Relatórios do Campaign Manager

Analise seus dados do Campaign Manager com os relatórios novos e atualizados do Google Analytics.
Esse recurso está disponível apenas no Google Analytics 360, que faz parte da Google Marketing Platform.
Saiba mais sobre essa plataforma.

Se você for cliente do Google Analytics 360 e tiver pedido para o gerente de contas vincular sua conta do Campaign Manager ao Google Analytics, verá um novo conjunto de relatórios do Campaign Manager na seção Aquisição > Google Marketing Platform. Além disso, você verá a atividade do Campaign Manager nos relatórios Origem/mídia, Funis multicanal e Atribuição.

Neste artigo:
Observaçãoneste artigo, a expressão anúncios gráficos refere-se apenas aos seus anúncios gráficos do Campaign Manager.

Diferenças em modelos de atribuição

Ao analisar os dados da integração de relatórios do Campaign Manager, observe qual modelo de atribuição cada relatório usa. Os relatórios do Campaign Manager usam o modelo do CM, ou seja, o modelo do Campaign Manager. A maioria dos outros relatórios do Google Analytics (como Origem/mídia) usa um modelo de atribuição diferente, chamado modelo do GA, nas dimensões e nos relatórios de integração de produtos de publicidade do Google Marketing Platform. 

Por padrão, os relatórios sobre Conversões (Funis multicanal e Atribuição) usam o modelo Última interação, que atribui crédito para as conversões com base na última interação antes da conversão. Você pode comparar outros modelos de atribuição na Ferramenta de comparação de modelos

Modelo do CM 

O modelo do CM atribui sessões do Google Analytics a campanhas do Campaign Manager considerando apenas o Campaign Manager e ignorando todos os outros canais que direcionam tráfego para seu site. Isso significa que uma sessão do Google Analytics será mapeada para uma campanha do Campaign Manager se o usuário já tiver visualizado (Visualização completa) ou clicado (Clique) no anúncio do Campaign Manager em algum momento da janela de lookback antes de acessar seu site.

Exemplo

Se um usuário visualiza o anúncio do Campaign Manager e depois clica no anúncio da rede de pesquisa e acessa seu site, os relatórios do Campaign Manager atribuirão a sessão à campanha do Campaign Manager como uma sessão de Visualização completa. No entanto, todos os outros relatórios do Google Analytics (inclusive o relatório Origem/mídia) atribuiriam essa sessão à rede de pesquisa.

Da mesma forma, se um usuário clica no seu anúncio do Campaign Manager e acessa seu site, os relatórios do Campaign Manager atribuem a sessão à campanha do Campaign Manager como uma sessão de Clique. Se, no dia seguinte, o mesmo usuário clicar em um resultado de pesquisa orgânica e acessar seu site, os relatórios do Campaign Manager continuarão atribuindo a nova sessão à campanha do Campaign Manager como um Clique.

Modelo do GA ("Último clique não direto")

A maioria dos outros relatórios do Google Analytics atribui uma Origem/mídia a cada sessão com base no modelo Último clique não direto, que ignora os acessos diretos de visitantes recorrentes e os atribui a uma campanha anterior (se houver).

Exemplo

Se um usuário clicar no seu anúncio do Campaign Manager e acessar seu site, a Origem/mídia da sessão será "dfa/cpm".

No entanto, se, no dia seguinte, o mesmo usuário clicar em um resultado de pesquisa orgânica e acessar seu site, o modelo do GA identificará a Origem/mídia da nova sessão como "google/orgânico".

Os relatórios do Campaign Manager

Os relatórios do Campaign Manager contêm todas as sessões dos usuários que foram expostos aos seus anúncios gráficos durante a janela de lookback (por exemplo, nos últimos 30 dias ou em qualquer outro período especificado na interface do Campaign Manager). Por exemplo, se uma impressão de anúncio gráfico tivesse sido veiculada para um usuário na semana passada, os relatórios do Campaign Manager mostrariam a sessão desse usuário como se ela tivesse ocorrido ontem.

