Conteste uma reivindicação do Content ID

Se receber uma reivindicação do Content ID no seu vídeo que, no seu entender, é errada, pode contestá-la. Por exemplo, se possui todos os direitos sobre o conteúdo do seu vídeo ou se, no seu entender, houve um erro de identificação do vídeo por parte do sistema, pode apresentar um conflito. Quando contesta uma reivindicação do Content ID, o proprietário dos direitos de autor recebe uma notificação e tem 30 dias para responder.

Se recebeu uma advertência por violação de direitos de autor, utilize o processo descrito em Noções básicas sobre advertências por violação de direitos de autor em vez do descrito neste artigo.

Content ID Dispute Process - Copyright on YouTube

Apresente um conflito

Antes de contestar: certifique-se de que entende o funcionamento da utilização razoável e do domínio público. O YouTube não pode ajudar a decidir se deve ou não contestar uma reivindicação. Se não tiver a certeza do que deve fazer, recomendamos que procure aconselhamento jurídico independente.

Os conflitos destinam-se apenas aos casos em que detém todos os direitos necessários sobre o conteúdo do vídeo. A utilização abusiva de forma repetida ou maliciosa do processo de conflito pode levar a sanções contra o seu vídeo ou canal.

Se, tal como o requerente, optar por rentabilizar o vídeo, o vídeo continuará a gerar receita até à resolução do conflito. Saiba como é processada a receita durante conflitos do Content ID.

Conteste uma reivindicação

  1. Inicie sessão no YouTube Studio.
  2. No menu esquerdo, selecione Vídeos e escolha o seu vídeo.
  3. Na coluna "Restrições", coloque o cursor do rato sobre "Notificação de violação de direitos de autor" e clique em VER DETALHES.
  4. Clique em SELECIONAR AÇÕES e, em seguida, Contestar.

O que acontece depois de contestar

Depois de enviar o seu conflito, o proprietário dos direitos de autor tem 30 dias para responder. O proprietário dos direitos de autor tem algumas opções:

  • Retirar a reivindicação: se o proprietário concordar com o seu conflito, pode retirar a reivindicação. Se anteriormente rentabilizava o vídeo, as suas definições de rentabilização são automaticamente restauradas quando todas as reivindicações sobre o vídeo forem retiradas.
  • Manter a reivindicação: se o proprietário considerar que a reivindicação continua a ser válida, pode mantê-la. Se julgar que foi erroneamente mantida, pode recorrer da decisão.
  • Remover o vídeo: o proprietário dos direitos de autor pode enviar um pedido de remoção por violação de direitos de autor para remover o seu vídeo do YouTube, o que significa que recebe uma advertência por violação de direitos de autor na sua conta. Um vídeo pode receber várias reivindicações do Content ID ou pedidos de remoção, mas apenas pode receber uma advertência por violação de direitos de autor de cada vez.
  • Não fazer nada e deixar a reivindicação expirar: se este não responder dentro de 30 dias, a reivindicação sobre o seu vídeo expira e não precisa de fazer nada.

Se tinha anúncios a serem apresentados no vídeo reivindicado, saiba mais sobre a rentabilização durante conflitos do Content ID. Se o proprietário dos direitos de autor selecionou uma política para bloquear ou monitorizar o seu vídeo, a política pode não ser aplicável enquanto o conflito estiver a ser resolvido.

Apresente um recurso

Se o proprietário dos direitos de autor rejeitar o seu conflito do Content ID, pode apresentar um recurso.

Como recorrer de conflitos rejeitados

  1. Inicie sessão no YouTube Studio.
  2. No menu esquerdo, selecione Vídeos e localize o seu vídeo.
  3. Na coluna "Restrições", coloque o cursor do rato sobre "Notificação de violação de direitos de autor" e clique em VER DETALHES.
  4. Clique em SELECIONAR AÇÕES e, em seguida, Recorrer.

Podem existir restrições que afetem a sua capacidade de recorrer, como a antiguidade da conta. Caso ainda não o tenha feito, terá também de validar a sua conta. Verifique se o seu canal pode recorrer de conflitos rejeitados na página de funcionalidades da conta.

O que acontece depois de recorrer

Depois de recorrer de um conflito rejeitado, o proprietário dos direitos de autor tem 30 dias para responder. Após o seu recurso, o proprietário dos direitos de autor tem algumas opções:

  • Não fazer nada e deixar a reivindicação expirar: se este não responder dentro de 30 dias, a reivindicação sobre o seu vídeo expira e não precisa de fazer nada.
  • Retirar a reivindicação: se o proprietário dos direitos de autor concordar com o seu recurso, pode retirar a reivindicação e não precisa de fazer nada.
  • Pedir a remoção imediata do seu vídeo: se julgar que a reivindicação ainda é válida, pode enviar um pedido de remoção do seu vídeo por violação de direitos de autor. Receberá uma advertência por violação de direitos de autor na sua conta. Neste momento, se ainda considerar que detém os direitos sobre o conteúdo, pode enviar uma contranotificação.
    Nota: um vídeo pode receber várias reivindicações do Content ID ou pedidos de remoção, mas apenas pode receber uma advertência por violação de direitos de autor de cada vez.
  • Agendar um pedido de remoção para o seu vídeo: se o proprietário dos direitos de autor enviar um pedido de remoção adiada por violação de direitos de autor, pode cancelar o recurso no prazo de 7 dias. Ao cancelar, evita a remoção e não recebe uma advertência por violação de direitos de autor. A reivindicação permanecerá ativa no seu vídeo.

Se mudar de ideias, pode retirar o recurso depois de o enviar. Na página em que contestou a reivindicação, clique em Cancelar recurso. Tenha em atenção que, depois de cancelar, não pode recorrer novamente da reivindicação.


Obtenha mais ajuda com o Content ID

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?