Notificação

Visite A sua página do AdSense, onde pode encontrar informações acerca da sua conta para ajudar a ter sucesso com o AdSense.

Configurações de personalização de anúncios nas tags de anúncio do editor do Google

Os editores com usuários no EEE, no Reino Unido e na Suíça precisam consultar o documento Integração do editor com a TCF v2.2 do IAB. Os editores interessados em oferecer tratamentos de privacidade aprimorados aos usuários podem saber mais sobre a API Publisher Privacy Treatment.

As configurações de personalização de anúncios nas tags de anúncio do editor do Google podem ser definidas em qualquer região do mundo.

Configurações de personalização de anúncios para páginas que usam tags da GPT e do Google AdSense

Como solicitar anúncios

Por padrão, as solicitações de anúncios ao Google exibem anúncios personalizados. A seleção desses anúncios tem como base tanto o conteúdo da página da Web como o histórico de cada usuário que a visita. O Google também oferece suporte à veiculação de anúncios não personalizados. Saiba mais sobre anúncios personalizados e não personalizados.

Se você quiser mostrar anúncios personalizados para alguns usuários e não personalizados para outros, a GPT e as tags de anúncio assíncronas do Google AdSense/Ad Manager oferecem aos editores uma maneira de acionar a veiculação de anúncios não personalizados em cada página. Isso pode ser útil se você permitir que todos ou alguns usuários escolham entre anúncios personalizados e não personalizados.

Embora esses anúncios não usem cookies para personalização, eles os utilizam para determinar o limite de frequência e gerar relatórios agregados de anúncios. Sendo assim, é necessário obter o consentimento se você quiser usar cookies para essas finalidades em países onde as disposições sobre cookies da Diretiva de privacidade eletrônica são aplicáveis. Saiba mais sobre anúncios não personalizados.

Definir NPA=1 usando a tag da GPT

Use o método: googletag.pubads().setPrivacySettings({nonPersonalizedAds: true})

A chamada setCookieOptions() não se aplica ao GDPR.

Saiba mais no Google Developers.

Definir PPT=1 usando a tag da GPT

Use o método: googletag.setConfig({privacyTreatments: { treatments: ["disablePersonalization"]}})

Saiba mais no Google Developers.

Definir NPA=1 usando a tag de anúncio assíncrona do Google AdSense e do Ad Exchange

Defina o valor: (adsbygoogle=window.adsbygoogle||[]).requestNonPersonalizedAds=1.

Verifique se uma tag de anúncio está solicitando anúncios não personalizados. Para isso, procure a solicitação nas ferramentas para desenvolvedores do navegador e localize o parâmetro &npa=1.

Chame setPrivacySettings({nonPersonalizedAds: false}) ou defina requestNonPersonalizedAds=0 para reativar a personalização.

Definir PPT=1 usando a tag de anúncio assíncrona do Google AdSense e do Ad Exchange

  • Opção 1: API Push

    Use o método push: (adsbygoogle=window.adsbygoogle||[]).push({ params: {google_privacy_treatments: 'disablePersonalization'}})

    Verifique se uma tag de anúncio está solicitando anúncios não personalizados. Para isso, procure a solicitação nas ferramentas para desenvolvedores do navegador e localize o parâmetro &ppt=1.
     
  • Opção 2: API Header tag

    Defina data-privacy-treatments na tag script adsbygoogle. Exemplo:

    <script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js" data- privacy-treatments='disablePersonalization'></script>

Pausar solicitações de anúncios

A GPT e as tags assíncronas do AdSense/Ad Manager são compatíveis com técnicas para carregar sua página, mas aguardam um sinal explícito antes de começar a emitir solicitações de anúncios. Isso pode ser útil se for necessário esperar até que o usuário interaja com uma IU de solicitação de consentimento antes de emitir solicitações de anúncios.

Ao usar a GPT: as solicitações de anúncios podem atrasar se você usar o modo assíncrono.

