Acerca das métricas e dos relatórios dos anúncios de vídeo

Este artigo descreve as diferentes métricas utilizadas para analisar o desempenho dos seus anúncios de vídeo. Pode ver métricas como impressões, visualizações, interação e cliques, bem como o tipo de público-alvo que alcança.

Principais métricas de desempenho

Para criar um anúncio de vídeo, o conteúdo do vídeo tem de estar alojado no YouTube. Isto significa que as visualizações dos anúncios de vídeo aumentam a contagem de visualizações do vídeo no YouTube (na página de visualização do vídeo e no relatório da sua Conta Google).

Algumas das principais métricas das campanhas de vídeo incluem:

  • Desempenho principal:
    • Visualizações: indica o número de vezes que as pessoas viram ou interagiram com o anúncio de vídeo. Nota: as visualizações dos anúncios de vídeo TrueView também são contabilizadas para a contagem pública de visualizações do vídeo no YouTube apenas se o vídeo tiver mais de 11 segundos.
    • Taxa de visualização: indica o número de visualizações ou de interações recebidas pelo anúncio de vídeo, dividido pelo número de vezes que o anúncio é apresentado (impressões de vídeo e de miniaturas).
    • CPV médio: é o valor médio que paga quando um visitante vê 30 segundos do seu vídeo (ou a duração total deste, se for inferior a 30 segundos) ou quando interage com o vídeo, conforme o que ocorrer primeiro. Tenha em atenção que o CPV médio pode não ser o mesmo que o CPV máximo. O CPV máximo equivale ao máximo que está disposto a pagar por uma visualização de anúncio.
    • Tempo de visualização: mede o tempo total que as pessoas viram os anúncios de vídeo, indicado em segundos.
    • Tempo de visualização médio/impr.: mede o número médio de segundos durante os quais alguém viu o anúncio de vídeo por impressão do anúncio.
  • Desempenho dos cliques:
    • Cliques: esta métrica indica o número de vezes que as pessoas clicaram no vídeo. Os cliques podem ajudar a compreender até que ponto o seu anúncio é atrativo para as pessoas que o veem.
    • Taxa de cliques (CTR): representa o número de cliques recebidos pelo anúncio a dividir pelo número de vezes que o anúncio é apresentado.
  • Desempenho das interações:
    • Interações: indica o número de cliques em elementos interativos, como teasers ou ícones, para expandir cartões que possam existir no vídeo. (Estes cliques não direcionam as pessoas para um Website ou outro destino externo.)
    • Taxa de interação: representa o número de interações recebidas pelo anúncio, dividido pelo número de vezes que o anúncio é apresentado.
  • Alcance e frequência:
    • Utilizadores únicos: indica o número total de pessoas que viram um anúncio durante um determinado período de tempo.
    • Cookies únicos: indica o número de cookies (que armazenam preferências e outras informações utilizadas em páginas Web visitadas) específico de um navegador individual nos computadores das pessoas.
    • Visitantes únicos (cookies): indica o número de vezes que o anúncio de vídeo foi visualizado por um cookie único durante um determinado período de tempo.
    • Freq. média de impr./utilizador: representa o número médio de apresentações do anúncio a uma pessoa única durante um determinado período de tempo.
    • Freq. média de impr./cookie: representa o número médio de vezes que o anúncio de vídeo é apresentado a um cookie único num determinado período de tempo.
    • Freq. média de visualização/cookie: representa o número médio de vezes que um cookie único visualizou o vídeo num determinado período de tempo.
  • Visualizações do vídeo (também denominado "relatório de quartil")
    • Vídeo reproduzido até: 25% indica com que frequência um vídeo é reproduzido até 25% da respetiva duração.
    • Vídeo reproduzido até: 50% indica com que frequência um vídeo é reproduzido até metade da respetiva duração de visualização.
    • Vídeo reproduzido até: 75% indica com que frequência um vídeo é reproduzido até 75% da respetiva duração.
    • Vídeo reproduzido até: 100% indica com que frequência um vídeo é reproduzido na íntegra.
Nota: as métricas "vídeo reproduzido até" contabilizam apenas as pessoas que veem o vídeo até ao fim. No entanto, também é contabilizada uma visualização se alguém interagir com o vídeo (através de um clique no URL de visualização, na faixa publicitária associada ou nas extensões de anúncio, se existirem). Se alguém vir apenas 15 segundos de um vídeo de 20 segundos e, em seguida, clicar no URL de visualização para aceder à página de destino, tal é contabilizado como uma visualização e aumenta a taxa de visualização. Contudo, uma vez que essa pessoa não viu o vídeo até ao fim, esta ação não é elegível para uma métrica "vídeo reproduzido até 100%". 
 
