Configurar regras de compliance para anexos

Por ser administrador, você pode configurar regras de compliance para anexos de mensagens. É possível aplicar regras a anexos, como documentos, arquivos de vídeo e som, imagens e arquivos compactados.

Crie regras que especifiquem como processar as mensagens que atendam às condições definidas. Essas condições podem ser baseadas no tipo ou no nome do arquivo e no tamanho da mensagem.

Ações de compliance

É possível realizar estas ações nas mensagens com anexos:    

  • Rejeitar a mensagem
  • Colocar a mensagem e o anexo em quarentena para análise
  • Modificar a entrega da mensagem e do anexo

Também é possível configurar uma regra para detectar anexos criptografados. A detecção de anexos criptografados é útil se você enviar cópias não criptografadas de anexos de mensagens para um servidor de arquivos.

Como os anexos são verificados

O Gmail detecta arquivos padrão e personalizados. Mesmo que remetentes mal-intencionados renomeiem a extensão do arquivo, o Gmail poderá detectar o tipo de arquivo.

O Gmail verifica os nomes de arquivos dentro de outros arquivos, inclusive os criptografados e os não criptografados aninhados.

Importante: o Gmail não realiza as ações abaixo.

  • Verificar o conteúdo de um arquivo criptografado
  • Abrir ou inspecionar anexos que sejam arquivos protegidos por senha
  • Abrir ou inspecionar arquivos ZIP protegidos por senha (mas inspeciona anexos em arquivos ZIP não protegidos por senha)

Como as configurações são aplicadas

A menos que seja modificada na seção "Opções", a regra é aplicável a todos os usuários em uma unidade organizacional. Os usuários em organizações filhas herdam as regras que você cria para a organização mãe. As regras herdadas podem ser desativadas nas organizações filhas. Isso impede que uma regra desativada seja aplicada à organização filha e às organizações netas. Também é possível adicionar várias regras a cada organização.

Configurações com várias regras podem influenciar o comportamento das mensagens e como as regras são aplicadas, inclusive, quando aplicável, a regra ou a configuração que terá precedência.

As regras podem entrar em conflito com outras regras. Por exemplo, uma mensagem deve ser rejeitada ou entregue duas vezes? O que acontece depende das condições definidas e da regra que tem precedência. Saiba mais sobre como várias configurações afetam o comportamento das mensagens.

Reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado

Você pode reforçar a segurança das mensagens com a criptografia S/MIME. Por exemplo, configure uma regra que exija a criptografia S/MIME para mensagens enviadas. Para uma visão geral, acesse Reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado.

Edições compatíveis com este recurso: Enterprise; Education e Enterprise for Education. Comparar sua edição

Configurar uma regra de compliance para anexos

Etapa inicial: acessar as configurações de compliance do Gmail no Admin Console

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Appse depoisGoogle Workspacee depoisGmaile depoisCompliance.

    Observação: você pode acessar essa configuração em Appse depoisGoogle Workspacee depoisGmaile depoisConfigurações avançadas.

  3. Role até a configuração Compliance de anexos, aponte para ela e clique em Configurar. Se a configuração já estiver definida, clique em Editar ou Adicionar outro.

  4. Para cada configuração nova, digite uma descrição.

Acesse a próxima etapa para definir a configuração.

Etapa 1: digitar as mensagens de e-mail que serão afetadas

Você pode configurar a regra para mensagens recebidas, enviadas ou internas. As mensagens internas são enviadas e recebidas nos domínios e subdomínios associados à sua organização.Os subdomínios são considerados internos, mesmo que pertençam a uma conta de domínio do Google Workspace diferente.
  1. Marque as caixas ao lado das mensagens para aplicar a regra.

  2. Acesse a próxima etapa para continuar.

Etapa 2: adicionar uma ou mais expressões para especificar o que será pesquisado

Você pode adicionar até 10 expressões. Cada expressão precisa ser adicionada e salva separadamente.

  1. Na lista, especifique se uma ou todas as condições precisam corresponder para acionar o que acontece com a mensagem. Por exemplo, se você selecionar Se QUALQUER UMA das seguintes opções coincidir com a mensagem, qualquer condição correspondente poderá acionar a consequência na mensagem.

