Sobre como avaliar os resultados da pesquisa paga e orgânica

Você já sabe que pode usar as Ferramentas de relatórios do Google Ads para ver com que frequência seus anúncios são exibidos aos clientes em potencial e quais palavras-chave estão acionando essas impressões. Com o Relatório de pesquisa paga e orgânica (um relatório predefinido que você pode acessar na conta do Google Ads), também é possível saber com que frequência as páginas do seu site são exibidas nos resultados de pesquisa orgânica gratuitos do Google e quais termos acionaram esses resultados para que eles fossem exibidos na página de resultados de pesquisa.

Essas informações ajudam a entender melhor como anúncios de texto pagos e resultados da pesquisa orgânica funcionam juntos para que você alcance as pessoas que estiverem fazendo pesquisas on-line. Além disso, elas ajudam você a usar os resultados orgânicos para identificar novas palavras-chave potencialmente valiosas e ter uma visão holística do desempenho global da sua presença on-line no que se refere a gerar visualizações e cliques.

Neste artigo, explicamos quais insights específicos você pode ver com o Relatório de pesquisa paga e orgânica e por que essas informações são importantes.

Vincular ao Search Console para ativar o Relatório de pesquisa paga e orgânica

Para usar o Relatório de pesquisa paga e orgânica, você precisa ter uma conta do Search Console para o site e vinculá-la à sua conta do Google Ads. O Search Console é uma ferramenta gratuita do Google que oferece dados e dicas para ajudar você a entender e melhorar o tráfego de pesquisa. Saiba mais sobre como Vincular o Search Console ao Google Ads.

Como usar o Relatório de pesquisa paga e orgânica

Depois de vincular suas contas do Google Ads e do Search Console, você poderá visualizar os resultados de pesquisa orgânica ao lado das estatísticas de desempenho para os anúncios de texto das suas campanhas da rede de pesquisa do Google Ads. Observação: o Relatório de pesquisa paga e orgânica contabiliza somente o desempenho de anúncios de texto. Ele não contabiliza estatísticas de anúncios do Shopping nem de anúncios clique para fazer download.

Veja a seguir três casos de uso simples e eficientes para esse relatório:

Descobrir outras palavras-chave

Use o relatório para descobrir palavras-chave em potencial a serem adicionadas às suas contas do Google Ads por meio da análise de consultas em que você aparece na pesquisa orgânica sem anúncios de texto associados.

  • Você pode identificar consultas com um baixo número de impressões pagas adicionando um filtro para "impressões de anúncios = 0" ou "impressões de anúncios < X". Se você tiver várias contas, os dados da pesquisa orgânica de todas elas serão importados.

  • Com o download de um Relatório de pesquisa paga e orgânica em uma conta de administrador (para contas do Google Ads com o mesmo idioma e as mesmas configurações geográficas), você pode encontrar consultas orgânicas duplicadas e identificar consultas que não têm impressões pagas de anúncios de texto em nenhuma conta.
  • Também é possível incluir um filtro adicional para identificar consultas que contenham um texto específico, como sua marca ou seus produtos e serviços mais importantes.

Otimizar sua presença em consultas de alto valor

Use o relatório para melhorar sua presença nos resultados pagos de anúncios de texto e monitorar suas consultas de alto valor para os resultados orgânicos.

  • Identifique consultas relevantes para a empresa que tenham baixo volume de tráfego orgânico e segmente-as para fortalecer sua presença na pesquisa paga.
  • Avalie a possibilidade de exibir uma mensagem mais útil, proeminente e diferenciada na sua lista orgânica adequando o texto do anúncio e usando extensões.

Avaliar as alterações de forma holística

Ao testar melhorias no site ou alterações de lances, orçamentos ou palavras-chave, você pode ver mais facilmente o impacto delas nos anúncios de texto, resultados orgânicos e tráfego combinado. Veja como as alterações dos seus lances de palavra-chave aumentam ou diminuem o total de cliques combinados para consultas relacionadas, além de como elas colaboram para aumentar o tráfego global das suas consultas mais importantes de forma econômica.

