Acesse Sua página do Google AdSense, onde você encontra informações personalizadas sobre a conta para otimizar seu desempenho no AdSense.

Como ajudar os editores a ficar em conformidade com a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA)

Assuma o controle das configurações da CCPA no Google AdSense.

O Google tem um longo histórico de priorizar o usuário em tudo o que faz. Como parte desse compromisso, não vendemos informações pessoais e oferecemos aos usuários transparência e controle sobre as experiências de anúncio por meio de ferramentas como Minha conta e vários outros recursos para gerenciar contas. De acordo com nossa política de publicidade personalizada, não usamos informações confidenciais para personalizar anúncios. Além disso, investimos em iniciativas como a Coalition for Better Ads, a Iniciativa Google Notícias e o ads.txt para oferecer um ecossistema de anúncios saudável e sustentável.

O Google atende à legislação sobre privacidade que protege os consumidores. Em maio de 2018, lançamos várias atualizações para ajudar os editores a cumprir o Regulamento geral de proteção de dados (GDPR) no EEE.

Incluímos nesse conjunto de recursos o processamento de dados restrito, que funcionará conforme estabelecido abaixo, para ajudar os editores a gerenciar a conformidade com a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA).

Sobre a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia

A CCPA é uma nova lei de privacidade de dados que estabelece vários direitos para pessoas que residem no estado da Califórnia. Ela se aplica a empresas que fazem negócios nesse estado e atende a um dos vários critérios relacionados a receita, processamento de dados e outros fatores. De acordo com a CCPA, os residentes dessa região podem recusar a venda das próprias "informações pessoais" (conforme a definição desse termo na lei). Essa opção é disponibilizada por meio de um link com a mensagem "Não vender minhas informações pessoais" exibido em destaque na página inicial do terceiro. A CCPA reconhece algumas exceções à definição de "venda", de modo que nem todas as transferências de informações pessoais são consideradas vendas, por exemplo, quando os dados são passados para um "provedor de serviços".

Termos do provedor de serviços

O Google já oferece termos de proteção de dados conforme o Regulamento geral de proteção de dados (GDPR) na Europa. Agora também oferecemos os termos de provedores de serviços de acordo com a CCPA, complementando os termos de proteção de dados existentes (revisados para incluir a CCPA), que entraram em vigor em 1º de janeiro de 2020. Para os clientes que assinaram contratos on-line e de plataforma atualizados, os termos de provedores de serviços serão incorporados aos contratos atuais por meio dos termos de proteção de dados. Esses clientes não precisarão fazer nada para adicionar os termos de provedores de serviços ao seu contrato.

Selecionar uma configuração de processamento de dados da CCPA

Por padrão, o processamento de dados no Ad Manager não é restrito, e anúncios personalizados são exibidos no seu site ou app. Para restringir o processamento e exibir somente anúncios não personalizados aos usuários qualificados na Califórnia, é necessário mudar as configurações da CCPA. Essas configurações não controlam as informações que você pode compartilhar fora da sua conta (por exemplo, com a mediação).

Para mudar as configurações de processamento de dados da CCPA de toda a sua conta, siga estas etapas:

  1. Faça login na sua conta do Google AdSense.
  2. Clique em Controles de bloqueio e Conteúdo e Todos os sites.
  3. Clique em Gerenciar configurações da CCPA.
  4. Selecione a opção que você quer aplicar à sua conta do Google AdSense.
  5. Clique em Salvar alterações.
Se você não restringir o processamento de dados na sua conta, poderá limitá-lo no nível das solicitações de anúncio.

Não restringir o processamento de dados

Se você escolher "Não restringir o processamento de dados", poderá selecionar os parceiros de publicidade qualificados para receber solicitações de lance de usuários que, conforme determinado pelo Google, estão na Califórnia.

Siga estas etapas para especificar os parceiros de publicidade qualificados.

  1. Faça login na sua conta do Google AdSense.
  2. Clique em Controles de bloqueio e Conteúdo e Todos os sites.
  3. Clique em Gerenciar configurações da CCPA.
  4. Na seção "Selecionar parceiros de publicidade", escolha a lista que você quer usar.
    • Usar todos os parceiros de publicidade ativos: utilize a lista de todos os parceiros de publicidade disponíveis que se enquadram na configuração desse recurso. O Google e todos os parceiros de publicidade ativos estão qualificados para solicitações de lance de usuários que, conforme determinado pelo Google, estão na Califórnia.
    • Usar lista personalizada: ajuste a lista de todos os parceiros de publicidade disponíveis para criar sua própria lista personalizada. Apenas os parceiros de publicidade escolhidos estão qualificados para solicitações de lance de usuários que, conforme determinado pelo Google, estão na Califórnia. Com essa opção, os usuários na sua conta do Google AdSense são notificados quando novos parceiros de publicidade entram na plataforma. Novos parceiros de publicidade não são adicionados automaticamente à sua lista personalizada e podem ser incluídos de forma manual.
  5. Clique em Salvar.

Restringir o processamento de dados

Quando um editor ativa o processamento de dados restrito, na instrução dele, o Google limita ainda mais a forma como usa os dados e começa a veicular apenas anúncios não personalizados, que não têm como base o comportamento anterior de um usuário. Eles são segmentados de acordo com informações contextuais, incluindo uma segmentação por área geográfica mais ampla (como no nível da cidade, mas não do CEP/código postal) com base na localização do usuário, no conteúdo do site ou app utilizado no momento ou nos termos da consulta atual. O Google proíbe todas as segmentações por público-alvo baseadas em interesses, inclusive a segmentação demográfica e a segmentação por lista de usuários, no modo de processamento de dados restrito.

Opções de processamento de dados restrito:

Os editores precisam decidir por si quando e como ativar o modo de processamento de dados restrito com base nas próprias obrigações de conformidade e análise legal. Veja dois cenários comuns abaixo.

  1. Alguns editores podem optar por não exibir um link "Não vender minhas informações pessoais" em suas propriedades. Esses editores têm a opção de ativar o processamento de dados restrito para todo o tráfego programático de usuários da Califórnia usando um controle de rede. Nesse caso, o Google usará os endereços IP dos usuários para determinar a localização deles e ativar o modo de processamento de dados restrito quando eles estiverem na Califórnia.
  2. Outros editores escolhem exibir um link "Não vender minhas informações pessoais". Eles podem enviar um indicador de processamento de dados restrito por solicitação quando um usuário não permitir a venda das informações pessoais dele.
    Se você ativar o processamento de dados restrito pelo controle de rede ou enviando um indicador de processamento de dados restrito por solicitação, as mudanças entrarão em vigor às 23h (PT) do dia 12 de dezembro de 2019.

Por fim, os parceiros que implementaram o Global Privacy Control podem ativar o processamento de dados restrito ao receber um sinal de desativação da GPC.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
157
false