  2. Clique em Adicionar.

  3. Na lista, escolha o que você quer especificar para a expressão:

    • Tipo de arquivo: selecione os tipos de anexo a serem incluídos. Você também pode digitar um tipo de arquivo personalizado para encontrar correspondências.

      Observação: para sua proteção, os arquivos identificados como executáveis são rejeitados automaticamente. Para ver uma lista completa das extensões, acesse Tipos de arquivos e extensões que podem ser usados em expressões.

    • Nome do arquivo: digite um nome de anexo que você queira incluir. Qualquer parte do nome de um arquivo anexo (em letra maiúscula ou minúscula) é retornada como uma correspondência.

    • Tamanho da mensagem: digite o limite de tamanho das mensagens. O tamanho é em megabytes e inclui o corpo da mensagem e todos os anexos. Esse limite se aplica ao tamanho não processado da mensagem inteira. Devido à sobrecarga de codificação, o tamanho da mensagem não processado pode ser até 33% maior que o tamanho base da mensagem e dos anexos.

  4. Clique em Salvar. Talvez seja necessário rolar para ver essa opção.

  5. Acesse a próxima etapa para continuar.

Etapa 3: especificar o que acontecerá se as expressões corresponderem

  1. Especifique se você quer modificar, rejeitar ou colocar uma mensagem em quarentena quando as configurações forem atendidas. Leia os detalhes abaixo.

  2. Configure as opções das ações que você escolher.

  3. (Opcional) Clique em Mostrar opções para configurar opções adicionais que limitem o uso dessa configuração. Veja mais detalhes em Configurar parâmetros adicionais abaixo.

  4. Acesse Salvar a configuração.

Rejeitar a mensagem

Rejeita a mensagem antes de ela chegar ao destinatário desejado. Você pode digitar um texto personalizado para o aviso de rejeição.

Nenhuma outra regra de roteamento ou compliance será aplicada às mensagens que corresponderem a uma regra. A mensagem será simplesmente rejeitada.

Observação: o Gmail adiciona automaticamente um código de rejeição SMTP, como 550 5.7.1. Esse código não pode ser excluído porque é exigido pelo padrão SMTP de e-mail.

Colocar mensagem em quarentena

Envia a mensagem para uma quarentena de administrador, onde você pode analisar a mensagem antes de decidir enviá-la ou rejeitá-la. Ela está disponível apenas para o tipo de conta "Usuários". Consulte "Tipos de contas afetadas" abaixo.

Para notificar seus usuários quando as mensagens que eles enviaram forem colocadas em quarentena, marque a caixa Notificar

Modificar mensagem

Para modificar mensagens, você pode adicionar cabeçalhos, remover anexos, alterar o destinatário do envelope, adicionar mais destinatários (caminhos adicionais ou secundários) e alterar o caminho.

Observação: recomendamos o uso das configurações de roteamento para os casos de uso aos quais elas estão destinadas. Use uma configuração "Compliance para anexos" nos casos de uso relacionados a anexos. Use uma configuração "Roteamento" nos casos de uso gerais relacionados ao roteamento, como a entrega dupla. Saiba mais sobre casos de uso e exemplos de roteamento de e-mail.

Controles

Adicionar cabeçalho X-Gm-Original-To

Marque esta caixa para adicionar uma tag de cabeçalho se o destinatário for alterado. Dessa forma, o outro servidor saberá o destinatário original do envelope. Este é um exemplo do formato da tag de cabeçalho: X-Gm-Original-To: jjsilva@solarmora.com

Os cabeçalhos são úteis se você estiver redirecionando uma cópia da mensagem para outro destinatário. Nesse caso, você altera o endereço do destinatário, mas o novo destinatário ainda pode ver o endereço do destinatário do envelope original. Ao verificar o cabeçalho X-Gm-Original-To na mensagem, é possível ver o destinatário do envelope original.

