Entender os conjuntos de dados

Os conjuntos de dados oferecem uma estrutura para gerenciar os dados enviados.

Um conjunto de dados é um contêiner que armazena os dados enviados ao Google Analytics. Os conjuntos de dados controlam como os dados enviados são agregados aos existentes. Você configura os conjuntos de dados no nível da propriedade. Os conjuntos de dados devem obrigatoriamente ser associados a pelo menos uma vista da propriedade, mas podem ser associados a várias.

Para gerenciar todos os conjuntos de dados de uma determinada propriedade, selecione Administrador > (Propriedade) > Importação de dados.

Neste artigo:

Tipos de conjunto de dados

O tipo do conjunto de dados corresponde ao tipo específico de dado que você deseja importar. Por exemplo, há tipos de conjunto de dados para dados do usuário, dados de custo, dados de conteúdo etc. Dependendo do tipo de conjunto de dados, há diferentes opções para as dimensões e métricas (o esquema) que você pode usar.

Esquema do conjunto de dados

Quando você cria um conjunto de dados, define um esquema, que é a estrutura que agrega os dados do upload aos dados existentes nos seus hits. Um esquema simples consiste em uma dimensão-chave (a "chave") e uma dimensão ou métrica de importação. Para importar dados, o Google Analytics procura, nos hits, valores de chave que correspondam àqueles dos dados enviados. Quando é encontrada uma correspondência, os valores de dimensão e métrica adicionais associados à chave são adicionados aos dados de hits existentes. A dimensão (ou métrica) de importação recebe esses dados adicionais que você envia. Com alguns tipos de conjunto de dados, você pode usar várias dimensões para definir a chave, e a maioria pode usar várias dimensões/métricas para os campos de importação.

Dimensões-chave e de importação

Você pode usar muitas das dimensões e métricas disponíveis como chave de importação e segmentos, mas não todas. Você verá a lista completa das dimensões e das métricas disponíveis na interface do usuário ao criar seu conjunto de dados. No momento, não é possível usar estas dimensões-chave e de segmentação:
  • Variáveis personalizadas;
  • Dimensões com base em tempo, como hora, minuto etc.;
  • Dimensões geográficas, como país, cidade etc.

Usar dimensões e métricas personalizadas

Se você tiver implementado o Universal Analytics (analytics.js), muitos (mas não todos) dos tipos de importação suportam o upload para dimensões personalizadas. É necessário que as dimensões e métricas personalizadas sejam do escopo apropriado para o tipo de importação.

Saiba mais sobre dimensões personalizadas.

Se você ainda usa o snippet com base em ga.js no seu site e quer importar para dimensões e métricas que não são opções padrão do Google Analytics (por exemplo, Autor), é necessário substituir uma dimensão existente (por exemplo, Título da página). É altamente recomendável configurar uma nova vista, se você for usar essa abordagem. Dessa forma, você substitui permanentemente os dados nessa dimensão pelos dados personalizados da vista da propriedade selecionada.

Mais sobre dimensões-chave e de importação
  • Você pode incluir até nove dimensões e/ou métricas no seu esquema no total, inclusive dimensões-chave e métricas-chave e de segmentação.
  • A chave é composta de pelo menos uma dimensão ou métrica, e pode ser composta de no máximo três dimensões e/ou métricas.

    Exemplo: "página" (URL) pode ser uma dimensão-chave, bem como a dimensão personalizada que você definiu.
  • As dimensões-chave podem ser dimensões padrão já definidas pelo Google Analytics, dimensões personalizadas que você definiu ou uma combinação de "página" (URL) e uma ou duas dimensões personalizadas.
  • As dimensões-chave padrão variam com base no tipo de conjunto de dados escolhido. Uma lista de dimensões-chave disponíveis é fornecida no menu suspenso no Criador de esquemas do conjunto de dados.
  • Você pode refinar a chave usando uma expressão regular. Você também pode refinar a dimensão "Página" por parâmetros de consulta. Consulte o artigo de exemplo Importação de dados de conteúdo para ver um exemplo.
  • As métricas de segmentação disponíveis variam de acordo com o que você escolhe como suas dimensões-chave.

    Exemplo: se você pretende fornecer o nome do autor e o assunto de cada código do artigo, especifique Autor e Assunto como dimensões de importação.

    Exemplo: se a chave for SKU e você pretende apresentar um preço para cada valor de SKU, especifique Price como a métrica.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?