Corrigir dados ausentes e discrepâncias

A posição média (pos. méd.) será removida em setembro de 2019. As porcentagens das impressões na primeira posição e na parte superior oferecem uma visualização mais clara de onde seus anúncios são exibidos nas páginas de pesquisa. Você pode usar essas novas métricas para otimizar a posição deles. Saiba mais

Às vezes, você poderá notar a ausência de dados específicos após fazer o download de um relatório, ou que os dados não correspondem aos do Google Analytics ou dos relatórios de terceiros. Clique no link deste artigo que melhor descreve seu problema para descobrir o que há de errado.

Dados ausentes

Dados ausentes no relatório

Em alguns casos, um relatório transferido do Editor de relatórios pode excluir dados das tabelas de desempenho da sua conta. Por exemplo, se você receber 0 cliques ou impressões em uma linha específica, a ferramenta removerá esses dados do arquivo salvo.

Também é possível usar filtros para excluir as linhas com 0 no Editor de relatórios.

O relatório não contém as somas totais

Se você aplicar determinados segmentos aos seus dados e, em seguida, fizer o download do relatório, verá "--" no lugar dos totais nas linhas de resumo. Os dados não ficam disponíveis porque essa seria uma informação imprecisa.

Por exemplo, o "tipo de clique" pode ser aplicado a vários aspectos da mesma impressão (por exemplo, uma impressão clique para ligar pode ser exibida juntamente com uma impressão de título no mesmo anúncio). Caso tenha aplicado o segmento Tipo de clique aos seus dados, você verá "--" no lugar das somas totais após fazer o download do relatório. Nesse caso, o total da soma seria impreciso porque contabilizaria duas vezes algumas das impressões.

O relatório não contém colunas

Algumas vezes, se você tentar incluir determinados segmentos após o download de uma tabela na página Campanhas, certas colunas da tabela poderão ser excluídas do relatório, já que nem todas as estatísticas de colunas estão disponíveis para todos os segmentos.

Por exemplo, digamos que você queira incluir segmentos de acompanhamento de conversões no relatório da campanha. Como várias ações de conversão podem estar associadas a um único clique, não é possível incluir estatísticas de conversão e métricas de desempenho básicas (como cliques e impressões) no mesmo relatório. Considere adicionar colunas que contenham métricas de conversão como "Taxa conv.", "Valor total de conv." e "Custo / conv." à sua tabela, em vez de métricas de cliques convertidos. Se houver colunas de métricas básicas de desempenho na tabela, elas não serão incluídas no relatório.

O relatório não contém determinadas palavras-chave

Somente as palavras-chave que receberam pelo menos uma impressão durante o período do relatório serão exibidas no relatório em questão. Por exemplo, se o relatório abranger os últimos sete dias, e a palavra-chave "vaso de flores" não tiver recebido nenhuma impressão durante esses sete dias, ela não será exibida no relatório.

Se nenhuma palavra-chave específica aparecer, tente expandir o período antes de fazer o download do relatório.

Algumas palavras-chave muito detalhadas podem simplesmente não receber impressões. As palavras-chave que não receberem impressões durante um período de 90 dias serão desativadas com o tempo.

Discrepâncias de dados

Você notará dois tipos de discrepância nas estatísticas nas contas do Google Ads e nos registros do servidor da Web, ou em softwares de acompanhamento de terceiros:

  • O primeiro tipo de diferença ocorre quando os registros da Web ou o software de rastreamento de terceiros mostram menos cliques nos seus anúncios do que as estatísticas do Google Ads.
  • O segundo tipo ocorre quando uma empresa de auditoria de cliques de terceiros informa mais cliques inválidos do que a equipe de qualidade de tráfego do Google Ads detectou.

Saiba mais

Diferenças entre o Google Analytics e o Google Ads

Há alguns casos em que os dados do Google Ads podem diferir dos importados do Google Analytics. Veja alguns motivos comuns:

  • O Google Ads acompanha cliques, e o Google Analytics acompanha visitas. Há vários motivos pelos quais essas métricas podem ser diferentes:
    • O visitante pode clicar no anúncio várias vezes. Se uma pessoa clicar em um anúncio várias vezes na mesma sessão, o Google Ads registrará vários cliques, enquanto o Google Analytics reconhecerá as diferentes visualizações de página como uma única visita.
    • Uma pessoa pode clicar em um anúncio e, depois, em outra sessão, retornar diretamente para o site por meio dos favoritos ou de um link salvo. Essa situação é registrada como um clique no Google Ads, mas são várias visitas no Google Analytics.
    • Um visitante pode clicar no anúncio, mas depois mudar de ideia e interromper o carregamento da página clicando em outra, ou pressionando o botão de parar o carregamento ou de voltar à página anterior do navegador. Nesse caso, o Google Analytics não registrará uma visita, mas o Google Ads ainda contará um clique.
  • Para garantir um faturamento mais preciso, o Google Ads filtra automaticamente os cliques inválidos dos relatórios. Porém, o Google Analytics registra esses cliques como visitas ao site para exibir o conjunto completo dos dados de tráfego.
  • A comparação pode incluir períodos durante os quais sua conta não estava vinculada.
Os cliques ultrapassam as impressões / A CTR é superior a 100%

Às vezes, seus relatórios de contas mostram mais cliques do que impressões, ou uma taxa de cliques (CTR) maior do que 100%, embora não seja possível gerar mais cliques do que impressões.