A porcentagem do tráfego das pessoas que foram expostas aos seus anúncios do Campaign Manager é exibida no canto superior esquerdo de todos os relatórios do Campaign Manager.

percentage of traffic from DCM

Neste exemplo, 14,16% do total de sessões é composto por pessoas que viram ou clicaram em um dos seus anúncios do Campaign Manager. As sessões do Campaign Manager estão divididas em duas categorias: Visualização completa e Clique. As sessões de Visualização completa são geradas pelas pessoas que visualizaram seu anúncio pelo menos uma vez durante a janela de lookback. As sessões de Cliques são geradas pelas pessoas que clicaram em pelo menos um dos seus anúncios durante a janela de lookback.

Use a guia Cliques para a análise do ROAS das suas campanhas do Campaign Manager, semelhante à guia Cliques nos relatórios do Google Ads.

Você precisa entrar em contato com o representante da sua conta para importar os dados de custo exibidos nessa guia. Os dados de custo refletem o que é inserido no Campaign Manager. Eles não são provenientes do sistema de faturamento. Se você não iniciar a importação de dados de custo, não será possível ver os dados referentes aos custos, impressões ou cliques do Campaign Manager nos relatórios do Google Analytics.

Usar os relatórios

Os relatórios do Campaign Manager ajudam a entender o que acontece depois que as pessoas são expostas aos seus anúncios gráficos. Exemplo:

Qual é a taxa de conversão das pessoas que viram um anúncio específico? Acesse o relatório Anúncios. Clique na guia Conjunto de metas, Comércio eletrônico ou Floodlight e analise a taxa de conversão de Visualização do anúncio.

As pessoas que já clicaram em um anúncio permanecem no site por mais tempo do que aquelas que apenas visualizaram os anúncios? Acesse o relatório Anunciantes. Compare a Duração média da sessão de Visualizações completas e de Cliques.

É possível responder a perguntas como essas para anúncios, canais, sites, campanhas, criativos e outras dimensões específicas do Campaign Manager. Acesse o relatório necessário ou selecione uma dimensão do Campaign Manager acima da tabela em qualquer relatório.

Use o relatório Floodlight para analisar as conversões do Floodlight e a receita das suas atividades e dos seus grupos de atividades do Campaign Manager.

O relatório Aquisição > Todo o tráfego > Origem/mídia

O relatório Origem/mídia inclui todas as sessões no seu site. As sessões resultantes dos cliques em anúncios gráficos são agrupadas na Origem/mídia de dfa/cpm.

O tráfego de dfa/cpm exibido em Origem/mídia é diferente do tráfego mostrado nos relatórios do Campaign Manager. Os relatórios do Campaign Manager exibem sessões de pessoas que foram expostas aos seus anúncios desse servidor no passado (via impressão ou clique). O relatório Origem/mídia mostra apenas as sessões em que a última visita de clique não direto foi proveniente do seu anúncio do Campaign Manager.

Usar o relatório

Use o relatório Origem/mídia para:

  • comparar o tráfego de cliques do anúncio gráfico com outros tipos de tráfego, como palavra-chave paga e tráfego de pesquisa orgânica;
  • detalhar e ver as métricas de engajamento e as taxas de conversão por anúncio, por canal do site e por outros atributos do Campaign Manager.

Use esse relatório para investigar perguntas como estas:

Qual porcentagem de sessões é proveniente de cliques em anúncios gráficos? Acesse o relatório Origem/mídia. Mude o seletor de gráfico para Porcentagem e procure por dfa/cpm.

Os usuários de anúncios gráficos passam mais ou menos tempo no site do que os usuários de pesquisa orgânica do Google? Acesse o relatório Origem/mídia. Compare Duração média da sessão para dfa/cpm e google/orgânico.

Qual anúncio gráfico encaminhou tráfego com a menor taxa de rejeição? Acesse o relatório Origem/mídia. Clique em dfa/cpm na tabela. Selecione Anúncio do CM como a dimensão principal da tabela. Compare a taxa de rejeição de cada anúncio.

