Acerca da medição do desempenho geográfico

Pode ter chegado à conclusão de que a sua empresa prospera em determinadas partes do mundo. Por exemplo, uma empresa que venda botas da neve tem maior probabilidade de vender mais inventário a pessoas que vivem em zonas montanhosas altas do que a pessoas que vivem perto de praias com sol. Os dados de desempenho na sua conta do Google Ads podem ajudar a identificar essas áreas geográficas, para que possa decidir onde concentrar mais os seus esforços de publicidade e de orçamento.

Neste artigo, ficará a saber mais acerca dos três tipos de relatório no Google Ads que o ajudam a compreender o desempenho dos anúncios em diferentes localizações.

Relatórios geográficos e de localização de utilizadores

Se já aplicou as definições de segmentação por localização e as suas campanhas estão a decorrer há algum tempo, pode acompanhar o desempenho por localização na página "Localizações".

Pode visualizar dados de dois tipos diferentes de relatório de localização:

  • Geográfico: apresenta as localizações físicas dos potenciais clientes ou as localizações nas quais demonstraram interesse.
  • Localizações de utilizadores: apresenta apenas as localizações físicas dos potenciais clientes, independentemente das localizações nas quais possam ter demonstrado interesse.

Os relatórios de localização permitem-lhe ver o desempenho do anúncio ao nível mais específico disponível para segmentação. Por outras palavras, se estiver a segmentar Portugal, pode ver dados de localização até ao nível do código postal, da universidade, do aeroporto ou do distrito eleitoral. Isto dá-lhe uma visão mais detalhada das localizações onde as campanhas apresentam um bom desempenho. Tenha em atenção que os seus relatórios de localização só podem apresentar dados acerca dos tipos de segmentação por localização no país que está a segmentar. 

Saiba mais acerca de como determinamos a localização geográfica quando apresentamos os seus anúncios e de como ver os seus relatórios de localização.

Como aplicar os relatórios de localização

Pode gerar um relatório geográfico e um relatório de localizações de utilizadores, em seguida, sobrepô-los para obter uma ideia da localização dos seus clientes, mesmo no caso de terem demonstrado interesse numa localização diferente da respetiva localização física.

Exemplo

É proprietário de uma livraria em Oeiras. Quando gera um relatório geográfico (que inclui a localização física e a localização de dados de interesse), verifica que obteve:
  • 70 impressões do anúncio segmentadas para Oeiras (localização física em Oeiras ou localização de interesse em Oeiras)
  • 30 impressões do anúncio segmentadas para Lisboa (pessoas de qualquer localização que demonstrem interesse em Lisboa)
Em seguida, gera um relatório de localizações de utilizadores (que inclui apenas dados da localização física) e verifica que apenas 10 das suas 100 impressões do anúncio provêm de pessoas em Oeiras e as restantes 90 impressões provêm de pessoas em Lisboa.

Chega à conclusão de que a maior parte das pessoas que procuram a sua empresa estão fisicamente localizadas em Lisboa e decide atribuir uma percentagem maior do seu orçamento de publicidade a essa localização.

Relatórios de distância

Se já adicionou extensões de localização, pode ver dados de desempenho dos seus anúncios com extensões de localização. Os seus dados serão organizados pela distância entre a localização que acionou o seu anúncio e a localização da empresa mais próxima. A localização que acionou o seu anúncio pode ser a localização física do potencial cliente ou a localização na qual este demonstrou interesse através de pesquisas ou de conteúdo que visualizou. Descubra de que modo pode ver relatórios de distância para as suas campanhas do Shopping e da Rede de Pesquisa.

Suponhamos que é o proprietário de uma loja física e que vê no relatório de distância que os seus anúncios têm uma taxa de conversão mais elevada no caso de pessoas que se encontram até 8 km da sua localização. Através da segmentação por área e de ajustes de lance de localização, pode aumentar os lances para clientes fisicamente localizados num raio de 8 km.

Colunas de desempenho geográfico e valores

Quando visualizar dados geográficos na tabela de estatísticas, também pode ver as colunas e os detalhes seguintes:

Localização mais específica

A coluna "Localização mais específica" apresenta as informações mais detalhadas disponíveis acerca da localização utilizada para apresentar os seus anúncios. Esta localização tanto pode ser a localização física do seu potencial cliente ou uma localização na qual este demonstrou interesse. A localização mais específica varia por país, consoante o nível de segmentação geográfica disponível.

Áreas não especificadas

Poderá notar que existem alguns dados provenientes de áreas "Não especificadas" no seu relatório. Existem diversos motivos que explicam a possibilidade de uma área na qual o seu anúncio foi apresentado não estar especificada:

  • Endereço IP ou consulta de pesquisa: não é possível determinar a localização a partir do endereço IP e a consulta de pesquisa não indicou interesse numa localização reconhecida.
  • Várias cidades/regiões no Google Maps: a pesquisa foi efetuada no Google Maps dentro de uma grande área geográfica que incluía várias cidades ou regiões.

Variação nos números de relatórios geográficos

Os dados geográficos na tabela de estatísticas do Google Ads podem variar ligeiramente de outros dados na sua conta ou de origens, como o acompanhamento de terceiros ou os registos Web. Estes são alguns dos motivos possíveis para a variação dos dados:

  • Resumo da campanha ou de faturação: os dados de desempenho podem variar ligeiramente dos dados do resumo da campanha ou de faturação devido às diferentes técnicas de recolha de dados utilizadas. Para faturação e gastos da campanha, utilize os relatórios na página "Faturação e pagamentos".
  • Endereços IP: os endereços IP são reatribuídos regularmente e o Google Ads atualiza com regularidade os respetivos dados de IP para refletir estas alterações. Os fornecedores de acompanhamento de terceiros poderão atualizar os respetivos dados IP de forma diferente.
  • Cliques inválidos: o Google Ads filtra e exclui os cliques inválidos, pelo que o número de cliques por área geográfica pode divergir do apresentado por outras origens de dados.
  • Localização de interesse: o Google Ads recolhe as localizações nas quais um cliente está interessado, algo que outras origens de dados poderão não conseguir detetar.
  • Outras origens de tráfego: os fornecedores de acompanhamento de terceiros podem contabilizar todas as origens do tráfego recebidas no seu site, em vez de contabilizar apenas o tráfego do Google Ads. Por exemplo, suponhamos que o Google Ads gera 50 visitas para o seu site, mas que este tem um total de 100 visitas de todas as origens. O Google Ads irá comunicar apenas os 50 cliques do tráfego do Google Ads.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.