Regulamentos de produtos específicos

Políticas do AdSense para vídeos e jogos

Política de IMA (anúncios de mídia interativos) do Google para monetização de vídeo e jogos

Com os produtos de anúncios de mídia interativos (IMA, na sigla em inglês) do Google, os editores do Google AdSense e do DoubleClick Ad Exchange podem exibir anúncios lineares e não lineares com conteúdo de mídia interativo, como vídeos e jogos. Esses editores podem usar produtos como AdSense para jogos, AdSense para vídeos, Jogos no DoubleClick Ad Exchange e Vídeos no DoubleClick Ad Exchange para gerar receita usando canais do anúncio não intrusivos e relevantes da extensa rede de anunciantes do Google.

Para gerar receita com seu conteúdo de mídia interativo com os anúncios do Google, é necessário obedecer a estas políticas:

Requisitos de conteúdo
Lei de proteção à privacidade on-line da criança (COPPA)
Implementação de jogos e players de vídeo
Diretrizes de veiculação de anúncios
Diretrizes de formatos de anúncio

Requisitos de conteúdo

  • Os editores só poderão exibir anúncios do AdSense para jogos ou do AdSense para vídeo quando houver vídeo, jogos ou áudio/música.
  • O conteúdo que exibe anúncios precisa obedecer às políticas do programa Google AdSense e, quando aplicável, às diretrizes do programa de vendedores do DoubleClick Ad Exchange. O conteúdo em vídeo e de jogos precisa excluir, por exemplo:
    • conteúdo pornográfico, adulto ou para maiores que não esteja em conformidade com nossa política de conteúdo;
    • conteúdo que seja ilegal, promova atividades ilegais ou viole os direitos legais de terceiros;
    • violência, intolerância racial ou manifestação contra indivíduos, grupos ou organizações;
    • conteúdo protegido por direitos autorais, a menos que os direitos legais necessários para exibir esse conteúdo tenham sido concedidos. Para mais informações, confira nossa política de material protegido por direitos autorais.
  • É preciso fornecer e manter metadados e URLs de descrição precisos e de alta qualidade para todos os conteúdos de vídeo e jogos que gerem receita. Saiba como definir o parâmetro de URL de descrição nas tags do seu anúncio.
  • Os editores não podem usar produtos de IMA para gerar receita com conteúdo hospedado no YouTube. Para conteúdo do YouTube, os editores precisam gerar receita por meio do Programa de parcerias do YouTube.
  • Os editores precisam ter direitos legais para gerar receita com conteúdo usando os produtos de IMA.
  • Os editores são responsáveis por assegurar que as páginas com o conteúdo em vídeo e de jogos deles obedeçam às políticas do programa Google AdSense e/ou, quando aplicável, às diretrizes do programa de vendedores do DoubleClick Ad Exchange. Se os editores não puderem garantir isso, recomendamos que eles não solicitem anúncios nessas páginas.
  • Os editores precisam ter e seguir uma política de privacidade adequada que divulgue claramente que terceiros podem coletar certos tipos de informação sobre a visita do usuário aos websites deles, inclusive se o usuário interagiu com o conteúdo nos sites.
  • Caso haja conflito entre essas políticas de vídeo e as diretrizes do programa Vendedor do DoubleClick Ad Exchange, os editores precisarão obedecer à versão da cláusula conflitante descrita nas diretrizes do programa Vendedor do DoubleClick Ad Exchange.

Voltar ao início

Lei de proteção à privacidade on-line da criança (COPPA)

Se você usa produtos da plataforma do Google com conteúdo direcionado a crianças com menos de 13 anos de idade, é necessário notificar o Google usando o Search Console ou codificar seu site, aplicativo ou solicitação de anúncio sinalizando o tratamento para direcionamento a crianças. Não é permitido usar publicidade com base em interesses (incluindo remarketing) para segmentar: (i) atividades atuais ou anteriores de usuários com menos de 13 anos ou (ii) atividades atuais ou anteriores em sites direcionados a usuários com menos de 13 anos.