  • Use a função disableInitialLoad() para impedir que a tag envie solicitações de anúncios no carregamento de página inicial. É necessário fazer isso antes de acionar qualquer solicitação de anúncio usando display().
  • Configure os espaços de anúncio usando as chamadas para googletag.cmd.push(...) como de costume.
  • Depois que o usuário responder à solicitação de consentimento, chame setRequestNonPersonalizedAds(1) se necessário.
  • Use a função refresh() para retomar o envio de solicitações de anúncios.
  • Se você não chamar refresh(), nenhum anúncio será exibido. As solicitações não atrasarão se você usar enableSyncRendering().

Ao usar o código de anúncio assíncrono do Google AdSense ou do Google Ad Manager:

  • Use (adsbygoogle=window.adsbygoogle||[]).pauseAdRequests=1 para impedir que a tag envie solicitações de anúncios. É necessário fazer isso antes de acionar qualquer solicitação de anúncio usando adsbygoogle.push(...).
  • Configure os espaços de anúncio usando as chamadas para adsbygoogle.push(...) como de costume.
  • Depois que o usuário responder à solicitação de consentimento, defina requestNonPersonalizedAds=1 se necessário.
  • Use (adsbygoogle=window.adsbygoogle||[]).pauseAdRequests=0 para continuar enviando solicitações de anúncios.
  • Se você não definir pauseAdRequests=0, nenhum anúncio será exibido.

Essa técnica impede que solicitações de anúncios sejam enviadas, mas vários scripts ainda são carregados. Embora seja possível ler os cookies existentes nos domínios do Google, nenhum cookie novo será definido. Nenhum dado associado aos cookies existentes será usado para medição ou veiculação de anúncios.

Se sua solução de gestão de consentimentos permitir adiar o carregamento de scripts até o usuário escolher uma opção, outra alternativa é adiar o carregamento de gpt.js e adsbygoogle.js. Os outros tipos de tags de anúncios do Google não são compatíveis com o recurso de pausa de solicitações de anúncios. Você só deverá carregá-los quando quiser solicitar anúncios personalizados ou não personalizados.

Para mais ajuda com as tags do Google AdSense, consulte nossos exemplos de código de anúncio para configurações de personalização de anúncios.

Configurações de personalização de anúncios para páginas AMP

As solicitações de anúncios das páginas AMP oferecem as mesmas configurações de personalização que as páginas não AMP descritas antes: os editores podem veicular anúncios não personalizados para todos os usuários de um local ou mostrar anúncios personalizados/não personalizados seletivamente com base no consentimento. Veja a seguir como configurar cada cenário para as páginas AMP que solicitam anúncios com <amp-ad type=”doubleclick”> ou <amp-ad type=”adsense”>.

Veiculação de anúncios não personalizados para todos os usuários em um local

Caso suas tags de anúncio AMP não usem o Real Time Config (RTC), você poderá simplesmente ativar a veiculação de anúncios não personalizados nas IUs do Google Ad Manager ou do Google AdSense. Não será necessário fazer nenhuma outra alteração nas páginas AMP.

Caso suas tags de anúncio AMP usem o Real Time Config (RTC), sua página poderá ser configurada para evitar o envio de solicitações do RTC a usuários que vão receber anúncios não personalizados (por exemplo, no EEE, no Reino Unido e na Suíça). Veja a seguir as configurações e os componentes necessários (amp-geo e amp-consent) para fazer isso (todos os links em inglês).


<!-- First we need to set up the amp-geo extension. We define a group: `eea` which includes all European Economic Area countries and the UK. You will need to keep this list up-to-date as membership in the EEA may change over time. -->
amp-geo layout="nodisplay"
  <script type="application/json"
    {
      "ISOCountryGroups": {
        "eea": [ "at", "be", "bg", "cy", "cz", "de", "dk", "ee", "es", "fi", "fr",
        "gb", "gr", "hr", "hu", "ie", "is", "it", "li", "lt", "lu", "lv", "mt", "nl",
        "no", "pl", "pt", "ro", "se", "si", "sk"]
      }
    }
  </script>
</amp-geo>

