Diferenças entre dados do Google Ads e de terceiros

Os anunciantes geralmente encontram dois tipos de diferença entre os dados exibidos na conta do Google Ads e aqueles exibidos em registros do servidor da Web ou em softwares de acompanhamento de terceiros. Uma das diferenças ocorre quando suas estatísticas do Google Ads mostram um total de cliques maior em relação aos registros ou relatórios de software de acompanhamento. Já a outra ocorre quando sua conta do Google Ads mostra um total de cliques menor.

Embora essas divergências possam ser significativas e eventualmente acentuadas, elas não necessariamente indicam que houve atividade inválida nos seus anúncios. Descreveremos alguns motivos comuns para essas diferenças e ofereceremos dicas para ajudar você a acompanhar seus cliques de maneira precisa.

Motivos para haver um total de cliques maior na sua conta do Google Ads

Descobrimos que a maioria das discrepâncias entre as estatísticas do Google Ads e os registros da Web ou softwares de acompanhamento de terceiros ocorre porque os métodos de acompanhamento de terceiros não são capazes de detectar todos os cliques recebidos pelos seus anúncios. Há várias razões para isso acontecer:

  • Cliques repetidos: os clientes podem clicar no anúncio várias vezes, como quando desejam comparar produtos ou pesquisar preços. O software de acompanhamento de terceiros pode não contabilizar essas visitas repetidas no seu site. No entanto, desde que os padrões de cliques não se enquadrem em um perfil de atividade prejudicial ou inválida, eles serão considerados nas estatísticas da sua conta do Google Ads.
  • Estatísticas da Rede do Google: o Google exibe anúncios em uma rede cada vez maior de produtos e sites de pesquisa e conteúdo. Geralmente, um software de acompanhamento da Web não é capaz de reconhecer cliques de sites da Rede do Google como afiliados ao Google. Em geral, esses cliques são identificados somente com o nome do site do terceiro.
  • Limitações do navegador: o software de acompanhamento de terceiros tem uma capacidade limitada de acompanhar as visitas a websites com os identificadores de origem. O indicador de origem é informado automaticamente pela maioria dos navegadores de Internet recentes quando um cliente clica no anúncio e é encaminhado para seu site. No entanto, alguns clientes desativam esse recurso nos navegadores. Além disso, alguns proxies e firewalls corporativos eliminam os referenciadores de origem.
  • JavaScript não ativado: se o software de acompanhamento de terceiro usa cookies para registrar os referenciadores de origem, os cliques em anúncios ocorridos em um navegador sem o JavaScript ativado não serão acompanhados. Por outro lado, os cliques que ocorrerem nos navegadores com ou sem o JavaScript ativado serão registrados na sua conta do Google Ads.
  • Redirecionamentos: você pode incluir redirecionamentos no seu URL final desde que o redirecionamento compartilhe um domínio com o URL de visualização. Gerencie seu acompanhamento de terceiros nas opções de URL.

Motivos para haver um total de cliques menor na sua conta do Google Ads

Eventualmente, pode haver menos cliques na conta do Google Ads do que nos registros da Web. Veja a seguir algumas explicações para essa diferença:

  • Cliques filtrados: a tecnologia de proteção de cliques do Google pode ter automaticamente filtrado os cliques que determinamos como inválidos e impedido a cobrança na sua conta. Você pode consultar os dados sobre os cliques inválidos que foram automaticamente filtrados da sua conta ou de campanhas específicas.
  • Visitas repetidas: após clicar no anúncio, um cliente pode visitar outro link do seu website e depois clicar no botão "Voltar" do navegador. Ele também pode adicionar a página de destino aos favoritos e voltar ao website mais tarde clicando diretamente nesse favorito. Em ambos os casos, a página de destino será atualizada, e o software de acompanhamento de terceiros poderá contabilizar essas ações como cliques adicionais.

Aumentar a precisão do acompanhamento com o Google Analytics

Para acompanhar com precisão o tráfego dos seus anúncios, recomendamos o uso do Google Analytics, uma ferramenta de acompanhamento gratuita e abrangente. Os anunciantes que criam uma conta do Google Analytics ativam automaticamente um recurso útil chamado codificação automática. A codificação automática anexa um identificador exclusivo ao URL final de um anúncio sempre que é clicado, o que torna muito mais fácil distinguir cliques de anúncio reais de comportamentos enganosos como atualizações de página. O Google cobra cada tag exclusiva no máximo uma vez (se determinar que o clique é válido).

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.