Adicionar os cabeçalhos X-Gm-Spam e X-Gm-Phishy

As mensagens do Gmail são submetidas automaticamente à filtragem de spam e phishing. Marque a caixa Adicionar cabeçalho X-Gm-Spam e cabeçalho X-Gm-Phishy para adicionar esses cabeçalhos com o objetivo de indicar o status de spam e phishing da mensagem. Por exemplo, um administrador em outro servidor pode usar essas informações para configurar regras para lidar com o spam e o phishing de maneiras que não sejam limpar o e-mail.

  • X-Gm-Spam: 0 indica que a mensagem não é spam.
  • X-Gm-Spam: 1 indica que a mensagem é spam.
  • X-Gm-Phishy: 0 indica que a mensagem não é phishing.
  • X-Gm-Phishy: 1 indica que a mensagem é phishing.

Qualquer mensagem marcada como phishing é automaticamente marcada como spam.

Se você adicionar os cabeçalhos "X-Gm-Spam" e "X-Gm-Phishy" às suas mensagens, considere para onde a mensagem será direcionada. Muitas vezes, uma mensagem redirecionada não é mais classificada como spam quando chega ao destino porque elementos da mensagem, como o endereço IP de envio, mudaram.

Se suas mensagens forem redirecionadas para outro servidor, configure regras nesse servidor para ler os cabeçalhos e impedir que mensagens com as tags X-Gm-Spam: 1 ou X-Gm-Phishy: 1 sejam entregues nas Caixas de entrada dos usuários.

Se suas mensagens forem redirecionadas para o Google, crie uma configuração "Gateway de entrada", para marcar as mensagens com tag como spam, ou uma configuração "Compliance do conteúdo", para enviá-las para a Quarentena de administrador para análise.

Observação: o valor de cabeçalho só é aplicável aos tipos de conta "Usuários" e "Não reconhecida/pega-tudo". Se o tipo de conta for "Grupos", os cabeçalhos X-Gm-Spam: 0 e X-Gm-Phishy: 0 serão sempre aplicados. Consulte "Tipos de contas afetadas", abaixo, para informações sobre os tipos de contas.

Adicionar cabeçalhos personalizados

Você pode adicionar um ou mais cabeçalhos personalizados às mensagens afetadas por esta configuração. Por exemplo, é possível adicionar um cabeçalho que corresponda à descrição digitada na configuração. Isso ajuda você a analisar por que uma mensagem foi direcionada de uma determinada maneira ou uma regra foi acionada.

Adicionar texto personalizado ao assunto

É possível digitar uma string antes do assunto das mensagens aplicáveis. A string aparecerá entre parênteses no início do assunto. Por exemplo, você pode digitar "Confidencial" neste campo nos e-mails confidenciais. Se uma mensagem acionar a regra e o assunto da mensagem for "Relatório mensal", os destinatários verão o seguinte assunto: [Confidencial] Relatório mensal.

"Alterar rota" e "Também redirecionar spam"

  • Alterar caminho: altera o destino da mensagem. Por padrão, o servidor do Gmail é o local de entrega principal. No entanto, você pode alterar essa configuração para direcionar as mensagens para outro servidor de e-mail, como o Microsoft® Exchange.

    Observação: antes de alterar o caminho, você precisa adicionar o caminho na guia "Hosts". Depois que for adicionado, ele aparecerá na lista Alterar caminho.

  • Também redirecionar spam: aparece se você tiver selecionado Alterar caminho. A opção Também redirecionar spam permite que você direcione todos os e-mails que correspondem aos critérios da configuração, incluindo mensagens marcadas como spam. 

    Se você não marcar a caixa Também redirecionar spam, as mensagens normais serão redirecionadas. As mensagens com spam não serão redirecionadas.

Observações:

  • Independentemente de você marcar a caixa Também redirecionar spam, mensagens com spam flagrante não são redirecionadas porque são descartadas instantaneamente na hora da entrega.

  • Se uma mensagem for classificada como spam, mas uma das configurações de e-mail do G Suite modificar essa classificação (por exemplo, devido à lista de permissões de um remetente), a mensagem não será considerada spam e será redirecionada como uma mensagem normal.