<!-- Next we need to setup the consent with 0 timeout (i.e. it doesn’t show a consent UI  at all) and default “rejected” consent state. This halts RTC callouts and signals DFP/AdSense to serve non-personalized ads. -->
<amp-consent layout="nodisplay" id="consent-element">
  <script type="application/json">
    {
      "consents": {
        "my_consent": {
          "promptIfUnknownForGeoGroup": "eea"
        }
      }
      "policy": {
        "default": {
          "waitFor": {
            "my_consent": []
          }
          "timeout": {
            "seconds": 0,
            "fallbackAction": "reject"
          }
        }
      }
    }
  </script>
</amp-consent>

Você precisa adicionar o atributo data-block-on-consent a todos os componentes amp-ad na página, conforme indicado abaixo:

<!-- Finally we set up the ad tag, directing it block on consent -->
<amp-ad data-block-on-consent
    width=320 height=50
    type="doubleclick"
    data-slot="/4119129/mobile_ad_banner">
</amp-ad>

Veiculação de anúncios personalizados/não personalizados com base no consentimento

Como as páginas AMP não permitem o uso de JavaScript personalizado, a solicitação de anúncios personalizados ou não personalizados se baseia na configuração de um componente amp-consent e nos atributos data-block-on-consent e data-npa-on-unknown-consent. Suponha que você configurou um componente amp-consent e o vinculou a todas as tags <amp-ad> na página usando o data-block-on-consent:

  • Se o usuário tiver respondido afirmativamente ao componente amp-consent (o usuário aceitou a solicitação de consentimento), os anúncios serão solicitados normalmente.
  • Se o usuário tiver respondido negativamente ao componente amp-consent (o usuário rejeitou a solicitação de consentimento), os anúncios não personalizados serão solicitados.
  • Se a resposta do usuário ao amp-consent for desconhecida (o usuário descartou a solicitação de consentimento)
    • Por padrão, nenhuma solicitação de anúncio é enviada.
    • Se o parâmetro data-npa-on-unknown-consent for definido como true, serão solicitados anúncios não personalizados.
  • Se você configurar um componente amp-geo de modo que o consentimento não seja aplicável com base na localização geográfica do usuário, as solicitações serão enviadas normalmente.

Se as tags <amp-ad> não usarem data-block-on-consent ou o componente amp-consent não tiver sido configurado corretamente, as solicitações serão enviadas normalmente.

Veja abaixo um exemplo de uma configuração que solicita consentimento a todos os usuários do EEE e do Reino Unido, com o comportamento resultante descrito acima:

<!-- First we need to set up the amp-geo extension. We define a group: `eea` which includes all European Economic Area countries and the UK. You will need to keep this list up-to-date as membership in the EEA may change over time. -->
<amp-geo layout="nodisplay">
  <script type="application/json">
    {
      "ISOCountryGroups": {
        "eea": [ "at", "be", "bg", "cy", "cz", "de", "dk", "ee", "es", "fi", "fr",
        "gb", "gr", "hr", "hu", "ie", "is", "it", "li", "lt", "lu", "lv", "mt", "nl",
        "no", "pl", "pt", "ro", "se", "si", "sk"]
      }
    }
  </script>
</amp-geo>
 
<!-- Next we need to setup the consent for users in the “eea” country group -->
<amp-consent layout="nodisplay" id="consent-element">
  <script type="application/json">
    {
      "consents": {
        "my_consent": {
          "promptIfUnknownForGeoGroup": "eea",
          "promptUI": "myConsentFlow"
        }
      }
    }
  </script> 
</amp-consent>
 

<!-- Finally we set up the ad tag, directing it to wait for consent when necessary -->
<amp-ad data-block-on-consent
    width=320 height=50
    type="doubleclick"
    data-slot="/4119129/mobile_ad_banner">
</amp-ad>
 

Há outras maneiras de obter seletivamente o consentimento dos usuários, incluindo a configuração da página para enviar uma solicitação POST CORS a um endpoint definido via checkConsentHref. Confira mais detalhes na documentação do amp-consent (link em inglês).

