Campos de filtros personalizados

A tabela a seguir lista cada campo disponível e sua finalidade.

Conteúdo e tráfego
Nome do filtro Descrição
URI de solicitação Inclui o URL relativo ou parte do URL após o nome do host. Por exemplo: para http://www.google-analytics.com/requestURL/index.html?hl=pt-BR&sample=text o URIL de solicitação é /requestURL/index.html?sample=text
Nome do host O nome completo do domínio da página solicitada. Por exemplo: para http://www.google-analytics.com/requestURL/index.html?sample=text, o nome do host é www.google-analytics.com
Título da página O conteúdo das tags <title> no HTML da página exibida.
Referência O referenciador externo, caso haja algum. Esse campo só é preenchido para a referência externa inicial no início de uma sessão.
URL de destino da campanha O URL de destino definido em uma campanha.
Tipo de hit O tipo de hit (página, definido pelo usuário, transação, item, custo, evento, social, visualização de aplicativo ou exceção).
Termo de pesquisa Os termos de pesquisa usados no mecanismo de pesquisa interno de uma propriedade.
Categoria de pesquisa do site Pesquisas restritas a uma categoria ou área específica de uma propriedade (por exemplo, "Masculino").
Campanha ou grupo de anúncios
Nome do filtro Descrição
Origem da campanha A origem da campanha é definida pela consulta codificada da solicitação de página. Geralmente isso indica o recurso que forneceu o clique. Por exemplo: "Google AdWords". Essa variável será gerada automaticamente para acessos ao Google AdWords quando a opção de codificação automática for ativada através da interface do Google AdWords.
Mídia da campanha Método de exibição. A mídia da campanha é definida pela consulta codificada da solicitação de página. Isso normalmente refere-se à mídia usada para gerar a solicitação, por exemplo: "Orgânico", "CPC", ou "PPC" Essa variável é gerada automaticamente por cliques do Google AdWords quando a codificação automática é ativada através da interface do Google AdWords.
Nome da campanha O nome da campanha é definido pela consulta codificada da solicitação. Geralmente é o nome dado à campanha de marketing ou o nome usado para diferenciar a origem da campanha. Por exemplo, "OctoberCampaign". Essa variável será gerada automaticamente para hits do Google AdWords quando a codificação automática for ativada pela interface do Google AdWords.
Grupo de anúncios da campanha O grupo de anúncios da campanha é definido pela consulta codificada da solicitação. Isso geralmente faz referência ao grupo de anúncios associado à palavra-chave/ao anúncio e ao clique. Por exemplo, "OctoberCampaignAds". Essa variável será gerada automaticamente para hits do Google AdWords quando a codificação automática for ativada pela interface do Google AdWords.
Termo da campanha O termo definido pela consulta codificada da solicitação de página. O termo da campanha geralmente se refere ao termo usado para gerar o anúncio a partir da origem de referência ou da origem de campanha, como uma palavra-chave. Essa variável será gerada automaticamente para acessos ao Google AdWords quando a opção de codificação automática for ativada através da interface do Google AdWords.
Conteúdo da campanha O conteúdo da campanha é definido pela consulta codificada da solicitação. A tag de conteúdo geralmente define testes multivariáveis ou é usada para disseminar as variáveis do público-alvo da campanha em uma campanha publicitária. Essa variável será gerada automaticamente para acessos ao Google AdWords quando a opção de codificação automática for ativada através da interface do Google AdWords.
Código da campanha O código da campanha, definido pela consulta codificada da solicitação, pode ser usado para fazer referência a uma tabela de consulta da campanha ou a um gráfico de códigos de referência usados para definir variáveis no lugar de diversas tags de consulta de solicitação.
Caminho de referência da campanha Os canais de referência das conversões atribuídas à campanha.
Comércio eletrônico
Nome do filtro Descrição
País onde foi efetuada a transação de comércio eletrônico A variável de país da transação é usada para designar o país definido pelo processo da transação.
Região onde ocorreu a transação de comércio eletrônico A variável de região da transação é usada para designar a região definida pelo processo da transação.
Cidade da transação de comércio eletrônico A variável de cidade da transação representa a cidade em que a transação de comércio ocorreu.
Loja de comércio eletrônico ou local do pedido A tag de afiliação da transação descreve a loja afiliada ou o site de processamento.
Nome do item de comércio eletrônico O nome dado ao item da transação de comércio eletrônico.
Código do item de comércio eletrônico O identificador ou código numérico dado ao item da transação de comércio eletrônico.
Variação de item de comércio eletrônico Uma variável de comércio eletrônico personalizada, muitas vezes usada para armazenar informações específicas sobre os itens. Por exemplo, esse campo pode conter "azul" e "branco" como características específicas de dois moletons com capuz do mesmo modelo.
ID da transação de comércio eletrônico O identificador ou código numérico atribuído à transação de comércio eletrônico.
Código da moeda da transação de comércio eletrônico O código da moeda usada na transação.
Público-alvo/usuários
Nome do filtro Descrição
Navegador O nome do navegador usado pelo visitante.
Versão do navegador A versão do navegador usado pelo visitante.
Tamanho do navegador As dimensões em pixels da área de exibição do navegador usado pelo visitante.
Plataforma de sistema operacional A plataforma de sistema operacional do visitante.
Versão do sistema operacional A versão do sistema operacional do visitante.
Configurações de idioma A configuração de idioma nas preferências do navegador do visitante.
Resolução da tela A resolução da tela do visitante, conforme determinado pelo navegador.