  • Interação do YouTube: as ações ganhas acontecem quando um visitante vê um anúncio de vídeo e, em seguida, efetua uma ação relacionada no YouTube. Segue-se uma lista de diferentes tipos de ação ganha:
    • Visualizações ganhas: incrementam se um visitante do YouTube vir vídeos subsequentes no seu canal do YouTube ou em páginas de visualização. Este tipo de ação ganha incrementa independentemente do facto de alguém optar por ver o mesmo vídeo novamente ou qualquer outro vídeo do seu canal.
    • Subscritores ganhos: acontece quando um visitante subscreve o seu canal. Este tipo de ação ganha proporciona um valor único, porque o conteúdo destes canais do YouTube e os próprios avatares do canal podem ser vistos na página inicial do YouTube.

Devido a requisitos de privacidade, a métrica Subscritores ganhos vai apresentar intervalos para valores inferiores a 100 em vez do valor real que apresenta hoje. Por exemplo, 14 será apresentado como um intervalo de 11-20 em vez do valor real. Os valores da métrica superiores a 100 vão continuar a apresentar o valor real.

  • Adições à lista de reprodução ganhas: acontecem quando um visitante adiciona o vídeo a uma lista de reprodução.
  • Gostos ganhos: acontecem quando um visitante indica que gosta do vídeo.
  • Partilhas ganhas: acontecem quando um visitante partilha o vídeo.
  • Vista ativa
    • As métricas da Vista ativa mostram a frequência com que o anúncio foi apresentado numa página Web, num dispositivo ou numa aplicação numa posição em que as pessoas conseguiam ver. Saiba mais acerca das métricas da Vista ativa.

Funcionalidades de relatórios

  • Tabelas personalizadas e relatórios transferíveis: pode encontrar dados de desempenho específicos que lhe interessem acerca das suas campanhas de vídeo ao personalizar as tabelas da sua conta do Google Ads com colunas, segmentos e filtros. Por exemplo, pode optar por ver colunas "CPV máx.", "Cliques" ou "YouTube: ações ganhas". Quando as tabelas tiverem o aspeto pretendido, pode transferi-las como relatórios numa variedade de formatos e guardá-las. Pode igualmente configurar a execução dos seus relatórios em intervalos específicos e programar o respetivo envio para o seu email ou para o endereço de email de outras pessoas que tenham acesso à sua conta. Saiba como modificar,  segmentar ou filtrar as colunas.
  • Relatórios automáticos: é possível encontrar dados de desempenho específicos acerca das campanhas de vídeo que lhe interessam ao personalizar as tabelas de estatísticas da conta do Google Ads através da utilização de colunas, segmentos e filtros. Quando as tabelas tiverem o aspeto pretendido, pode transferi-las como relatórios numa variedade de formatos e guardá-las. Pode igualmente configurar a execução dos seus relatórios em intervalos específicos e programar o respetivo envio para o seu email ou para o endereço de email de outras pessoas que tenham acesso à sua conta.
  • Histórico de alterações: a página "Histórico de alterações" apresenta as alterações que efetuou à sua conta. Mostra cada alteração numa linha cronológica, mapeada de acordo com os dados da conta. Pode visualizar todas as alterações ocorridas num determinado período de tempo, filtrar os resultados pelo tipo de alteração (como ajustes ao orçamento ou edições do grupo de anúncios) ou ver alterações para uma determinada campanha de vídeo. Através da comparação das alterações com a linha cronológica dos dados de desempenho, é possível determinar quais as alterações que podem ter contribuído para alterações no desempenho.
  • Ferramentas de relatórios avançadas e gráficos visuais permitem visualizar, personalizar e analisar dados detalhados do desempenho de anúncios de vídeo.
  • Segmentação: também pode ver o desempenho do vídeo para determinadas palavras-chave, tipos de público-alvo e dados demográficos. Pode ver estas métricas ao clicar nas páginas Palavras-chave, Públicos-alvo ou Dados demográficos.