Qual canal da Rede de Display envia o tráfego mais qualificado? Acesse o relatório Origem/mídia. Clique em dfa/cpm na tabela. Selecione Canal do CM como a dimensão principal da tabela. Compare a taxa de rejeição de cada canal. Em seguida, clique na guia Conjunto de metas, Comércio eletrônico ou Floodlight e analise as taxas de conversão de cada canal.

Os relatórios Conversões > Funis multicanal

Os relatórios de Funis multicanal são gerados a partir dos caminhos de conversão, sequências de cliques e impressões de anúncios durante sua janela de lookback (por exemplo, nos últimos 30 dias ou em qualquer outro período especificado na sua interface). Os relatórios incluem apenas as sessões que faziam parte de um acompanhamento de conversão. Dessa forma, se um usuário tiver clicado em um dos seus anúncios gráficos, mas nunca tiver retornado ao site para converter, seus relatórios de Funis multicanal não exibirão essa sessão de anúncio.

Usar os relatórios

Como os relatórios se concentram exclusivamente nas sessões que levaram a conversões, o relatório de Funis multicanal fornece insights sobre o papel desempenhado por esse anúncio (e por anúncios, criativos etc. específicos) nas suas conversões. Exemplo:

Quais palavras-chave os clientes pesquisaram depois de visualizar um anúncio gráfico? Acesse Conversões > Funis multicanal > Caminhos de conversão mais comuns. Clique no filtro CM na parte superior do relatório.

Altere a dimensão principal para Outros > Aquisição > Caminho (ou Origem/mídia) da palavra-chave. As interações do Campaign Manager são identificadas como dfa/cpm nos caminhos. Agora você pode ver as pesquisas de palavras-chave que ocorreram após dfa/cpm.

Os relatórios Conversões > Atribuição

A Ferramenta de comparação de modelos permite comparar diferentes modelos de atribuição de crédito à exibição. Escolha entre vários modelos básicos de atribuição de crédito para cliques de exibição ou crie seu próprio modelo que atribui crédito para cliques e impressões da forma mais relevante para sua empresa.

Compare os modelos de atribuição para identificar as publicidades do Campaign Manager que podem estar subestimadas ou supervalorizadas no modelo de atribuição atual e ajustar seus investimentos de modo adequado.

Se você tiver ativado a atribuição baseada em dados e atender aos requisitos, seu modelo personalizado baseado em dados incluirá os dados do Campaign Manager.

Usar a Ferramenta de comparação de modelos

Para usar um modelo básico de atribuição: clique no filtro CM na parte superior do relatório. Selecione um ou mais modelos de atribuição nas listas suspensas acima da tabela. Em seguida, selecione uma dimensão principal para avaliar o aspecto relevante das campanhas do Campaign Manager, como campanha, site, canal, anúncio ou criativo.

Para criar um modelo personalizado: selecione Criar novo modelo personalizado no menu suspenso Selecionar modelo. Atribua um nome ao seu modelo e escolha um dos cinco modelos básicos para determinar como distribuir crédito nos pontos de contato no caminho de conversão.

Use a seção Ajustar crédito para impressões para definir uma regra geral sobre o valor atribuído às impressões. Se desejar, use Opção avançada para especificar um nível diferente de crédito para impressões que antecedem uma sessão em determinada janela de tempo. Por exemplo, é possível atribuir um valor de 1/10 de um clique a todas as impressões, mas atribuir apenas 1/5 do valor de um clique às impressões que ocorrerem dentro de dois minutos de uma sessão.

Use as seções Ajustar crédito com base no envolvimento do usuário e Aplicar regras de crédito personalizadas para personalizar ainda mais seu modelo de atribuição.

Dados de conversão do Floodlight

Clique na opção Floodlight da guia Explorador para ver os dados de conversão do Floodlight na maioria dos outros relatórios. Você também pode selecionar as dimensões e métricas do Floodlight ao criar relatórios e segmentos personalizados.

Recursos relacionados

Saiba mais sobre o Campaign Manager e o Google Analytics:

Saiba mais sobre os relatórios e recursos mencionados neste artigo:

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?