Criar e gerenciar campanhas de palavras-chave de inventário

Sobre o gerenciamento de inventário atualizado

Criar campanhas altamente segmentadas usando dados dinâmicos

O gerenciamento de inventário no Search Ads 360 pode usar dados de um feed de inventário para gerar campanhas, grupos de anúncios, anúncios de texto, palavras-chave e sitelinks do Google Ads. Conforme você atualiza os dados de inventário, o Search Ads 360 atualiza automaticamente as campanhas e os outros itens gerados.

Por que gerar campanhas de inventário?

  • Para correlacionar o texto do anúncio com o preço ou os atributos de descrição do feed de inventário.

  • Para criar e remover palavras-chave que correspondem ao que está disponível em seu site, se um produto é adicionado ao inventário ou já não está disponível nele.

  • Para impulsionar a receita por meio da expansão de palavras-chave complexas, como ao gerar palavras-chave específicas para produto, marca e categoria a cada produto no inventário.

As campanhas de inventário são ideais para anunciar serviços ou produtos que podem ser descritos em um feed de inventário, especialmente se a disponibilidade, os preços ou outros detalhes tendem a mudar com frequência. A seguir, confira algumas ideias de como usar o gerenciamento de inventário em diferentes setores.

Ideias para viagens, entretenimento, telecomunicações e muito mais

Neste setor... Use campanhas de inventário para criar anúncios e palavras-chave...
Voos

Para cada rota atendida. Por exemplo, crie palavras-chave como "voos de gru para sdu".

Crie também campanhas segmentadas por área geográfica para cada ponto de origem e inclua somente o destino na palavra-chave. Por exemplo, crie uma campanha segmentada para São Paulo e crie palavras-chave como "voos para sdu". Também é possível criar anúncios que exibam os preços de GRU para SDU.

Hotéis Para cada nome de hotel, marca de hotel, bairro, cidade e aeroporto.
Pacotes de viagem

Para cada um dos pacotes que você oferece. Por exemplo, crie palavras-chave como "férias nas ilhas cayman".

Outras ideias:

  • Pause as palavras-chave automaticamente quando os pacotes expirarem.
  • Crie campanhas segmentadas por área geográfica para cada local oferecido por seus pacotes.
  • Adicione preços e comodidades ao texto do anúncio.
Entretenimento ao vivo

Que segmentem os espetáculos e concertos para os quais você está vendendo ingressos.

Inclua o preço e o número de ingressos restantes no texto do anúncio. Remova as campanhas automaticamente quando os estoques se esgotarem.

Entretenimento em streaming Que segmentem os títulos, artistas, atores e gêneros de seu catálogo. Por exemplo, crie palavras-chave como "streaming desfile carnaval rio de janeiro".
Telecomunicações, TV e rede sem fio

Para cada aparelho que você vende ou programa de televisão que você oferece.

Inclua preço e datas de transmissão no texto do anúncio.

Recrutamento

Para todas as vagas de emprego em seu website.

Crie campanhas segmentadas por área geográfica para cada local com vagas abertas.

Varejo

Sobre os títulos dos produtos, números de peças, categorias e marcas que você vende.

Inclua o preço no texto do anúncio. É uma grande adição aos anúncios do Shopping.

Ofertas locais

Sobre os locais, tipos de negócios e ofertas que você disponibiliza. Por exemplo, crie palavras-chave para nomes de empresas locais ou restaurantes específicos. Ou, então, crie palavras-chave como "encanadores", "boliche" e assim por diante.

Crie também campanhas segmentadas por área geográfica para exibir anúncios somente em locais com ofertas.

 

Funcionamento do processo geral

Como gerar campanhas:

  1. Identifique os dados no feed que são relevantes para suas metas de publicidade.
  2. Crie modelos para cada tipo de campanha, grupo de anúncios, anúncio, palavra-chave que você deseja gerar.
    1. Em cada modelo, use filtros e fórmulas para selecionar valores específicos do feed de inventário.
    2. Formate os dados para uso nas configurações de texto do anúncio, texto de palavra-chave ou campanha e grupo de anúncios. 
  3. O Search Ads 360 aplicará os modelos aos dados de inventário e criará suas campanhas.

Process of generating campaigns

É possível criar diferentes conjuntos de modelos para gerar campanhas usando diferentes estruturas ou diferentes tipos de palavras-chave. Cada conjunto de modelos é chamado de plano de inventário.

Por exemplo, é possível criar um plano de inventário que gere uma campanha para cada categoria de produto e resulte em palavras-chave complexas, bem como criar outro plano que gere uma campanha para cada marca e resulte em palavras-chave da marca.

O que é preciso saber:

  • É possível gerar campanhas de palavras-chave de inventário em qualquer conta de mecanismo de pesquisa compatível, desde que o anunciante esteja vinculado a pelo menos uma conta de inventário, como o Google Merchant Center.

  • Dentro de cada conta de mecanismo, você pode gerar até o número máximo de campanhas, anúncios, palavras-chave e outros itens compatíveis com o mecanismo. Consulte a Central de Ajuda de cada mecanismo para ver informações sobre o número máximo de itens que você pode criar.

