Configurar preços e distribuição do app

Com o Play Console, é possível definir seu app como pago ou gratuito e selecionar a disponibilidade internacional dele, além de ativar a distribuição do app a outros programas e dispositivos Android.

Observação: depois de publicar um app ou uma atualização, como a troca de preços, a adição de SKUs ou alterações nas configurações de distribuição do seu app, pode levar algumas horas até que essas modificações sejam exibidas no Google Play.

  1. Acesse o Play Console.
  2. Selecione um app.
  3. Selecione Presença na loja > Preços e distribuição.
  4. Ao lado de "Este app é", selecione Gratuito ou Pago.

Como alterar a disponibilidade de pago para gratuito

  • O app pode ser alterado de Pago para Gratuito.
  • Depois que você o disponibilizar como Gratuito, o app não poderá ser alterado para Pago. Se você quiser cobrar pelo app, será preciso criar um novo app com um novo nome de pacote e definir um preço.

Inserir o preço

Quando você oferece apps pagos e produtos no aplicativo no Google Play, uma taxa de transação é aplicada.

Observação: se inserir um preço para um país em que você atualmente não distribui um app pago ou item no aplicativo, os usuários não terão acesso a esse item.

Apps pagos

Para configurar os preços de um app pago:

  1. Configure um perfil para pagamentos. Você usará o Play Console para especificar suas alíquotas tributárias.
  2. Consulte nossa lista de moedas e faixas de preços permitidas por país.
  3. Na página Preços e distribuição do Play Console, digite um preço.
    • Usaremos o valor que você inserir como base para o cálculo de preços específicos a cada mercado. Faremos a conversão para a moeda local, adicionaremos os tributos (em países selecionados) e aplicaremos os padrões de preços relativos ao local e as taxas de câmbio da data em que você definir o custo do app. Atualize manualmente o valor para garantir que os preços locais correspondam às taxas de câmbio mais recentes.
    • O preço que você inserir será usado em todos os países com moedas locais incompatíveis.Quando não houver suporte para uma moeda local, o preço será gerado em USD ou EUR. Os preços gerados em USD ou EUR são baseados no preço que você insere.
    • A moeda usada em cada país é definida e não pode ser alterada.
Itens no aplicativo

Para definir preços de itens no aplicativo, saiba como administrar o Faturamento em apps.

Ver ou atualizar preços locais

Apps pagos

Usar preços locais padrão

  1. Na página Preços e distribuição, selecione os países um por um ou marque a caixa de seleção ao lado de "Selecionar todos os países".
  2. Na coluna "Preço", revise os preços locais de cada país.
    • Os preços locais usam a taxa de câmbio do dia e os padrões de preços específicos do país.
    • Se um país não aceitar a própria moeda local, o preço usado será aquele que você inseriu na moeda padrão.

Atualizar preços locais padrão

Para atualizar os preços locais e poder usar a taxa de câmbio do dia e os padrões de preços específicos de cada país:

  1. Marque a caixa de seleção ao lado de cada país que você quer atualizar.
  2. Selecione Atualizar taxas de câmbio.

Para definir seu próprio preço local:

  1. Ao lado do país que você quer atualizar, selecione Editar.
  2. Digite o preço desejado.
  3. Selecione Aplicar.

Para saber mais, acesse Oferecer apps em várias moedas.

Itens no aplicativo

Para definir preços de itens no aplicativo, saiba como administrar o Faturamento em apps.

Usar os mesmos preços para vários itens

Você pode usar modelos de preços para configurar ou gerenciar o mesmo conjunto de preços em vários apps pagos e produtos no app. Se você atualizar um modelo, todos os itens vinculados a ele usarão os preços mais recentes desse modelo.

É possível usar até cem modelos de preços diferentes por conta de desenvolvedor e vincular até mil itens a cada um deles.

