes.

Etapa 2: criar a dimensão personalizada

Já que Segmento do cliente não existe como uma dimensão no Google Analytics, você precisará criá-lo como uma dimensão personalizada.

 

Nome da dimensão personalizada Escopo
Segmento do cliente Usuário

Etapa 3: criar o conjunto de dados

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. Clique em Administrador e acesse a propriedade em que você quer fazer o upload de dados.
  3. Na coluna PROPRIEDADE, clique em Importação de dados.
  4. Clique em Novo conjunto de dados.
  5. Selecione Dados do usuário como o tipo.
  6. Nomeie o conjunto de dados: Metadados do cliente
  7. Selecione uma ou mais vistas da propriedade nas quais você deseja ver os dados.
  8. Defina o esquema:
    Chave: Visitante > User ID
    Dados importados: Dimensões personalizadas > Segmento de clientes
    Substituir dados de hit: sim
    Clique em Salvar.

Etapa 4: criar o CSV

A geração do arquivo CSV de upload é um processo de duas etapas:

1. Exibir o cabeçalho para o CSV

Na tabela Conjunto de dados, clique em Metadados do cliente. A página de esquema de conjunto de dados será exibida.

Clique em Usar esquema. Você verá algo parecido com o seguinte:

CSV header
ga:userId,ga:dimension16

 

Esse é o cabeçalho que você precisa usar como a primeira linha dos seus arquivos CSV enviados. A tabela abaixo identifica as colunas:

User ID Segmento do cliente
ga:userId ga:dimension16

2. Criar uma planilha e exportá-la como um CSV

Crie uma planilha que siga o formato acima. A primeira linha (cabeçalho) da sua planilha deve usar os nomes internos (por exemplo, ga:pagePath em vez de Página) fornecidos na caixa de diálogo Exibir esquema acima. As colunas abaixo de cada célula do cabeçalho devem incluir os dados correspondentes de cada cabeçalho.

ga:userId ga:dimension16
456abc Fãs de alimentos/vinhos
383ghz Fãs de alimentos/vinhos
323hht Fãs de esporte a motor
541vvv Fãs de esporte a motor

Exporte a planilha como um arquivo CSV. Seu arquivo terá uma aparência semelhante a esta:

    ga:UserId,ga:dimension16
    456abc,Food/Wine Enthusiasts
    383ghz,Food/Wine Enthusiasts
    323hht,Motorsports Enthusiasts
    541vvv,Motorsports Enthusiasts

Etapa 5: fazer o upload dos dados

Agora, você precisa fazer o upload do arquivo CSV que criou para o Google Analytics. Há duas opções de envio: manualmente, por meio da interface do usuário do Google Analytics, ou programaticamente, usando a API de gerenciamento.

Fazer o upload manualmente
  1. Na tabela "Conjunto de dados", encontre a linha de Metadados do cliente.
  2. Clique em Gerenciar uploads para o conjunto de dados.
  3. Clique em Fazer o upload do arquivo, selecione o arquivo e clique em Fazer o upload.
Fazer o upload pela API de gerenciamento
  1. Na tabela "Conjunto de dados", encontre a linha de Metadados do cliente.
  2. Clique no nome do conjunto de dados.
  3. Clique em Solicitar ID personalizado da origem de dados.
  4. Copie o ID para a área de transferência (por exemplo, CTRL-C).
  5. Siga essas instruções para fazer o upload pela API de gerenciamento.

Etapa 6: analisar e tomar providências

Os dados enviados precisam ser processados antes de serem exibidos nos relatórios. Quando o processamento for concluído, poderá levar até 24 horas para que os dados importados comecem a ser aplicados aos dados de hits de entrada.

Com os componentes no lugar, agora é possível analisar os resultados e tomar providências. Por exemplo, para criar um público de remarketing, complete cada uma das etapas abaixo:

  1. Crie um relatório personalizado
  2. Criação de um segmento
  3. Criar um público de remarketing
Crie um relatório personalizado

Como o Segmento do cliente é uma dimensão personalizada, ele não é exibido em relatórios padrão. Para conferir o número total de visualizações de página por Segmento do cliente, por exemplo, crie um Relatório personalizado usando uma métrica (Visualizações de página) e uma dimensão (Segmento do cliente).

  1. Clique em + Novo relatório personalizado.
  2. Altere o tipo de relatório para Tabela fixa.
  3. Selecione a dimensão personalizada Segmento do cliente que você criou acima.
  4. Selecione Sessões ou qualquer outra métrica que você deseja usar para avaliar o comportamento de um grupo de usuários.
Crie um segmento

Crie um segmento que represente os usuários que você deseja segmentar. No relatório personalizado, siga estas etapas:

  1. Clique em Adicionar segmento.
  2. Clique em Novo segmento.
  3. Clique em Condições avançadas.
  4. Altere o filtro de "Sessões" para "Usuários".
  5. Selecione a dimensão personalizada Segmento do cliente que você criou acima.
  6. Adicione o máximo de grupos condicionais que desejar ao segmento e clique em Salvar.
  7. Repita com as condições dos segmentos e visualize os resultados no relatório personalizado até ficar satisfeito com o segmento.
Crie um público de remarketing

Depois de criar um segmento, você poderá usá-lo como base para um público de remarketing:

  1. Siga as instruções para criar um público de remarketing. Na etapa Definir seu público-alvo, clique em Importar segmento.
  2. Selecione o segmento que você criou acima.

Observações:  

  • A importação de dados de tempo de consulta não é compatível com as listas de remarketing.
  • As informações provenientes da importação de dados de tempo de processamento ficam indisponíveis para a lista de remarketing até que o usuário retorne ao seu site após o upload dos dados.

Próximas etapas

Depois de criar um público-alvo de remarketing, crie uma nova campanha do Google Ads e adicione-o a um grupo de anúncios. Consulte o artigo da Central de Ajuda sobre o remarketing do Google Ads para mais detalhes.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?