Voltar ao início

Implementação de jogos e players de vídeo

  • Os editores precisam obedecer aos Termos de Serviço do SDK do IMA do Google.
  • Todo o inventário precisa ser devidamente declarado. Por exemplo, os canais de anúncios em vídeo de reprodução automática com o som desativado precisam ser declarados como reprodução automática silenciada. Da mesma forma, os canais de anúncios em vídeo in-stream precisam ser declarados como in-stream.
  • Os editores precisam utilizar players de vídeo e/ou jogos com base nestes pré-requisitos de plataforma:
    • Integração com o SDK do IMA do Google (HTML5, iOS ou Android) e/ou conformidade com os padrões VAST e VPAID (por exemplo, o adaptador de IMA) e/ou inserção de anúncios dinâmicos da DoubleClick (por exemplo, tvOS, Roku ou Chromecast).
  • Os players e jogos precisam permitir todos os tipos adequados de interação do usuário com anúncios (por exemplo, URLs de clique, controles de volume e pausa).
  • Os players e jogos que são reproduzidos automaticamente no carregamento da página precisam estar acima da dobra em um navegador comum (janela de visualização) de 1024 x 728 pixels.
  • No conteúdo in-stream, não são permitidas as implementações scroll-to-play e o hover-to-play. Os editores que querem criar experiências out-stream com o recurso scroll-to-play devem consultar nossas políticas de vídeo out-stream.
  • Os players e jogos precisam pausar o conteúdo quando um usuário clica em um anúncio (o anúncio pode continuar sendo exibido). Após um clique no anúncio, o conteúdo só pode ser retomado pela ação do usuário (por exemplo, quando ele clica em "Reproduzir").

Requisitos mínimos de tamanho e proporção

  • Todos os players de vídeo e jogos precisam manter uma proporção de 4:3, 16:9, 1:1, 3:4, 9:16 ou conforme aprovado pelo Google.
  • Os players de vídeo e os jogos que exibem anúncios em vídeo precisam ter pelo menos 256 pixels na dimensão mais longa.
    • Para as proporções acima, os valores mínimos são de 256 x 192, 256 x 144, 256 x 256, 192 x 256 ou 144 x 256, respectivamente.
    • Os players de vídeo e os jogos que exibem anúncios de sobreposição precisam ter pelo menos 400 pixels de largura e 100 pixels de altura (consulte Tamanhos de anúncios de sobreposição com suporte).

Voltar ao início

Diretrizes de veiculação de anúncios

  • Os editores não podem obscurecer, ocultar, remover ou alterar a renderização de nenhum conteúdo do anúncio, a menos que expressamente permitido pelo Google.
  • Os editores não podem obscurecer, ocultar ou remover a renderização de nenhum controle de anúncio, a menos que expressamente permitido pelo Google.
  • Os editores não podem alterar o código fornecido pelo Google ou manipular o comportamento, a segmentação ou a exibição padrão de anúncios de maneiras que não sejam explicitamente permitidas pelo Google.
  • Os usuários precisam ser capazes de distinguir claramente os anúncios do conteúdo em vídeo e de jogos.
  • Os banners e as imagens dos anúncios não podem ser usados como planos de fundo de modelos para conteúdo de vídeo e jogos.
  • Os anúncios não podem ser colocados muito próximos ou obstruindo os controles do jogo ou do player de vídeo (reproduzir, pausar, volume etc.).
  • Somente um anúncio pode ser exibido no player ou no jogo por vez.
  • Todos os anúncios solicitados qualificados para veiculação precisam ser exibidos no próximo espaço de anúncio disponível (porque os clientes não podem criar filas de anúncios).
  • Os anúncios precisam ser exibidos até que o usuário saia da página ou do conteúdo, a menos que haja uma especificação diferente para formatos de anúncio específicos (consulte Diretrizes de formatos de anúncio a seguir).
  • Todas as diretrizes de veiculação de anúncios também se aplicam a anúncios de terceiros que você opta por exibir em players com anúncios do Google.
  • Os editores de conteúdo de jogos precisam obedecer às políticas do Google AdSense para anúncios de conteúdo em páginas de jogos.

Voltar ao início

Diretrizes de formatos de anúncio

Anúncios em vídeo TrueView puláveis (lineares) e inventário pulável do AdX

Os anúncios TrueView são formatos de anúncio de propriedade do Google exibidos no YouTube, bem como em propriedades qualificadas do Google parceiros de vídeo, incluindo sites e aplicativos do Ad Exchange, do Google AdSense e da AdMob. Eles são otimizados para visibilidade e engajamento do usuário, respeitam os espectadores e são compatíveis com a medida de marca Google para quantificar o impacto para os anunciantes.

O engajamento do TrueView é monitorado continuamente para determinar a qualificação do inventário para todos os editores e domínios. O inventário qualificado para TrueView pode ser reduzido como resultado de baixo engajamento do usuário para um determinado editor ou domínio.