Requisitos de permissão do modelo de preços
  • Você precisará da permissão "Editar Detalhes do app, preço e distribuição" para cada app que quiser incluir em um modelo de preços.
  • Para ver todos os apps incluídos em um modelo de preços, é preciso ter a permissão "Ver informações do app" referente a cada um desses apps.
  • Se não for possível editar um modelo que você mesmo criou, verifique se outra pessoa adicionou um app a ele e confira se você tem permissão de acesso a esse app.
Adicionar itens a um modelo de preços
  1. Acesse o Play Console.
  2. Selecione Configurações Configurações > Modelo de preços > Novo modelo de preços.
  3. Dê um nome ao modelo.
  4. Insira o preço. Usaremos o valor que você inserir como base para o cálculo de preços específicos a cada mercado. Faremos a conversão para a moeda local, adicionaremos os tributos (em países selecionados) e aplicaremos os padrões de preços relativos ao local e as taxas de câmbio da data em que você definir o custo do app. Atualize manualmente o valor para garantir que os preços locais correspondam às taxas de câmbio mais recentes.
    • O preço que você inserir será usado em todos os países com moedas locais incompatíveis.
  5. Decida se quer incluir os tributos no preço inserido.
    • O preço inclui tributos aplicáveis: se o valor padrão for € 9,99 e você quiser que ele se aplique a todo o mercado da UE (independentemente de alíquotas específicas a cada país), use essa opção.
    • Incluir impostos aplicáveis sobre o preço: por padrão, o imposto será adicionado a seu preço. Isso significa que adicionaremos o tributo aplicável por país ao seu preço padrão de € 9,99.
  6. Revise os preços locais.
  7. Selecione Criar modelo.
  8. Acesse a guia Itens vinculados.
  9. Nas seções "Vincular produtos no app" e "Vincular apps pagos", selecione o nome do app. Ao vincular produtos no app, faça suas seleções na lista de produtos no app desse app específico.
  10. Selecione Vincular. Depois de vincular um item, ele aparecerá na seção "Itens vinculados".
Atualizar taxas de câmbio em um modelo de preços

Depois de criar um modelo de preços, você pode atualizar os valores locais para usar a taxa de câmbio do dia e os padrões de preços específicos a cada país.

  1. Acesse o Play Console.
  2. Selecione Configurações Configurações > Modelo de preços.
  3. Selecione um modelo de preços.
  4. Na coluna "País", marque a caixa ao lado de cada país que você quer atualizar.
  5. Na parte superior da seção "Preços locais", selecione Atualizar taxas de câmbio.
    • Se o botão Atualizar taxas de câmbio estiver esmaecido, verifique se você selecionou pelo menos um país.
  6. Selecione Salvar.
Remover itens de um modelo de preços
  1. Acesse o Play Console.
  2. Selecione Configurações Configurações > Modelo de preços.
  3. Selecione um modelo e acesse a guia Itens vinculados.
  4. Ao lado do item que você quer remover, selecione Desvincular.

Observação: não será possível desvincular os itens que estiverem em promoção. Você terá que interromper a promoção ou esperar até que ela seja concluída para poder alterar o modelo.

Criar uma oferta ou promoção

Existem algumas maneiras de oferecer apps gratuitamente ou com desconto por tempo limitado usando o Play Console.

  • Vender apps pagos com desconto: para saber mais, leia o artigo Criar promoções de apps pagos.
  • Oferecer aos usuários um app pago ou um produto no aplicativo gratuitamente com um código promocional: veja como fazer isso no artigo Criar uma promoção.

Distribuição por país

Para ver detalhes sobre como gerenciar a disponibilidade por país nas versões Alfa, Beta e de produção do seu app, acesse o artigo Distribuir versões de apps para países específicos.

Selecionar configurações de distribuição

Caso seus apps incluam recursos para outros dispositivos Android ou sejam qualificados para programas adicionais, é possível distribuí-los para esses dispositivos e/ou programas.

Ícones de programas e dispositivos

Próximo à parte superior da página Preço e distribuição do app, você verá ícones ativos dos dispositivos e programas em que ele está sendo distribuído. Para ver como disponibilizar seu app para um dispositivo ou programa, clique em um desses ícones.

Para alguns dispositivos e programas, os seguintes ícones de status poderão aparecer:

  • Seu app está sendo revisado Review.
  • Seu app tem um problema ou foi recusado Issue.
Wear OS by Google

Caso seu app inclua recursos do Wear OS by Google, permita uma possível inclusão nas coleções do Wear OS no Google Play.

Antes disso, é preciso fazer upload de uma captura de tela do Wear OS. Assim que você ativar e publicar seu app, nossa equipe analisará o conteúdo para garantir que ele esteja de acordo com as diretrizes de qualidade do app para Wear OS.

Saiba mais sobre como distribuir seu app para o Wear OS by Google.

Android TV

Ao distribuir seu app para a Android TV, é preciso adicionar um intent de inicialização Leanback a ele e fazer upload de capturas de tela e de uma imagem de banner de TV.

Nossa equipe avalia os apps em termos de usabilidade com um DPAD (apps), um Gamepad (somente jogos) e outras diretrizes de qualidade.

Saiba mais sobre como distribuir seu app para a Android TV.

Android Auto

Antes de distribuir seu app para o Android Auto, você precisará aceitar os Termos e Condições do Android Auto disponíveis na página Preços e distribuição. Depois de aceitar os Termos e Condições, será possível fazer upload dos seus apps compatíveis com o Android Auto.

A conformidade do seu app com as diretrizes de distração do condutor será analisada. Só publicaremos o app ou a atualização no Google Play depois da aprovação.

Saiba mais sobre como distribuir seu app para o Android Auto.

Remover seu app da distribuição do Android Auto

Se você quiser remover o app da distribuição para o Android Auto, exclua a entrada do manifesto do Auto do seu APK e envie uma atualização.