Cores da tela Os recursos de cor da tela do visitante, conforme determinado pelo navegador.
Java ativado? A variável de ativação do Java descreve se o Java está ativado no navegador do visitante. Os valores possíveis são "Sim" ou "Não".
Versão do Flash A variável da versão do Flash descreve qual versão do Flash está instalada no navegador do visitante.
Velocidade da conexão A velocidade da conexão do visitante, conforme determinado pela conexão com a Internet do visitante, conforme determinado pelo navegador.
Tipo Novo visitante ou Visitante recorrente, com base nos identificadores do Google Analytics.
Organização ISP A organização ISP registrada para o endereço IP do usuário. Esse é o ISP que o visitante está usando para acessar a Internet.
Domínio do ISP O domínio geográfico do ISP do visitante.
Endereço IP O endereço IP do visitante.
Versão de IP A versão de IP do visitante (IPv4 ou IPv6).
Local
Nome do filtro Descrição
País O país de origem da visita.
Região A região de origem da visita.
Cidade A cidade de origem da visita.
Evento
Nome do filtro Descrição
Categoria do evento A categoria atribuída a um evento (por exemplo, vídeos ou downloads).
Ação do evento A ação atribuída a um evento (por exemplo, reprodução ou download de white paper).
Rótulo do evento O rótulo atribuído a um evento (qualquer string descritiva que você escolher).
Outros
Nome do filtro Descrição
Campo personalizado 1 Um campo personalizado vazio para armazenar valores durante o processamento da filtragem. Os dados não são armazenados nesse campo de forma permanente, mas podem ser gravados no Campo personalizado 1 ou 2 para serem usados por um filtro subsequente.
Campo personalizado 2 Um campo personalizado vazio para armazenar valores durante o processamento da filtragem. Os dados não são armazenados nesse campo de forma permanente, mas podem ser gravados no Campo personalizado 1 ou 2 para serem usados por um filtro subsequente.
Definido pelo usuário Para definir essas variáveis, basta modificar o JavaScript por meio dos campos "GATC" e "Comércio eletrônico" ou das variáveis em um link de acompanhamento.
Aplicativo
Nome do filtro Descrição
ID do aplicativo Geralmente, o ID do pacote do aplicativo na loja de aplicativos em que ele está disponível (por exemplo, com.google.android.apps.nome do aplicativo). Também pode ser qualquer string que identifica o aplicativo. Configurado no aplicativo pelo desenvolvedor.
ID do instalador do aplicativo O ID da loja de aplicativos a partir da qual o aplicativo foi instalado ou qualquer string usada para identificar a loja de aplicativos. Configurado no aplicativo pelo desenvolvedor.
Nome do aplicativo O nome de exibição do aplicativo (por exemplo, Gmail ou Maps). Configurado no aplicativo pelo desenvolvedor.
Versão do aplicativo O número da versão do aplicativo. Configurado no aplicativo pelo desenvolvedor.
Rótulo da tela O rótulo de uma tela específica de um aplicativo ou o nome lógico de uma página da web equivalente quando o mesmo conteúdo aparece em um aplicativo e em um website.
Aplicativo? Se o hit é proveniente de um aplicativo. Se você definir essa opção como "NÃO", todos os hits provenientes do aplicativo serão excluídos (incluindo hits como transações). Os valores possíveis são "Sim" ou "Não".
Exceção fatal? Se a exceção foi fatal. Os valores possíveis são "Sim" ou "Não".
Descrição da exceção A descrição da exceção. Definido pelo desenvolvedor ao enviar hits de exceção.
Dispositivo móvel
Nome do filtro Descrição
Celular? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo é um dispositivo móvel (por exemplo, telefone, tablet ou dispositivo móvel de jogos).
Tablet? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo é um tablet.
Teclado QWERTY? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo inclui um teclado QWERTY.
Suporte a NFC? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo inclui NFC (comunicação a curta distância).
Rádio celular? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo tem uma conexão de rádio celular para fazer chamadas e/ou planos de dados de acesso (por exemplo, 3G ou 4G).
Suporte a Wi-Fi? Os valores possíveis são "Sim" ou "Não". Se o dispositivo é compatível com conexões Wi-Fi.
Nome da marca do celular O nome da marca com a qual o dispositivo foi lançado. O dispositivo pode receber a marca do OEM (por exemplo, Samsung ou Nokia) ou da operadora (por exemplo, Vivo ou Tim).
Nome do modelo do celular O nome do modelo do dispositivo móvel. Um OEM pode usar o mesmo nome de modelo para várias operadoras ou localidades (por exemplo, Galaxy Nexus ou iPhone) ou usar diferentes nomes de modelos para operadoras ou localidades distintas (por exemplo, o Galaxy S3 tem o nome de modelo SGH-T999 nos EUA, mas tem o nome de modelo GT-I9300 na Alemanha).
Nome comercial do celular O nome comercial de um dispositivo pode ter diferentes nomes de modelo para várias operadoras/localidades. Por exemplo, "Galaxy S3" é o nome comercial de um mesmo dispositivo que tem dois modelos diferentes (nome do modelo do celular).
Método de indicação do celular Método de entrada principal (por exemplo, teclado físico ou teclado na tela).
Social
Nome do filtro Descrição
Rede social Rede social em que a ação ocorreu (por exemplo, Google+ ou Facebook).
Atividade em redes sociais A atividade de interação que ocorreu na rede social (por exemplo, no Google+, quando um usuário clica no botão +1, a atividade na rede social é plus).
Destino na rede social O destino da interação na rede social (por exemplo, o conteúdo para o qual você clicou no botão +1), geralmente um URL, mas pode ser qualquer texto.
Dimensões personalizadas
Nome do filtro Descrição
sua dimensão personalizada Todas as dimensões personalizadas que você criou são listadas aqui. Use nomes exclusivos para suas dimensões personalizadas para que você possa facilmente diferenciá-las nessa lista.

Saiba mais sobre dimensões personalizadas e sobre o escopo das dimensões.