    Cada vez que um plano de inventário é avaliado, o Search Ads 360 determina o número de itens que os modelos produzirão. Se o resultado fizer com que o número total de itens exceda os limites do mecanismo, o Search Ads 360 não criará itens novos. Em vez disso, o Search Ads 360 comunicará um erro.

    Exemplo:

    1. O mecanismo pode ter até 10.000 campanhas.
    2. Você já criou 8.000 campanhas nele.
    3. O Search Ads 360 avalia o plano de inventário e determina que 3.000 campanhas precisam ser criadas.
    4. Como essas novas campanhas excederão o limite do mecanismo, o Search Ads 360 não criará novas campanhas nele.

    Caso você esteja nessa situação, crie contas de mecanismo adicionais e reduza o escopo dos seus planos de inventário para que eles criem menos itens em cada conta.

  • Tanto as campanhas de inventário quanto as manuais são compatíveis com o mesmo grupo de recursos para a automatização do gerenciamento de campanhas. Por exemplo, é possível aplicar estratégias de lances, criar regras automatizadas, fazer edições programadas e usar outros recursos de automação para campanhas de inventário.

Interação com campanhas manuais e outros itens existentes

Estes são os critérios que um plano de inventário usa para determinar se um item existente criado manualmente corresponde à saída de um modelo:

Item Interação
Campanha

Se o nome corresponder exatamente ao nome da campanha que o plano de inventário teria gerado na conta do mecanismo, o plano de inventário não gerará uma campanha duplicada. Em vez disso, ocorrerá o seguinte:

  • O plano de inventário gerará grupos de anúncios, anúncios e palavras-chave na campanha manual existente.
  • Esses itens gerados poderão ser pausados ou removidos pelo plano quando os dados do inventário mudarem.
  • O plano não pausará nem removerá a campanha manual quando os dados de inventário mudarem, a menos que você inclua a campanha no gerenciamento de inventário.
Grupo de anúncios

Se o nome corresponder exatamente ao nome do grupo de anúncios que o plano de inventário teria gerado na campanha manual, o plano de inventário não gerará grupos de anúncios duplicados. Em vez disso, ocorrerá o seguinte:

  • O plano de inventário gerará anúncios e palavras-chave nos grupos de anúncios existentes.
  • Esses itens gerados poderão ser pausados ou removidos pelo plano quando os dados do inventário mudarem.
  • O plano não pausará nem removerá grupos de anúncios manuais quando os dados de inventário mudarem, a menos que você coloque o grupo de anúncios no gerenciamento de inventário.
Anúncio

O plano gerará anúncios, mesmo se um grupo de anúncios manual já tiver anúncios com o mesmo texto. Os anúncios gerados poderão ser pausados ou removidos pelo plano quando os dados do inventário mudarem.

Palavra-chave e
palavra-chave negativa

Se o texto da palavra-chave e o tipo de correspondência corresponderem exatamente a uma palavra-chave que o plano de inventário teria gerado em um grupo de anúncios, o plano de inventário não gerará a palavra-chave. O plano não pausará nem removerá a palavra-chave manual, nem será possível colocar a palavra-chave manual no gerenciamento de inventário.

Sitelink do Google Ads

O plano de inventário não criará um sitelink caso o texto, a descrição 1, a descrição 2, a página de destino, o modelo de URL de rastreamento e a preferência de dispositivo do sitelink existente correspondam exatamente ao sitelink que seria gerado. O plano não removerá o sitelink manual nem será possível colocá-lo em gerenciamento de inventário.

Usar funções para transformar dados de inventário

A prática recomendada é otimizar o feed de inventário para que os dados possam ser usados diretamente nas campanhas. Porém, alguns feeds têm várias finalidades e podem conter dados brutos que não estão prontos para o modelo. Nesse caso, use as funções do Search Ads 360 para modificar os dados de inventário brutos antes de gerar campanhas.

Exemplo

A função a seguir gera "Grátis" para produtos que custam mais de US$ 25. É possível fazer uma combinação com texto estático para gerar um texto do anúncio que diz "Frete grátis" ou "Frete rápido", dependendo do custo de um item do inventário:
Frete [if(max(Item_price) < 25, "rápido", "grátis")]

Caso você costume usar as mesmas funções nos seus modelos, crie uma coluna de fórmula na página "Itens de inventário" e use a coluna de fórmula nos seus modelos, em vez de repetir a lógica. Por exemplo, seria possível criar esta coluna de fórmula:
Nome da coluna: "Frete rápido grátis"
Fórmula : Frete [if(max( Item_price ) < 25, "rápido", "grátis")]

Em vez da função, inclua o nome da coluna nos seus modelos:
[c:"Frete rápido-grátis"]

Quando o Search Ads 360 aplica modelos, ele usa a fórmula da coluna c:"Frete rápido grátis". Se você atualizar a coluna de fórmula, todos os modelos usarão a fórmula atualizada na próxima vez que o Search Ads 360 aplicar modelos.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?