Alterar destinatário do envelope

É possível alterar o destinatário do envelope de uma das seguintes formas:

  • Para substituir o endereço de e-mail inteiro do destinatário, depois de "Substituir destinatário", digite o endereço de e-mail, por exemplo, usuario@solarmora.com.

  • Para substituir apenas o nome de usuário do endereço de e-mail do destinatário e manter o domínio inalterado, antes de @dominio-existente, digite o nome de usuário, como usuario.

  • Para substituir apenas o domínio do endereço de e-mail do destinatário e manter o nome de usuário inalterado, após nomedeusuario-existente@, digite o domínio, como solarmora.com.

Alterar o destinatário do envelope de uma mensagem no endereço primário equivale a encaminhar uma mensagem para outro destinatário. A mensagem ignora a caixa de correio do destinatário original e é roteada para a Internet para ser entregue ao novo destinatário. O endereço "Para" continua sendo o endereço do destinatário original, mas o destinatário do envelope é substituído.

O servidor de destino é determinado por uma pesquisa de MX no domínio do novo destinatário. Se você usar o controle Alterar caminho, o servidor de destino será determinado pelo caminho especificado.

Para colocar outro destinatário em "Cco", use a opção Adicionar mais destinatários, descrita abaixo.

Ignorar o filtro de spam para esta mensagem

Marque esta caixa para entregar mensagens aos destinatários, mesmo que elas sejam identificadas como spam. Essa opção é aplicável apenas a mensagens recebidas. Não é possível ignorar os filtros de spam no caso de e-mails enviados.

Observação: essa opção é aplicável aos tipos de contas "Usuários" e "Não reconhecida/pega-tudo", não ao tipo de conta "Grupos". Consulte "Tipos de contas afetadas", abaixo, para informações sobre os tipos de contas.

Remover anexos da mensagem

Marque esta caixa para remover anexos das mensagens. Se quiser, inclua um texto para notificar os destinatários sobre a remoção dos anexos.

Adicionar outros destinatários

  1. Marque a caixa Adicionar mais destinatários e clique em Adicionar Adicionar para configurar a entrega dupla ou múltipla.

  2. Na lista, selecione Básico para adicionar cada endereço de e-mail e clique em Salvar. Clique em Adicionar Adicionar para inserir outros endereços.

  3. Na lista, selecione Avançado para escolher opções avançadas de entrega secundária. Assim como acontece com as configurações da entrega principal, você pode mudar o destinatário do envelope, adicionar cabeçalhos, acrescentar um assunto personalizado e remover os anexos nas entregas secundárias.

Observações:

  • Um limite de cem destinatários adicionais é aplicável a cada regra. Por isso, considere o uso de grupos para listas grandes.

  • Suas configurações de entrega principal também afetam as entregas secundárias. Por exemplo, se você alterar o destinatário do envelope, acrescentar um assunto personalizado e adicionar cabeçalhos personalizados à entrega principal, a mesma configuração será aplicada às entregas secundárias. Se você alterar o destinatário do envelope, o endereço "Para:" continuará sendo o endereço do destinatário original.

  • Nas entregas secundárias, as caixas Não entregar spam a este destinatário e Suprimir devoluções deste destinatário são marcadas por padrão. Se a mensagem for spam, essa opção descarta a cópia da mensagem que está sendo enviada para o destinatário adicional. A opção Suprimir devoluções deste destinatário evita que devoluções sejam enviadas para o remetente original.

  • Quando você adiciona destinatários, uma nova mensagem é criada para cada um deles. As configurações avançadas do Gmail são aplicadas a todas as mensagens novas.

Criptografia (apenas para a entrega de agora em diante)

Por padrão, o Gmail envia mensagens usando o transporte seguro (TLS). Se essa opção não estiver disponível, a mensagem será entregue por uma conexão não segura.

Marque a caixa Exigir transporte seguro (TLS) para incluir a entrega segura de mensagens de saída afetadas por essa configuração. Isso exige que todas as mensagens compatíveis com as condições da configuração (expressões correspondentes, tipos de conta ou filtros de envelope) sejam transmitidas por uma conexão segura. Se o protocolo TLS não estiver disponível para o remetente ou o destinatário, a mensagem não será enviada.

