Conversões

Essa mesma funcionalidade também está disponível nas propriedades App + Web do Analytics. Saiba mais

As conversões mostram quantas compras e eventos de conversão, além da receita e do valor da vida útil, foram gerados em cada aspecto do marketing, por exemplo, campanha, rede de anúncios e criativo.

Neste artigo:

Guia "Eventos de conversão"

No Google Analytics, seus eventos mais importantes são chamados de conversões, e cinco deles são predefinidos:

Ativar eventos como conversões

Para ativar ou desativar um evento como uma conversão, siga as instruções abaixo:

Altere a configuração na coluna Marcar como conversão referente à linha do evento.

Você pode ativar até 30 eventos por projeto como conversões, além dos cinco que o Google Analytics define por padrão.

As informações de atribuição associadas a um evento são coletadas desde a ativação.

Criar novos eventos de conversão

Use essa opção para identificar eventos como conversões antes de começar a registrá-los. Assim, todas as informações de atribuição associadas a eles serão coletadas quando você começar a registrar o evento.

  1. Clique em Conversões.
  2. Clique em Novo evento de conversão.
  3. Insira o nome do evento que você quer identificar como uma conversão.
  4. Clique em Salvar.

Clique em um evento na tabela para ver quantas conversões são atribuídas a cada origem. Ao avaliar um evento, escolha um modelo de atribuição:

  • Último clique em vários canais: o Firebase analisa cliques de todas as origens e atribui a conversão ao último clique. As visitas diretas não são incluídas*.
  • Último engajamento em diferentes canais: o Firebase atribui a conversão ao último clique ou, caso não exista um clique recente, a uma impressão de anúncio. As visitas diretas não são incluídas*.
  • Último clique priorizado pelo Google Ads: o Firebase atribui a conversão ao Google Ads, não importando se houve ou não um clique de outra origem. As visitas diretas não são incluídas*.
  • Último engajamento priorizado do Google Ads: o Firebase atribui a conversão ao Google Ads, não importando se houve um clique ou uma impressão de anúncio de outra origem. As visitas diretas não são incluídas*.

Em todos os modelos de atribuição do Google Analytics, as visitas diretas não recebem crédito de atribuição, a menos que não seja possível atribuir uma conversão a uma campanha.

Além de selecionar um modelo, você também pode escolher se quer ver a fonte dos eventos por origem, mídia, campanha, rede, grupo de anúncios ou criativo.

Veja abaixo algumas condições caso você tenha renomeado uma campanha ou um grupo de anúncios do Google Ads:

  • Se você usar um período que inclua somente dados até 31 de dezembro de 2018, o Google Analytics exibirá o nome da campanha/grupo de anúncios em uso durante esse período.
  • Se você usar um período que inclua somente dados a partir de 1º de janeiro de 2019, o Google Analytics exibirá o nome da campanha/do grupo de anúncios mais recente.
  • Se você usar um período que inclua dados de antes e depois de 31 de dezembro de 2018, as seguintes informações serão exibidas:
    • Uma linha para cada nome de campanha/grupo de anúncios em uso até 31 de dezembro de 2018
    • Uma única linha com o nome da campanha/grupo de anúncios mais recente para todos os dados a partir de 1º de janeiro de 2019

Nas raras exceções em que o Google Analytics não tem o ID da campanha ou do grupo de anúncios necessário para mesclar dados, os relatórios que incluem dados de antes e depois de 1º de janeiro de 2019 podem exibir várias linhas/nomes referentes à mesma campanha ou grupo de anúncios.

Para ver os eventos de conversão atribuídos pelo Google Ads nos Relatórios de atribuição, vincule seu projeto do Firebase ao Google Ads., depois, importe os eventos de conversão do Analytics para o Google Ads (Ferramentas > Conversões > Firebase).

Para ajudar você a entender melhor suas conversões, o Google Analytics para Firebase inclui a atribuição de visualização completa: quando não há eventos de clique associados à instalação de um app, o Analytics para Firebase analisa se um anúncio de instalação de apps foi visualizado em um determinado período e atribui a conversão ao anúncio que tiver sido visto mais recentemente antes da instalação.

A janela de atribuição para first_open é de 30 dias, e 90 dias para qualquer conversão subsequente na Web ou no app. Não é possível alterar essas janelas.

A origem direto da guia Conversões do Google Analytics exibe as métricas de instalação do iOS e os dados de atribuição de eventos no aplicativo para as campanhas de instalação de apps da rede de pesquisa para iOS do Google Ads. Essas informações não aparecem no console do Google Ads.