Nota

Para criar um anúncio de vídeo, o conteúdo do vídeo tem de estar alojado no YouTube. Isto significa que as visualizações dos anúncios de vídeo aumentam a contagem de visualizações do vídeo no YouTube (na página de visualização do vídeo e no relatório da sua conta do YouTube).

Corrigir problemas dos dados

Diferenças entre as estatísticas de visualização do YouTube e do Google Ads

Não podemos garantir que o número de visualizações que lhe são cobradas seja igual à contagem de visualizações do YouTube. Uma causa habitual quando se analisa contagens de visualização periódicas é o facto do YouTube agrupar as estatísticas do período com base na hora do Pacífico, ao passo que o Google Ads agrupa as estatísticas do período com base no fuso horário definido pelo anunciante. No entanto, quando surgem discrepâncias, tentamos manter uma correspondência aproximada entre os números cumulativos. Apesar de algumas das visualizações com interação não serem elegíveis para as contagens de visualizações do YouTube, podemos cobrar uma quantidade adequada das mesmas.

Uma vez que o YouTube Analytics inclui dados de vídeo de todos os vídeos e o Google Ads fornece dados de uma parte dessas visualizações (as visualizações pagas), existem diferenças nos totais de visualizações dos vídeos.


Diferenças entre as percentagens de visualização de vídeo e os cliques de apelo à ação das Estatísticas do YouTube e do Google Ads

Atualmente, as percentagens de visualização de vídeo (dados de quartil) no Google Ads são unicamente para visualizações em anúncios pagos do Google Ads. Isso significa que o Google Ads não pode apresentar esta informação para o seu vídeo, se o acesso ao mesmo se der por meio de um resultado de pesquisa gratuita no Google ou de pesquisa do YouTube.

Exemplo

Um vídeo que tem alojado no YouTube pode ser encontrado nos resultados da pesquisa do YouTube ou do Google. Se os visitantes clicarem neste vídeo através de resultados da pesquisa orgânica e interagirem com o mesmo, não é cobrada uma visualização de anúncio de vídeo nem as interações do visitante. Estas interações não são incluídas nas métricas de desempenho do vídeo no Google Ads.

Veja os resultados dos seus grupos de anúncios de vídeo

Utilize a página "Grupos de anúncios" para ver os resultados gerais dos seus grupos de anúncios de vídeo num intervalo de datas específico referentes a métricas como impressões, cliques, taxa através da visualização (VTR), custo por visualização (CPV), etc. Para obter definições específicas de cada métrica, clique no ícone de sugestão ? em cada um dos cabeçalhos das colunas.

  1. Selecione Campanhas de vídeo no painel de navegação.
  2. Escolha Grupos de anúncios no menu Página.

Tenha em atenção

  • Um grupo de anúncios contém anúncios de vídeo com critérios de segmentação e lances comuns.
  • Um grupo de anúncios define-se por um formato de anúncio de vídeo específico e só pode conter anúncios de vídeo desse formato. No entanto, nas suas campanhas de vídeo pode apresentar vários grupos de anúncios, uns com anúncios in-stream e outros com anúncios de video discovery. Isto é, um único grupo de anúncios pode conter apenas anúncios in-stream ou apenas anúncios de video discovery, mas não pode conter ambos os formatos de anúncio.

Veja um resumo do desempenho dos seus vídeos

  1. Selecione Campanhas de vídeo no painel de navegação.
  2. Escolha Vídeos no menu Página.

A secção "Vídeos" apresenta o desempenho dos vídeos agrupado em todos os anúncios.

Veja métricas e estatísticas de vídeos

  1. Selecione Campanhas de vídeo no painel de navegação.
  2. Escolha Vídeos no menu Página.
  3. Clique em Analytics na parte superior da página.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?

Precisa de mais ajuda?

Inicie sessão para obter opções de apoio técnico adicionais e resolver rapidamente o seu problema.