Marque a caixa Criptografar mensagens se elas não estiverem criptografadas (S/MIME) para assegurar que determinadas mensagens só sejam enviadas com a criptografia S/MIME. Veja a observação abaixo.

Marque também a caixa Rejeitar mensagem se não for possível assinar e criptografar para rejeitar mensagens sem a criptografia S/MIME.

Saiba mais sobre como reforçar a segurança das mensagens com o S/MIME hospedado.

Edições compatíveis com este recurso: Enterprise; Education e Enterprise for Education. Comparar sua edição

 

Dica: recomendamos que você teste novas regras para garantir que elas funcionem corretamente para sua organização. Veja mais informações em Práticas recomendadas para testar regras em menos tempo.

Configurar parâmetros adicionais (opcional)

Clique em Mostrar opções para configurar opções adicionais a esta configuração.

Listas de endereços

É possível especificar as listas de endereços como um critério para ignorar ou aplicar uma configuração. As listas podem ter endereços de e-mail, domínios ou ambos.

Existem dois métodos para determinar a correspondência da lista de endereços. Se várias listas estiverem especificadas, o endereço precisará corresponder a pelo menos uma delas.

  • Correspondente (padrão): o G Suite considera o campo "De" do e-mail recebido e os destinatários do e-mail enviado. No caso dos remetentes, o requisito de autenticação também é marcado. Veja os detalhes abaixo.
  • Destinatário: o G Suite sempre verifica se os destinatários estão nas listas de endereços.

Estas são as opções para ignorar ou aplicar uma configuração:

  • Ignorar esta configuração para endereços / domínios específicos: ignora a configuração no caso de correspondência com a lista de endereços, independentemente de outros critérios especificados.
  • Aplicar esta configuração apenas a endereços / domínios específicos: a correspondência com a lista de endereços se torna uma condição para que a configuração seja aplicada. Quando há outros critérios na configuração, como expressões de correspondência, tipos de conta ou filtros de envelope, essas condições também precisam corresponder à configuração que será aplicada.

Para usar listas de endereços e controlar a aplicação dessa configuração:

  1. Na seção Opções, marque a caixa Usar listas de endereços para ignorar ou controlar a aplicação desta configuração.
  2. Selecione uma das opções:

    • Ignorar esta configuração para endereços / domínios específicos
    • Aplicar esta configuração apenas a endereços / domínios específicos
  3. Clique em Usar existente ou criar uma nova.
  4. Selecione o nome de uma lista atual ou, para criar uma nova, digite um nome personalizado no campo Criar nova lista e clique em Criar.
  5. Passe o cursor o sobre o nome da lista e clique em Editar.

  6. Para adicionar endereços de e-mail ou domínios à lista, clique em Adicionar "".

  7. Digite um endereço de e-mail ou nome de domínio, como solarmora.com. Para adicionar uma lista em massa, digite uma lista de endereços delimitada por vírgulas ou espaços após clicar em Adicionar "".

    Observação: se você quiser ignorar essa configuração para os remetentes aprovados sem autenticação, desmarque a caixa Exigir autenticação do remetente. Use essa opção com cuidado, já que ela pode gerar spoofing. Saiba mais sobre a autenticação do remetente.

  8. Clique em Salvar.

  9. Para incluir endereços de e-mail ou domínios adicionais na lista, repita as etapas de 5 a 7.

  10. Quando terminar, acesse Tipos de contas afetadas.

Saiba mais sobre as listas de endereços, inclusive como pesquisar ou ver todas as entradas nas listas e como os endereços correspondem a elas.

Tipos de contas afetadas (obrigatório)

Selecione um ou mais tipos de conta que usam a configuração. Os tipos de conta são Usuários, GruposNão reconhecida/pega-tudo. Você precisa selecionar um tipo de conta antes de salvar a configuração. 

Se você estiver definindo a configuração da organização de nível superior e selecionar a ação "Modificar mensagem" ou "Rejeitar mensagem", os três tipos de conta estarão disponíveis. Se a ação for "Colocar mensagem em quarentena", apenas o tipo de conta "Usuários" estará disponível.