Configurações de personalização de anúncios para outras tags

Tags de passback da GPT

Se estiver usando tags de passback da GPT, você poderá marcar uma solicitação de anúncio como não personalizada. Para isso, basta incluir o seguinte comando na sua chamada da API:

googletag.pubads().setRequestNonPersonalizedAds(int options);

Defina o parâmetro options como o valor inteiro 1 para marcar a solicitação de anúncio como NPA e como 0 para solicitações de anúncios qualificadas para anúncios personalizados.

A omissão dessa configuração permite anúncios personalizados por padrão.

Exemplo:

<script src="https://www.googletagservices.com/tag/js/gpt.js">
googletag.pubads().setRequestNonPersonalizedAds(1);
googletag.pubads().definePassback("123456/ad/unit", [100,200])
    .display();
</script>

Solicitações sem tag

Ao usar as Solicitações sem tag, você pode marcar uma solicitação de anúncio como não personalizada adicionando o parâmetro npa=[int] diretamente ao URL dela. Recomendamos especificar o parâmetro no início da tag para evitar qualquer risco de truncamento. Especifique npa=1 para marcar a solicitação de anúncio como não personalizada. A omissão do parâmetro permite anúncios personalizados por padrão. Por exemplo:

https://pubads.g.doubleclick.net/gampad/ad?iu=/12345/adunit&sz=728x90&npa=1&c=12345

AdSense para pesquisas

Por padrão, as solicitações feitas para o Google veiculam anúncios personalizados. A seleção desses anúncios tem como base a consulta de pesquisa e o histórico do usuário que está pesquisando. O Google também oferece suporte à veiculação de anúncios não personalizados. Saiba mais sobre anúncios personalizados e não personalizados.

Se você quiser veicular anúncios personalizados para alguns usuários e anúncios não personalizados para outros, as tags do AdSense para pesquisas oferecem aos editores uma maneira de acionar a veiculação de anúncios não personalizados por página. Isso pode ser útil se você permitir que todos ou alguns usuários escolham entre anúncios personalizados e não personalizados.

Para Anúncios personalizados de pesquisa – tag de anúncio da Web, adicione o seguinte a pageOptions na tag dos Anúncios personalizados de pesquisa:
personalizedAds: false,


Para a tag da AdMob: 
builder.setAdvancedOptionValue("personalizedAds", "false");


Para a tag do iOS: 
[request setAdvancedOptionValue:@"false" forKey:@"personalizedAds"];

Esses métodos acionarão solicitações de anúncios não personalizados para essa solicitação específica. Esse é um parâmetro sem estado. Se o parâmetro não for definido nas próximas solicitações desse usuário, o comportamento será revertido ao padrão, que é solicitar anúncios personalizados.

SDK da plataforma de mensagens de usuários (UMP) do Google

Consulte a documentação do Google Developers (SDK da UMP para iOS e SDK da UMP para Android) se quiser saber como o SDK da plataforma de mensagens de usuários ajuda seu app a obedecer à nossa Política de consentimento de usuários da União Europeia.

SDK do Interactive Media Ads do Google (para vídeo)

Nas solicitações de vídeo, é possível indicar se você quer que o Google trate seu conteúdo de vídeo como não personalizado ao adicionar o parâmetro npa=1 à sua tag de anúncio. Para fazer isso, use uma tag de vídeo principal criada manualmente ou qualquer um dos SDKs do IMA específicos da plataforma (SDK do IMA para HTML5, SDK do IMA para iOS, SDK do IMA para Android, SDK do IMA para Google Cast).

Caso seu player de vídeo use o recurso de Inserção de anúncios dinâmicos do Google Ad Manager, ele também poderá incluir o parâmetro npa=1 com um vídeo on demand (VOD) ou uma solicitação de transmissão ao vivo para transmitir o parâmetro a todas as solicitações de anúncios incluídas (SDK do DAI para HTML5, SDK do DAI para Google Cast, SDK do DAI para iOS, SDK do DAI para Android, SDK do DAI para Roku, SDK do DAI para tvOS).

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
true
Sua página do Google AdSense

Conheça a página do Google AdSense, um novo recurso que ajudará você com informações personalizadas e novas oportunidades na sua conta.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal