Verificação de publicidade eleitoral

O Google oferece versões traduzidas da Central de Ajuda para sua conveniência, porém tais traduções não têm por objetivo alterar o conteúdo substantivo das nossas políticas. A versão em inglês é a usada oficialmente para aplicar nossas políticas. Se quiser ver este artigo em outra língua, confira a lista de idiomas na parte inferior da página.

O Google exige verificação para anunciantes que querem exibir anúncios eleitorais no Google Ads e no Display & Video 360 nas regiões abaixo.  

O processo pode ter duas etapas, e cada uma leva até cinco dias úteis. Consulte os requisitos de verificação abaixo para saber mais detalhes.

Observação importante sobre as declarações nos anúncios

Propaganda eleitoral: todos os anúncios eleitorais veiculados por anunciantes verificados em regiões onde a verificação de propaganda eleitoral é obrigatória precisam incluir uma declaração informando quem pagou pelo anúncio. Para a maioria dos formatos, o Google gera automaticamente uma declaração "Pago por", de acordo com as informações fornecidas durante o processo de verificação.

Como a nota de declaração aparece em diferentes formatos de anúncios

  • Na Pesquisa Google e na rede de parceiros de pesquisa, a declaração é exibida diretamente nos anúncios.
  • No YouTube, ela é incluída na seção "Por que esse anúncio?", que pode ser acessada pelo ícone de informações Info icon ou de três pontos .
  • Em sites e apps parceiros do Google na veiculação de anúncios de display, a declaração fica na seção "Por que esse anúncio?", que pode ser acessada pelo ícone Opções de anúncios Ícone "Opções de anúncios".

Para alguns formatos e recursos, é responsabilidade do anunciante incluir esse tipo de declaração nos anúncios eleitorais. Saiba mais sobre a política.

Para oferecer transparência aos usuários, o Google publica o Relatório de Transparência de Anúncios Políticos e disponibiliza uma biblioteca de publicidade política. Atualmente, somente os anúncios que estão no escopo da política de anúncios eleitorais e são veiculados por anunciantes eleitorais verificados são incluídos no relatório. Por exemplo, anúncios eleitorais da União Europeia veiculados nessa região por um anunciante eleitoral verificado da União Europeia são incluídos no relatório. Anúncios eleitorais dos EUA que são veiculados na União Europeia por um anunciante verificado da União Europeia não são incluídos.

Outros anúncios: a maioria dos formatos de anúncios não eleitorais que você mostra vão incluir uma declaração com base nas informações fornecidas durante o processo de verificação de propaganda eleitoral. O Google também vai disponibilizar publicamente outras informações sobre suas contas e anúncios não eleitorais, conforme descrito aqui.

Observação importante

  • Como as informações no perfil para pagamentos do Google Ads são usadas para a verificação, se você fizer alterações nele, será necessário realizar o processo de verificação de identidade novamente. Se for o caso, você receberá uma notificação na conta.
  • Se percebermos que você violou nossa política de publicidade eleitoral ou forneceu informações falsas durante o processo, sua verificação será revogada e a conta será suspensa.
  • Você precisará renovar sua verificação periodicamente Você receberá um aviso quando essa verificação for necessária.
  • Se você alterar a configuração de fatura da sua conta, será necessário verificá-la novamente para exibir anúncios eleitorais.
  • As contas do Google Ad Grants não podem exibir publicidade eleitoral nem solicitar a verificação de anúncios eleitorais.

O Google pode atualizar esses requisitos a qualquer momento.

Para qual região você gostaria de realizar a verificação de anúncios eleitorais?

Selecione uma região:
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
false
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
73067
false