Se você estiver configurando uma suborganização, o único tipo de conta disponível será Usuários. Esse tipo de conta é selecionado por padrão, mas você pode selecionar mais de um tipo. Por exemplo, é possível definir uma configuração de entrada que seja aplicável apenas ao tipo de conta "Grupos", e o grupo precisa ser o destinatário. Se você estiver definindo uma configuração de saída, o tipo de conta precisa corresponder ao remetente.

  • Usuários (padrão): se o tipo de conta "Usuários" for selecionado, esta configuração será aplicável aos usuários do G Suite provisionados. No caso dos e-mails enviados e de saída, a configuração será acionada quando seus usuários enviarem e-mails. No caso dos e-mails recebidos e de entrada, a configuração será acionada quando seus usuários receberem e-mails.
  • Grupos: se a opção "Grupos" estiver selecionada, essa configuração será aplicada aos seus Grupos do Google. No caso dos e-mails enviados e de saída, a configuração será acionada quando seus grupos encaminharem e-mails ou resumos para os membros. No caso dos e-mails recebidos e de entrada, a configuração será acionada quando seus grupos receberem e-mails.
  • Não reconhecida/pega-tudo: quando selecionada, esta configuração será acionada se sua empresa receber e-mails que não correspondem a um dos usuários do G Suite provisionados. Esta seleção só é aplicável aos e-mails recebidos e de entrada.

Os tipos de conta "Grupos" e "Não reconhecida/pega-tudo" não são usados no controle dos cabeçalhos Add X-Gm-Spam e X-Gm-Phishy. Se esses forem os tipos de conta, os cabeçalhos serão sempre X-Gm-Spam: 0 e X-Gm-Phishy: 0.

Os tipos de conta "Grupos" e "Não reconhecida/pega-tudo" não são usados no controle "Ignorar o filtro de spam para esta mensagem" e em "Também redirecionar spam".

Quando você terminar:

  1. (Opcional) Especifique um filtro de envelope.

  2. Acesse Salvar a configuração.

Filtro de envelope

Você pode fazer com que apenas remetentes e destinatários de envelopes específicos sejam afetados. É possível especificar um único destinatário, vários usuários usando uma expressão regular ou grupos de e-mail.

Para configurar um filtro de envelope:

  1. Marque uma ou as duas caixas abaixo:
    • Afetar apenas remetentes de envelopes específicos
    • Afetar apenas destinatários de envelopes específicos
  2. Na lista, escolha uma opção:
    • Endereço de e-mail único: digite o endereço de e-mail completo de um usuário.
    • Correspondência de padrão: digite uma expressão regular para especificar um conjunto de remetentes ou destinatários no seu domínio. Exemplo:

      ^(?i)(usuário1@solarmora\.com|usuário2@solarmora\.com|usuário3@solarmora\.com)$

      Veja mais detalhes em Diretrizes para o uso de expressões regulares.

    • Filiação a grupo: selecione um ou mais grupos na lista. Para os remetentes do envelope, essa opção só é aplicável a e-mails enviados. No caso dos destinatários do envelope, ela só é aplicável a e-mails recebidos. Se você não tiver um grupo, crie o grupo.
      Observação: esta opção afeta os participantes diretos e indiretos do grupo. Por exemplo, se o Grupo B for um participante do Grupo A, os usuários do Grupo B serão participantes indiretos do Grupo A.

Quando terminar, acesse Salvar a configuração.

Salvar a configuração

Última etapa: adicionar e salvar a configuração

  1. Clique em Adicionar configuração ou Salvar.

    As novas configurações são exibidas na página das configurações de compliance.

  2. Na parte inferior, clique em Salvar.

Tipos de arquivo comuns e personalizados compatíveis com expressões

A tabela abaixo define os tipos de arquivo comuns e personalizados que você pode usar em uma expressão de compliance para anexos.Para sua proteção, os tipos de arquivo considerados executáveis são rejeitados automaticamente. Saiba mais sobre os tipos de arquivo bloqueados.