Por que isso acontece? Em primeiro lugar, os relatórios que você vê na sua conta não fornecem informações em tempo real. Os cliques são atualizados aproximadamente a cada hora, mas a atualização das impressões demora algumas horas. Por isso, é possível que o número de cliques exibido nos seus relatórios exceda o número de impressões até que eles estejam completamente atualizados. Normalmente, isso acontece no fim do dia (às 23h59, no fuso horário selecionado para sua conta).

Para ter o máximo de precisão nos relatórios, sugerimos consultá-los no dia seguinte a uma certa data, após a geração dos relatórios de cliques e impressões pelos servidores.

Como os navegadores armazenam os resultados de pesquisa e anúncios nas páginas de resultados de pesquisa em cache, nossa tecnologia registra apenas uma impressão de anúncio por pesquisa. No entanto, seus relatórios exibirão vários cliques se um visitante clicar no anúncio mais de uma vez em uma sessão armazenada em cache do navegador.

Você poderá visualizar uma determinada quantidade de cliques múltiplos nos seus próprios weblogs. Esses cliques representam visitantes legítimos que acessam seu anúncio da maneira esperada. É possível que um visitante clique legitimamente no seu anúncio mais de uma vez. Por exemplo, a pessoa pode estar pesquisando preços antes de comprar ou pode ter retornado ao seu site para acessar mais informações. Além disso, alguns provedores de acesso à Internet atribuem um único endereço IP a mais de uma pessoa. Nesse caso, os vários cliques provenientes de um mesmo endereço IP não significam que alguém clicou várias vezes no anúncio.

Usuários únicos, cliques e conversões representados como decimais na visualização "Alcance e frequência"

Como a frequência estimada tem por base amostras de dados de grupos, a estimativa de usuários únicos e dos cliques subsequentes não é sempre representada por números inteiros.

Dados afetados pelo horário de verão

As estatísticas do Google Ads sempre refletem o horário local do fuso horário escolhido para a sua conta.

Muitos países fazem um ajuste anual nos horários oficiais durante o verão para aproveitar mais a luz do dia. Esse ajuste frequentemente é chamado de "horário de verão". Se o fuso horário que você definiu para sua conta for alterado nesse sentido, a programação e as estatísticas de sua conta do Google Ads serão ajustadas automaticamente da melhor forma possível. Sua conta também será ajustada quando o fuso horário retornar ao horário normal no fim desse período.

Se desejar, você pode optar por configurar sua conta para o Horário de Greenwich (GMT) o ano todo, sem nenhuma alteração para o horário de verão. Você precisa escolher essa opção durante o processo de inscrição da conta.

Para que sua conta seja gerenciada no horário GMT, sem ser afetada por fusos horários, selecione "Reino Unido" como seu país de fuso horário e (GMT+00:00) sem horário de verão (é possível fazer essa seleção independentemente do país em que sua conta realmente opera). Veja como fazer isso:

  1. Após se inscrever para uma conta, você receberá um e-mail de confirmação do Google Ads. Clique no link no e-mail e faça login na sua conta.
  2. Clique no link Envie suas informações de faturamento.
  3. Use o menu suspenso "País ou território do fuso horário" para selecionar Reino Unido. Um segundo menu suspenso será exibido.
  4. Use o segundo menu suspenso para selecionar (GMT+00:00) sem horário de verão.
  5. Clique em Continuar, insira suas informações de faturamento e ative sua conta.

Lembre-se de que a opção (GMT+00:00) sem horário de verão estará disponível somente quando você selecionar o Reino Unido como país do fuso horário.

Atrasos da GDN

Para as novas campanhas da GDN, os anúncios aprovados começam a ser veiculados depois de 12 horas. Para alterações na GDN, o atraso varia. No entanto, geralmente, há um atraso maior para que as alterações na GDN sejam aplicadas às campanhas da rede de pesquisa.

Observações importantes

Os dados de desempenho não são disponibilizados instantaneamente, e alguns relatórios são atualizados somente uma vez ao dia. Saiba mais sobre Como determinar a atualização dos seus dados.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.