Adicionar uma rede

Para adicionar uma rede, siga estas etapas:

  1. No Google Analytics, acesse seu aplicativo.
  2. Clique em Conversão e em Configurações de rede.
  3. Clique em NOVA REDE.
  4. Selecione uma rede no menu.
  5. A origem é nomeada automaticamente com o nome da rede. Algumas redes também oferecem metadados sobre a Mídia da campanha e o Nome da campanha, portanto, nenhuma entrada adicional é necessária. Para outras redes, disponibilizamos os campos Mídia da campanha e Nome da campanha para inclusão de informações personalizadas. Use o URL gerado como seu link de referência (copie e cole o URL).
    • CLIQUE: se você está veiculando uma campanha para incentivar usuários a fazer o download do aplicativo, use o URL gerado aqui.
    • LINK DIRETO: se você está veiculando uma campanha para que usuários existentes do aplicativo interajam novamente com ele, use a guia "LINK DIRETO". Nessa seção, insira as informações de esquema e caminho do URL. Os mesmos parâmetros serão anexados.
  6. Para enviar informações de conversão de volta à rede, ative a opção Configurar postback. Caso contrário, clique em Salvar.

Postbacks

Um postback envia seus dados de conversão de volta a uma rede de publicidade. Os postbacks são opcionais. É possível enviar dados de first_open além de outros eventos de conversão no app. Ao configurar um postback, você precisa decidir se todas as conversões serão enviadas à rede ou somente aquelas que o Google Analytics atribui a essa rede específica.

Os postbacks ajudam as redes a otimizar o tráfego enviado para você. Por exemplo, uma rede deixará de veicular anúncios sobre aplicativos que já existem em determinados dispositivos.

Se você enviar todos os dados de conversão para uma rede, ela otimizará o próprio tráfego com base no reconhecimento de conversões de todas as redes. Ao enviar todos os dados de conversão para uma rede, as demais redes envolvidas no envio permanecem anônimas.

Se 1) todos os dados no nível da propriedade, 2) eventos individuais ou 3) nomes de eventos ou propriedades do usuário específicos tiverem sido excluídos da Personalização de anúncios, o Google Analytics anexará um indicador adicional (chamado NPA) nos postbacks sinalizando que as redes não devem usar esses dados para publicidade personalizada. Observação: cada rede define uma forma particular de tratar o NPA.

Para configurar um postback, faça o seguinte:

  1. No Google Analytics, acesse seu aplicativo.
  2. Clique em Conversões e em Configurações de rede.
  3. Na linha que contém a rede, clique em Configurar postback.
  4. Selecione as conversões que você quer enviar e clique em Somente conversões atribuídas a essa rede ou Todas as conversões.
  5. Insira os parâmetros de rede (por exemplo: ID de acompanhamento, senha do anunciante). Os parâmetros variam de acordo com a rede.
  6. Clique em Salvar.

Campanhas personalizadas para apps do Google Play

Ao usar uma campanha personalizada para um app que você distribui pelo Google Play, use o criador de URLs do Google Play para gerar seus URLs personalizados.

Como conversões diferentes são atribuídas

Dynamic Links

Quando você adiciona Dynamic Links ao seu aplicativo, os eventos a seguir são registrados quando os usuários clicam nesses links:

  • dynamic_link_first_open
  • dynamic_link_app_open
  • dynamic_link_app_update

É possível visualizar os dados do Google Analytics desses eventos no Relatório de eventos.

Se você ativá-los como conversões, poderá ver os dados de atribuição no Relatório de conversões.

Saiba mais sobre os Dynamic Links.

Links universais

É possível configurar os links universais para incluir parâmetros utm (utm_source, utm_medium, utm_campaign) e ver os dados relacionados no Relatório de conversões.

Exemplo de link universal:

http://my.app.link?utm_campaign=myappcampaign&utm_source=google&utm_medium=cpc

Quando um usuário clica no link, o Google Analytics registra um evento firebase_campaign com esses parâmetros e exibe os seguintes dados de eventos relacionados à campanha:

  • Campanha: myappcampaign
  • Origem: google
  • Mídia: cpc

Link do app para Android

É possível configurar os links de app para Android para incluir parâmetros utm (utm_source, utm_medium, utm_campaign) e ver os dados relacionados no Relatório de conversões.

Exemplo de link do app para Android:

http://example.com/gizmos?utm_campaign=myappcampaign&utm_source=google&utm_medium=cpc

Quando um usuário clica no link, o Google Analytics registra um evento firebase_campaign com esses parâmetros e exibe os seguintes dados de eventos relacionados à campanha:

  • Campanha: myappcampaign
  • Origem: google
  • Mídia: cpc

Referências de instalação da Play Store

As referências de instalação da Google Play Store são exibidas da seguinte forma:

  • A origem google-play indica duas possibilidades:
    • O usuário tinha um link direto aos detalhes da Play Store com um referenciador especificado (por exemplo, play.google.com/store/apps/details?id=com.foo.bar&referrer=R)
    • O usuário pesquisou a Play Store e descobriu o app organicamente.
  • A origem direta é usada neste cenário:
    • O usuário tinha um link direto à Play Store que não especificava um referenciador.

Janelas de atribuição

A janela de atribuição para os eventos de conversão first_open é de 30 dias.