  • Tipos de arquivo comuns. Por padrão, a correspondência de todos os tipos de arquivo comuns é feita pelo formato e nome de arquivo para identificação do tipo de conteúdo e da extensão do anexo. Por exemplo: imagem/foto.jpg ou documento/carta.doc.
  • Tipos de arquivo personalizados. Por padrão, a correspondência dos tipos de arquivos personalizados só é feita pelo nome do arquivo. Por exemplo: foto.jpg ou carta.doc. Para fazer a correspondência pelo formato de arquivo, marque a caixa Também fazer a correspondência de arquivos com base no formato.
Documentos

.cpr, .cwk, .cws, .dcx, .doc, .docm, .docx, .dot, .dotm, .dotx, .fax, .fp, .fp3, .frm, .gim, .gix, .gna, .gnx, .gra, .mcw, .mdb, .mdn, .met, .mpp, .obd, .odg, .odp, .ods, .odt, .pdf, .potm, .potx, .ppam, .pps, .ppsm, .ppsx, .ppt, .pptm, .pptx, .pre, .prs, .rtf, .shb, .shw, .sldx, .sldm, .wb1, .wb2, .wdb, .wk1, .wk3, .wk4, .wks, .wp, .wpw, .wp4, .wp5, .wp6, .wpd, .wps, .wpt, .wq1, .wq2, .wri, .ws1, .ws2, .ws3, .ws4, .ws5, .ws6, .ws7, .wsd, .xlam, .xlm, .xls, .xlsb, .xlsm, .xlsx, .xlt, .xltm, .xltx

Imagens

.ai, .art, .att, .bmp, .cal, .cdr, .cdt, .cdx, .cmf, .cmp, .dib, .drw, .emf, .eps, .fh3, .fif, .fpx, .gem, .gif, .html, .icb, .iff, .ima, .img, .jbf, .jff, .jif, .jpeg, .jpg, .jtf, .kdc, .kfx, .lbm, .mac, .mic, .pbm, .pcd, .pcs, .pct, .pcx, .pgm, .pic, .pif, .png, .pnt, .ppm, .ps, .psd, .ras, .raw, .sct, .sdr, .sdt, .sep, .shg, .tga, .tif, .tiff, .vda, .vst, .wil, .wmf, .wpg, .wvl

Áudio (música e som)

.aif, .aiff, .ams, asf, .cda, .dcr, .dsm, .idd, .it, .mdl, .med, .mid, .mp3, .mtm, .mod, .mus, .nsa, .ra, .ram, .rm, .rmi, .rtm, .snd, .stm, .svx, .s3m, .ult, .voc, .wav, .wow

Vídeo e multimídia

.avi, .cfb, .cmv, .dir, .gal, .m3d, .mmm, .mov, .mpe, .mpeg, .mvb, .qt, .qtm, .xtp, .xy3, .xy4, .xyp, .xyw, .mpg, .wmv

Formatos de arquivos compactados e de arquivamento

.7z, .ace, .bz, .bz2, .cab, .gz, .hex, .hqx, .lzh, .pages, .rar, .sea, .sit, .tar, .tgz, .uue, .zip, .zoo

Tipos personalizados

asc., .brf, .c, .c++, .cc, .cpp, .css, .csv, .cxx, .eps2, .eps3, .epsf, .epsi, .epub, .es, .fnt, .fon, .h, .h++, .hh, .hpp, .hwp, .hxx, .jpe, .js, .kml, .kmz, .markdown, .md, .mdown, .mhtml, .mkd, .mkdn, .numbers, .otf, .otp, .ott, .php, .pht, .phtml, .pot, .qjs, .qjsp, .sdc, .sdd, .sdw, .shtm, .shtml, .svg, .svgz, .swf, .swfl, .sxc, .sxd, .sxi, .sxw, .tsv, .ttf, .wml, .xhtml, .xlb, .xml, .xps, .xsd, .xsl

Observação: você pode digitar tipos de arquivo personalizados incompatíveis, mas a correspondência só é feita pelo nome do arquivo, por exemplo, documento.sac.



Google, Google Workspace e marcas e logotipos relacionados são marcas registradas da Google LLC. Todos os outros nomes de empresas e produtos são marcas registradas das empresas às quais eles estão associados.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.