  • Os anúncios só são qualificados para veiculação no canal do anúncio em vídeo precedente ou intermediário, desde que a duração total do conteúdo em vídeo ultrapasse a dos anúncios em vídeo.
  • Para a veiculação em anúncios intermediários, a duração do conteúdo em vídeo precisa ser de pelo menos 10 minutos.
  • Não é possível exibir anúncios TrueView puláveis após a exibição de um anúncio não TrueView não pulável. Além disso, os anúncios TrueView precisam ter pelo menos sete minutos de conteúdo em vídeo entre eles. Os anúncios precisam permanecer no player ou jogo até que o usuário selecione "Pular anúncio" ou até que a reprodução deles seja concluída.
  • Por padrão, os anúncios em vídeo precisam ser audíveis. Eles devem obrigatoriamente ser reproduzidos no mesmo volume que o conteúdo de jogos, áudio/música ou vídeo. Para anúncios puláveis, não são permitidos anúncios em vídeo de reprodução automática com som desativado.
  • É permitido apenas um jogo ou player de reprodução automática por página.
  • As playlists de conteúdo em vídeo configuradas para reprodução automática só podem exibir anúncios TrueView no canal de anúncio precedente antes do vídeo inicial. Outra alternativa é a exibição entre vídeos na playlist, desde que a duração total do conteúdo em vídeo ultrapasse a dos anúncios em vídeo.
  • No caso de anúncios TrueView, a duração do anúncio é considerada como a quantidade de tempo antes de o usuário conseguir pulá-lo (por exemplo, 5 segundos). Para exibir mais de um anúncio em vídeo, a duração do clipe de conteúdo em vídeo precisa ser mais longa que a de todos os anúncios em vídeo somados.

Anúncios em vídeo in-stream não puláveis (lineares)

  • Os anúncios são qualificados para veiculação no posicionamento do anúncio em vídeo precedente, intermediário e final, desde que a duração total do conteúdo em vídeo ultrapasse a duração total dos anúncios em vídeo.
  • Os anúncios precisam permanecer no player ou jogo até que a reprodução do anúncio seja concluída, e não podem ser alterados com a função "Pular" ou "Visualização parcial".
  • Quando audíveis, os anúncios em vídeo devem obrigatoriamente ser reproduzidos no mesmo nível de volume que o conteúdo de jogos, áudio/música ou vídeo. Por padrão, eles precisam ser audíveis, a menos que estejam em um canal de anúncio em vídeo de reprodução automática com o som desativado.
    • Os canais de anúncios em vídeo de reprodução automática com o som desativado só podem veicular anúncios por meio de transações preferenciais e ofertas programáticas garantidas ou quando devidamente declarados como inventário de reprodução automática silenciada. Quando tiver o som ativado, o vídeo deverá obrigatoriamente ser reproduzido no mesmo volume que o conteúdo de jogos, áudio/música ou vídeo.
    • Os canais de anúncios em vídeo de reprodução automática com som desativado só deverão ser reproduzidos quando o anúncio estiver na janela de visualização no carregamento da página. A reprodução automática abaixo da dobra é proibida.
  • É permitido apenas um jogo ou player de reprodução automática por página.
  • As playlists de conteúdo em vídeo configuradas para reprodução automática só podem exibir anúncios em vídeo no posicionamento precedente antes do vídeo inicial. Outra alternativa é a exibição entre vídeos na playlist, desde que a duração total do conteúdo em vídeo ultrapasse a duração total dos anúncios em vídeo.
    • Os anúncios em vídeo só podem ser exibidos em um clipe de conteúdo em vídeo que se estende por pelo menos a duração do anúncio em vídeo. Para exibir mais de um anúncio em vídeo, a duração do clipe de conteúdo em vídeo precisa ser mais longa que a de todos os anúncios em vídeo somados.

Anúncios de sobreposição localizados na parte inferior (não lineares)

  • Os anúncios não podem ser exibidos em jogos e não estão disponíveis para o AdSense para jogos e o Jogos no Ad Exchange.
  • Os anúncios podem ser iniciados a qualquer momento durante o conteúdo em vídeo.
  • Os anúncios precisam ser exibidos durante pelo menos 15 segundos ou até serem minimizados ou fechados pelo usuário.
  • Para exibir um anúncio de sobreposição, o clipe de conteúdo precisa ter uma duração mínima de 30 segundos.
  • Para exibir anúncios de sobreposição adicionais, o editor precisa considerar estas opções:
    • O clipe de conteúdo precisa ter 7 minutos adicionais de conteúdo por sobreposição (isto é, 3 anúncios de sobreposição para 15 minutos de conteúdo).
    • O usuário fez uma pausa e, em seguida, reiniciou o conteúdo de vídeo.

