Adicionar uma conta

Crie contas adicionais para organizar ou separar dados.

Quando você cria uma conta, também gera automaticamente uma propriedade e uma visualização de dados. Esses níveis criam a estrutura no Google Analytics que permite coletar e analisar informações. Consulte Recursos relacionados abaixo.

Novo no Google Analytics? Saiba como se inscrever e começar a usar o Google Analytics.

Adicionar uma conta

Você precisa editar a permissão para usar este recurso.

Para criar uma conta:

  1. Faça login na sua conta do Google Analytics.
  2. Clique em Administrador.
  3. Na coluna CONTA, selecione Criar nova conta no menu.
  4. Clique em Site ou App para dispositivos móveis.
  5. Em Configuração da sua conta, siga estas etapas:
    • Insira um Nome de conta.
      Use um nome específico e descritivo. Assim, você consegue saber a finalidade dessa conta ao ver o nome dela na lista de contas.
    • Mantenha a configuração padrão para adicionar a conta à sua organização atual. Desmarque a caixa de seleção relacionada à criação da conta fora da organização.
  6. Em Como configurar sua propriedade, insira o nome do site ou do app.

    Se você planeja acompanhar mais de uma propriedade nessa conta, use um nome específico e descritivo. Para aplicativos, inclua o número da edição ou versão. Com isso, você mantém suas propriedades de aplicativos organizadas na sua conta.

  7. (Somente na Web) Insira o URL do website.

    Não é possível criar uma propriedade se o URL não estiver formatado corretamente.

    Clique para expandir e ver como formatar corretamente seu nome de domínio.
    Selecione o padrão do protocolo (http:// ou https://). Insira o nome do domínio, sem caracteres após o nome, inclusive uma barra à direita (www.example.com, e não www.example.com/). A maioria dos hosts de domínio suporta somente caracteres UTF-8 no URL. Convém usar caracteres UTF-8 ou punycode para símbolos e caracteres que não sejam UTF-8 (inclusive caracteres cirílicos) no nome do domínio. Encontre na Web um conversor punycode para ajuda com essa questão.
  8. Selecione uma Categoria do setor.
  9. Selecione o Fuso horário do relatório.

    Ele é usado como o dia-limite para seus relatórios, independentemente da origem dos dados.

    Clique para expandir e saber mais sobre como funciona a configuração Fuso horário do relatório.
    • A configuração do fuso horário influencia apenas o modo como os dados aparecem nos seus relatórios, não a forma como você coleta os dados. Por exemplo, se você escolher Estados Unidos, horário do Pacífico, o início e o fim de cada dia serão calculados com base no horário do Pacífico, independentemente de a origem das visitas ser Nova York, Londres ou Moscou.
    • Caso sua conta do Google Analytics esteja vinculada a uma conta do Google Ads, o fuso horário será definido automaticamente de acordo com sua preferência no Google Ads, e você não verá essa opção. Dessa forma, os relatórios nas suas campanhas do Google Ads serão precisos.
    • A alteração do fuso horário só afeta dados posteriores, não sendo aplicada retroativamente. Você poderá notar um ponto estável ou um pico nos dados do seu relatório, caso tenha atualizado a configuração de horário depois de já ter usado a propriedade. Seus relatórios também poderão continuar usando o fuso horário antigo por um curto período, após a atualização dessa configuração.
  10. Na seção Configurações de compartilhamento de dados, selecione as configurações desejadas. Saiba mais sobre as configurações de compartilhamento de dados.
  11. Clique em Receber ID de acompanhamento.

Recursos relacionados

Saiba mais sobre os elementos estruturais de uma conta do Google Analytics mencionados neste artigo:

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?