Veja a seguir alguns detalhes a serem considerados:

  • O investimento em pesquisa paga não tem impacto sobre sua classificação na pesquisa orgânica. O Google distingue muito bem nosso negócio de pesquisa do negócio de publicidade.
  • Os resultados orgânicos não são limitados pelas configurações de segmentação de anúncios das suas Campanhas do Google Ads. Em outras palavras, seus anúncios são limitados pelos idiomas e locais que você segmenta na conta do Google Ads, mas suas listas de pesquisa orgânica não. Isso significa que é possível ter mais impressões orgânicas do que pagas, mesmo que suas campanhas tenham uma parcela de impressões de 100%. Por exemplo, se sua campanha de publicidade para determinada palavra-chave fosse segmentada apenas para os Estados Unidos, uma impressão orgânica que ocorresse no Canadá ainda apareceria no seu Relatório de pesquisa paga e orgânica referente a essa palavra-chave, mesmo que você não anunciasse lá.
  • Seus dados orgânicos só serão incluídos nos relatórios a partir da data que você começou a importá-los das Ferramentas do Google para webmasters. Então, você não verá o histórico de dados orgânicos anteriores a essa vinculação.
  • Os dados orgânicos que você vê têm como base todos os domínios vinculados à sua conta. Lembre-se de que o tráfego orgânico não pode ser filtrado apenas para um subconjunto de domínios vinculados.

 

Exemplo

Karen administra um site que vende guias de viagem para destinos em todo o mundo. Ao analisar o Relatório de pesquisa paga e orgânica, ela observa que o site aparece ocasionalmente nos resultados de pesquisa orgânica para a consulta "férias no Havaí". Ela também nota que a taxa de cliques/consultas orgânicas é relativamente alta. Isso significa que muitas pessoas que pesquisam "férias no Havaí" e visualizam as listas do site dela clicam para acessá-lo. Karen vê isso como uma grande oportunidade para atrair ao seu site mais pessoas interessadas na empresa e decide adicionar palavras-chave como "férias no Havaí" às campanhas relevantes do Google Ads.

Como interpretar o Relatório de pesquisa paga e orgânica 

Como interpretar o Relatório de pesquisa paga e orgânica

O Relatório de pesquisa paga e orgânica é um relatório predefinido no Google Ads. Para acessá-lo, clique no ícone de relatório no canto superior direito da sua conta. Em seguida, clique em Relatórios predefinidos e Básico. O relatório é atualizado uma vez por dia.

Veja as colunas encontradas no Relatório de pesquisa paga e orgânica e as definições de cada métrica:

Anúncios  
Cliques no anúncio O número de vezes que alguém clicou no seu anúncio de texto quando ele foi exibido para uma consulta específica.
Impressões de anúncios Quantas vezes seu anúncio de texto apareceu em uma página de resultados de pesquisa.
CTR do anúncio A frequência com que as pessoas que visualizam seu anúncio de texto clicam nele. É possível usar a CTR (taxa de cliques) para avaliar o desempenho das suas palavras-chave e dos seus anúncios.
CPC médio do anúncio O valor médio que você paga cada vez que alguém clica no seu anúncio de texto. Para determinar o CPC (custo por clique) médio, some os custos de todos os cliques e divida o resultado pelo número de cliques.
Posição média do anúncio Ajuda a explicar a classificação média dos seus anúncios de texto na página de resultados de pesquisa.
Dados orgânicos  
Cliques orgânicos O número de vezes que alguém clicou na listagem do seu site nos resultados não pagos para uma consulta específica.
Consultas orgânicas Uma pesquisa na Web. Esta coluna indica o número total de pesquisas que retornaram páginas de seu site durante o período determinado.
Cliques orgânicos/consulta O número de cliques que você recebeu em suas listagens de pesquisa orgânica dividido pelo número total de pesquisas que retornaram páginas de seu site.
Listagens orgânicas/consulta Uma listagem é quando uma página do seu site é retornada como um resultado de pesquisa orgânica. Essa coluna indica o número médio de vezes que uma página de seu site foi listada por consulta.
Posição méd. orgânica A posição média é calculada com base na posição superior média de sua listagem (ou várias listagens) para cada consulta.
Orgânicos e anúncios combinados  
Anúncios e cliques orgânicos Esta coluna representa o número de vezes que uma pessoa clicou em:
  • um dos seus anúncios de texto
  • uma das suas listagens de pesquisa orgânica
Anúncios e consultas orgânicas Uma consulta é uma pesquisa na Web. Esta coluna indica o número total de pesquisas que retornaram páginas do seu site nos resultados de pesquisa orgânica ou acionaram um dos seus anúncios de texto.
Anúncios e cliques orgânicos/consulta O número de cliques que você recebeu nos seus anúncios de texto ou nas suas listagens orgânicas dividido pelo número total de consultas que:
  • retornaram uma página do seu site
  • acionaram um dos seus anúncios de texto

Embora elas não sejam exibidas por padrão, você pode adicionar as colunas "Palavra-chave", "Grupo de anúncios" ou "Campanha" ao seu relatório. Para isso, clique em Colunas > Modificar colunas > Estatísticas de anúncios e selecione o tipo de coluna que gostaria de adicionar.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?