Anúncios de espaço inteiro (não lineares)

  • Os anúncios são veiculados como se fossem lineares em posicionamentos precedentes, intermediários e finais.
  • Os anúncios e todos os elementos associados da IU precisam estar inteiramente visíveis e não poder ficar cobertos de forma alguma.
  • Os anúncios precisam ser exibidos durante pelo menos 15 segundos ou até serem fechados pelo usuário.
  • Para exibir anúncios que ocupam todo o espaço, o clipe de conteúdo precisa ter uma duração mínima de 15 segundos.

Anúncios complementares

  • Os editores que utilizam anúncios complementares precisam inseri-los perto o suficiente dos anúncios em vídeo correspondentes para associação direta.

Política do player de vídeo fixo

Um player de vídeo fixo é um reprodutor de vídeo que permanece em um local estático na tela. A implementação de anúncios do Google AdSense em players de vídeo fixos é permitida apenas na Web para computadores.

Todas as implementações de players de vídeo fixos precisam começar como um reprodutor de vídeo in-page não estático. Conforme o usuário rola a página, deve haver a transição do vídeo da reprodução no player de vídeo in-page para a reprodução em um player de vídeo fixo, que permanece na visualização conforme o usuário rola a página.

Estas políticas se aplicam especificamente às implementações de players de vídeo fixos:

  • Só é possível exibir um único player de vídeo em determinado momento.
  • O player de vídeo fixo precisa incluir conteúdo sem relação com anúncios.
  • Nenhum outro vídeo in-page (conteúdo ou anúncio) pode ser reproduzido enquanto o player de vídeo fixo é reproduzido.
  • O player de vídeo in-page precisa estar totalmente visível na página antes que ocorra a transição para o player fixo.
    • A transição do player de vídeo in-page para o fixo (ou vice-versa) pode ser animada sobre o conteúdo do anúncio de vídeo, do anúncio ou somente o conteúdo in-page (incluindo navegação). No entanto, a animação precisa ser imediata e não pode interferir na interação do usuário com o conteúdo.
  • Se o player de vídeo fixo tiver mais de uma borda sobreposta ao conteúdo do anúncio (seja em vídeo, seja de outro tipo), ao conteúdo in-page ou à navegação in-page, o player de vídeo fixo precisará incluir um recurso para ser ignorado.
    • Não pode haver um anúncio in-page clicável ou em vídeo a menos de 30 pixels das bordas do recurso para ignorar. 
    • O recurso para ignorar precisa estar visível sem a necessidade do usuário passar o cursor sobre o vídeo.
    • Quando clicado, o recurso para ignorar precisa pausar o vídeo e:
      • fazer com que o player de vídeo fixo desapareça completamente da tela visível sem causar reflow do restante do conteúdo da página na tela no momento; ou
      • retomar a exibição do vídeo no player in-page original, sem rolar a página.
  • O player de vídeo fixo precisa estar em conformidade com os requisitos de tamanho mínimo para as implementações de anúncios em vídeo.
  • Quando a transição do player de vídeo in-page para um player fixo for concluída, o player fixo precisará permanecer em uma posição estática na tela, a menos que o usuário volte ao local onde o player in-page foi exibido pela primeira vez. Nesse caso, o vídeo deve deixar de ser reproduzido no player fixo e voltar a ser exibido no player in-page original. Quando o usuário rolar de novo a página, o player fixo poderá ser exibido novamente, contanto que permaneça em uma posição estática na tela após a exibição.
    • É possível permitir que o usuário arraste/reposicione o player de vídeo fixo.
      • A ação de um usuário de arrastar/reposicionar o player de vídeo fixo não deve acionar um evento de anúncio durante a reprodução de um anúncio em vídeo nesse mesmo player.
      • Se o player de vídeo fixo puder ser arrastado/reposicionado pelo usuário, será necessário incluir um recurso para ignorar.
  • O player de vídeo fixo não deverá reposicionar-se por conta própria, exceto em resposta a uma ação do usuário.
  • O player de vídeo fixo deverá permanecer visível até que todos os anúncios em vídeo e todo o conteúdo sejam reproduzidos, exceto em resposta a uma ação do usuário.

Voltar ao início

Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?