Quando um evento desse tipo é atribuído a uma campanha, os demais eventos de conversão da mesma combinação de usuário e aplicativo são atribuídos a essa mesma campanha por um ano, que é a validade da janela de atribuição. Essa janela é renovada por um ano com cada conversão subsequente que ocorre dentro desse prazo.

A janela de atribuição de uma campanha de reengajamento é de seis meses.

Campanhas de reengajamento

A conversão de uma campanha de reengajamento é atribuída duas vezes:

  • Para a campanha que recebeu crédito pelo evento first_open (com aumento do LTV). Eventos que não são first_open incrementarão o LTV se incluírem detalhes da receita, por exemplo, o evento in_app_purchase ou um dos eventos de varejo/comércio eletrônico.
  • Para a campanha de reengajamento (sem aumento do LTV).

As conversões da campanha e da campanha de reengajamento são atribuídas da seguinte forma:

  • Clique: a conversão é atribuída ao anúncio da última campanha que foi clicado, independentemente do número de campanhas em exibição.
  • Visualização completa: a conversão é atribuída ao anúncio da última campanha que foi visto, caso não haja cliques entre a visualização do anúncio e a conversão, independentemente do número de campanhas em execução.

Anúncios de pesquisa da Apple

Quando um app é instalado após um clique em um anúncio de pesquisa da Apple, o Google Analytics registra um evento firebase_campaign com esses parâmetros e exibe os seguintes dados de eventos relacionados à campanha:

  • Origem = Apple
  • Mídia = pesquisa
  • Campanha = <nome da campanha iad>

É preciso adicionar a estrutura do iAd ao arquivo de projeto do Xcode do seu aplicativo para acompanhar os anúncios da rede de pesquisa da Apple.

(não definido)

O valor da dimensão (não definido) aparece quando faltam informações de origem, mídia, campanha, tipo de rede de anúncios ou criativo.

Discrepâncias entre os dados de conversão do Google Analytics e do Google Ads

Circunstância Descrição
As conversões da campanha são exibidas no Google Analytics, mas não no Google Ads (ou vice-versa). Se houver dados de conversão de uma campanha no Analytics, mas não no Google Ads, você não concluiu pelo menos uma das etapas a seguir:
Se você vinculou suas contas do Firebase e do Google Ads e está vendo os dados de conversão no Google Ads, mas não no Analytics para Firebase, verifique se esses dados estão sendo enviados diretamente para o Google Ads de outro provedor de análise de aplicativos (diferente do Analytics).
O número de conversões atribuídas à mesma campanha é diferente no Google Ads e no Analytics para o mesmo período. Isso já é esperado. O Google Ads registra uma conversão com base na data do clique (ou seja, a data em que um usuário clicou no anúncio que gerou uma conversão). O Google Analytics registra a conversão na data de conversão (ou seja, a data em que o usuário converteu de fato). Se o clique e a conversão não ocorrerem durante o período definido por você, o número de conversões será diferente em cada ambiente de relatório.
Os cliques da campanha são contabilizados no Google Analytics e no Google Ads, mas não há conversões. Quando você segmenta a campanha de um App para iOS na rede de pesquisa do Google, não é possível usar o acompanhamento de conversões. Os cliques são registrados, mas as conversões não. Por isso, você verá os dados de cliques dessas campanhas no Google Analytics e no Google Ads, mas não haverá dados de conversão.
Os cliques da campanha são contabilizados, mas não há conversões no Google Ads, e não há conversões atribuídas ao Google Ads no Analytics.

Se você vinculou uma conta de administrador do Google Ads ao projeto do Firebase, mas importou conversões de uma das contas secundárias, essas conversões não aparecerão no Google Ads nem no Analytics para Firebase.


Para corrigir o problema, você precisa importar os eventos de conversão do Analytics pela conta de administrador do Google Ads.

Há números diferentes de conversões no Google Analytics e no Google Ads. Se suas configurações de fuso horário no Google Analytics e no Google Ads forem diferentes, é possível que cada contexto apresente números de conversões distintos. Por exemplo, se as conversões tiverem um carimbo de data/hora que coincide com o período definido para os relatórios no Google Analytics, mas não com o período usado no Google Ads, os relatórios do Google Ads exibirão uma contagem menor dessas mesmas conversões.

A diferença entre as janelas de atribuição do Google Analytics e de conversão do Google Ads pode resultar em números de conversões diferentes. Por exemplo, a janela do Google Analytics para o evento/conversão first_open é de 30 dias. Se você definir um período de sete dias para o mesmo evento/conversão no Google Ads, é provável que o Google Analytics contabilize um número de conversões first_open muito maior do que o Google Ads.
Mais conversões para campanhas relacionadas ao iOS no Google Ads do que no Analytics As conversões de campanhas de apps para iOS e os relatórios de anúncios de aplicativos veiculados para usuários do iOS no Google.com estão disponíveis somente no Google Ads. Saiba mais

 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
5054967
false