Daydream

Se você tiver criado um app de realidade virtual independente, terá a opção de enviá-lo para uma possível inclusão no Daydream. A qualificação de app Daydream ajuda os usuários do Daydream a encontrar seu app no Google Play e permite que ele apareça no conteúdo de realidade virtual da Play Store.

Requisitos e qualificação

Antes de enviar o app para inclusão, você precisa:

Envio do app

  1. Faça login no Play Console.
  2. Selecione um app.
  3. No menu à esquerda, selecione Presença na loja > Detalhes do app.
  4. Em "Recursos gráficos", acesse a guia Smartphone.
  5. Para fazer o upload da imagem, clique em Adicionar uma imagem estereoscópica de 360º.
  6. Depois do upload, acesse a página Preços e distribuição.
  7. Marque a caixa ao lado de "Distribuir o app no Daydream".
  8. Escolha uma intensidade de movimento. Para mais informações, acesse o site do Google VR (em inglês).
  9. Salve suas alterações. Quando você enviar as informações, o app passará por uma análise de qualificação para o Daydream.

Saída do Daydream

Para retirar o app do Daydream: 

  1. Faça login no Play Console.
  2. Selecione um app.
  3. No menu à esquerda, selecione Presença na loja > Preço e distribuição.
  4. Desmarque a caixa ao lado de "Distribuir o app no Daydream".
Google Play gerenciado

Se você for um desenvolvedor nos EUA ou no Canadá e quiser distribuir apps pagos no Google Play gerenciado, poderá disponibilizar o app para compra e distribuição em massa nos dispositivos com esse recurso.

Para entrar no programa, leia com atenção os Termos e Condições. Você precisa aceitá-los para que o app seja distribuído no managed Google Play.

Observação: se você tiver apps gratuitos, não será necessário ativar sua participação. Os apps gratuitos estão disponíveis automaticamente para os dispositivos com o managed Google Play.

Com anúncios

Você precisa declarar se o app contém anúncios (como aqueles exibidos por redes de publicidade de terceiros, anúncios de display, nativos e/ou de banner) na página Conteúdo do app. Apps que tiverem anúncios exibirão uma etiqueta "Contém anúncios" na página de Detalhes do app.

Observação: o rótulo "Contém anúncios" não serve para indicar quando um app contém outros tipos de conteúdo comercial, como colocação paga de produto, ofertas para compras no app ou upgrades. Caso seu app inclua colocações pagas de produto, verifique se elas estão em conformidade com a legislação local.

Exemplos

Veja alguns exemplos de quando você precisa marcar "Sim" sobre ter anúncios condizentes com o rótulo "Contém anúncios". Esta não é uma lista completa, mas inclui alguns exemplos baseados nos tipos de anúncios mais comuns.

  • Banner e intersticiais: meu app é integrado a um SDK de anúncio para mostrar banners e/ou intersticiais. Uso os formatos de anúncios para gerar receita e/ou promover meus próprios produtos ou apps.
  • Anúncios nativos: meu app inclui anúncios de maneira nativa, sem distinção de outros conteúdos (por exemplo, artigos patrocinados, anúncios em um feed etc.).
  • Anúncios internos: meu app renderiza um banner de anúncio pequeno, um anúncio intersticial, uma parede de anúncios e/ou um widget para promover meus outros apps.

Caso você só faça promoção cruzada dos seus outros apps das maneiras descritas abaixo, responda "Não" sobre ter anúncios sujeitos ao rótulo "Contém anúncios":

  • O app exibe uma seção "Mais apps"* no menu principal, que leva o usuário aos outros apps.
  • A opção "Mais apps"* não interfere na jogabilidade.
  • A opção "Mais apps"* não confunde o usuário por estar incorporada na jogabilidade.

*Outras substituições aceitáveis para a opção "Mais apps" são: Mais jogos, Mais para explorar, Versão completa, Mais, Quem somos ou seu Ícone do desenvolvedor.

Monitoramento adicional

Você é responsável por declarar precisamente a existência de anúncios nos seus apps. No entanto, o Google poderá verificar isso a qualquer momento e exibir a etiqueta "Contém anúncios" se julgar adequado.

Caso você acredite que o app tenha sido classificado incorretamente pelo sistema, entre em contato com nossa equipe de suporte para receber ajuda.

Restrição

As declarações falsas sobre a presença de anúncios no app são consideradas uma violação das políticas do Google Play e podem resultar na suspensão do app.

Distribuir apps fora do Google Play

A distribuição dos seus apps pelo Google Play não é exclusiva, ou seja, também é possível distribuí-los por outros canais. Lembre-se de que a versão publicada no Google Play precisa cumprir com todas as políticas do Google Play.

Conteúdo relacionado

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?